Não é por falta de candidatos, mas o governador Renan Filho encontra, sim, dificuldades para montar o seu secretariado.
Ele quer marcar posição, aparecer com identidade própria, como buscou firmar durante a campanha.

A questão é: como escolher nomes para a sua equipe, que tenham a respeitabilidade técnica e que não sejam “mais do mesmo”.
Quebrar expectativas é uma missão difícil, ainda que desejável. Lembrando que Renan Filho teve 33% dos votos possíveis do eleitorado alagoano – literalmente, um terço.

Por mais que se fale em secretariado técnico, como será possível deixar de fora alguns dos personagens históricos ligados à família Calheiros?

Renan Filho não tem laços com a academia e com os setores de onde poderiam sair bons nomes, mas que fossem da sua confiança.
Ele foi criado – e assim continua – em um ambiente local e nacional onde só se fala em política e nas delícias do poder.

Não custa tentar. Até porque se ele se apresenta como o novo – e não apenas uma novidade –, há de arriscar, ainda que erre aqui e ali, com a nomeação de auxiliares que entrem no governo levando respeitabilidade e não mais desconfiança.

Torço, sinceramente, para que ele acerte.

"Vítimas" das urnas, PSB e PPS ficam sem nada em Alagoas
PT x PSDB : Nordeste, preconceito e voto
  • jose carlos de lima

    Também torço muito meu nobre Ricardo Mota, e sobretudo na pasta da Segurança Pública, por que as últimas nomeações foram totalmente “politica”, e não precisa enumerar aqui as suas conseqüencias, os números por si só já falam tudo. Espero que Renan Filho acerte nessa escolha, acredito que nas nossas policias tem bons nomes que podem dar uma resposta a essa violência desenfreada que assola a nosso Estado.

  • tania

    Torço tbém…..chega de mazelas no nosso Estado, que o novo governador faça por se diferenciar…..para que sintamos que viveremos uma nova fase, inclusive para os servidores estaduais do qual faço parte e só recebo dia 11 nos 8 anos de Teotonio….quem sabe haja mudanças, vamos torcer!!!

  • wal

    Ricardo Mota, e tu achas que este menino ( RENAN-FILHO ), vai governar nada ? é claro que o estado vai está nas mãos do pai da figura ( RENAN-PAI ) , seu tio OLAVO…

  • Deise Abranches

    Discordo de você Ricardo.

    No grupo do Renan tem Cícero Cavalcante, Adeilson Bezerra, o tio Olavo e muito mais! Todos especialistas com talento para ser secretário.

  • Símio

    Macacos velhos não botam a mão em cumbuca. Só sendo muito tolo ou vaidoso pra aceitar embarcar nessa nave, cheia de gente um tanto quanto envolta nas névoas de casos complicados, nacional e localmente.Se for na base do dize-me com quem andas, aí é pra sujar qualquer biografia de profissionais competentes e responsáveis, que entrem nessa fria. Deixa com os “quadros” do PMDB alagoano, que dá um secretariado e tanto. Kkkkkkkkkkkkkkkkk. E parece que o Sarney, flagrado votando no Aécio, vai apesar disso ser Ministro da Cultura da Segunda Dilma. Pode ? Coisa estrondosamente grotesca.

  • Henrique Lopes

    Caro Ricardo, você tem dito várias vezes que Renan obteve um terço dos votos possíveis, concordo. Agora alguém pode dizer qual foi o Governador eleito que obteve 50% dos votos possíveis? Acho que nenhum!

  • Fernando

    O problema dessas trocas de governo é achar que tudo que foi feito pelo governo anterior está errado ou não serve.
    Tem muitos técnicos bons que estão à frente ou participando da gestão de órgãos do governo atual. Muitos desses carregam secretarias “nas costas”.
    Porque não aproveitar o que está dando certo?

  • última chance pra Alagoas!

    Renan filho está tendo a chance de fazer o seu nome na política local e quiça nacional! Portanto para isso terá que nomear seus secretários por critérios técnicos e não políticos e investir pesado na Educação!! Caso contrário, será apenas mais um! Ele está com a faca e o queijo na mão, tem seu pai na presidência do senado e o apoio da presidente Dilma! Se Alagoas não for pra frente agora, não vai mais nunca!

  • Hélio

    Impossível montar um secretariado técnico, uma vez que Renan Filho já começa devendo favores a diversos membros de coligações que o apoiaram. Começando pela ALE, certamente irá nomear deputados para secretarias e favorecer suplentes. É MAIS DO MESMO!

  • fabiia_bia@hotmail.com

    Então ele coloque eu ja que todos não podem assumir uma liderança.

  • Daniel

    Henrique Lopes é preciso ter 50 % dos votos válidos, excluem-se abstenções, nulos e brancos. Do universo de eleitores aptos a votar Renan filho teve 33% dos votos.

  • Sylvio De Bonis Almeida Simoes

    Estou de acordo e, como voce, torço para que acerte!

  • Márcio Lins

    As escolhas que nosso futuro Governador fará agora escreverão a sua história na política de Alagoas. Espero que seja lembrado por todos como aquele que construiu um novo rumo para o nosso Estado, lastreado, principalmente, numa forte política educacional, baseada, principalmente, na criação de uma carreira respeitável na educação estadual, com alta remuneração aos professores e pessoal técnico, baixa jornada em sala de aula, capacitação de alto nível, dedicação exclusiva para os professores e com uma revolução na infraestrutura dos prédios da Educação, além, é claro, do incentivo à pesquisa e extensão, desde cedo. Com isso feito, espero uns 20 anos e teremos, com certeza, um outro Estado. Abraço!

  • Edinaldo Afonso Marques de Mélo

    Não bastará apenas formar uma equipe técnica. O que fará a diferença, além do lado técnico, será a capacidade de LIDERAR e ADMINISTRAR processos complexos e que exigem VISÃO SISTÊMICA e EMPREENDEDORA, CAPACIDADE DE GESTÃO DE PESSOAS COM PARADIGMAS MODERNOS, ELABORAÇÃO DE PROJETOS DIVERSOS. Isto, somado a capacidade de negociação política do futuro governador Renan Filho e de sua bancada de apoio em Brasília, garantirá a sustentabilidade de Alagoas.

  • carlos

    Sua,conversa tão arrumadinha,mas quando foi secretário municipal,na prática era um chato de galocha.Paradigmas modernos,liderar e administrar,visão sistêmica, e empreendedora,capacidade de gestão de pessoas e elaboração de projetos,perfeito no papel.Na prática e num governo político hummmm.Está,de volta se candidatando para um cargo de alta complexidade..

  • marcelo

    Serão secretários, a maioria dos candidatos que não se elegeram. Quem duvida?

  • JOSENILDA P SANTOS

    Eu não acredito que Renan filho, irá governar o nosso Estado tão arrumadinho como ele falou: prometeu muitas coisas, e eu estou de olhos abertos , está na cara que será o pai que vai mandar é o coronel de gravata….