Vem por aí: Ajuste Fiscal 2 – a vingança.

Não me pergunte de quem contra quem, mas o fato é que o Palácio República dos Palmares vai encaminhar à Assembleia Legislativa um novo projeto de ajuste das suas contas, seguindo o que está estabelecido no pacote da presidente Dilma Rousseff para os estados.

Pela proposta do Planalto, as dívidas dos estados para com a União serão alongadas em mais 20 anos, além de reduzir em até 40% os pagamentos mensais durante dois anos.

Em compensação, os estados terão de cumprir uma série de exigências, atingindo principalmente os gastos com pessoal (proibindo novas contratações, também).

Há sinais de que Renan Filho deverá enfrentar problemas de natureza política, por óbvio. Mas pode ser uma questão de custo-benefício para o Palácio República dos Palmares.

A compensação viria em forma de investimentos com recursos próprios – algo como R$ 30 milhões/mês, lembra o líder do governo na Assembleia, deputado Ronaldo Medeiros.

O governo planeja investir em hospitais, delegacias e outras obras que possam sugerir prioridades.

Os detalhes do novo pacote já estão sendo engendrados pela equipe de Renan Filho, que espera contar com o apoio de vários setores da sociedade.

Convenhamos, não é uma decisão fácil em tempos já tão difíceis.

Deputados querem que juiz Alberto Jorge autorize "repasse zero" do IR dos servidores este ano
Júnior Dâmaso se filia ao PMDB para disputar prefeitura de Marechal
  • JEu

    Este projeto já nasce com dois grandes furos: 1) Sem garantir o reajuste da inflação nos últimos 12 meses para o funcionalismo, as tais “obras” e “investimentos” em infra-estrutura ficarão sem finalidade, pois não terão mão-de-obra para tocar os projetos, “quando terminados”…. 2) Em ano eleitoral, o que me deixa preocupado é a “pressa” em conseguir estes “recursos” destinados exclusivamente a “obras” e “investimentos” em infra-estrutura… será que alguma parte dos “recursos” vão pegar “desvios” para campanhas eleitorais?….

  • Servidor angustiado

    Como proibir novas contratações!!!!!!!! A Secretaria de Estado da Saúde está uma festa com a chegada de pessoas contratadas sem o menor conhecimento do que é o SUS. Uma vergonha, uma vez que temos à frente da referida pasta uma Secretária e assessoria perseguidora e incompetentes. Senhor governador, meu voto foi para Vossa Excelência, mas jamais em momento algum passamos por situação semelhante. Apesar de todas as dificuldades enfrentadas pelo pouco recurso destinado a saúde, trabalhávamos com prazer e em harmonia, eramos felizes e não sabíamos.

  • geraldo

    Mais uma vez a “solução” dos problemas passa pelo massacre do funcionalismo público, presidenta, governador, o servidor também come, também tem familia, também tem despesas para pagar, como vai ser para fazermos nossa feira se os preços estão pela hora da morte e nosso salário não aumenta, a inflação bate recordes e a solução é achatar mais ainda o salário desse povo sofrido. temos direito pelo menos a reposição da inflação, isso é um absurdo, vão nos matar de fome, politicos malditos, não temos culpa das falcatruas que vocês fazem. só Deus para nos salvar.

  • felipe

    ESSE GOVERNO PRA MELHORAR, TEM QUE PIORAR MUITO. É MUITA INCOMPETENCIA JUNTO.
    ENQUANTO O PT TIVER UMA SECRETARIA A SUADA VAI SER O SILENCIO. MAS UM DIA O PT SAI DO GOVERNO E AI… SUADA NOS SINDICATOS QUE FORAM COMPRADOS.
    NA EDUCAÇÃO O SINTEAL PARECE UMA MOCINHA COMPORTADA. E A EDUCAÇÃO AOS FRANGALHOS.
    RUI PALMEIRA DERROTAR RENANZINHO EM 2018 É MOLE, MOLE.

  • fabiolima

    e a data base de 2016, quando vai anuciar