Tudo bem: o senador Renan Calheiros é capaz até de dizer a verdade para nos enganar.

Mas daí a acreditar que ele desistiu de disputar a (re) presidência do Senado é um tanto demais, até para as almas mais ingênuas.

Calheiros quer, de novo e mais uma vez, ficar onde está.

Só deixará de disputar a reeleição se não deixarem que ele o faça.

Estou falando de fatos, não de pessoas ou parlamentares, porque destes que lhe cercam Calheiros conhece no varejo e no atacado.

O quadro hoje é desfavorável ao senador alagoano. O Petrolão é um oceano de grande viscosidade, que ameaça engolir todos os que nele puserem ao menos o pé.

Se Calheiros sabe o que fez – ou o que não fez –, é capaz de imaginar o fim dessa história: mais uma vez será ele quem vai mandar casar ou separar no Congresso Nacional; ou verá a Casa, como em 2007, lhe derrubar da cadeira mais alta daquele espaço imperial.

Ontem, após saber da notícia da “desistência” de Calheiros, busquei ajuda em um dos seus intérpretes. O resumo do enredo: “O tema ainda não está na pauta”.

A pauta não é apenas o que saiu das urnas: mudança. Ainda será escrita em capítulos de tristeza e alegria – para um lado e para o outro.

Não será bom para a presidente Dilma, após uma vitória tão apertada, ser vista nas companhias de sempre – por tudo que elas representam.

Calheiros é um exímio jogador do xadrez político. Um espécime raro do Homo politicus, uma espécie que leva a extinção, mas não dela própria. Disso, Calheiros está prenhe de saber.

Calheiros não se guia nem pelos astros nem pelos homens: os fatos ditam e ditarão cada um dos seus passos.

Marcelo Victor trabalha na montagem da nova Mesa Diretora da Assembleia
Os 18 anos de impunidade do assassinato de Silvio Viana
  • Nado

    ESSE SENHOR QUER SEMPRE MAIS E MAIS. NINGUÉM AGUENTA MAIS ESSE RENAN.!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  • Momento de Reflexão

    TRANQUILIDADE (I)

    A tranquilidade independe de paisagens, circunstâncias e ocasiões. Faz-se no espírito como efeito de uma consciência pacificada.

    O cansaço, o desaire, a perseguição e a dor, embora aflijam, jamais logram romper a armadura da tranquilidade real.

    Quando existe harmonia interior os ruídos de fora não ecoam perturbadoramente.

    Se exiges silêncio, melodias, ginásticas para a tranquilidade, apenas estás no rumo.

    Se te enerva a espera ou te desagradam o cansaço e o medo, fruis apenas comodidades, encontrando-te longe da tranquilidade real.

    Um espírito tranquilo não se atemoriza nem se enfada, não se desarranja nem se rebela porque, pacificado pela consciência reta, vibram nele as energias da renovação constante e do otimismo perene.

    Jesus, no Sermão da Montanha ou no Gólgota, manteve-se o mesmo.

    Íntegro, confiante, demonstrou que a tranquilidade é preciosa aquisição da vitória da vida nas incessantes batalhas do existir.

    .Joanna de Ângelis / Médium Divaldo Franco
    Livro: Leis Morais da Vida (extrato) – Ed. LEAL

  • Jorge

    Tem muita diferença ser ele ou outro? Todos iguais… É a velha Alagoas… É o velho Brasil… continua a mesma história do toma lá e dê cá… infelizmente!

  • Barbosa

    Podemos chamar Calheiros de artista da politica, a estratégia do PMDB é sempre está no poder, observem que o PMDB nunca lança um candidato do partido a Presidente da Republica. Mas sempre escolhe dois candidatos fortes para apoiar, sendo assim, não importa quem ganhe, eles estão sempre do lago vitorioso, novamente na eleições presidencial desse ano agiram assim, eles escolhe um grupo para fazer oposição, depois do resultado se unem novamente. É uma pena que poucos eleitores tem essa visão.

  • ARTUR

    Na atual conjuntura política Renan fica como presidente quantas vezes quiser, acredito eu. Renan,Já passou por outras acusações, renunciou e quando esfriou voltou para o meso cargo e o pior! com mais prestigio e ainda elegeu seu filho governador com o aval do eleitorado ALAGOANO.
    O PT/PMDB/ DILMA/RENAN /LULA/SARNEI/COLLOR, com tudo de MAL FEITO que praticaram CONSEGUIRAM SE REELEGER mesmo com os escândalos sendo comprovado, condenados e presos pessoas influentes do seu meio político.
    Não acredito em salvação DO PAÍS sem EDUCAÇÃO, reforma política e afastamento dos fichas suja pela ¨justiça¨porque pelo VOTO continuarão vivos e fortes.

