O senador Renan Calheiros, ainda que não tenha contra ele o tal “batom na cueca”, virou um vírus de grande capacidade de contágio.

O ex-ministro da Opacidade, Fabiano Silveira, caiu em desgraça depois de aconselhar Calheiros sobre como agir no inquérito da Lava-Jato em que o presidente do Senado é alvo junto com o afilhado dele, Sérgio Machado, o delator-geral da República.

Não há mais retorno para Silveira, se não por crime, mas por comportamento inadequado para quem teria como missão resolver negócios bilionários em nome da União (os acordos de leniência).

A imprensa nacional anuncia agora que caberá a Calheiros a indicação do novo presidente da Eletrobras, na repetição dos métodos de esquartejamento da máquina pública para distribuí-la aos de sempre.

A prática dilmística passa a ser temerária como se nada tivesse existido.

O senador Renan Calheiros sempre tem dito que não indica ninguém para nenhum governo. Agiu assim antes, age agora e o fará no futuro.

Pode ser.

Mas uma coisa está clara: dar conselhos a Calheiros pode não ser a atitude mais inteligente (e silenciosa) que algum candidato a poderoso pode ter em Brasília.

Consignados: "Caixa não pode cobrar dos servidores", diz secretário
Sete mil servidores com empréstimos consignados recebem cobrança da Caixa Econômica
  • JEu

    Realmente, se alguma atitude mais séria do STF não for tomada para frear o Re(i)nan, além de permitir que a Lava-Jato produza efeitos mais expressivos no meio político, a tendência é que o Brasil continue a TEMER por seu povo e por seu futuro… Moro já para o STF…

  • Daniel

    Em tempos de tecnologia avançada qualquer um pode ter um gravador e uma câmera escondida.
    Pra salvar a própria pele o cara entrega qualquer pessoa.
    Sérgio Moro e a PGR devem ter um arsenal pra ir tirando quem eles acham que não presta.
    Viva a lava-jato.
    Que abram novas lava-jato nos municípios e estados.

  • Gustavo

    Ricardo, como anda o caso do Presidente do TJ/AL no CNJ (denúncia de corrupção)? O que fez a OAB/AL nesse caso? Não deixe ele cair no esquecimento.

  • Bel

    AQUI EM ALAGOAS TEM ALGUNS!!!

  • WAL

    Temos: CALHEIRO + TEMER + COLLOR + BIL + ARTUR LIRA + CUNHA + SARNEY = Diabo.
    Continuem dando voto de confiança a eles…

  • Vivo

    Prezado Mota, bom dia!

    Nada como a tecnologia a serviço da informação e a liberdade de expressão, para que fiquemos ao par de tudo o que ocorre nos bastidores.

    Melhor ainda, ver como as coisas podem e devem ser resolvidas de imediato, sem aquela de ‘meu malvado favorito’, se bem que ainda vamos ver muita água rolar por baixo da ponte.

    Nada como a lava jato, Zelotes e outras do gênero que precisam chegar e muito rápido, nos âmbitos de Estados e Municípios. Dará trabalho, mas veremos que se pode consertar muita coisa no País.

    Em que pese o Senador ‘ser um gênio’, segundo suas próprias palavras nas gravações de seu pupilo da BR Distribuidora, nem sempre essa qualidade se perpetua e mais dia, menos dia, a coisa aparece de forma repentina, já que ninguém que fazia parte do ‘grupos de assalto’ quer levar a culpa sozinho, independentemente de quanto amealhou nas ‘operações’.

    E eis que surge um fantasma: Paulo Cesar Farias… quem diria que ele povoaria o invisível da política de novo, mesmo dado como arquivo vivo, enterrado morto, há tanto tempo e já caído no esquecimento?

    Queria mesmo ver chegar nos Estados e Municípios; principalmente de nossa querida e quase estrela radiosa Alagoas, para que possamos ter ciência do mal causado há tantas décadas pela ‘realeza política’ que paira como sempre e quase perpetuamente sobre nossas plagas.

    Abraço cordial …

  • NADO

    Uma Pergunta: Porque o LULA ainda está solto?

  • Há Lagoas

    Em tempos de escutas e delação premiada, daqui a pouco nossos políticos serão forçados a praticar o “naturismo” em seus gabinetes e locais de reuniões escusas!
    Não terão dificuldade em se expor, o problema será onde esconder o dinheiro…

  • TEMER, CONSERTA-LO-EI?

