Que o senador Fernando Collor havia saído do PTB, todo mundo já sabia: ele mesmo havia avisado ao estilo – sem comentar a sua decisão.

A novidade, no entanto vem de Brasília “fresquinha”: o ex-presidente assinou ficha de filiação ao PTC, presidido nacionalmente por Daniel Tourinho, o mesmo que criou o PRN, partido pelo qual Collor se elegeu presidente da República, em 1989.

Seria uma volta ao ninho.

Aqui em Alagoas, o PTC é presidido por Paulo Memória, que desembarcou em terras caetés no ano passado e já se tornou o candidato do chamado G8, grupo de pequenos partidos, a prefeito de Maceió.

Memória, aliás, está em Brasília para ter uma nova conversa com o ex-presidente, que o impressionou bastante ao primeiro contato.

É claro que, em se tratando do senador petebista, muitas especulações são inevitáveis: por que ele escolheu o PTC – o que foi confirmado por três fontes, inclusive um colllorido – e que papel vai desempenhar nas eleições deste ano?

A explicação mais surpreendente, ainda que não seja nada descartável, é que Collor avalia a possibilidade de disputar a prefeitura de Maceió.

É importante lembrar que em todas as vezes em que foi candidato – com a exceção da última – ele só se manifestou oficialmente na última hora.

Sempre jogou com a surpresa em seu favor.

Arthur Lira é promovido de investigado a denunciado no STF
Ação por infidelidade de Almeida no TSE será julgada em 30 dias
  • Ivete Miranda

    Prezado Ricardo,

    Sugiro que o jornalista comente o caso abaixo. Ele é um dos mais hediondos relacionados a segurança pública alagoana e revela uma faceta criminosa de uma condenável e despreparada conduta policial, aparentemente elogiada pela população e estupidamente defendida pelos oficiais que comandam a Polícia Militar.

    http://www.tnh1.com.br/noticias/noticias-detalhe/maceio/mulher-diz-que-pai-foi-morto-por-testemunhar-assassinato-de-jovens-em-acao-da-pm/?cHash=465a316b748eee91661dc08196d38ce5

  • Bel

    QUEM COMPRAR MAIS VOTOS GANHA. É ASSIM!!!

  • Jr

    Meu Deus,
    Collor, Ciço, Rui e JHC para a Prefeitura de Maceió.
    Quem tem mais dinheiro para se eleger?
    Quanto vai custar o mandato de prefeito?
    Quais sãos as secretarias disponíveis para negocias apoio?
    Veremos! Cenas dos próximos capítulos.

  • Celso

    As investigações apontam que Collor recebeu, entre 2010 e 2014, R$ 26 milhões como pagamento de propina por contratos firmados pela BR Distribuidora, subsidiária da Petrobras. Pedro Paulo Leoni Ramos, ministro de Assuntos Estratégicos do governo Collor, seria o principal articulador do esquema. Olha aí o dinheiro JR

  • Pedro

    O que? collor candidato a prefeito de maceio? kkkkkkkkkkkkkkkkkk piada!!

  • Do Senado e de Alagoas eu vejo tudo!

    E agora?!
    Tantos candidatos bons que fica difícil escolher em quem votar nas próximas eleições, se em Rui, Ciço, JHC, Collor ou no Laranja (que ainda vai aparecer).

    Maceió e Alagoas é um celeiro de bons nomes na política!

  • Frederico Farias

    É isso aí, mais uma vez o príncipe-filhote se agrega a um partideco do tamanho de sua estatura moral.

  • Romão

    Sangue de Cristo tem poder! Sai de retro! Aaafff!!!

  • WAL

    E,quanto o EDUARDO CUNHA e RENAN CALHEIROS, manda na mais alta corte de justiça brasileira, tudo pode.
    VIVA OS ELEITORES DESTAS PRAGAS.

  • BEKMAN AMORIM DE MOURA

    MACEIÓ “VERDE & AMARELO” NAS ELEIÇÕES 2016 !

  • Cesar

    Ricardo, pelo amor de Deus, onde vamos parar? O que tem a ver a saúde de um bebê com política?

    Pediatra se recusa a atender filho de militante do PT

  • Não Colla Mais!

    Elle não será candidato, e ser for, perderá a eleição.

    Em todas as eleições majoritárias que disputou depois de deixar a Presidência, o collorido perdeu (Governo do Estado de AL, duas vezes).

    Penso que o eleitor de Maceió não é mais burro que o eleitor do Estado de Alagoas.

  • carlos

    Se mudou de partido é como nascer de novo:”Tudo que fez de errado em termo de corrupção não vale mais”.Collor,volta zerinho com propostas para acabar os marajás,corrupção.”No meu governo quem roubar e matar vai para Suiça!

  • jobson

    Collor nunca mais, estar morto.

  • Jr

    Essa investigação é interessante. Começou de cima para baixo, torço para chegar as prefeituras e órgãos públicos, onde se pratica o enriquecimento ilícito com dinheiro público.
    Para existir ética na política, muita coisa tem que mudar, começando por afastar os políticos investigado e depois se comprovadas as irregularidades, torna-los inelegíveis por corrupção.

  • Jr

    Democracia é o regime de governo em que todas as importantes decisões políticas estão com o povo, que elegem seus representantes por meio do voto. Não entendo que temos o direito de votar, transformado em obrigação de votar. O voto obrigatório é uma maneira desesperada de tentar que os apáticos votem. Mas se a política é incapaz de seduzi-los pela via das ideias, para que obrigá-los a participar em um sistema incapaz de ser representativo e participativo?

  • ieda

    Bora Collor na prefeitura pior do que ele e Rui e colocaram elegeram dizendo o cara e bom.

  • Ricardo

    Ieda, é por isso, sou contra analfabeto votar. Seu conhecimento em política é realmente deplorável.

  • Antonio

    Collor é suspeito de lavagem de dinheiro e evasão de dividas, baseado na suposta entrega de dinheiro pelo doleiro Alberto Youssef a ao senador do PTB, de acordo com o pedido de abertura de inquérito apresentado pela Procuradoria-Geral da República e divulgado nesta sexta-feira pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

  • carlos

    Gentem precisamos compartilhar com Ivete Miranda.A violência das ruas não pode se misturar com a violência polícial.

  • sebastião iguatemyr cadena cordeiro

    LAI HEM . . . LAI HEM , A RURAAAAAAAAAAAAL. . .
    HÂMO VER O MAR . . . HÂMO VER O MAR . . . HÂMO VER O MAR . . . QUE A RURAL VAI ARRIBAR . . . KI-KI-KI—KI-KI-KI . . . Ô M I !!