O desembargador Washington Luiz confirmou a reunião marcada para hoje, em seu gabinete no TJ, com os secretários George Santoro, Christian Teixeira e Fábio Farias e os dirigentes da CUT.

O encontro, marcado para as onze e meia, será provavelmente a última tentativa de acordo entre o governo do Estado e os servidores.

O magistrado ainda acredita que pode fazer o Palácio República dos Palmares avançar na sua proposta de reajuste até o IPCA do ano passado, de 6,4%.

A diferença, eis a sugestão, seria empurrada para 2016.

Mas há de se perguntar: qual será o tamanho do IPCA do próximo ano, com a inflação batendo perto de 10%?

E como estará a economia brasileira após a passagem do trator levyano?

Quem souber rezar, é bom começar.

Ronaldo Lessa não deve ser candidato a prefeito em 2016
Santoro pede reforço de policiamento nos postos de fiscalização
  • carlos

    Agenda positiva do presidente TJ, Washington,acende um luz no poder judiciáio de aproximação com a categoria dos servidores de menor poder de barganha.Já que o Sr.governador tem sido tão duro com os funcionários públicos que não portam arma de fogo e vem sendo penalizados e as desculpas do gestor maior do estado muda de acordo com o momento é bastante sensato o que esta diferênça de 1,4,seja nogociada para janeiro de 2016.Parabéns desembargador Dr,Washington Luis,por este momento e quem sabe outros…Já que os nobres deputados estão muito ocupados como dividir o duoécimos da Casa Tavares Bastos,que é acima das necessidades para a Assembleia Funcionar e estão revoltados com o governador que está segurando como contenção de despesa os cargos comissionados o poder judiciário tem uam atitude nobre!Vamos aguardar o resultado.

  • M Silva

    A que ponto chegou as negociaçoes, o servidor depender da interferencia logo de quem.

  • Carlos Fernando de Oliveira

    Será que a categoria não aceitaria uma proposta do governo de 5% em 2x 2,5%.? Vamos aguardar.

  • PELEGO SINDICAL

    É só apresentar CARTEIRA DO TRABALHO que os pelegos da CUT vão sair correndo.

    Eles têm PAVOR ao nome TRABALHO.

  • Parabéns Desembargador Wsahington

    Parabéns desembargador por ser o único a intervir em favor dos servidores!!

  • Williams Roger

    Que dê a diferença ano que vem, mas pague. São os nossos direitos. Um avanço. Isso que, o governador quer não, alguns de seus secretários querem, é o retrocesso. E temos que melhorar, crescer e multiplicar para a economia girar, não andar para trás prejudicando um todo. Pois não prejudica só os servidores, por exemplo, prejudica o sistema terciário. Comércio! Avalie o resto.

    PARABÉNS AO PODER JUDICIÁRIO PELA INICIATIVA POSITIVA QUE, AO INVÉS DE DECLARAR GREVES ILEGAIS, QUANDO DEVERIA PUNIR O EXECUTIVO E OS GESTORES POR DESCUMPRIREM AS LEIS E OS DIREITOS DOS SERVIDORES, ESTÁ TENDO SENSIBILIDADE EM AJUDAR COM A MEDIAÇÃO, IMPAR, EM PROL DA CIDADANIA, DIGNIDADE DA PESSOA HUMANA E O RESPEITO AO ESTADO DEMOCRÁTICO DE DIREITO – OU SEJA – AS LEIS – O ORDENAMENTO JURÍDICO – A CONSTITUIÇÃO!

    A CONSTITUIÇÃO FEDERAL DE 88, VEDA EXPRESSAMENTE O RETROCESSO DE CONQUISTAS SOCIAIS SECRETÁRIOS, OS SUPRACITADOS NA MATÉRIA.

  • Silvio Ribeiro

    Pronto! Agora já se tem um culpado pelo desastre que nosso país se encontra… Claro que tinha que ser do Joaquim Levi… Os desgovernos do PT não têm nada a ver com isso…