O governador Renan Filho vai chegar a Brasília, nesta quinta-feira, com uma notícia nada alvissareira sobre as finanças do seu governo.

Segundo o próprio, julho é o primeiro mês em que as despesas superam a arrecadação, desde que ele assumiu a principal cadeira do Palácio República dos Palmares.

O problema não é mais com as despesas, que se estabilizaram, mas com a receita, que caiu.

Renan Filho aposta no pacote que a Fazenda prepara, inclusive na área previdenciária, para que posse respirar de novo.

Ele afirmou que vai precisar de “novas fontes de recursos” para fechar as contas de 2015, o que vai depender, e muito, de alguma boa vontade do ministro Joaquim Levy.

Aliás, o governador elogia o czar das finanças do Palácio do Planalto: “Ele tem ajudado muito a Alagoas”.

Renan Filho, como está claro, evita fazer críticas ao pacote levyano, que parece levar o país a um fundo de poço desconhecido (ambos: o poço e o fundo).

Ainda assim, apesar de apontar para dificuldades no futuro próximo, o governador avalia que “se fechar o ano do jeito que está, já está de bom tamanho”.

A saber: qual a medida da régua que ele usa para a crise?

Governador vai recorrer da decisão que dá R$ 39 mi à Assembleia
Em nota, JHC sinaliza que deve sair do Solidariedade
  • claudio

    Nossa Presidente Sapiens e uma de suas declaracões. Comentando sobre o Pronatec.
    “Vamos deixar a META aberta, mas quando atingirmos a META, vamos dobrar a META”.
    Alguem pode traduzir !

  • WELLINGTON

    DEMITE OS CARGOS DE “CONFIANÇA” (CABOS ELEITORAIS) ENXUGA OS CONTRATOS TERCEIRIZADOS, REPASSA AS PERDAS NOS DUODÉCIMOS DOS OUTROS DOIS PODERES, FISCALIZA MELHOR AS DIÁRIAS E VIAGENS.
    CORTA NA CARNE ANTES DE CORTAR OS SALÁRIOS E TUDO SE RESOLVE. PORQUE SALÁRIOS EM DIA TAMBÉM GERA RECEITA.
    SÓ NÃO VÁ APLICAR A “VELHA PRÁTICA” DE QUEBRAR NO SALÁRIO DO FUNCIONALISMO COMO SEMPRE FIZERAM. OS TEMPOS SÃO OUTROS…

  • JOSE GOMES

    E o recursos do Imposto de Renda que a Assembleia se apropria a cada mês? Essa fonte de recursos é importante e deveria entrar no caixa do Governo do Estado, porque ele não briga por isso? Apenas o MPE está nesta briga e a PGE porque não se movimenta?

  • SEBASTIÃO IGUATEMYR CADENA CORDEIRO

    E AÍ “MININIM” , O BRINQUEDIN TEM JEITO !? DUVIDEODÓ !!!! ÔMI