Por que ainda se desvia tanto dinheiro da merenda escolar em Alagoas (não só, esclareça-se)?

A pergunta é pertinente porque foi exatamente nesta seara que a Polícia Federal realizou a sua primeira grande ação aqui no estado: a Operação Guabiru.

Foi no dia 17 de maio de 2005.

Cinquenta e quatro envolvidos, trinta e três denunciados, ninguém preso.

Há, sim, algumas condenações, mas nada que possa inibir a ação de outros agentes públicos no roubo do dinheiro que deveria servir para alimentar crianças e adolescentes pobres.

Condenados?

A 12 anos e 6 meses de reclusão pelos crimes de quadrilha, corrupção e desvio de verba pública: Carlos Eurico Leão e Lima, o “Kaíka” (Porto Calvo), Fábio Apóstolo de Lira (Feira Grande), José Hermes de Lima (Canapi) e Neiwton Silva (Igreja Nova). Eles foram denunciados pelo Ministério Público Federal (MPF).

No desdobramento da mesma operação, foi condenado (civelmente) um ex-secretário Estadual de Educação, hoje ministro dos Transportes, Maurício Quintella.

Mas a sensação, por óbvio, é de impunidade, já que os recursos se perpetuam dando a garantia de que o esquecimento virá, tão logo aconteça um novo evento criminoso, como o de hoje.

Como dizia, no século dezoito, o filósofo italiano Cesare Beccaria, autor de Dos delitos e das penas, o que inibe o crime e o criminoso não é o tamanho da pena, mas a certeza da punibilidade.

Aqui, no Brasil, doze anos de prisão é igual a zero.

 

 

CNJ afasta Washington Luiz do cargo de desembargador do TJ
Governo RF completa um ano e meio sem o Programa da Sopa
  • JR

    Pois é. Se nada sofreram os guabirus no passado, por que aconteceria alguma coisa com as “catitas” de hoje? E o dinheiro desviado? Que fim levou? recuperaram algum valor? É claro que não. E os desvios da ALE e do TCE? Cadê os culpados e o dinheiro roubado? Terá sido o gato ou o rato que comeu?

    • Eleitor Revoltado

      A resposta? Com a palavra os puríssimos anjos do MPF STF STJ TJ’s MPE’s e principalmente os ratos e ratazanas que elaboraram a legislação viciada e corrupta que temos.

  • Solon Levi

    Vou me candidatar a prefeito, olha só os benefícios:
    1- Vou pode roubar e fico rico, vira deputado e tem foro privilegiado;
    2- Me envolver em outras máfias, e o judiciário nem incomoda, com um advogado famoso de preferencia parente de algum Juiz.
    3- Me reeleger comprando o povo com dinheiro da educação e Saúde, afinal pra que pobre educado e saudável, doente e “burro” é melhor, posso roubar a vontade

  • mary any vieira

    Gostaria de saber por que não falaram nome de nenhum dos acusados? Se fossem pobres estariam não só os nomes como as caras estampadas na tv!

  • Solon Levi

    Põe a meia na janela e espera Papai Noel, não se esqueça de falar com o coelhinho da Páscoa.
    Não é brincadeira, acreditar no Judiciário eu até acredito, que ele existe, acreditar que os Juízes trabalham em prol da sociedade, aí me interna que estou com superbactéria no cérebro.

  • Fabio Poeta

    Percebi que o problema não é a corrupção, pois, coitada, do ponto de vista conceitual é inocente. O problema está na proliferação exacerbada de guabirus, ratazanas, ratos e catitas!

  • Lima

    Triste realidade do nosso estado, loteado e dividido para algumas famílias. São os Clãs políticos, um tipo de organização parecida com a máfia: alimenta-se da formalidade do processo politico para controlar os municípios e aumentar seus patrimônio. Estado com Voto de cabresto, redutos passados de geração a geração.

    Onde está o dinheiro?
    O gato comeu, o gato comeu
    E ninguém viu
    O gato fugiu, o gato fugiu
    O seu paradeiro
    Está no estrangeiro
    Onde está o dinheiro?

  • JUNIOR

    é só gasto com diárias para policiais,combustível e outros gastos, pra não dá em NADA, “TEM ALGUÉM PRESO?”,Principalmente quando é aqui em ALAGOAS.

  • Francisco Albuquerque

    Faltou ainda a cidade de Traipu, cujo prefeito na época, o ditador Marcos Santos e sua esposa Juliana Kummer, comprava até ração de cachorro cara para seus bichinhos. Parece que a situação se repete na nova gestão. Continuará assim por séculos… Vamos ver o que o famoso candidato à prefeitura apoiado pela gestão do momento, ET (Eduardo Tavares) dirá sobre isto.

  • Joao

    Vergonha!!!

