O blog vem recebendo, desde a semana passada, comentários como o que está postado abaixo:

carlos disse:

30 de maio de 2016 às 11:33 Editar

Alo,alo servidor público,que tem consignado quem ainda não recebeu a carta de cobrança é só ter paciência a qualquer momento a sua chega. Pois a minha já chegou. No meu salário foi descontado e se o estado não repassou, de quem é a dívida? Será quem nem Ricardo Mota explica? Foi lapso de memória, nem FREUD explica.

Ou seja: a Caixa Econômica Federal está notificando, por inadimplência, servidores públicos estaduais que fizeram empréstimos consignados.

A cobrança, está claro, tem o endereço errado: quem tem de fazer o pagamento é o próprio Governo do Estado, que é o encarregado de efetuar o desconto direto na folha de pessoal, repassando o dinheiro para a Caixa Econômica.

Por duas vezes, eu entrei em contato telefônico com o secretário da Fazenda George Santoro.

Em ambas as oportunidades, ele me garantiu que os compromissos do Estado com a Caixa, especificamente em relação aos empréstimos consignados, estão em dia.

O que reafirmou no início da tarde de hoje.

Extraoficialmente, nada menos do que sete mil servidores públicos estaduais estão sendo “vítimas” das cobranças do banco que faz os empréstimos.

Ou há apropriação indébita, ou erro de uma das partes: caixa Econômica e/ou Governo do Estado.

Os servidores cobrados podem muito bem – se assim  quiserem – ingressar com uma Ação Civil por danos morais.

(E nem adiante dizer que o erro foi do “sistema”, ainda que ele seja um vampiro.)

Quem será o próximo conselheiro de Calheiros a aparecer na fita?
Rodrigo Cunha resiste à pressão do PSDB por prefeitura de Arapiraca
  • Carlos Temer

    A caixa está descontando diretamente no meu salário sem o valor descontado constar no contracheque.

  • Mario Cesar

    Não e a primeira nem a segunda vez que acontece, desde do governo Ronaldo Lessa, que essa safadeza acontece. Procurar a justiça alagoana e uma piada, a audiencia de instrução demora no minimo um ano. E como fica o funcionario publico, esta na de para com essa brincadeira de gato e rato, o governo diz não fui eu a caixa a mesma coisa. O funcionario vai fazer o que

  • tania

    No meu contracheque vem o desconto bem certinho e recebi carta da Caixa Economica, o que fazer?Ainda não fui a Caixa esperando para ver o que acontece, se vou receber o 2° aviso pois recebi o 1°.

  • revoltado

    gostaria de saber porque o governador só liberou o emprestimo consignado pra ser feito só pela caixa e bloqueou os outros bancos o servidor estar obrigado a fazer com a caixa

  • JEu

    Já recebi os meus avisos de cobrança… gostaria de saber se já posso procurar um advogado ou se tenho que esperar um segundo aviso… De qualquer maneira, isso é um descaso (ou mais um) para com os servidores públicos… não importa se cometido pelo governo ou pela Caixa Econômica…

  • WAL

    AOS POUCOS, RUMO AO MARANHÃO.

  • MARCOS ROBERTO

    Ricardo, no meu caso é totalmente diferente,alem de receber varias cobrança através de carta. Nos meses de março e abril a Caixa desconto da minha contra o mesmo valor que foi descontado na folha pelo estado tiver que ir na caixa varias vez para quer o dinheiro voltasse para a minha conta. O GERENTE DA CAIXA DA GRUTA DISSE QUE O ESTADO ESTAVA COM TRÊS MESES QUE NÃO REPASSAVA.

  • Cesar

    Viva Renãozinho!

  • Servidora

    Ricardo Mota estamos prejudicados estão impondo os servidores so fazer imprestimo consignados com a caixa, queremos outros bancos Bradesco por exemplo estamos refem da caixa já não basta os nossos salarios, secretario de gestão publica queremos uma resposta, queremos a volta do Bradesco.

  • Henrique Cavalcante

    Só para constar, o nome dessa prática é pedalada fiscal.

  • Da Marexa

    Eu já ganhei uma dessas causas, justamente por conta dessa cobrança indevida. Queriam que eu respondesse por um consignado que já havia quitado. Ganhei o equivalente a 7x o valor.

