Na semana que se finda, destacou-se na imprensa local a iminente aliança política entre as famílias Calheiros e Lira, visando 2016.

Há, sim, muito em comum entre os adversários da campanha do ano passado. O discurso fartamente repetido por ambas as famílias – com seus candidatos – sobre o esquema da Lava-Jato coincide em tudo: o dinheiro recebido das empreiteiras denunciadas nas tenebrosas transações que lesaram a Petrobras é legal – está registrado na Justiça Eleitoral.

Não é o que dizem os delatores.

Quem acusa, no entanto, tem de provar o que afirma.

E até que as investigações sejam concluídas e os processos julgados, todos são inocentes – do jeito que vieram ao mundo.

Se no caso mais grave, por danoso à Nação, eles já concordam de forma tão cristalina e pública, na necessidade de sobrevivência política podem encontrar outros – fáceis – pontos de interseção.

Promotor Marcus Rômulo: "O programa de cotas no Brasil parte de duas mentiras"
Comissão da Verdade de AL é vítima da burocracia e do ajuste fiscal
  • ARTUR

    O mais vergonhoso disso tudo é o ALAGOANO ter a coragem de VOTAR em políticos já veteranos e conhecidos em praticarem o MALFEITO.
    VOTE COM INDEPENDÊNCIA.

  • Patrícia

    Ricardo, se possível, faça um balanço sobre o andamento da gestão da educação de Alagoas. Foram tantas promessas e nada temos de concreto. O PEE está parado na ALE, fico indignada pelo o desprezo que o RF tem dado a essa tão importante pasta. Tudo o que ele quer na ALE ele consegue, menos aprovar o PEE. Não está repassando os 25 % de recursos que deve ser destinados.
    Se ao menos tivéssemos um secretário que entendesse dos problemas da educação, Luciano Barbosa, não tem dado resultado, parece está perdido na Seduc, mas não tem humildade suficiente pra mostrar que suas competências e habilidades não servem pra cuidar especificamente desta tão problematica e necessária pasta.
    Ricardo, sem dúvidas, você é o jornalista mais influente de Alagoas e sabe que sem educação não é possível conseguir nada!
    Obrigada!

  • Liberato Mitchell Braga

    É preciso o povo ficar atento a essa prática desses conhecidos políticos veteranos, Enfim voto e a única forma de mudarmos o rumo da história,no nordeste principalmente esses políticos tem costume de comprar os eleitores.

  • JEu

    É o mesmo que querer tapar o sol com uma peneira. É só “sofismar” com a verdade e tá tudo bem…. Mentir já virou tática política eleitoreira há bastante tempo neste país… A verdade é uma coisa que “atrapalha” a vida desses “cidadãos” honestos e puros de consciência (claro que não têm uma, mais muitas… uma para cada ocasião)… E o povo; bem esse continua sendo só um pequeno detalhe… (só é lembrado na hora do voto… se é que já houve votação honesta, algum dia, neste país)….