O procurador de Justiça José Artur Melo defendeu, em parecer datado do último dia 25, que as construtoras Uchôa e Sauer paguem R$ 2.213.975,91 de indenização ao Tribunal de Justiça.

As duas empresas, responsáveis pela construção do Fórum de Maceió, foram condenadas em ação julgada, em julho de 2011, pela 18ª Vara da Fazenda Estadual.

Os problemas na construção do fórum são velhos conhecidos. O prédio já foi fechado, reformado, e ainda não há uma convicção firmada de que tudo está definitivamente resolvido.

A Ação Popular que resultou na condenação é de 2008, tendo o advogado e servidor Richard Manso como autor.

O parecer do procurador José Artur Melo foi encaminhado à 3ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça, parte – por óbvio – interessada no rápido desfecho do caso.

Gravação feita pela PF traz 3ª pessoa no caso de Marechal Deodoro
Feriadão de Semana Santa na Justiça começa nesta quarta
  • Mais do Mesmo

    A propósito do TJ, e esse caso de advogados com dinheiro em Marechal Deodoro. Será que a OAB, MP e Judiciário não deveriam fazer umas investigações mais aprofundadas no trabalho de alguns de seus integrantes, pra ver se esse e possíveis outros casos são verdadeiros ? No país da corrupção, posso ser pessimista, mas custo a crer que nessa historinha de centenas (milhares ?) de sentenças pra lá e pareceres pra cá, a turma do agrado não funcione ali ou acolá. Mas parece que vivemos na Suécia. Um pentinho fino geral não faria mal a ninguém. Só por precaução.

  • UM LADO DA MOEDA

    Quem Licitou , Contratou , Pagou e não Fiscalizou, também e responsável da mesma forma. Ou a culpa e só da construtora . Tá com cara da lava Jato.

  • carlos

    SALVO- CONDUTO,PARA RICHARD MANSO….

  • JOSÉ

    KKKK… RICHARD