  • Marcus Mota

    Caro Ricardo, isso não só está acontecendo com os clientes da CAIXA, mas também de outros como por exemplo o Itaú. Em alguns casos, os nomes dos servidores estão sendo inseridos no SERASA/SPC. Algo de errado está acontecendo, mas vejo que se há o desconto na folha do servidor, este mesmo se exime de qualquer cobrança.

  • Johnny

    Aconteceu comigo novamente este mês. Exatamente como muitos: No contracheque de abril aparece os descontos e o salário foi depositado já com os devidos descontos. Mesmo assim a cobrança veio. Conversando com pessoas da Caixa(pessoas que sabem como o “sistema” funciona) soube o seguinte: O Governo ou Estado ou “Alguém” retira o montante devido de empréstimos dos servidores todo dia 30 e todo o dia 11 e somete repassa para a “Caixa” depois… muitos dias depois. Agora Ricardo pergunta ao Arnaldo se pode isso? Por favor. E a propósito esse seu esboço de matéria deveria ser capa de jornal. No mínimo!

  • Jakson

    o atraso ocorre sim. Quitei um empréstimo com a CEF. No contracheque tinha pago 57 prestações, no entanto o Estado só repassou 55, então para quitar tive que pagar 5 parcelas e estou esperando o repasse do estado para CEF para receber meu dinheirinho. Estou no aguardo kkkkkkk

  • martina

    Tem que verificar o que está ocorrendo, pois só a caixa está fazendo empréstimo com os servidores do estado, ficando assim a excluisividade, queremos outros bancos…

  • pedro antonio cordeiro mendonça

    Não tem outra explicação, É PURO 171, vou consultar o BANCO CENTRAL, se é legal só a caixa está fazendo empréstimos para nós servidores, onde está a livre concorrência. O que diz o código do consumidor.

  • CARLOS FRANCISCO DE FARIAS

    Atenção meus amigos,vamos colocar o estado no (SPC).

  • Eudes Simplicio

    Sem falar da margem 2 disponível no contra cheque para liberação de cartão consignado para o servidor, só de fachada, pois nenhum banco esta fazendo empréstimo consignado para o servidor além da CEF e nem a própria CEF faz esse cartão consignado, ou seja, margem 2 inútil.

  • RDCC

    Pelo o que se parece, é erro mais uma vez do programa que faz a gestão da folha. Era Expresso Card, mudou a cara e agora chama-se Neoconsig. Tenta bater um papo com o responsável Sr Ricardo Mota, ele deve saber explicar o que vem acontecendo, inúmeras falhas como essa e tantas outras que simplesmente a parcela some do contra cheque do servidor que fica com o debito em aberto.

  • edson

    recebo o contra cheque com um valor, e, quando vou retirar, tem descontos da caixa não autorizados por, metendo a mão no meu dinheiro, já por diversas vezes. fiz uma portabilidade, a caixa pagou, mas o itaú bmg, não liberou a margem, e, nós servidores estamos de mãos atadas, pois nem a caixa antecipa mais o 13º, porque o servidor está no spc/serasa, que eles mesmo inventaram, devemos reclamar a quem?

  • ADEILMA MARIA

    Chegaram ontem as cobranças em duas cartas da Caixa. Contudo, foi descontado no contracheque. Absurdo!

  • Cicero Ferreira dos Santos

    Eu quero saber se com a cobrança indevida já posso impetrar uma ação de danos

  • Nathalia

    Os outros bancos não fazem empréstimo consignado pq não querem, deve ser por conta dos atrasos no repasse. Por isso então a caixa Eh a única que faz. Então Eh melhor ficar feliz e aproveitar antes que nem a caixa queira mais.

  • maria

    acabei de receber uma cobrança da caixa . Já estava pensando que o meu cartão tinha sido clonado,mas depois dessa reportagem, provavelmente, o governo nao repassou o desconto. só faltava essa

  • luciano

    Estranha essa situação, já tinha lido algo a respeito, agora entendi um pouco mais. Na verdade o estado atrasou o pagamento, gerando uma dívida ao titular da dívida, no caso o servidor. Mas mesmo com cartas de cobrança, quando o servidor recebeu o salário, foi descontado em folha o valor devido no crédito consignado.
    Situação atípica, mas neste caso o servidor não tem culpa.