querAo que parece, o inalcançável pode estar próximo da mão – dos usuários de ônibus urbano, esclareço de logo.

A SMTT propôs ao Ministério Público Estadual e ao MP de Contas que até o dia 10 de julho façam juntos uma última avaliação do Edital de Licitação do Transporte Coletivo de Maceió.

O debate sobre o tema já dura mais de dez anos, e, não por acaso, há uma grande desconfiança da população de que a concorrência venha a acontecer para valer.

Mas sai este ano, promete a prefeitura.

A reunião proposta pelos órgãos municipais, estabelecendo a data-limite, visa passar “um pente fino” no complicado documento.

O Ministério Público Estadual e o MP de Contas têm dado uma contribuição inestimável para que a licitação dos ônibus urbanos venha a acontecer.

A análise detalhada do documento visa evitar que haja demandas judiciais futuras. É claro que isso parece impossível, já que o direito é uma porta larga demais e comporta, inclusive, que uma mesma cor seja vista com denominações diferentes – se permitem a analogia.

Mas uma avaliação prévia (depois de todas que já ocorreram), olhando com o olhar dos, digamos, interessados em que o processo licitatório dê errado, pode ajudar a diminuir os empecilhos que surgirão adiante.

Se tudo “der certo”, até o final do ano o processo deve estar concluído.

A licitação não é um fim em si, mas pode ser o começo do caminho para estabelecer uma nova qualidade do transporte coletivo urbano de Maceió.

Burocracia tranca dinheiro da seca e marca governo Renan Filho
Renan Filho precisa trocar a má reação pela boa ação
  • Aderaldo

    Oche!!! de novo essa história? mais uns 10 anos pela frente.

  • wal

    Me avise quando terminar a novela.

  • Ruslan Queiroz

    Ricardo,
    .
    É cansativo, e pior ver o LOBBY que faz esta processo se tornar LEEEEENTOOOO de maneira benéfica, não ao contribuinte, isso seria “USURA” , mas pra justiça para ELES é “LEI de MERCADO.”
    .
    Vejo com PESAR este processo, capcioso, degradante mas estar EXPONDO mesmo sem perceber, as camadas que tratam o mesmo…
    .
    A demooooora da ANÁLISE DETALHADA DO DOCUMENTO, me parece que não se usa computadores de porte e o SAJ – Sistema de Automação do Judiciário, esta funcionando num 386, e que a internet não chegou ao Ministério Público Estadual e ao MP de Contas.
    .
    Quem sabe meus netos, verão um processo ainda em “VISTAS”, por que este, não vai acontecer, em 2015/2016, acreditem, FORÇAS OCULTAS IRAM SE LEVANTAR PARA ATRASAR, este seja lá o que for sobre Edital e outros bichos.
    .
    .

  • Há Lagoas

    Diante da acusação de inercia do atual executivo municipal, se esta licitação sair, será um marco na história de Maceió, e de quebra pode auxiliar Rui Palmeira a pleitear mais quatro anos na Prefeitura!
    Acreditar que isso vai acontecer, isso é outros quinhentos…

  • José Antônio

    Ricardo, eu tinha 15 anos e já ouvia sobre essa tal licitação, hoje estou com 30, daqui a pouco 40 e tenho certeza que não sai. Vergonha. Cícero Almeida em oito não fez, Rui Palmeira em 8 também não irá fazer, nos resta apenas paciência, há corrupção (lobby) está em todos os lugares.

  • Amorim

    Essa balela é antiga, essa SMTT, não tem moral e nem autoridade nenhuma, veja o caso das ruas que seriam abertas no Stella Maris, bastaram algumas faixas colocadas por moradores, que eles já mudaram de opinião, e não vão mais abrir rua nenhuma. O trânsito na região vai continuar um inferno, enquanto aquelas ruas continuarem fechadas.