O (ainda) ministro do Turismo Vinícius Lages está acompanhando em tempo real como se pode subir e descer na administração pública sem que haja a discussão sobre o mérito do servidor.

Formado na estrutura do Sebrae, ele sempre foi discreto, embora conhecido pela qualificação técnica.

Ao assumir um cargo no governo, porém, entrou na seara em que me parece apenas aprendiz (a não ser que eu esteja equivocado). O meio político não admite, entre outras coisas, respeito ou gratidão por aqueles que demonstram competência.

Se o seu padrinho se mostrou poderoso ao conseguir nomeá-lo, agora ele parece tão somente um joguete nas mãos de quem manda. Assim como entrou, deve sair – e ponto. Como se fosse apenas um “tapa-buraco”.

Ainda que venha a ocupar outro cargo no governo federal, Vinícius Lages não me parece merecer passar pela humilhação de estar demitido desde a semana passada, esperando apenas o empurrão final.

Licitação dos ônibus: é preciso ter medo da Justiça?
Eurico Lobo desiste de reeleição e lança Rachel Rocha à Reitoria da Ufal
  • JEu

    Quem assume cargo por nomeação política é assim mesmo. A mensagem que recebe deve ser: “Adeus. PT.SDS” e só…

  • Há Lagoas

    A meritocracia nunca foi o forte na ocupação de cargos em nossa incipiente República. Em toda nossa história ela sempre foi um depositário de gente incompetente que depende do “poder” para garantir seu emprego.
    Se não sabemos votar – e isto é fato – nossos gestores não sabem escolher os mais preparados para comandar a burocracia e o resultado é um Estado que não consegue gerir as demandas que lhe são de responsabilidade.
    Sei que existe uns poucos compromissados – e ainda bem que eles existem – mas a maioria se mantém por critérios políticos!
    É uma pena que Vinicius Lages seja um dos poucos ministros idôneo, demitido por uma incompetente…

  • Afonso Guimarães

    Caro Ricardo gostaria de saber se como Alagoano o que foi que o Ministro fez por Alagoas??? Não se engane ele apenas alimentava a vaidade dos Calheiros em atender os parlamentares por eles agendados.

  • carlos

    Seara da maldade e ele sabe muito bem, que o jogo é bruto.Se ele é tão imaculado assim, por que aceitou servir o Sr. das Alagoas,que tem muito prestígio quando o assunto é o malfeito.Afonso Guimarães,tem razão Alagos é sem sorte.Para que serve esse poder de indicar é para atender o jogo pessoal da turma…

  • chico amorim

    Caro Ricardo, seus textos são uma verdadeiras obras de Arte, nos faz recordar e atualizar nossos conhecimentos e até nos ensina a sermos críticos e nos força a estudar fatos históricos de relevância para formação da nossa consciência. Alagoas de vez em quando é agraciada por um ministério é como se fosse um… cala boca – para nossa querida Estrela Radiosa. Vejamos alguns: Guilherme Palmeira, TCU, Renan Calheiros,Min. da Justiça (que tem como profissão Político? Política é uma profissão ou uma concessão parlamentar atribuída por nós para nos representar. Aldo Rebelo Ministro de Tudo: Quado do Esporte único feito trazer a seleção de enGANA o povo, para treinar aqui. Como Min Ciência e Tec. e Inovação propôs a votação do Cod. de Defesa Florestal o interessante nessa história, foi quando perguntado:”confessou: “que executava uma tarefa política e não tinha experiência na área”, e dentre outras coisa como parlamentar que se não fosse real poderia ser cômico: criação do dia do Saci-Pererê e o Pro-mandioca. Portanto: Turismo – Vinicius Lages, foi a escolha técnica da Pres. Dilma, que iria colocar na pasta Ângelo Oswaldo Presidente do Instituto Brasileiro de Museus. Quem sabe agora com um AGRÔNOMO não será lançado um livro para mostrar ao Brasil nossa belezas naturais e consequentemente atrair mais Turistas.
    Fonte de Pesquisa: Internet

  • ARTUR

    Lamento a situação do Vinícios Lages, mas, ele não é desinformado para aceitar convite para andar na lama fétida por onde eles andam sem nenhum constrangimento. Acredito que não foi surpresa.

  • Jorge

    Os nossos representantes politícos nada fazem por Alagoas e, os indicados por eles pior ainda!

  • carlos henrique

    E como fica o Centro de Convenções da Barra de São Miguel, sai ou não sai.

  • HSilva

    Para que Centro de Convenções, na Cidade não existe nem quadra para prática de esporte, melhor, existe uma quadra de cimento, conhecida como arranca pedaço de joelho, fica na praça frente a prefeitura que por sinal, o prefeito vai destruir. O prefeito deve motivar aquela população que adora esporte é só aparecer naquela quadra à noite. Pois bem, antes de Centro, Terreiro e outros, um ginásio para prática de esporte.

  • BEL

    NOMEAÇAO POLITICA. EXISTEM OUTROS MELHORES.

  • Daniel

    Passarinho que anda com morcego dorme de cabeça pra baixo. Se Vinicius anda com Renan…

  • carlos

    Sai ou não sai,o centro de convenções da Barra de São Miguel.O litoral Sul,é assim o mercado público de Coruripe,vai fazer borda de pratas ou melhor já fez.Será qua vai para de ouro…

  • Nado

    ACHO É POUCO. VAI SE METER EM POLITICA. E LOGO COM QUEM? RENAN!

  • ARTUR

    BARRA DE SÃO MIGUEL NÃO É DIFERENTE DAS OUTRA.
    Quanto ao assunto abordado por H Silva, não devemos se surpreender com a ação do prefeito interessado só em explorar abusivamente a ARRECADAÇÃO DO IPTU.

  • Zu Guimarães

    Precisamos de muitos, muitos Vinicius Lages no Brasil!