A coluna Radar On-Line traz uma pesquisa em nada interessante para o presidente do Senado.

Ainda que tenha saído de cena – nem Temer ele recebeu publicamente em Maceió -, Calheiros teve uma avaliação negativa recorde, de acordo com o Instituto Ipsos.

É bom lembrar, que a empresa de pesquisa é especializada em avaliação de negócios, e o negócio do senador é para poucos.

Pelos números, não dá nem mais para falar em ‘popularidade’.

Veja a nota abaixo:

O senador Renan Calheiros (PMDB-AL) viu sua desaprovação crescer 17% em apenas um mês. Em novembro, antes do imbróglio com o Supremo, que culminou em sua manutenção na presidência da Casa, Renan era rejeitado por “apenas” 62% dos brasileiros. Já em dezembro, com águas passadas, ele viu o mesmo índice saltar para 79%.

O mais impressionante é o derretimento de sua imagem na região Norte do país. Em junho, era lá que Renan tinha maior aprovação, com 10%. Neste mês, o número é traço, 0%. A pesquisa é do Instituo Ipsos.

 

Deputados recorrerão individualmente da liminar do TJ sobre eleição da Mesa Diretora
Mesmo em Alagoas, Renan pai prefere não receber Temer
  • JEu

    Esse senador tá com a imagem mais suja do que poleiro de galinha… e depois de fevereiro 2017, vamos ver sua “queda” ser apressada… aí em 2018, o povo acrescenta a “pá de cal” em sua carreira na politicagem… depois disso, é só o Japa da federal dar uma “passada” na Ponta Verde ou na fazenda “Tapado”, lá para as bandas de Murici… mas, em primeiro lugar, ele nunca mais vai poder ir a locais públicos em Maceió, sem que tenha que ouvir “poucas e boas” dos cidadãos alagoanos… quem sabe ele mude para os EUA, talvez para fazer um novo implante no já parco couro cabeludo?…

    • Joao TT

      ôI, Jeu! … é hora como nunca antes do PAIZÃO Renan deixar de MAMAR neste país-ZÃO riquíssimo, de CORRER pÁ num perder o Expresso 2222 de Gilberto Gil em 1972
      * Xô xuá/ Cada MACACO no seu galho – Xô xuá/ Eu não me canso de FALAR
      * Xô xuá/ O meu galho é na BahÊa – O seu é em OUTRO lugar
      – Num se aborreça MOÇO da cabeça grande/ Vc vem NUM sei d’aDONDE/ Fica AQUI num vai pá LÁ
      – Esse NEGÓÇU da mãe preta ser LEITEIRA/ Já encheu sua MAMADEIRA/ Vá mamar NOUTRO lugar
      https://www.vagalume.com.br/gilberto-gil/cada-macaco-no-seu-galho.html

  • RENATO FERREIRA DE OLIVEIRA

    RICARDO, EU ENTENDO QUE O SENADOR RENAN CALHEIROS É E ESTÁ ENVOLVIDO EM DENUNCIAS DE CORRUPÇÃO, MÁS VALE SALIENTAR QUE OS ALAGOANOS E OS BRASILEIRO DEVEM E TEM QUE DAR A RESPOSTA MESMO, É NAS URNAS, REJEITANDO DE UMA VEZ POR TODAS TODOS OS CORRUPTOS DO PAÍS, E DIGO, PARA NÃO RESTAR DÚVIDAS, OS PARENTES ATÉ TERCEIRO GRAU, POIS COMO TODOS SABEM É PRATICA DE TODOS OS CORRUPTOS IMPEDIDOS DE CONCORRER A CARGOS, APRESENTAR ALGUÉM PARA CONCORRER EM SEU LUGAR, OU SEJA, LARANJAS, E ISSO NÃO DEVE SER PERMITIDO.

  • treal

    A boa notícia para ele é que saindo candidato, em Alagoas, a qualquer coisa, ganha.

    • Gian

      Triste realidade essa. Com o meu voto não, mas infelizmente também acho que ele se elege tranquilamente em 2018. Temos exemplos aí, Fernando Collor e todos os deputados envolvidos nessas operações. A maioria se elege sem nem fazer força. Nos interiores o que mais tem é prefeito e vereador que se elegem novamente depois de serem presos.

    • LYRA

      Pena que ai ainda exista o tal voto de cabresto, que elege esses meliantes, a quem vocês teimam em chamar de políticos.