  • saulo

    Ninguém aguenta mais essa forma de fazer política. Lula, Dilma, Renan e PT “nodestão” “grotões” apresentam fadiga de peça, imagine nós o povo. Ele não está desistindo, está correndo. Informações privilegiadas dão conta de sua provável cassação. A delação vai abalar a república, imagina a república das Alagoas, versão II.

  • Há Lagoas

    “Calheiros é um exímio jogador do xadrez político. Um espécime raro do Homo politicus, uma espécie que leva a extinção, mas não dela própria. Disso, Calheiros está prenhe de saber”.
    É preciso acrescentar mais alguma coisa?

  • JEu

    Só tenho uma pergunta: será que ele vai “implantar” mais cabelos por esses dias? Quem sabe se dessa vez não serão cabelos longos no estilo “anos 70”?…

  • carlos

    Esse,ilustre desconhecido fez,comentário no blog.Se Dilma for reeleita,vai dá Renan Calheiros,na reeleição da senado.O homem sabe muito das coisas…Uma,mão “lava a outra”.

  • José Carlos de Oliveira Simões

    Se a Justiça desse país, tiver um mínimo de vergonha, nem Renan, nem Dilma, continuam no poder, pois vem coisa muito grossa por ai, quando os senhores Paulo Roberto Costa e Alberto Youseef, concluírem seus depoimentos na justiça, vocês verão o mar de lama que eles estão envolvidos, devendo inclusive suas eleições em 2010 e 2014 ao dinheiro dos roubos das estatais. Se o Collor foi cassado por muito menos, como pode essas figuras serem absolvidas, mesmo sabendo, que não temos mais um Joaquim Barbosa, entretanto, as evidências são tão absurdas que não tem outra escapatória.

  • tania

    Carlos, não entendi seu comentário……

  • Patrício Lerman

    Vejam como o buraco é mais embaixo. O governo tentou emplacar os conselhos populares, o que seria um grande avanço na participação popular, até porque o povo foi às ruas pedir mais democracia, mais participação, mais transparência. Veio agora o congresso e disse: neca de pitiritiba, aqui quem manda é a velha política, é nóis. Ficaram falando sozinhos PT, PSOL e PCdoB.

  • J.Ronaldo

    O COMENTÁRIO DO SENHOR JOSÉ CARLOS DE OLIVEIRA REPRESENTA O COMENTÁRIO DE TODOS HOMENS DE BEM DESSE PAÍS. PARABÉNS JOSÉ CARLOS !

  • Pedro Neto

    Se, contra fatos não há argumentos…

  • Pedro Neto

    Por que eles não aceitam o plebiscito, héin?
    Eles sabem que a vontade popular, é contra a máfia política.
    Infelizmente não há justiça nesse país…
    A impunidade alimenta a criminalidade.

  • Maquiavel

    Que figura “fascinante” essa. Adere a todo e qualquer governo. Só sobrevive porque tem votos em uma terra de cegos (aliás, quando é pra dizer que o nordestino vota bem por causa da Dilma, a tchurma se esquece do que mandamos pro senado, câmara federal, câmaras municipais e assembleia legislativa de Alagoas. O nordestino simples precisa receber mais educação e ser mais independente, ou os eleitos serão os coronéis com suas esmolas de sempre). A mansão de muitos caem, e um dia certamente a do grande líder nacional Renan certamente cairá, por falta de bom alicerce.

  • carlos

    Tania,não entendeu…Se acompanha atuação parlamentar do senador uma bombeiro de primeira grandeza,que apaga os incêndios desde o governo Lula.

  • J.Monteiro

    Meu caro Bloguista Patrício Leman, busque mais informações, e eu tenho certeza de que ficará estarrecido ao verificar o que há por trás dessa ideia da implantação dos conselhos populares. Só como informação preliminar, digo-lhe que não será avanço, será sim, retrocesso, pois os famigerados conselhos, serviria de esconderijo para os malfeitores a serviço do PT. Os aloprados e mensaleiros do PT já tentaram por várias vezes calar a imprensa livre, calar os veículos de comunicação que não se vendem aos milhares de reais roubados de nossas instituições ao longo desses doze anos. Os Senadores vão barrar esse lixo, e como é do interesse da turminha da Dilma, espere e verá que eles vão tentar outras vezes, eles (os aloprados e mensaleiros), não desistirão. Usarão todos os meios, possíveis e imagináveis, para se manterem no poder.

  • carlos

    As duas mãos sujas,com bacteiras e fungos estão no mesmo barco da contaminação.