O fechamento de 11 agências bancárias na Rua do Sol, por falta de autorização para funcionamento, é emblemático e didático.

São setenta e quatro agências bancárias na capital e só um delas, a mais “jovem” e que fica na orla, tem essa licença ambiental.

Segundo o secretário Municipal de Proteção do Meio Ambiente, David Maia, todas as agências interditadas foram notificadas em setembro e não apareceram na secretaria para, ao menos, contestar a notificação.

A Rua do Sol foi escolhida porque lá estão agências de todos os bancos que atuam em Maceió.

O que diz o secretário?

– Se nós estamos interditando bodega, lojas, bares, por que não podemos fazer isso com o os bancos? Eles precisam se adequar à lei, que é de 1996.

As multas estabelecidas pela legislação podem ser consideradas altas: mais de R$ 273 mil (para os bancos, um troco).

O que mais impressiona é o desdém com que a questão é tratada. A começar pelos bancos oficiais, que já disseram que vão à Justiça para que não sejam obrigados a pagar nada.

Os bancos privados – os grandes vencedores na crise vivida pelo país – se reuniram, hoje pela manhã, na sede da Secretaria de Proteção ao Meio Ambiente, para negociar os valores das multas:

– Elas podem ser reduzidas, sim, porque é o que a lei prevê. Mas as agências, todas e não apenas essas onze autuadas, deverão apresentar o Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos, dizer, formalmente, qual o destino que elas dão ao lixo que produzem.

Se isso nunca foi feito?

Ainda bem que agora começou. Mas que não pare por aí.

Incomodado com os nanicos do G-8, Renan promete enquadrá-los
RF quer pagar "dívida de gratidão" com Cícero Cavalcante ainda este ano
  • Robson Martins

    parabéns ao sr. DAVI MAIA, agora nãoe só os bancos e as bodegas não todos os orgão da prefeitura não tem licença ambient e até a pasta deste secretario

  • REGINALDO

    PARABÉNS A ESSE SECRETÁRIO E AO PREFEITO DA CAPITAL, PELA ESCOLHA DESSE ASSESSOR. PROVA INCONTESTE DE SUA INDEPENDÊNCIA E CORAGEM DE TRABALHO. PARABÉNS PARA A EQUIPE DA SECRETARIA DO MEIO AMBIENTE DE MACEIÓ.

  • junior

    atitude correta da secretaria, agora , ela tem essa licença?, o prédio que o prefeito trabalha tem essa licença?, quais as secretarias que tem essa licença?

  • Carlos

    Esse secretário tá querendo aparecer, tá fazendo totalmente errado. Quem sofre mesmo é a população que precisa do serviço bancário. O correto seria aplicar uma multa e dar um prazo para a regularização da situação, dessa forma penalizava a intituição e a população não seria prejudicada. Mas digo uma coisa, pense no sofrimento que os bancos vão ter para tirar essa liceça, nunca vi uma secretaria tão desorganizada.

  • luis

    Ricardo, com 100% de certeza esse garoto deve ser candidato a vereador aqui em Maceió ou prefeito em alguma cidadezinha pobre e desgraçada de nosso estado pois, vejo que em uma secretaria miserável dessa ele aparece muito… Bem, vamos esperar.

  • Rogério

    Parabéns Secretário David Maia e toda sua equipe, pelo trabalho que vem sendo desenvolvido a frente da pasta da Secretaria Municipal de Proteção ao Meio Ambiente – Sempma.
    Vale ressalta que a indicação do secretário e de sua equipe foi feita pelo jovem Deputado JHC.
    Valeu, David Maia e Deputado JHC!

  • Bruno Rodrigo

    Parabéns ao Davi Maia e a bela indicação feita pelo deputado JHC, deu autonomia ao wong ele fez o que quis (trabalhou pra ele) deu autonomia ao Davi (ele ta fazendo o trabalho bacana em prol de uma Alagoas melhor)

  • Há Lagoas

    É um lampejo de esperança quando alguém nesta República das Bananas tenta impor ao sistema bancário a lei que serve para todos!
    A pergunta é: David Maia e o gestor da capital levará estes bancos a se adequarem ao que está na lei? Ou a pressão destes titãs fará a prefeitura recuar?
    Estamos de olho, afinal: “se fechamos bodegas, por que não os bancos?”