    • Adalberto Feitosa Mascarenhas

      E pior, ele não arruma nem Muricy, Cidade dele, que tem um dos menores IDH de Alagoas.Como o povo vota nele?Só Deus para explicar.

  • VALDEMIR AURELIO DE OLIVEIRA

    Em alagoas é assim: quem é empresário geralmente seus descendentes o seguem, bem como, no Judiciário assim também na política. Afinal se trata de um Regime Democrático e o Congresso é nossa caixa e ressonância todos que estão lá representam uma determinada camada social; ou seja, temos na sociedade: ladrões, corruptos, criminosos, empresários, trabalhadores, sindicalistas e até homens e mulheres de bem.
    Quanto a essa rejeição de popularidade do senador, com o avizinhar das próximas eleições os eleitores esquecem e tome mais 20 ou trinta anos de mandatos pra geração dele.

  • Roberto

    O Filho – o mimado – segue o mesmo caminho. O castelo – de areia – vai sendo derrubado pelo vento e a verdade sobre o que é este governo vai aparecendo. O Filho mais quer ser prefeito de Maceió, do que ser governador. Façamos uma pesquisa na imprensa – a mesma que batia no governador anterior – e vamos perceber que todos os projetos foram concebidos lá. Isso é demonstração inequívoca dá sua incompetência e de um secretariado fraco.

  • wal

    Que DEUS tenha piedade da alma desta figura; RENAN CALHEIROS, quando estiver nas profundezas dos infernos. Onde há: Fogo,choros,por toda a eternidade. Mas vai ter um pouco de consolo da outra peste chamada diabo. Menos mal…

  • Bel

    MAS O STF O ADORA!!!

  • Luciano

    Ricardo, mesmo que Alagoas perca com a saída do senador Renan Calheiros, o Brasil tem a obrigação de varrer toda podridão que a política têm por trás. O problema é que vai faltar vassouras, pois se vários Mouros da vida fosse abrir a vida pregressa de cada político do nosso país, modéstia a parte não sobra um ou quase nenhum pra não dizer que sou tão pessimista. Tudo é previsível neste país. Dilma saiu entre outros por corrupção, que entregou a Temer o cargo que logo logo entregará a Aécio pelo mesmo problema. Este vai saborear o poder por pouco tempo pelo mesmo esquema. E Renan não terá tempo de ser cogitado pois também será afastado pela mesma doença. Será que vai cair no colo do Tiririca? Pelo menos vou dar risada pra não chorar…

  • Santos

    Breve ela cai no colo do Sergio Moro, quer apostar

  • Antena Ligada

    Espero que atinja logo o índice de 100% de rejeição.
    E que em 2018 os alagoanos demonstrem maturidade e “coloquem no freezer” o coronelismo dos Renans e de outros políticos que fazem dos mandatos um meio de vida com regalias patrocinadas pelos impostos que deveriam beneficiar a população em geral.
    E, caro Ricardo Mota, sugiro postar em seu blog um artigo sobre o reajuste que os nossos deputados estaduais concederam a eles próprios.
    Reajuste para os servidores não existe, não há dinheiro. Mas, para “os pobres coitados deputados”…

  • Há Lagoas

    Será que estes números refletem a vontade dos eleitores aqui em Alagoas?
    Esta pesquisa não teve acesso ao curral eleitoral de Renan – o pai – tão pouco ouviu os eleitores que servem de massa de manobra para que figuras como essa sempre ressurjam das cinzas.
    Renan – o pai – não é carta fora do baralho, e Alagoas não deixará de eleger figuras como esta, infelizmente é a minha triste constatação.

  • NADO

    SEMPRE VAI SE REELEGER,AFINAL AQUI É ALAGOAS.

  • vladimir dos santos

    A maior rejeição ele vai ter é em Alagoas, nas próxima eleição. Chega Renan pegue seu banquinho e sai de mansinho.

  • Claudio

    Existe o ditado que diz quem planta colhe, para mim não é surpresa nenhuma, alias, esta para vim novas noticias da justica dos EUA e da Suica, eu nao sei ainda se tem espaco para cair nas pesquisas depois dessas revelacoes que estao para vim.

  • Cesar

    Ricardo o problema é que Renan não precisa de popularidade para se eleger, assim como Antônio Albuquerque, Marcelo Vitor, Gilberto Gonçalves, Arthur Lira, Chico Tenório e tantos outros. Se impopularidade fosse veneno para eles, estariam todos mortos. Na verdade é como água: incolor, insípida e inodora.

