Depois que o assunto chegou à imprensa, finalmente está definida a data da primeira reunião entre o novo prefeito de Arapiraca, Rogério Teófilo, e o governador Renan Filho.

Segundo Ademir Cabral, assessor do Gabinete Civil do Palácio, houve uma série de desencontros entre as partes, mas o encontro está marcado para o próximo dia 4 de abril, terça-feira da próxima semana.

É um bom sinal. Afinal de contas, Arapiraca é a maior cidade do interior do estado governado por Renan Filho.

Resta saber quando haverá uma agenda conjunta do prefeito Rui Palmeira com o governador Renan Filho.

Aliás, o comandante do Palácio República dos Palmares nunca se manifestou sobre a polêmica eleição na capital, no ano passado – missão que ficou para Renan pai, no estilo cultivado em terras de Murici.

Talvez seja melhor mesmo deixar para lá – o que passou, passou.

Mas acredito que a população lucraria muito mais se ambos os governantes pudessem sentar e discutir sobre como poderiam atuar conjuntamente – e ninguém precisaria ser amiguinho de ninguém.

Isso lhe parece sueco demais?

 

Ação de hoje da PF na Assembleia não deve ser motivo para euforia
Envolvidos na Rodoleiro recebiam devolução de Imposto de Renda de dinheiro desviado
  • wal

    Ai é onde mora o perigo; nossos representantes,ao invés de se juntarem em um só nome, o do povo alagoano,não; ficam trocando quebra de braços entre se, e trabalhando em nome se suas próprias causas.
    Aprontarem sempre, legislar… jamais.

  • JEu

    Se realmente fossem capazes de separar as questiúnculas pessoais e partidárias do bem público, aí sim… porém, com tanta arrogância envolvida… com tanta mágoa politiqueira e tantos interesses pessoais e partidários envolvidos na questiúncula, então a coisa se torna uma missão quase impossível… principalmente quando, tanto de um lado quanto de outro, haverá sempre uma “necessidade” de ficar em uma condição “superior”… finalmente, dois bicudos não se beijam… no máximo “coçam” as penas um do outro…

  • Maceioense consciente

    Ricardo,

    O bom mesmo é que o Rui fique onde está. Penso que um encontro com esse governador não seja interessante para ninguém.
    É o governo de muita pólvora (propaganda) e pouco tiro (ação). Acho que a metáfora cai bem, porque, ao meu ver, a campanha de 2018 já está na rua.
    O que o Brasil precisa, neste momento, é a não anistia ao caixa dois e, também, acabar com o tal foro privilegiado, para que os corruptos de colarinho branco experimentem dias na cadeia, dando lugar para os homens de bem andarem e tomarem banho onde eles poluem as águas com as lanchas de luxo, que são objeto do sacrifício da população.

  • NADO

    SÃO TODOS IGUAIS MESMO!!!

  • amorim

    Audiência pra que? Onde já se viu raposas partilhar galinheiros. Arranjem outra desculpa.O maior sonho de muitos é poder um dia,”um dia” eleger políticos racionais que depois de eleitos unam-se aos demais, independente de partidos, para legislar pelo povo.Na política, dividir opinões e fortalecer ao outro, concordar com boas idéas é fraqueza, se não atender aos meus desejos, nada feito, o projeto não sai do papel, e assim nós carregamos essas malas nas costas até o povo tomar juízo.Pior malas sem alças, poucas são as excessões em nossa terra.

  • Há Lagoas

    Talvez para o clã Calheiros o cerimonial da realeza tupiniquim do beija-mão seria um excelente marketing.
    É claro que seria interessante para o estado e a capital que os dois gestores trabalhassem juntos, deixando seus planos políticos pessoais para as eleições. Isso significaria compromisso sério com a sociedade alagoana, pena que não somos suecos!

  • Marcos FM

    Ricardo, o governador está precisando de assessores qualificados. Você fazendo a agenda dele com certeza está ajudando.

  • Marcelo Caetano

    Cabe ao Rui e seus meninos começarem a governar. Quem sabe assim marcam uma audiência com o Governador? Afinal, parece que com tantas obras na capital, o prefeito é o Mozart…

  • carlos

    Oxalá que essa reunião o governador pense ao menso uma vez,no povo e não só na reeleição dele e do pai senador! Rogério Teófilo,um homem responsável e pé no chão! Já o governador só pensa no poder 24 horas!

  • JUNIOR

    Concordo Marcelo, quando eu disse que o governador em 2 anos fez mais obras do que os 6 anos do atual Prefeito, disseram que eu tinha um cargo comissionado no estado.

  • mario jorge

    Tanto o governador como o prefeito Rui estão fazendo boa administração são jovens muita energia e ideias. So o tempo e o senhor da verdade. Nunca falha