Depois de quatro horas de negociação, as associações militares aceitaram a proposta salarial feita pelo governo do Estado.

A informação foi confirmada ao blog pelo secretário Alfredo Gaspar de Mendonça, da Defesa Social.

Eles receberão 5% (ou o percentual destinado aos demais servidores) de reajuste integralmente em dezembro, além dos aumentos previstos no acordo feito em fevereiro. Por exemplo: eles terão um reajuste de 6,84% já agora, em julho, de acordo com o que foi acertado pouco antes do carnaval.

Detalhe importante: a proposta ainda será apresentada em assembleia conjunta, da PM e Corpo de Bombeiros, a ser realizada na próxima sexta-feira.

Amanhã, as entidades ainda se reunirão com o secretário Alfredo Gaspar de Mendonça para definir pontos que ficaram pendentes, mas que podem ser resolvidos no âmbito da própria pasta.

Mendonça destacou o esforço “de ambos os lados” para que se chegasse ao tão esperado acordo. Ele avaliou que as associações terminaram por entender que esta é a melhor proposta possível, neste momento.

Com um detalhe: ficam mantidos os demais reajustes, previstos na repactuação feita em fevereiro, para o ano de 2016, quando os militares receberão o mesmo percentual a ser dado ao conjunto do funcionalismo – também no mês de dezembro.

Tem gato na tuba: Luiz Eustáquio Toledo ainda é conselheiro do TC
Confirmado: proposta do governo aos militares garante os 5%
  • JOSÉ ELDER SOARES BANDEIRA

    Espero que os companheiros aceitem, e voltem a trabalhar com abnegação. Reconheço os problemas internos, mas também vejo os homicídios aumentarem nesses dias de “OPERAÇÃO PADRÃO”. Que o Criador continue abençoando a todos.

  • fabio silva

    essa proposta é tira onda com a pm, ridicula

  • wal

    Agora; vamos encurralar os bandidos… se cuida marginais os militares, mais 5% mais a inteligência do GASPAR FIO DA GOTA, irão buscar vocês de baixo dos pinicos.

  • Cicero

    Helder, a violencia galopante tem nada a ver com operacao padrao ou seja la o que for nao. Violencia tem a ver com a susencia do governo que nao distribui os impostos nossos com a educacao, saude, lazer, seguranca, moradia, enfim, com nada. Nao leva assistencia social a nenhuma comunidade e quando as criancas crescem sem assistencia sao alvos faceis pra ser recrutada pelos criminosos…… ai, vem o Estado querendo corrigir suas omissoes mandando a Policia reprimir. A culpa e dos governantes. Vc devia rezar pros governos investirem no social e educar o povo. ESSE E O UNICO CAMINHO PRA ACABAR A CRIMINALIDADE. E nao os companheiros(sic) serem piedosos

  • Martinho Pinheiro

    Governo mostra que tem ação, negociação permanente e o mais importante, o reajuste dos servidores saindo do papel e da conversa para o bolso. Não adianta espernear, esse é um bom começo de governo. Espero melhorar mais!!

  • Josefa maria da Conceição pfem

    Vergonha isso! Essas associações não nos representa… A tropa não aceita essa migalha, e ainda ter q esperar até o final do ano. Enquanto outros setores tendo aumentos absurdos.. Vergonha desse Estado falido.

  • João

    Aumento de 5 %? Piada!!

  • Bombeiro

    Entendamos uma coisa, o que conseguimos hoje não foi só um percentual, conseguimos uma vitória da união e o reconhecimento do Estado que baixou a cabeça entendeu que sem a polícia e o bombeiro Alagoas pararia. E o movimento unificado venceu, a ditadura interna e externa, onde os lideres estavam sendo ameaçados e a união venceu. #juntossomosfortes,
    #unidosvenceremos.