  • EDILBERTO

    o povo acordou ele não vai se elege ne para vereador mas!ele n trouce nada para alagoas, em quanto outros senador de outros estado como de Aracaju levar empresas e melhoria para cidades, ele só traz vergonhas para os alagoanos!

  • SÓ CONTAINERS DE LIXO!!!

    NO BRASIL DE HOJE, DIANTE DO MODELO POLÍTICO E ECONÔMICO FALIDO, QUE SÓ PENSA NA MINORIA RICA (CAPITAL) DE 20.000 FAMÍLIAS DETENTORA DA FAMIGERADA DÍVIDA PÚBLICA FEDERAL, EM DETRIMENTO DA MAIORIA (TRABALHO) DE ++++ DE 206.000.000 DE BRASILEIROS E PATRONAL (INDÚSTRIAS), ESPERAR O QUE? APLAUSOS? VAIAS E XINGAMENTOS AINDA É MUITO POUCO, ESSE CONGRESSO NACIONAL COM 594 PARLAMENTARES (81 SENADORES ++++ 513 DEPUTADOS) QUE NÃO RESOLVE NADA EM BENEFÍCIO DO POVO BRASILEIRO, QUE CUSTA POR MÊS CADA PARLAMENTAR O ABSURDO DE ++++ DE R$ 1.260.000,00!!!! TEM QUE SER REFORMULADO, REDUZIDO PARA NO MÁXIMO 112 PARLAMENTARES (28 SENADORES ++++ 84 DEPUTADOS) GERANDO MELHOR PERFORMANCE NO EXERCÍCIO DE SUAS ATRIBUIÇÕES! AGORA SE A MODA PEGA E COMEÇA A POPULAÇÃO COLOCÁ-LOS NOS CONTAINERS DE LIXO, ACABA COM A NOVA ESCOLINHA DO PROFESSOR RAIMUNDO!!! VAI DAR O QUE RIR Kkkkkkkkkkkkkkkkk!!!

  • EX ELEITOR

    NEM TÚ RICARDO MOTA AGUENTA MAS ESSE RENAN.

  • Roose

    Esse senhor das trevas, das manobras ilegais , dos conchavos inconstitucionais já era para estar preso, encarcerado e enjaulado, porque lugar de quem comete crimes contra a administração publica e na cadeia, principalmente, por tratar de uma autoridade que deveria dá o bom exemplo.

  • Rita

    Eu queria ver era a sua aprovação aqui em Alagoas, perto de zero, só assim ele não se reelegeria, para felicidade de todos.

  • Marcos

    Ricardo, de nada adianta ter 80% de rejeição no país inteiro, se nessa “ilha” chamada Alagoas esse cidadão continuar recheado do votos. Espero ainda viver prá vê-lo fora desse cargo (que lhe parece vitalício) para que Curitiba o receba de braços abertos por longos anos…

  • Aparecida Rocha

    Uma boa notícia para o Ano Novo, porém não se sustenta. Os alagoanos não vão fazer rejeitá-lo em 2018 e deixarão ele lá, por qualquer R$ 50,00.

  • SÓ CONTAINERS DE LIXO!!! (2)

    EITA QUE A CONTA DAS RECEITAS PARA MANTER A CASA QUE SE DIZ DO POVO E QUE NUNCA FOI, CHAMADA DE CONGRESSO NACIONAL, PASSOU A TER UM INCREMENTO DE ++++ R$ 3 BILHÕES DO FUNDO PARTIDÁRIO NOSSO QUERIDO FUNDÃO, ENTÃO PASSOU COM O ORÇAMENTO AOS NADA ++++ DO QUE R$ 12 BILHÕES, QUE RETRATA A BAGUNÇA DO CONGRESSO NACIONAL QUE CUSTA SÓ A BAGATELA DE R$ 1,683 MILHÃO/MÊS A CADA PARLAMENTAR, MESMO QUE VÁ AOS ESTADOS, MAS QUEM DECIDE A PATOTA DO BOM SENTIDO DE BRASÍLIA!!! ESSE MODELO POLÍTICO ESTÁ FALIDO E SENDO CORPORATIVO, ARRASTA O TAMBÉM FALIDO MODELO ECONÔMICO QUE SÓ BENEFICIA UMA MINORIA RICA DETENTORA DA FAMIGERADA DÍVIDA PÚBLICA FEDERAL E DEMAIS POLÍTICOS CORRUPTOS E LADRÕES!!! ESTÃO DESATANDO NÓ EM PINGO DE ÉTER E DANDO BELISCÃO EM AZULEJO!!! DIANTE SÓ COM INTERVENÇÃO CONSTITUCIONAL COM INTERVENTOR CIVIL CAPAZ DE RESOLVER GRANDES PROBLEMAS BRASILEIROS, MESMO Q/OS GRANDES PROBLEMAS MACROECONÔMICOS E UM FELIZ 2017 COM O NOSSO CONGRESSO NACIONAL NO SEU QUADRO DE LOTAÇÃO FORMADO POR APENAS 112 PARLAMENTARES (28 SENADORES ++++ 84 DEPUTADOS) ++++ DO QUE SUFICIENTE PARA SUA EFICÁCIA, DIANTE SÓ kkkkkkkkkkkk!!!
    SDS DEMOCRATAS.
    P/Domingos Correia.