  • Manoel Rocha

    Maceió em seus 200 anos nunca teve uma grande atuação positiva por parte da secretaria do Meio Ambiente aqui em nosso Município. Fico feliz em saber que foi indicação do Deputado JHC, pois é um jovem político que orgulha toda Alagoas!

  • Francisco Helio Dantas Junior

    Parabéns! Uma pergunta: quando começará a fiscalização nos postos de saúde??? Sugiro iniciar com o Pam Salgadinho… As escolas municipais e suas cozinhas poderiam, ainda, receber a visita da vigilância sanitária. Afinal, o pau que bate em Chico também deve bater em Francisco.

  • MARCOS

    O secretario não esqueça de fiscalizar as EMPRESAS QUE REVENDEM GÁS O JLP, pois a situação e tão absurda que vendem o gás em, padaria, lanchonete, bar, mercearia e a maioria que vendem na rua são inrregular.

  • JEu

    Creio, Ricardo, ser hora da Sempma também iniciar uma campanha educativa para a implantação da coleta seletiva residencial e exigir da empresa que coleta o lixo que se adeque às necessidades e imperativos da coleta seletiva, ou seja, ter caminhões só para coletar o lixo molhado e caminhões só para o lixo seco e reciclável. Afinal de contas, todos temos responsabilidades para com o meio ambiente….

  • Guilhermino Fontes.

    Publique Ricardo. Essa fábrica de multa servirá a quem? O rapaz é candidato…cada banco tem que pagar mais de 200 mil de multas.

  • Dilson

    Absurdo a prefeitura causando transtornos aos cidadãos que tem afazeres. Esse tipo de ação não conta com meu apoio, nada representa.

  • RILDO NUNES

    QUEM É ESSE????????????? NUNCA OUVI FALAR!

  • Lima

    Que dizer que o secretário acha que as empresas que ele fecha são bodegas??????????????????????? Vai trabalhar garoto.

  • mutange

    Essa liderança tem 500 votos?

  • Syllas Rodrigo

    Quero saber qual punição irá sofrer o órgão e as pessoas que concederam o alvará de funcionamento, permitindo assim que estas agências bancárias abrissem as portas.

  • JULIO

    Parabéns ao Secretário do Meio Ambiente pelo excelente trabalho em nosso município.

  • JOSE KLEBER TENORIO MAGALHÃES

    Parabéns. Espero que o trabalho se estenda a todos os órgãos públicos e privados para evitar tragédias como a de Minas Gerais. Acho que se fizer uma fiscalização séria corre o risco de fechar TOTALMENTE ALAGOAS. NEM JESUS E AS IGREJAS ESCAPAM.

  • Pedro Gonçalves

    A Lei tem que ser para os grandes assim como para os pequenos. Parabéns pelo trabalho que vem conduzindo em Maceió. Precisamos de mais servidores como este.

  • MÁRIO AUGUSTO

    Se o secretário for candidato, seja a prefeito, vereador, deputado, sabe-se que Maceió estará bem representada. Precisa-se de mais pessoas atuantes e com coragem de trabalhar como ele. O rapaz tá fazendo um bom trabalho de fiscalizações que em tantos anos não foram feitos. Parabéns pela escolha Prefeito Rui.

  • Alfredo

    Uma vergonha o que esse secretário está fazendo, é o único secretário do Brasil que vai pra fiscalização fechar e autuar pra aparecer na imprensa, mas ano que vem saberemos o porquê disto tudo… Vai ser candidato e está querendo aparecer. Outra coisa, se interditar banco que está construindo e operando há mais de 10 anos e com alvará da própria prefeitura, enquanto isso libera uma autoclave pra tratamento de resíduos de saúde em pleno bairro da Pitanguinha. Ano que vem veremos com certeza esse menino como candidato. Abre olho Maceió!!!!!!!

  • silva luiz

    PARABÉNS ao Secretário. Os Bancos precisam “se enquadrar” e deixar de se acharem acima de tudo e de todos.
    -Felizmente, a cada dia, surgem novas liderança pelo País afora, determinadas, destemidas, e cumpridoras do que DETERMINA a Legislação. Chega de péssimos exemplos como a Boate em Santa Maria, R.S e agora o caos em Minas Gerais. OS ÓRGÃOS PÚBLICOS precisam exercer uma fiscalização mais rigorosa, e PREVENTIVA.