  • anderson

    Todos os trabalhadores tem direito a melhore condições de trabalho e ajuste salarial, mesmo que esse ajuste não seja tão próximo do inflacionário, mais é um ganho… E acredito que o respeito e reconhecimento tem muito mais valor… E esse governo sabe com quem pode contar…

  • anderson

    E funcionário público que sonha ficar rico… Legalmente… difício… Vamos Servir … mesmo com o risco da própria Vida…

  • Selva

    Pena o governo tratar os militares do CBMAL e da PMAL de forma excluída. Explicando, estes 5% não é aumento, este refere-se ao IPCA que esta relacionado a inflação e que se diga de passagem foi superior a 5%. Esperamos que a segurança pública seja tratada de forma séria e profissional, pois estamos em relação a outras federações muito atrasados…

  • José Aldo dos Santos

    Não existe aumento, e sim, devolução de que nos é devido ou usurpado pelos governos. parem de usar esse termo (aumento)

  • Bombeiro Militar

    Diante do que tínhamos antes ( nada) esses 5% já é uma conquista… Obviamente não é a ideal, mas é a que o estado tem condições de dar no momento, que é igual ao aumento dos demais servidores… Foi uma conquista… Agora é hora das associações negociarem a Nova Lei de Promoções…

  • SUB TEN PESSOA PMAL

    Tem um ditado que:

    É melhor engolir do que cuspir.

  • Servidor da Saude

    Os servidores da saúde também tem forca, vamos parar o HGE, para ver se o governador dar o ipca, greve já.

  • rickson

    Parabéns a tropa que sem aumento ou com aumento tem mostrado empenho no seu papel institucional.Valentes! Mas esse percentual e o que ja esta acordado e parcelado não tem nada a ver com reajuste, tem a ver com realinhamento de perdas e a historia tem mostrado que nenhum acordo do estado tem sido respeitado, a luta continua a palavra chave pra real conquista é a do companheiro bombeiro “juntossomosfortes” temos que crescer nisso e apoiar as associações e se mobilizar mesmo. Tem conquistas ja alcançadas que representam mais que essa merreca que o imposto de renda vai comer. Valeu Ramalho…ânimo vc tem nosso respeito!

  • Senned

    Tá certo!!! agora em Penedo 80% das pessoas que aderiram foram colocados no P.O.(POLICIAMENTO OSTENSIVO A PÉ) muitos são de Aracaju/SE e pegaram escala das 09:00 às 15:00 h, uma verdadeira e clara retaliação. E aí? e agora? associações vão lá pra ver essa situação.

  • JEu

    Concordo com o que disseram o Dr Alfredo Gaspar e o Bombeiro. Precisamos garantir o reajuste salarial, mas também temos que dar uma chance ao governo para provar que tem mesmo interesse para com a coisa pública e o bem público. Agora é a SEFAZ continuar trabalhando para que a arrecadação cresça, principalmente corrento atrás dos sonegadores e daqueles que já estão devendo ao fisco estadual. Que tal agora o Governador anular o decreto do Téo que isentou o setor sucroalcooleiro do ICMS da cana de açúcar, o que representa mais de R$ 4 milhões por mês?

  • marcio silva

    Nao se pode dizer que associaçoes aceitaram,a decisão de aceitar ou não é dos policiais reunidos em assembleia na proxima sexta.Ai sim sai a decisão ,QUEM DECIDE SÃO OS POLICIAIS

  • militar

    Os militares não aceitaram nada ainda, eles somente pegaram a proposta que será feita a partir dela uma contra proposta marcada para ser discutida em assembleia geral na sexta feira.

  • BEL

    DEVERIAM ESTAR BEM APERTADOS PARA ACEITAR UM REAJUSTE TÃO PEQUENO.

  • carlos

    RM,o reajuste de 5%,para os demais servidores que não tem o poder de portar arma de fogo ,vai ser implementado como e que meses…Oficialmente ninguém sabe!

  • carlos

    Calma demais servidores a massa.O reajuste abaixo do IPCA,de 2014,que já foi engolido pela inflação de 2015,será concedido assim que acabar a crise na Grécia…

  • janson

    Os caras tem aumento real em julho, 5% em dezembro e IPCA cheio 2016 e ainda reclamam. Parabéns aos envolvidos na negociação. Venceu o bom senso.

