(Da assessoria da DP)

Mais 22 municípios alagoanos contam com a presença da Defensoria Pública de forma permanente. A novidade, concretizada através da intensificação do regime de acumulações de atribuições dos defensores públicos, e implantada neste mês, pretende garantir atendimento jurídico e levar mais cidadania, justiça e informação para mais de 400 mil alagoanos. Estas acumulações levam a instituição a atuar em 79% dos municípios alagoanos.

Segundo o defensor público geral, o órgão chegou ao seu limite de expansão. Ricardo Melro reforça que todas as decisões da Defensoria partem do que é melhor para o assistido. “Pretendemos expandir nossos serviços, mas chegamos ao limite e só poderemos concluir 100% com a realização de um novo concurso público, que já está em andamento”, completou o defensor público geral. Ele ressaltou, sobretudo, que o governador do estado tem dado todo apoio possível para a defensoria avançar.

“O trabalho da Defensoria Pública é fundamental. A Defensoria Pública do Estado merece o reconhecimento e todo o apoio do Governo do Estado, para que possa desempenhar sua missão com condições razoáveis de funcionamento”, disse o governador Renan Filho.

 

No momento, o órgão possui 69 defensores públicos em atuação e dez cargos vagos. Em Alagoas, mais de 87% da população é público-alvo da Defensoria, visto que instituição tem como objetivo garantir atendimento jurídico a quem não possui condições financeiras de pagar os honorários de um advogado particular.

 

A Defensoria Pública possui sedes nos municípios de Maceió, Arapiraca, Penedo e Palmeira dos Índios, além disso, já atende nos Fóruns dos municípios de Capela, Colônia de Leopoldina, Coruripe, Delmiro Gouveia, Feira Grande, Girau do Ponciano, Limoeiro do Anadia, Maragogi, Marechal Deodoro, Matriz do Camaragibe, Messias, Murici, Paripueira, Pilar, Porto Calvo, Porto Real do Colégio, Rio Largo, Santana do Ipanema, São Sebastião, São Miguel dos Campos e União dos Palmares.

 

A expansão da instituição cobrirá municípios da Zona da Mata, Litoral Norte, Sertão e Agreste alagoanos, cujos municípios não eram abrangidos pela atuação da Defensoria Pública. Com a implantação, os atendimentos serão realizados nos fóruns das comarcas de Boca da Mata, Viçosa, Cajueiro, Maribondo, Passo de Camaragibe, São Luis do Quitunde, Joaquim Gomes, Igaci, Campo Alegre, Santa Luzia do Norte, Água Branca, Anadia e Atalaia.

 

 

Pesquisa mostra que maceioense rejeitou a baixaria do guia eleitoral
Doze e Dez Notícias de hoje traz novo resultado do Paraná Pesquisas
  • Joao TT

    As MUDANÇAS começam aos poucos, Cássia e Kara VÉIA se apressaram e nem estão VENDO rei-ZINHOS e rei-ZÃOS nú$ c’as mãos nos BOLSOS – alheio$? … rsRs
    * Mudaram as ESTAÇÕES/ nada mudou … Mas eu sei que alguma COISA aconteceu
    – Tá tudo assim, tão DIFERENTE
    * Se LEMBRA quando a gente/ chegou um dia a ACREDITAR… Que TUDO era pra sempre
    – SEM saber/ que o pra SEMPRE … sempre ACABA
    [ Por ENQUANTO – álbum Cássia Eller 1990 Polygram ], DE Renato Russo com Cássia Eller
    _ https://www.vagalume.com.br/cassia-eller/por-enquanto.html

  • Clovis Omena

    Ricardo Melro e demais defensores públicos estão de parabéns, não só o povo carente,toda sociedade agradece o trabalho brilhante de vcs.

  • JEu

    Parabéns ao Defensor Geral do Estado e aos seus comandados… esta é, sem dúvida alguma, uma ação que realmente traz benefícios ao povo alagoano… mormente aos mais carentes… desde que devidamente orientados sobre onde e como conseguir solicitar os valiosos serviços dos defensores públicos…

  • REVOLTADO

    Discordo! Os defensores públicos são hoje os responsáveis pela soltura, em tempo record, dos marginais de alta periculosidade das cadeias públicas… Esses almofadinhas, que se intitulam de carreira jurídica, juntamente com os promotores e juízes, vão acabar de afundar o país! O Estado deveria investir na segurança pública, na Educação, na Saúde e nos setores de tecnologia, isso sim daria resultados benéficos à sociedade como um todo.

    • Reflexão

      Caso o senhor Revoltado (ou seu filho e demais parentes e amigos) precisar de uma cirurgia, um exame, medicamentos, consulta, internamento ou de alimentos, divórcio, de uma reintegração de posse, ação de usucapião, de reparação por danos morais, retirada do nome incluído no cadastro de devedores injustamente, de abertura de inventário, adoção, destituição de poder familiar, de defesa (se for acusado de crime que não cometeu ou para ter aplicação correta da pena), de defesa em processo administrativo disciplinar, de internação para se livrar do uso das Drogas, de vaga em creche ou escola, de revisão de contrato para aplicação justa de juros e demais encargos abusivos nos financiamentos, de respeito nas relações de consumo em geral, fazer denúncias acerca de deficiências nos serviços públicos ou particulares, enfim, de qualquer situação que necessite de apoio jurídico, é só procurar a Defensoria Pública.

  • RENATO FERREIRA DE OLIVEIRA

    RICARDO, SOU FUNCIONÁRIO PÚBLICO E QUERO AQUI DEIXAR MEU ELOGIO PELO SERVIÇO PRESTADO PELA DEFENSORIA PÚBLICA EM PALMEIRA DOS INDIOS, FUI ATENDIDO PELO DEFENSOR DR FABIO, E TI DIGO, MUITO EXCELENTE O ATENDIMENTO, NÃO SÓ DO DEFENSOR, MÁS DE TODA EQUIPE ALI REPRESENTADA, ESTAM DE PARABENS.