  • paulo Targent

    SENADOR COMPROU 62 TELEVISORES DE LCD.

    Quando vejo essas notícias, fico muito triste, a farra é completa com o dinheiro da nação, ou seja o nosso dinheiro, dinheiro que falta para a população mais carente.

    Busco noticias, para ver os bons exemplos e vejo que em outros países desenvolvidos, os parlamentares, lavam e passam suas roupas, preparam suas próprias refeições, e não tem verba para custear suas moradias, ou qualquer outro abusurdo que vemos aqui no brasil. Moram em apartamentos funcionais e não tem empregados.

    Estou convencido que a corrupção e a mania de grandeza, deve ser uma doença, doença essa que está enraizada nas profundezas da alma. Isso me faz entender melhor a reencarnação, e a cura só vem com as sucessivas experiencias, ha caos de políticos que não souberam usar o poder, ou que não usaram em favor da população, viveram em palacetes, e nunca se preocuparam com o próximo, pelo contrário se apossaram do poder para satisfazer suas “necessidades”mais insanas. Resultado, vieram e passaram pela experiencia de viver como mendigos, eis aí a Providencia curando os enfermos.

  • Obronio

    Tudo isso é pura balela, Renan tem eleição garantida com os votos de cabresto da região do sertão.

  • Joilson Gouveia Bel&Cel RR

    ISONOMIA FERIDA ENSEJA ANOMIA ABJETA, ABSTRUSA E ABOMINÁVEL
    Joilson Gouveia*
    O nó Górdio, imbróglio e busílis ou “tendão de Aquiles”, de nossa res publica e/ou democracia tupiniquim, reside exata, óbvia, clara e justamente na especulada popularidade dada pelas pesquisas de seus rentáveis e lucrativos institutos em conluio com prestidigitadores marqueteiros que vendem uma imagem irreal, virtual e abstrata do político ou do candidato, para eleições ou pleitos eleitorais “democráticos”, nessas urnas eletrônicas, que sempre e sempre elegem e reelegem os mesmos de sempre quando não seus sucessores primogênitos, parentela e apaniguados.
    A eleição temporária e sazonal passa uma pseuda credulidade de que há escolhas alternadas e opções alternativas de partidos de mais de cinquenta tons escarlates, são todos de esquerda, na verdade, “onde o voto não decide nada, mas quem conta-os decide tudo”, conforme dissera Stalin: assim tem sido e assim será!
    O poder concedido ao povo (“todo poder emana do povo e em seu nome será exercido”) é o grande engodo ardiloso, mendaz, fugaz e falaz haja vista que é compelido a votar: “põe, mas não depõe”; independentemente da popularidade que detenha o político eleito, seja parlamentar ou executivo nas três esferas de Poder.
    A popularidade mensura ou avalia e transparece a aceitação de celebridades ou astros e artistas que sempre vivem de representações de papéis que não se identificam ao seu caráteres e personalidade, na realidade! Bem por isso digo, repito e reitero: o povo não detém nenhum Poder de destituir à personalidade escolhida, eleita e posta por ele no respectivo cargo, por mais baixa que seja sua aceitação ou impopularidade e abominação, aversão ou execração.
    Infelizmente, não há meios, modos e maneiras de cassar à outorgada procuração de seus mandatos concedidos pelo povo em eleições temporárias alternadas, considerando-se que foram mesmo eleitos, de fato, por tais urnas eletrônicas.
    Notem bem: independentemente de crise econômica, os parlamentares federal e estadual e edis estão sempre a majorarem seus parcos, irrisórios e reduzidos ou diminutos salários ou subsídios, os quais se aposentam com a totalidade de suas remunerações sem trabalharem igualmente ao seu patrão: POVO; que terá que alçar ao patamar legal de idoso e mais um quinquênio para poder ter o direito de se aposentar, caso sobreviva; claro!
    Enfim, se o povo tivesse mesmo “todo o Poder” não seria obrigado a escolhê-los e, o que é pior, mais cruel e nefasto, não seria impotente, incapaz e ineficaz para despojá-los, tirá-los e expurgá-los ou defenestrar a todos os ímprobos, indecorosos, inescrupulosos e os notadamente criminosos ou processados e condenados e até RÉUS, no exercício de seus cargos, como soe acontecido, mormente no tocante ao dito cujo impopularíssimo “rei-do-gado-dourado”, graças à perversa, odiosa e maléfica imunidade parlamentar acrescida de esdrúxula, anômala, ignominiosa, descabida e despropositada prerrogativa de foro por exercício de cargo ou função cuja a probidade deveria ser sua condição primeiríssima; ou não?
    O Parlamento ou seu exercício não pode nem deve servir de valhacouto, cidadela, abrigo ou trincheira de inescrupulosos e notados e notáveis criminosos, tenho dito, repetido e reiterado!
    Não basta que todos sejam iguais perante a lei, é imprescindível que esta seja igual para todos, sem distinções e indistintamente, sob pena de ferir de morte à ISONOMIA e recrudescer a ANOMIA, como soe acontecido. Ou não?
    Abr
    *JG