  • POBREDEDIREITA

    Muitos estavam na marcha dos corruptos contra a corrupção.Breve essas investigações cessarão. Querem implantar o comunismo no Brasil? Se a Dilma continuar será ruim para a irmandade.
    foradilma….forapt….foracorruptos

  • SAMPAIO

    EI ESQUECERAM, ESTAMOS NAS ALAGOAS.KKKKKKKKKKKKKKKKKK

  • um ALAGOANO

    Realmente não temos mais nada a comemorar no país, há esqueci, o sucesso da copa do mundo e das olimpíadas, engraçado meu nariz ta crescendo.

  • Claudio Zancan

    Em Alagoas o político quanto mais ladrão mais o povo gosta e reelege.

  • Lima

    Compra de votos e o famoso Voto de Cabresto! Assim se faz política no nosso estado. o que esperar?
    Estado parado, municípios quebrados e sem nenhuma perspectiva de melhora. A única coisa que cresce em Alagoas é o patrimônio dos políticos!

  • Alagoano

    A cifra é surpreendente: quase R$ 800 milhões foram desviados ou sonegados ao Fisco pela corrupção em Alagoas nos últimos sete anos. Uma média de pouco mais de R$ 100 milhões para cada ano.

    O período engloba a Operação Guabiru, que descobriu um esquema de fraude envolvendo recursos da merenda escolar, em 2005, até a recente Operação Espectro, que trouxe a público outro esquema também envolvendo a compra e venda de alimentos.

  • Moreira

    Alagoas passou a ser vista como uma terra de corruptos. Antes era terra dos poetas, Djavan, das belas lagoas e de Marechal Deodoro e Floriano. Hoje, somos a terra dos Calheiros, Color, Quintela, Almeida e muitos outros. E infelizmente os números não nos são favoráveis. É escândalo atrás de escândalo em Brasília sempre contando com a participação de políticos alagoanos.

    Não vamos enumerá-los, mas a operação Lava Jato coloca em sua lista de indiciados deputados e senadores com presenças marcadas. Não podemos defender o indefensável.

    Somos um povo fundador da República, no entanto nos parece queremos acabar com ela. Precisamos melhorar nossa maneira de escolhermos nossos representantes.

  • Jr

    Além dos baixos indicadores sociais e da forte presença de oligarquias, na nossa querida Alagoas é marcada por vários casos de de corrupção. Nada muda em nosso estado, continuamos atrasados e sem perspectiva de melhora. Nossos representantes, trabalham apenas para benefícios próprios, são famílias que dominam a política Alagoana, passando de geração a geração, deixando um rastro de corrupção, gabiru, sanguessuga, lava jato, desvio no lixo, etc

  • Alagoano

    De 2014 até agora, a Justiça Federal determinou o ressarcimento de quase R$ 14 milhões aos cofres públicos devido aos casos de corrupção confirmados em Alagoas. Além disto, decidiu pelo pagamento de R$ 94,7 milhões em multas aos personagens envolvidos nos esquemas. Durante este período, 10 pessoas foram condenadas por participação na trama denunciada na operação Guabiru e mais 11 na Navalha, totalizando 21 condenados.

    Estes dados do Núcleo de Combate à Corrupção foram apresentados pelo Ministério Público Federal (MPF) em Alagoas, nesta sexta-feira (12), no lançamento da campanha “Corrupção, Não!”, encabeçada pelos MPFs de 21 países iberoamericanos. O evento acontece na sede do órgão, localizada no Barro Duro, em Maceió. A campanha vai ocorrer, principalmente, nas redes sociais, com publicações (e também por meio de inserções rápidas na TV, nas emissoras de rádios e no cinema). As escolas, da mesma forma, são alvos.

    O objetivo da campanha, segundo o procurador da República Rodrigo Tenório, é atingir os jovens de 16 a 33 anos, que são mais intolerantes à corrupção. Nessa faixa etária, conforme o MPF, 70% das pessoas tem acesso às redes sociais e internet. “É o grupo que vai receber uma atenção especial e que pode mudar nosso futuro. O foco é a mudança de pensamento. Não podemos mais ter discussões formais, em eventos oficiais, sobre a corrupção. Precisamos levar isso para a sociedade e trazer ela para perto desse combate”, afirma.

    No Brasil, conforme o procurador, há mais de 600 mil presos respondendo por corrupção. Destes, apenas 700 são por crimes de colarinho branco. A pena para corrupção vai de 2 a 12 anos de reclusão. “Precisamos evoluir nesses números e a campanha não é à toa. Ela reflete uma obrigação assumida pelo Brasil na convenção americana contra a corrupção”, reforça Rodrigo Tenório. Em Alagoas, ele destaca que entre 2014 e 2015, foi determinado o ressarcimento de R$ 13,8 milhões em casos de corrupção. As ações foram movidas na Justiça Federal pelo MPF.

    • Solon Levi

      Caro Alagoano

      Em resposta as vossas afirmações todos os acusados e condenados recursaram da decisão, e a confirmaram a perseguição politicas, pois não tem prova que os ligue ao crime.

