A crítica, dura, feita pelo petista Ronaldo Medeiros replica outras tantas de alguns dos seus correligionários mais ilustres espalhados pelo país. Para ele, “só os bancos apoiam a política econômica do governo Dilma”.

Convidado deste domingo do Ricardo Mota Entrevista, o parlamentar diz também que “às vezes o partido é que deixa a gente”, ao responder à indagação sobre o seu futuro político.

Atuando em duas frentes na Casa de Tavares Bastos, como vice-presidente da Mesa Diretora e líder de Renan Filho, Ronaldo Medeiros aponta avanços na atual gestão do Legislativo Estadual, mas reclama das dívidas – “mais de R$ 20 milhões” – deixadas pela antiga direção da Assembleia.

Transparência?

Ele garante que sim e se contrapõe às acusações feitas por parlamentares que são mais críticos em relação à Mesa Diretora.

E que nota ele dá para o governo Renan Filho (que gosta desse tipo de avaliação)?

É conferir.

Ricardo Mota Entrevista

Domingo, às 9h30

TV Pajuçara

Convidado: deputado Ronaldo Medeiros

Olhos negros
Luis Dantas se afasta da Assembleia em outubro para cirurgias
  • JEu

    Enquanto não houver verdadeiro interesse público, com uma grande dose de desinteresse pessoal, ou seja, quando se colocar o bem público sempre acima do bem pessoal é que poderemos ver partidos políticos como verdadeiras associações públicas… Isso pode até parecer utopia (até quando não se sabe)… Até isso acontecer, é uma guerra só todos os dias… E aí está o resultado… o sistema social é só um espelho do que são suas elites…

  • Williams Roger. Ex-filiado

    Quem ficar nesse partido PERECERÁ.

    E eles sabem disso. Muita gente sabe.

    Elegeu um vereador, mas foi pelo
    nome do médico. E três deputados!

    Nas próximas eleições, não fará nenhum vereador. E para prefeito, quem se candidatar vai terminar de acabar com a sua carreira política. Se é que tem!

    E em 2018, se, repito, se fizer um deputado será muito.

    Esse partido não, ESSE BALCÃO DE NEGÓCIOS PASSARÁS!

  • Ricardo de Arroxellas Costa

    Tem que sair deputado !

  • SEVERINO FEIJÓ DE MENDONÇA

    DO FIM DA DITADURA MILITAR ATÉ OS DIAS ATUAIS O PARTIDO DO PMDB PASSOU A SER O ANCORA PARA QUALQUER UM QUE GANHASSE O PODER. NO CASO DO PT ESSE A PARTIR DE 2018 TERÁ QUE TOMAR O LUGAR DO SEU ALIADO MAIS FORTE (PMDB ). ISSO SE NÃO FOR O CONTRÁRIO,O PT INCHOU DEMAIS E EM 2019 PASSAR A SER UM NANICO OU PARTIDO EXTINTO. SEUS FILIADOS DEVEM PROCURAR OUTRA SIGLA.

  • André

    Esse senhor, na verdade, nunca foi petista. Oportunista cairia melhor.

  • João

    Sais desse partido corrupto e cheio de falcatruas cujo o ideal é se manter no poder custe ao que custar!
    Espero que Judson e Dr. kleber também deixem essa sigla podre!

  • Carlos Correia

    A verdade está à mostra. Este pt (minúsculo mesmo) já mostrou que é uma grande aberração da dignidade humana. ATENÇÃO HOMENS DE BEM DESTE PARTIDO: Dr. Cléber Costa e Dr. Judson Cabral vocês são dignos e tem o respeito da sociedade alagoana,SAIAM DESTA QUADRILHA E NÃO VÃO PARA OS QUE SE DIZEM “ALIADOS” como PMDB, PDT, PC do B……… não. Pois estes são farinha do mesmo saco.

  • Alex

    TRAIDOR
    “Pior do que cuspir no prato que comeu é voltar a comer neste prato”

    Quando o barco está afundando, os primeiros que pulam são os ratos.

  • wal

    Os Bancos, e mais: EDUARDO CUNHA, RENAN-PAI, BIL DE LIRA-PAI, BIL-FILHO. FERNANDO COLLOR.
    Voto nulo…

  • maria jose da silva

    Ele tem que sair rápido deste partido.

  • Aluísio Nunees

    Quem aposta no fim do PT não conhece a história, não existe fim da esquerda em lugar nenhum do mundo. Hoje só o PT e o PCdoB representam os progressistas no Brasil. É só esperar. Principalmente se Lula estiver bem de saúde e for candidato em 2018.

  • conceição Freire

    INTERESSANTE!CRITICA O PT E SE ALIA TOTALMENTE AO PMDB,NÃO FALOU UMA VEZ SE QUER DO QUE SIGNIFICA A ONDA GOLPISTA,NÃO APOSTEM NA DERRUBADA DO PT,QUEM APOSTAR COM CERTEZA IRÁ PERDER,CRÍTICAS DEVEM SER FEITA E TEM ESPAÇO PRA ISSO,NÃO SOU FILIADA AO PT,MAIS CONTINUO DEFENDO,NÃO VEJO ATÉ HOJE UM PARTIDO MELHOR,A HISTÓRIA MOSTRARÁ ISSO.