    TUDO PARA DESVIAR OS DOIS FOCOS MAIORES DA FALTA DE SERIEDADE NO TRATO DA COISA PÚBLICA NO BRASIL PLANALTO, QUE UM DOS DOIS É ALGO PODENDO CHEGAR AOS PÍNCAROS DE VALORES ESTRATOSFÉRICOS DE R$ 2,5 TRILHÕES COMO O AUMENTO DA FAMIGERADA DÍVIDA PÚBLICA FEDERAL líquida líquida líquida ENTRE 2003/2016 GOVERNOS LULA & DILMA DO PT!!! GENTE ESTAMOS FALANDO EM R$ 2,5 TRILHÕES DE EMPRÉSTIMOS TOMADOS NA FORMAÇÃO DO AUMENTO DA DÍVIDA PÚBLICA líquida líquida líquida. É VERDADE QUE SOCA TEMPERO, BOCA DE SINO OU TRABUCO DEU UM TIRO CERTEIRO ATRAVÉS DE QUINCAS LEVI ATRÁS OS BRASILEIROS QUANDO NA GRAVIDEZ DE 9 MESES DE GESTAÇÃO, AUMENTOU ESSA BESTEIRA EM ++++ R$ 300 BILHÕES? E POR ÚLTIMO UM BARBEIRO, CAFUÇU QUE AUMENTOU EM? SERÁ R$ 200 BILHÕES, R$ 300 BILHÕES, R$ 400 BILHÕES… UMA COISA É CERTA, A DÍVIDA PÚBLICA FEDERAL bruta bruta bruta ESTÁ EM R$ 4 TRILHÕES, R$ 4 TRILHÕES, R$ 4 TRILHÕES, 2° CARLOS ALBERTO SARDENBERG COMENTARISTA DA GLOBO E AGORA AFIRMO QUE EM DEZ/2001 (FHC) ERA DE R$ 645 BILHÕES!!! SEM ESQUECER A DÍVIDA líquida líquida líquida QUE FHC AUMENTO EM R$ 100 BILHÕES NOS 8 ANOS DE GOVERNO, VEM LULA & DILMA E AUMENTARAM EM ++++ R$ 2,5 TRILHÕES, R$ 2,5 TRILHÕES, R$ 2,5 TRILHÕES EM 13 ANOS DE desGOVERNOS OU SEJA LULA & DILMA AUMENTARAM A FAMIGERADA DÍVIDA líquida EM 25 VEZES. MERECE OU NÃO AUDITORIA OU DEVASSA NA DÍVIDA PÚBLICA FEDERAL? AÍ VEM O COMENTÁRIO VAPT VUPT DO PRESIDENTE DO ITAÚ/UNIBANCO NO CLÁUDIO HUMBERTO ELOGIAR O AFASTAMENTO DE DILMA RUIMSELFF, OLHA BEM, DIANTE DE UMA CRISE ECONÔMICA COM MILHARES DE EMPRESAS FECHADAS E FECHANDO, ESSE MESMO GRUPO FINANCEIRO TEVE UM LUCRO DE R$ 15 BILHÕES E TENTA NOMEAR UM DIRETOR DO SEU DEPARTAMENTO ECONÔMICO ITAÚ/UNIBANCO PARA A PRESIDÊNCIA DO BANCO CENTRAL!!!
    PRESIDENTE MICHEL TEMER USE ++++ UM ‘CONSERTA-LO-EI’ E NÃO DEIXA AS CHAVES DO GALINHEIRO COM UMA RAPOSA, É HISTÓRIA DA CAROCHINHA!!! O PT ENTERROU, ACABOU COM O BRASIL E VOCÊ É A TÁBUA DA SALVAÇÃO NO CONSERTA-LO-EI!!! DEPOIS COMENTO O 2° MAIOR PROBLEMA DO BRASIL CHAMADO DE ‘METAL NOBRE NIÓBIO’.
    PRESIDENTE MICHEL TEMER AQUELE ABRAÇO E PULSO FIRME!!!
    P/Arabutan.

  • Mak Roberto

    O PT e o PMDB são cúmplices em todo o esquema de corrupção.

  • Paulo Rostner de Olivença

    Caro Ricardo Mota, todos estão ruins na fita, não existem nomes confiáveis para assumir cargos neste (des)governo Temer e nem em qualquer outro no futuro. Para o vírus corruptus não há cura e nem interesse para imunizá-lo.
    Respondendo ao Sr. Nado: o Lula ainda está solto porque foi feito um acordo(leia-se golpe) para o PT sair do poder em troca da liberdade do chefe da máfia.

  • Paulo Jorge

    Estou contando os dias para o GÊNIO do Congresso em vez de voltar para Alagoas ser infiltrado em um lugar fora daqui.

