O sociólogo Brasílio Sallum JR. Lançou, na semana passada, um livro sobre o processo de impeachment do ex-presidente Collor.

Ele aponta dois pontos principais para a queda do senador pelo PTB em 1992: o conhecido personalismo de Collor, muito bem acentuado pelo seu ex-assessor de Imprensa, Cláudio Humberto Rosa e Silva (no livro Mil dias de solidão) e a crise econômica.

Deixando claro: o que derruba um dirigente político, em qualquer tempo ou lugar, é a “algibeira”, na definição do historiador José Murilo de Carvalho.

A questão da corrupção, apontou o escritor e sociólogo, só ganhou a dimensão que teve – levando à queda de Collor – pela insatisfação ampla, geral e irrestrita.

O Congresso Nacional, então, tinha nomes respeitáveis em quantidade suficiente para fazer avançar o processo com grande apoio popular. Os dois lados dialogavam.

OAB e ABI, por seu lado, eram porta-vozes da cidadania.

Hoje? O vazio.

Há a crise política, um farto material sobre corrupção, mas não existem interlocutores com expressão nacional para a população que paga a conta da crise – política, econômica e moral.

Eis uma construção difícil, sem que haja sinais claros apontando a saída.

Por que Renan Filho ainda não escolheu o novo conselheiro do TC?
Do governo para os servidores: reajuste maior só em 2016
  • viajante

    o que se passa hoje e que tem muita gente envolvida na roubalheira. ideologia politica ficou no passado. o que interessa e a minha parte, o resto que se lasque. e quando se menos espera aparece uma personalidade politica que estava roubando.confiar em quem?

  • JUNIOR

    HOJE TÁ TODO MUNDO COM O RABO PRESO, 90% DOS POLITICOS, O A B , C U T, E OUTRAS FACÇÕES SINDICAIS E OS MOVIMENTO OS “M” DA VIDA, REVISTAS, E MUITOS DA PRÓPRIA IMPRESSA.

  • Há Lagoas

    Em uma sociedade onde a ampla maioria não detêm princípios, quem poderá personificar a figura do bem?
    Vivemos uma geração da desconstrução, valores e princípios são questionáveis e os legados deixado por nossos pais se tornaram obsoletos.
    Pergunto novamente: quem tem envergadura moral de julgar o que aí está?
    Não sou e nunca fui PT, mais isto não quer dizer que ele é o único culpado em toda essa convulsão socioeconômica…
    Ruim para Dilma, pior para o nosso Brasil

  • ARTUR

    Assisti a entrevista do sociólogo e é a pura verdade tudo que falou. Hoje, temos alem dos políticos da base do governo e aliados temos também o PRESIDENTE DA CÂMARA E DO SENADO NO MEIO DA MALANDRAGEM.

  • JEu

    Para mim só tem um jeito de mudar alguma coisa: manifestações públicas de grande expressão, de norte a sul e de leste a oeste deste país… Talvez, assim, aparecendo para a mídia internacional, algo possa mudar… O que pode incluir a mudança do atual governo…. quem sabe… a esperança é a última que morre, diz o ditado…

  • J. Monteiro

    Meu caro Jeu, para que aconteçam grandes manifestações, é necessário também que surjam novos líderes, e a pergunta é : Onde eles estão? Quem irá liderar? Quais são as propostas para tirar o Brasil desse mar de lama? Hoje, qual a representação sindical que tem moral para empunhar a bandeira da moralidade, da decência e da anti-corrupção? Se o sonso do Lula, (líder e chefe dos mensaleiros, aloprados, mensalões e similares), quisesse, estalava os dedos, e os comparsas aliados ao PT, sairiam às ruas promovendo desordem, depredando prédios públicos, atacando às pessoas, mas, como ele acha que sairá impune mais uma vez, ainda alimenta a asquerosa ideia de ocupar o lugar de sua criação, a não menos sonsa Dilma anta lula da silva. No momento, sinceramente, não vejo saída. “Tá dominado, tá tudo dominado”.

  • SERÁ?

    Aos infelizes guiados pela REDE GLOBO, deviam conscientizar-se que não fossem os GOVERNOS do PT o país poderia está quebrado.
    A corrupcão nunca foi combatida como agora.
    Eles parecem não conhecerem PRIVATARIA TUCANA, COMPRA DA REELEIÇÃO, AECIO FURNAS ETC.
    Nada mais ridículo que o analfabetismo político induzido pela REDE GLOBO e suas afiliadas.
    Por este analfabetismo, estamos vivendo um crise civilizatória.
    Será que DILMA / LULA / PT saissem da pilítica, a corrpção seria abolida no BR?
    CRIA JUIZO e deixa de hipocria.