  • Rogerio César

    Parabéns pelo trabalho, corretíssimo. Algumas perguntas, a legislação também serve para órgão público municipal? Vamos marcar uma visita no PAM Salgadinho? Preciso fazer denúncia formal ou as denúncias públicas já bastam?

  • Antônio Carlos

    Vendo tantos comentários sobre o assunto, resumo em minhas palavras aqueles de pensamento pequeno ” se o órgão não fiscaliza e pune ” é ruim, ninguém faz nada, no serviço público ninguém trabalha, se aparece alguém que fiscalize e fassa punição, é pq quer aparecer, quer ser candidato, e dai se for ? O importante é q o trabalho esteja sendo feito e a lei sendo cumprida, por isso que o Brasil e Alagoas está do jeito que está, principalmente com o pensamento de pessoas mesquinhas, pobres de espírito, parabéns secretário, continue assim.

  • Roberval Santos

    Se a Prefeitura tem licença ou não, se o Davi quer ser vereador ou não, só digo que essa ação foi um bom começo para moralizar muita coisa errada em Maceió. Não conheço esse secretário, mas se ele fizer um bom trabalho o que é que tem ele ser vereador. Bom para Maceió e seu povo.

  • Cicero Alves de Lima

    Ricardo, criticar orgãos responsaveis quando o mal acontece é muito facil. Elogiar medidas preventivas e puitivas se torna muito difícil quando a paixão politica fala mais alto. Siga em frente Secretário. Maceió precisa de administradores de coragem. (Em tempo:veja se pode fazer algo pela desordem da Rua das Arvores)

  • Daniel Pacheco

    Ricardo, eu que pago todos os meus impostos em dia acho lamentável que o poder público seja exercido por figuras sem histórico pessoal e profissional. Esse garoto não tem capacidade técnica nem experiência de vida. É só um filhinho da sociedade mais abastada que toma conta da máquina e dela sobrevive. Não dedico admiração alguma a um projeto de arrecadação financeira, quer verdadeiramente é do que se tratam essas autuacões. Além do motim na cidade sem planejamento, serviço suspenso e congestionamento.

  • GOMES

    OBA OBA

  • Claudio

    Não sou defensor de Banco, mas acho o que é certo é certo, licenca ambiental de Bancos de que! Qual os residuos dos Bancos, pelo que eu sei os bancos so tem de residuos papel, pq so trabalha com computador e papel e Taxa de lixo ja recolhe esse residuo, fora isso so o sistema de esgoto, e se for cobrar fora das areas que tem sistema ai até as residencias vao ter que ter licenca ambiental e todos os estabelecimentos comercias de Maceio, até uma pequena papelaria vai ter que paga essa licenca. Imagino que essa licenca ta sendo mal aplicada, Supermercado acho que deveria pois esses produz muitos residuos como frutas e verduras estragadas e produto fora de validade, agora se for cobrar de todos os estabelecimentos acho muito errado.

  • Paulo Rostner de Olivença

    Caro Ricardo Mota, às vezes a vontade de se autopromover ou a falta de qualificação técnica, ou mesmo uma escolha política equivocada do gestor, ou seja, a pessoa errada ocupando uma pasta, pode gerar uma má interpretação das Leis, Decretos e Normas Técnicas.
    Falar em geração de resíduos sólidos por um banco deve ser uma piada. Enquanto isso, a CASAL, conforme a sua necessidade, lança esgoto in natura(não tratado) no Riacho do Salgadinho.

  • Marcelo

    Não conheço a Lei. Para quer o Banco precisa de licença Ambiental?, queria que algum entendido no assunto esclarecesse minhas dúvidas. Ou foi criada essa lei para arrecadar mais dinheiro?
    essa de falar que a Lei existe tem que ser aplicada. Vamos lá
    Existe Lei que afirma
    Saúde para todo cidadão
    Educação para todo cidadão
    E aí quem multa quem infringe a Lei neste caso.

  • J A

    Caro Ricardo, o único resíduo sólido que os bancos geram é o papel, muitos casos é reciclado ou digilitalizado para evitar o desperdício, sem gerar um mínimo de risco para o ambiente. Essa ação é caminho oportunista de promoção pessoal e arrecadação para o município.