Está confirmado: a proposta que o governo apresenta hoje às associações militares garante o reajuste de 5% para a PM e o Corpo de Bombeiros.

É semelhante ao que foi oferecido aos demais servidores, na negociação que se arrasta há mais de um mês.

Mas tem uma diferença importante: as três parcelas que comporão os 5% de reajuste dos militares serão pagas em meses diferentes daqueles dos demais funcionários, pelo impacto na folha salarial.

Com mais um detalhe: essas parcelas estão projetadas mais para o final do ano, quando o governo acredita numa melhora do caixa.

Há mais de uma semana este sido o tema principal das reuniões dos secretários envolvidos com a negociação salarial.

Ao “homem que calculava” (e calcula), George Santoro, foi dada a missão e encaixar os aumentos – de todos – nos cofres da Fazenda Estadual (que mudam a cada dia). Algo como fazer caber um pé número 40 num sapato 39.

Mas os governistas acreditam que vai apertar, mas não vai doer mais agora.

Ou seja: a Fazenda Estadual acha que chegou a números que podem ser garantidos pelo fluxo de caixa até dezembro, quando deve ser pago o décimo terceiro salário.

Não creio que haverá mudanças significativas entre a nova proposta e aquilo que as associações militares vão reivindicar.

No resumo da ópera, o governo deve pular, finalmente, este ponto da pauta de negociação.

Depois?

Pois é: ainda tem o depois.

Associações militares aceitam proposta de reajuste do governo
Renan Filho usa "crise da Grécia" para negar pedidos de cargos
  • Edjan Cavalcante Santos

    Uma gama de servidores já está sentindo falta do governo “TUCANO”, pois com todo sacrifício o governador Teotônio Vilela fazia a reposição das perdas salariais por completo e em uma única parcela e este senhor vai pagar menos que o IPCA 5%E POR CIMA PARCELADO, SENDO A PRIMEIRA PARCELA DE 1% E RETROATIVA A 1º DE MAIO E O RESTANTE EM DUAS PARCELAS , 1º DE OUTUBRO E 1º DE DEZEMBRO QUE É PAGO EM JANEIRO DE 2016.

  • funcionário público estadual

    Número 39 é o do meu bolso e 39 x 2 foi o aumento do meu plano de saúde, quase 39 x 2 foi o aumento da gasolina em cadeia aumentando todos os produtos dos supermercados, mais o plano de saúde eu desisti e espero que esse desgoverno deixe pelo menos eu comer!

  • Romeu Soares

    Ricardo Mota, ainda não está nada confirmado sobre 5% que você fala sobre a proposta do Governo.
    Falta o Governo definir a inserção nos meses que estão previstos na tabela de salário ainda não paga, esse acréscimo de 5%. Os 5% incidirá sobre as parcelas previstas na tabela vigente e não pagas.
    Cabe ainda lembrar que ele terá que remeter a Assembléia Legislativa Projeto de Lei nesse sentido e esclarecendo o índice que será implantado sempre sobre o valor anteriormente pago a categoria.
    Eu estou acompanhando tudo isso para que não sejamos enrolado como fomos anteriormente.
    Quero ver clareza e detectar os mentirosos.

  • carlos

    Quero entender esse matemático do governo, porque ele faz mágica com os números ou o governos esconde mais uma vez o dinheiro, Porque a um mês atrás, não tinha dinheiro pra aumento algum, depois aparece 5% e agora aparece mais 5% pra mais de 12 mil servidor da PM ou seja esse matemático erra muito ou tem muito dinheiro, vamos ver se ele aumenta pelo menos pra 6,5% matemático.

  • Claudio Franca

    Esse governo é muito esperto ele ja ta ganhando 2 meses so nesse lero lero, ai ja ganhou 12 milhões dos servidores nesses 2 meses, ele vai tentar mais um mes de negociacão pq ai chega a ganhar 18 milhoes. rsrsrsrsrsrsr

  • ARTUR

    COMO DIZ O MATUTO: ¨ EM ÉPOCA DE CRISE É MELHOR ENGOLIR QUE CUSPIR ¨.

  • saulo mendes

    Saudades do Téo. Nem o IPCA? Francamente.
    E a CUT? Rui Palmeira deu 6% retroativos a janeiro e a CUT ainda inferniza a vida do prefeito. Renan dar 4% fatiado em trocentas vezes e a CUT nada diz!!!

  • MARCÍLIO TAVARES DA GUIA

    Tudo isso?? O que eles vão fazer com tanta grana????/ kkkkkkkkk Nossos heróis fardados não merecem essa mixaria, e ainda parcelado. Onde iremos paraR desse jeito? Nosso Governador continua penalizando as pessoas que trabalham muito neste Estado e que não tem culpa nenhuma pelos desmandos praticados pelos vândalos que administraram nosso Estado nas versões anteriores.

  • gil

    Na próxima eleição vamos deixar esse cara a ver navios, pior governador da história de Alagoas, volta Vilela!

  • gil

    Não aceite dividir essa merreca, ou tudo ou nada, e continua a operação padrão.

  • Sergio

    Saudades do governo tucano tu é humorista; leva pra tua casa.

  • BEL

    CINCO POR CENTO É UMA VERGONHA. TUDO AUMENTOU MAIS QUE ISSO. A CRISE É SÓ PRA GENTE, PARA ELES É SALÁRIO MILIONÁRIO E APOSENTADORIA COM OITO ANOS.