  • JEu

    Sei não… acho que por aqui só resolve à moda da revolução francesa…!!! Só que estamos no século XXI e isto é contra os “direitos humanos e à democracia com o estado democrático de direito”… tudo palavras muito bonitas… enquanto isso o pobre morrendo na porta dos hospitais por falta de médicos, remédios e leitos para internação… nas escolas faltam professores, merenda, equipamentos e, em vários casos, a própria escola, pois funcionam em locais improvisados ou em prédios alugados… na segurança pública, aí é morte por assalto todos os dias… enfim, o país está no fundo do poço, ou antes, eu diria que está é num poço sem fundo… Como se diz em algumas religiões: só Jesus salva!

  • Porfirio

    Se tivéssemos uma justiça séria, não caduca, cheia atalhos, recursos que nunca findam, homens valentes cuidando dela, não se repetiriam. A maioria dos ratos da Gabiru, voltaram a ser prefeitos, que justiça eleitoral de merda é essa que homologa candidatura se homens que roubam merenda de crianças? – Os da Taturana, só não voltou quem não se reelegeu, os outros estão todos aí, no mandato .

  • Miral

    E cadê as manifestações, passeatas, carreatas, buzinaços e protestos dos alagoanos na Praia de Ponta Verde? Cadê o acampamento em frente ao Alagoinha? Acabou-se a indignação contra a corrupção? Nosso Governador tem uma Secretária de Turismo acusada de desviar R$ 15 milhoes da Educação; nosso Presidente, que se cercou de Ministros acusados de corrupção, tem um Ministro Alagoano nos Transportes condenado pelos desvios quando era Secretário de Educação; nosso Presidente do Senado envolvido até o pescoço na operação lava jato. Sociedade, mostra tua cara…

  • Luis Melo

    Isso acontece porque nos poderes deste estado todos tem parentes e compadres entre si. Todos estão maculados entre eles.Um dia um juiz prende, no outro um desembargador solta no outro um desembargador prende e fica nesse legalenga.Com isso os que mais precisam continuam sofrendo.

  • Matheus Fulô

    O nobre Jornalista nao ressaltou a OPERAÇÃO da PF hoje em Traipu para combater a corrupção no governo da prima do então atual candidato a prefeito daquela cidade: EDUARDO TAVARES! Em outros tempos, De Marcos Santos, nao podia um pombo cagar na cidade que virava notícia desse blog!

  • Amaro do Ferrão

    Tá só começando. O lixo vem depois.

  • Decepção

    É lamentável a certeza da impunidade, essas operações deveriam ir até o sertão para constatarem empresários do ramo de supermercado milhonários, dominando o cartel da merenda, olhem os patrimônios desses empresários, as empresas várias em nome de laranjas, GCOC a PF, vão até estas cidades, Jacaré dos Homens, Monteiropolis, Olho d´gua das Flores, Carneiros,Palestina, Senador Rui Palmeiras, Major Izidoro,Cacimbinhas etc

  • ze do bonito

    vergonha!uma cidade tão pequena como minha Tanque Darca,e tantos corruptos,mais a segunda parte da operação vem ai.

  • sebastião iguatemyr cadena cordeiro

    ESTÁ TUDO SOBEJAMENTE EXPLICADO. . . TANTOS COMENTÁRIOS PERFEITAMENTE LÚCIDOS E ELOGIÁVEIS …O QUE ESTÁ FALTANDO!? É COMO AQUELA ASSEMBLÉIA DOS RATOS(É UMA FÁBULA,NÃO SE TRATA DA VIDA REAL “NESTEPAIZ”),EM QUE SE CONCLUIU QUE, SE COLOCASSEM UM COLAR COM UM CHOCALHO NO PESCOÇO DO GATO,AS CHANCES DOS CAÇADOS AUMENTARIAM EXPONENCIALMENTE.
    TÁ TUDO MUITO BEM,TODOS CONCORDAM,MAS…QUEM SE HABILITA A COLOCAR O COLAR NO PESCOÇO DO GATO!? ASSIM,A BRILHANTE IDÉIA FOI POR ÁGUA ABAIXO …INTERVENÇÃO MILITAR. . . ALGUEM TEM OUTRA IDÉIA!? E SE O GATO ,TÃO ENGODADO E NUTRIDO,ESTIVER
    SE TRANSFORMADO EM UMA ONÇA!? NEM O LEÃO BANGUELO,O
    DA RECEITA,VAI ENCARÁ-LA. . .

  • mario

    Tirar comida de crianças carente que sai de casa com fome pensando que tem merenda na escola. Merece ser enforcado ou pena de morte. Devia tirar comida dos filhos deles para eles sentir na pele. Quem faz isso nso e humano.

  • Italo

    Toninho Lins em Brasília ??? É o fim do Brasil volta Dilma kkkkk

  • Severina

    Será que enquanto o povo sofre esses mal carate fica rindo da população que lei é essa só para pobre essa palavra a lei é para todos é Balela provém para mim depois dessa vergonha