  • ROBERTO PAIVA

    PREZADO RICARDO MOTA
    RENAN CALHEIROS CONTINUA SENDO RENAN CALHEIROS. ISTO É INDISCUTIVEL.. FEZ HOJE NO CONGRESSO UM CURTO PRONUNCIAMENTO QUE PAUTOU TODA IMPRENSA NACIONAL SOBRE A LIVRE EXPRESSÃO DE UM PARLAMENTAR.
    CLARO QUE PODERA VOLTAR A TER PROBLEMAS NO FUTURO. MAS, NESTES AUDIOS EXCESSIVAMENTE MIDIATICOS EM NADA VAI COMPROMETER SEU CARGO DE PRESIDENTE DO SENADO FEDERAL.
    ROBERTO PAIVA
    OBS:DENUNCIA TEM QUER TER CONTEUDO E COMPROVADA MATERIALIDADE.

  • roose

    Vendo e lendo os comentários da mídia nacional acerca do senador Renan são as mais depreciativos possíveis e no que tange aos adjetivos usados são na sua totalidade , aviltantes e desonrosos e vis , colocando a autoridade como um ser desprezível. Eu não sei como esse político consegue colocar a cabeça no travesseiro e dormir. É profundamente lamentável.

  • Joilson Gouveia Bel&Cel RR

    CONSELHOS DE CONSELHEIROS? NÃO ACONSELHO!
    Joilson Gouveia*
    Mota, bom dia!
    Deu-se, no caso, pelo que se nos antolha, aquele axioma popular: “tentou-se ensinar ‘padre-nosso’ ao vigário”! Ou este outro adágio: “Se conselho fosse bom não se dava; vendia-se”! Ou não?
    Denota-se, pois, que as “temeridades temerárias”, por enquanto, são bem díspares, diversas e diferentes das diLLmistas conquanto opostas, contrárias e antípodas, diametralmente. Ou não?
    Sem TEMER a nada e ao menor sinal de erro, lapso, engano ou malfeito, ou simples indícios ou meras suspeitas tem-se dado, com brevidade e urgência exigidas, o dito “CONSERTA-LO-EI”!
    Aliás, urge destacar, desde logo, que sequer votei na alegada “coalizão vitoriosa” nas últimas eleições – que não passaram de desbragado, oprobrioso, inescrupuloso e criminoso ESTELIONATO ELEITORAL senão a MAIOR FRAUDE ELETRÔNICA DIGITAL: “Quem vota não decide nada; quem conta os votos decide tudo”! – Stalin. Foi, pois, o que sucedeu -, mas nem por isso íntegro aos grupelhos escarlates do “quanto pior melhor” que são oponíveis, oponentes e opositores, que estão a TEMER a quem fora “eleito” pelos mesmos comunapetralhistas, agora temidos, temerários e terroristas enquanto ferrenhos oposicionistas! (?)
    Ademais, frise-se que sou dissidente do PT desde após o “lulalá”, que nos decepcionou a todos (tarde percebi o engodo e ardil enganador em que caíra, mormente quando expulsaram Heloísa Helena – quantos mais expulsaram?) E nunca morri de amores pelo PMDB, coadjuvante das mazelas gravosas, maléficas, malévolas e perniciosas que nos infligiram e nos afligem a todos. Mas é imprescindível que nos unamos todos para tirar o Brasil e os brasileiros e as brasileiras do grande atoleiro, pântano, lodaçal e do brejo em que a “vaca-de-coqueluche” (no dizer Marcelo Madureira) nos atolou a todos. Estamos numa areia movediça, urge esforços conjuntos e união para sairmos deLLa. É fato!
    Deu-se o primeiro passo adequado, com o afastamento deLLa, por ser uma incompetentA gerentA do PAC e, sobretudo, ineficientA presidentA que “governava” apenas para os seus escarlates (os daqui e doutras plagas estrangeiras vermelhas), consoante os aludidos 54 milhões de votos obtusos, soturnos, sombrios e enigmáticos; como se os 54 milhões de votos fossem maior que os 114 milhões de eleitores ou mais que 204 milhões habitantes brasileiros e de brasileiras “dessepaís”.
    Enfim, urge endireitar nossa Nação e empregar novamente, outra vez e de novo os mais de 11, 4 milhões de desempregados; abrir outros 4 milhões de empregos, para os novos trabalhadores, que buscam seu primeiro trabalho; debelar a perversa inflação de dois dígitos e, sobretudo, reduzir os extorsivos juros e abusivos aumentos de impostos, tributos, contribuições, taxas e serviços, dentre outras medidas urgentes e imprescindíveis.
    Abr
    *JG