O Ministério Público Federal lançou em Alagoas, no último dia 21, a campanha “10 medidas contra a corrupção”.

O objetivo é coletar, em todo o país, 1,5 milhão de assinaturas para a apresentação de um projeto de lei de iniciativa popular ao Congresso Nacional. Você pode ser um dos protagonistas dessa história..

É claro que o problema não é apenas “legal”, mas esta pode ser uma boa alternativa para melhorarmos a qualificação dos gastos com o dinheiro público.

Se você tem interesse sobre o tema, acesse o site www.10medidas.mpf.mp.br.

 

Renan Filho garante contratar reserva técnica este ano
Amargura e serenidade
  • MARCÍLIO TAVARES DA GUIA

    Eu mesmo já imprimi a minha ficha para assinar, mas afirmo que já existe armas poderosas para combater a CORRUPÇÃO, uma delas é o VOTO. Saber em quem e porque votar é muito importante, precismos entender que como filhos de uma Nação tão rica como a nossa ninguém merece viver n miséria social, financeira, cultural e mais e mais,

    O nosso código penal é amplo em Lis para punir ladrão, mas o problema é que esse tipo de prática muda de nome de acordo com a situação financeira e social de quem pratica o roubo. LADRÃO DVE SER CONSIDERADO LADRÃO, SEJA DE CENTAVOS, SEJA DE MILHÃO, Mas se ficarmos insistindo em chamar de CORRUPTOS, o ladrão de gravata, aí complica, se o cara roubou ele roubou, então cadeia no bicho. As cadeias do Brasil são feitas na medida certa para ladrão pobre, quando criarmos coragem e jogarmos lá os ladrões ricos, eles vão rapidamente pensar duas vezes, poderíamos também tomar algumas aulas com os políticos da INDONÉSIA, assim o roubo praticado pelos políticos e que no Brasil é chamado docilmente de CORRUPÇÃO, diminuiria muito.

  • Antônio Porfírio Netto

    Pura ilusão, achar que tudo vai mudar escolhendo os políticos “certos”, só elegendo “pessoas do bem”. Em primeiro lugar é preciso saber profundamente das ações políticas dos candidatos, isso só se consegue se tivermos o máximo de informações, é preciso também haver transparência nas contas dos governos. No momento atual o que ocorre é uma indignação seletiva, as pessoas só combatem a corrupção dos outros, a sua e dos seus aliados ele omite. Quem quer mesmo acabar com a corrupção poderia, por exemplo ficar contra o financiamento de campanha por empresas, esse assunto eu não vejo ninguém falar, poderia ser um bom ponto de partida. Vejo muita hipocrisia, isso sim.

  • Consigliere Alagoano

    **
    .
    A Passividade após anos de Ditadura Militar ainda estar nas ENTRANHAS do nosso povo, a prova disse é a Tolerância Histórica.
    .
    Uma das “TRADIÇÕES” da política brasileira é a do “ROUBA, MAS FAZ”, sobre o governante que enfrenta denúncias de corrupção ao longo do mandato, mas é querido pelo povo por causa das obras que realiza.
    .
    Ex-governador de São Paulo e ex-prefeito da capital paulista, Ademar de Barros (1901-1969) até hoje é identificado com esse “LEMA”. Entre o início de sua carreira como deputado estadual, em 1934, e sua cassação pelo regime militar, 32 anos depois, ele colecionou feitos administrativos, suspeitas de desvio de dinheiro público e muita polêmica.
    .
    As NOVAS GERAÇÕES fazem POUCO, ou quase NADA.
    .
    Setembro historicamente “ ERA” um mês de LUTA…. hoje em dia…
    .

  • SEBASTIÃO IGUATEMYR CADENA CORDEIRO

    EU TÔ CANSADO . . . ARRASADO. . . DESMORALIZADO . . .
    COM CORRUPÇÃO ! A QUAL DELEGACIA EU DEVO ME DIRIGIR ? . . . ÔMI ! ÔMI ! ÔMI !

  • Williams Roger

    Cadê a proposta da exclusão da imunidade parlamentar?

    Então, desse jeito, é só enxugar gelo!

  • memória

    Assinei para a implantação da ficha suja e os malufes continuam em cargos eletivos.
    Não assino mais nada!

  • José Márcio

    Cadê a proposta para acabar com auxílio moradia de R$ 4.500,00 para os Procuradores da República?