  • carlos

    Por onde andas a CUT,que esculhamba com tudo e com todos,desde que não seja do PT.Joaquim Brito e Paulão,os donos do PT e da CUT,de Alagoas,sabe muito bem manipilar os títere Lourenço,Izac e com CIA.Toni Cloves desapareceu…

  • Gomes

    Quem tem que aceitar é a tropa e não as associações!

  • Consigliere Alagoano

    .
    .
    E os DEMAIS servidores, mesmo que conspirando GREVES…
    .
    Nos meios forenses o “DIREITO DE ESPERNEAR” é a forma que não conta com argumentos adequados para fazer valer os seus interesses.
    .
    .
    Como diria um antigo Sindicalista: 5% é melhor que NADA.
    .
    .

  • carlos

    Alô,secretaria municipal da saúde de Maceió.Quando é mesmo que vai sair o pagamento das campanhas:Controle vacinal,mês fevereiro,HPV,março e influenza maio…..Parabéns,a polícia civil e militar por conquistar os reajustes e os demais servidores só resta os muro das lamentações.5%,quando e como vai ser dividido esse reajuste abaixo do IPCA,de 2014,que já foi engolido pela inflação de 2015.

  • Romeu Soares

    Ricardo Mota, ainda não há nada definido, pois se fala muito nos 5% a ser concedido pelo Governo, mas ainda não foi acertada pelas Associações e o Governo a real aplicação dos percentuais.
    Veja, na nossa avaliação, os 5% (cinco por cento) terá que ser aplicado e pago em dezembro 2015 sobre os salários em julho 2015, Os valores salariais pagos em Dez 2015. Em janeiro 2016 serão aplicados mais 5% sobre o de Dez 2015, porque já fazemos jus a esses 5% pactuado em fevereiro de 2015 e para ser pago em jan 2016 e em abr 2016 teremos jus a mais 5% sobre o salário de jan 2016.
    Os reajustes de 5% a serem agora concedidos não anula os reajustes já concedido e não pago em fev 2015.
    Esses 5% se referem agora concedo se referem a reposição das perdas pela inflação de 2014 apuradas pelo IPCA.,
    Vamos aguardar as conversas e a planilha a ser apresentada.

  • ANTONIO CORREIA SANTOS

    é meu caro reporte todo mundo .corre atraz de suas correções e o sindicato do t.c não dar um paço em prol dos servidoures,pois nossa mençagem já se encontra na a.l pra votação.e não temos resposta do sindicato,

  • ARTUR

    Ricardo, tenho dois comentários sobre 12:10 noticia.
    1- A nossa economia desce de ladeira abaixo e não sabemos onde vai chegar. Eu sei, já chegou No FUNDO DO POÇO..
    2- A aposentadoria do sortudo do TRIBUNA DE FAZ DE CONTA., enquanto rejeita a aposentadoria para não perder suas vantagens, a espera de continuar mais 5 anos já sinalizado pelo senado ontem, e fique certo que ele só se aposenta quando quiser.

  • Sdpmal

    Tem um ponto chave em toda essa negociação que deveria ser levada tão a sério quanto o aumento salarial – lei de promoções – esta sim, representaria um avanço para carreira dos militares com anseios de um futuro mais digno. Um outro ponto é às condições das viaturas, pagasse muito caro às locadoras por carros que não são adequados para serem viaturas e ainda há vários pontos da quebra de contrato por parte das locadoras como por exemplo viaturas reservas quando uma precisa de manutenção e ainda reposição por nova frota que não esta sendo respeitado o prazo. Sugiro que o MP investigue e adote providências cabiveis caso encontre irregularidades.

    Aproveitar o ensejo para parabenizar Dr Alfredo Gaspar pelo trabalho honroso que vem realizando a frente da SEDS, mas confesso que não me surpreendeu, esperava justamente esse bom desempenho, parabéns “alfredinho”, como a tropa carinhosamente o chama.