  • Observador

    Porque não publicou o meu? ;(

  • carlos

    Obronio,nos da Região Sul,estamos com Renan Calheiros…O Dep. João Beltrão,não vai abandonar o amigo irmão,que não mediu esforço e fez Max Beltrão,ministro do turismo!

  • João Bosco

    Mas o Cabeludo sempre dá um jeito… Em sua última reeleição para o Senado, conseguiu fazer com que o PT não deixasse Pinto de Luna concorrer, e escalou seu subserviente político Eduardo Bonfim, do PCdoB (a messalina do PT), companheiro de chapa.

    Renan é mestre em ganhar eleições afastando potenciais adversários da disputa. Basta ver que o Mininin só se elegeu porque quem estava do outro lado era o Biu. Duas postemas!!!

  • Vivo

    Mota,

    Alagoas é uma capitania hereditária e ponto.

    Ele vai se reeleger quantas vezes quiser aqui; tem uma legião de ‘adoradores’ e um cadastro forte no Estado. Então para que se preocupar se a rejeição dele no Brasil está em 80%?? Aqui é aceito por 80% dos eleitores.

    Como falou um dos comentaristas, os Beltrão serão sempre leais no litoral sul, pois ele fez o Max ministro do turismo … já anunciou aeroporto de Maragogi (há mais de 15 anos escuto a mesma coisa), um centro de convenções em Barra de São Miguel (pasmem, um centro de convenções para 1,5 mil pessoas construído com singelos 2 milhões de Reais. Deverá ser um galpão cheio de ventiladores, pois essa quantia não compra nem a central de ar condicionado).

    E por aí vai … afinal Maurício Lessa, Max Beltrão são apenas portadores de ‘boas novas’ para a eleição de 2018 … e vai-se reeleger de novo, assim como alguns deputados federais e estaduais.

  • Zezinho

    Os Renans estão com os dias contados na política, assim que Renan Pai cair, o que acontecerá dentro em breve, o seu rebento vai desabar com esse governo fraco, entregue a facções.

