A temperatura voltou a subir no Tribunal de Contas, ontem, entre o conselheiro Anselmo Brito e o agora corregedor Cícero Amélio.

Não é a primeira vez que isso acontece, bem sabemos, mas o tom usado por Amélio (que falou em “caráter”) mostra que eles continuam “inimigos íntimos”.

Brito, ao estilo, afirmou que o caráter dele, “pelo menos em Alagoas e no TC”, é inquestionável.

Ele tem razão. Mas bem poderia ser mais cordial com os servidores do palácio de vidro da Fernandes Lima – não perderia nada como isso.

Em tempo: o presidente do TC, Otávio Lessa, ajudou a desarmar o embate verbal, apesar de que ele e Anselmo Brito não serem mais “amigos de infância”.

Renan Filho decide manter Maurício Breda como presidente do Conseg
Depoimento de Renan pai à PF fecha circuito Alagoas da Lava-Jato
  • carlos

    Anselmo Brito é um chato de galocha,mas ninguém diz que é corrupto.Cícero Amélio,foi educado na Escola Assembleia Legislativa de Alagoas,onde o jogo de cintura tem sua arte e o bambole roda,roda tanto que só caí na conta do contribuinte.É corregedor e vai exercer o seu papel,corrigir o que está certo para ficar errado e o que está certo fica errado!!!

  • carlos

    O Anselmo Brito podia abri mão da ajuda de moradia, ajuda de medicamento e ajuda do plano de saúde e defende mais os servidores

  • Joao

    Infelizmente esse tribunal é uma vergonha para Alagoas! Serve para que? Aprova as contas de todos !!! E ainda é usado como meio de política !
    Temos que mudar a nomeação para o tribunal de contas , se não vai entrar mais deputados com interesses politicos , financeiros e pessoais e denegrir ainda mais a imagem do tribunal!

  • Servidor

    Só quem ali trabalha pode relatar as grosserias que o Conselheiro Anselmo Brito comete com servidores, inclusive de seu próprio gabinete.

  • Pedro Valente

    Hoje o Anselmo só tem ibope devido a midia que o faz posar de bom moço, que não é. Depois que conseguiu o poder se transformou, é unanime a desaprovação do seu comportamento em relação a todos os funcionários da corte.

  • LilitH

    No início de agosto dois diretores respeitados por serem técnicos na área de docência, da Escola de Contas, pediram exoneração de um cargo de 10 mil reais por não conseguirem trabalhar com o Anselmo Brito.

  • De olho

    Olha, pois não é que o Pedro Valente chama o tribunal de faz de conta de corte! a corte dos sabidões?

  • Miral

    Quer dizer que o Ciço Amélio falou em caráter? Como alguém pode falar de algo que não conhece?
    Por falar em caráter, nos braços de que Juiz dorme o processo da Operação Taturana?
    Certamente, aguardando a prescrição!

  • Roberto Carfodo

    Esse Anselmo gosta muito é de aparecer!! Trata mal funcionarios e faz de capachos . Gosta de Humilhar e pisar quem trabalha com ele!!!

  • carlos

    A turma do TC,não perdoa a grosseria do Conselheiro.Já é tratado como o Anselmo Grito!!!!

  • ARTUR

    Pronto pelos comentários O ERRADO É QUEM ESTA CERTO .kkkkkkkkkkkkkkkkkkk. Essa é a regra na ALE – TC e no BRASIL.

  • Roberto cardoso

    Sr. Artur, certo é uma coisa, auerer aparecer é outra. Esse rapaz pisa nos funcionarios, humilha pelos corredores. Outra coisa, se é tao “digno”pq nao abriu mso do auxilio saude e moradia? Os simples funcionarios nao recebem!! Certo ele esta que cada dia aparece mais !!

  • Valdemir

    O Anselmo Brito pode ser honesto e é uma remota esperança para que tenhamos um TCE diferente, mas ele precisa ser mais urbano, educado, humilde…..mas o cargo parece que o revelou.