Ainda nem começou oficialmente a campanha para a OAB-AL, cuja eleição acontecerá em novembro, e as gangues da internet já estão atuando.

Uma candidatura, cujo nome preservo aqui – até porque qualquer um pode ser vítima dessa turma que não respeita a lei, muito menos a civilidade -, já vem sendo alvo de ataques de perfis falsos nas redes sociais.

Iniciada a investigação, descobriu-se que se trata de uma empresa especializada no ramo da virarice na rede.

Eu sei que é difícil conter alguns aliados, para quem uma disputa, mesmo numa entidade classista, é uma guerra. Mas é o caso de se tentar frear essa gente.

Como?

Polícia para quem precisa de polícia.

Governo decide mandar mensagem de 5% de reajuste à Assembleia
Para desespero de Collor, Janot será 'reeleito' hoje para a PGR
  • Aluísio Nunees

    Uma categoria que vota por uma festa e almoços. Muito atrasados, não todos, é claro, mas boa parte.

  • viajante

    é o desejo pelo poder… querem aparecer pra serem mais valorizados no mercado. simples assim! ninguem quer defender o interesse da classe. querem ganhar só pra satisfazer a vaidade

  • Frederico Farias

    Canalhada!!!

  • carlos

    Os canalhas estão de prontidão para vender comentários venenosos que esta nova ferramente internet.Eles usam estas redes de marginais para denigrir os adverversários.É jogo sujo!!