  • Joilson Gouveia Bel&Cel RR

    SEMPRE SEREMOS OS VILÕES E ELLES OS MOCINHOS
    Joilson Gouveia*
    O que o povo precisa e deve saber (e jamais esquecer) é que o atual “governo”, o qual fora o VICE ideal deLLa, por duas vezes consecutivas, é uma mera, simples e curial ou trivial continuidade daqueles governos anteriores e não só dos desastrosos desgovernos comunapetralhistas – mas daqueles mesmos esquerdistaPATAS que alçaram ao “Poder” pelo VOTO, estribados “nas seguras, invioláveis e invulneráveis urnas eletrônicas” (Engraçado: nada ou nenhum órgão, instituição, secretaria ou ministério desses governos funciona a contento, condignamente e em prol do bem-comum ou bem-estar-social da nação e progresso do país, exceptio as eleições – onde os mesmos de sempre são “eleitos” por mais de seis lustros) legitimando o engodo sazonal eleitoral, que é de uma eficiência e eficácia inimagináveis, incontestáveis e improváveis, conquanto indiscutíveis ou jamais auferíveis – “o voto nada decide; quem conta os votos decide tudo” – Stalin. Daí se pensar que vivemos numa democracia!
    De lembrar, por supina valia e valor exponencial histórico, verídico e veraz, que o nosso Brasil em que vivemos hoje ainda é o mesmo legado pelos bravos, briosos e honrados patriotas militares, que evitaram o urdido GOLPE da “ditadura do proletariado”, nos idos de 1964, com a intervenção do triunvirato militar, para reeleições gerais em até 180 dias, mas a iracunda, intolerante e irascível esquerda resolvera pegar em armas numa luta armada de guerrilhas rural e urbana, subvertendo a ordem e segurança públicas, compelindo-os permanecerem no Poder e no controle e governo por mais de quatro lustros, elevando o País à quinta potência e oitava economia mundiais até à redemocratização debacle, cujas provas atestam à veracidade vaticinada pelos nossos briosos e saudosos militares!
    Nos idos da segunda metade da década de noventa, eLLes alardearam que a previdência era o “tendão de Aquiles”, o “nó Górdio” ou o “grave busílis”, da nossa Economia; lembram? A saber: https://jus.com.br/artigos/1935/ataque-ao-monstro-o-servidor-publico-de-novo-e-o-vilao-da-historia
    Eis que, dando continuidade aos mesmos “governos esquerdistaPATAS”, de novo a Previdência, os servidores e, sobretudo, os aposentados e pensionistas são os vilões dos rombos causados pelas nefastas, nefandas e funestas gestões escarlates, onde os desmandos, “desvios e doações” primaram e nortearam suas políticas!
    Antes, nos idos de noventa, majoraram impostos, tributos e contribuições de modo que, mesmo já aposentados e inativos e pensionistas, continuassem a contribuir para previdência e até fixaram tetos de suas aposentadorias, exceto às deLLes, que sem aposentam com menos de seis meses, se suplentes, ou quando exercem seus mandatos de oito anos, com aposentadorias integrais e benesses, sinecuras e graçolas de mordomias mil – para eLLes não há teto nem limites, só para os mortais, que aos sessenta é idoso, mas não mais poderá aposentar-se se não tiver 65 ou mais. Desafio compararem suas aposentadorias de outrora com às de agora, para que vejam quanto majoraram!
    Os limites mínimos e máximos e respectivos tetos estão na CF/88, mas somente para os “vilões” que somos nós: trabalhadores e servidores públicos civis e militares – eLLa cortou as pensões em 50%; lembram? Mas paga-se à viúva de Che Guevara, integralmente, como se acaso ele fora servidor brasileiro.
    Os limites de gastos e despesas dos governos estão contidos na própria Lei de Responsabilidade Fiscal, mas, vá lá que seja, que se imponha a PEC 55 ou 241, para cessar eventuais, inusitadas e perdulárias contabilidades criativas e pedaladas fiscais, que derrubaram-na, sem coice!
    Os comuna/socialistas são assim mesmo, pouco importa a verdade ou a mentira, contanto que se mantenham no Poder a todo custo e com esses custos extorsivos, escorchantes e estratosféricos para o povo imbecil, idiota e ignaro que pensa que é vero e para valer que “todo poder emana do povo”, que somente põe, mas não depõe!
    Com efeito, por quantas vezes criaram e recriaram a tal CPMF, que não está descartada ainda de ser reimplementada, mas cortar suas benesses, sinecuras, mordomias, aposentadorias e subsídios nem pensar!? Reduzir a monstruosa, descomunal, incomensurável e imprestável máquina administrativa nem se cogita ou reduzir as legiões de cargos comissionados dos Três Poderes até o terceiro escalão desses poderes nem pensar!? Repatriar a dinheirama desviada e doada nem pensar ou confiscar as riquezas e bens dos vilipendiadores, espoliadores e depenadores do nosso combalido, aviltado e espoliado Erário é coisa de outro mundo! Ou não?
    Enfim, até quando seremos pueris, ingênuos, imbecis, idiotas, ignaros, asnos e tolos para crer que “todo poder emana do povo”?
    Abr
    *JG

  • Sérgio Eduardo

    Renan filho não se reelege e ranan pai melhor sair pra deputado federal para garantir o foro no STF.