Uma conversa com um parlamentar experiente – e sério – traz uma revelação surpreende: o nível de confiabilidade da venda do pacote eleitoral é de apenas 30%.

Ou seja: do prometido – vendido – só se garante o percentual acima.

O motivo: há muitos interessados e operadores cada vez mais profissionalizados, mas que brigam pelo mesmo espaço.

Não há, hoje, como em outras eleições, uma grande mobilização por parte de setores da chamada sociedade civil organizada.

O medo de denunciar o comércio de votos também leva a esse quadro impressionante.

Some-se a isso o desinteresse do eleitor. É aí que a turma da corrupção eleitoral atua.

Resumindo: muitos candidatos vão pagar mais pelo pacote, sem o retorno prometido.

Infantilização no "face" pode complicar candidatura de Renan Filho
Francisco Tenório quer isentar juízes, promotores e delegados do exame da OAB
  • Alexandre Aciolly

    Caríssimo Ricardo, chegou o momento dos urubus dividirem a mesma carniça,quem for fraco no negócio sujo que se quebre!

  • Sandro

    É bom que esse ano o índice caia para 0%, nenhum retorno para os maus políticos. Que o eleitor usufrua dessa forma de distribuição de renda, e vote consciente, em fichas limpas. E principalmente expurgando da política o candidato que lhe ofereceu a benesse.

  • Constant Ramos

    É. Dia chegará que os compradores de votos vão entrar pelo cano. Vivem de explorar a miséria. Mas até ela tem seu limite de tolerância. Mas qual diferença há da compra do voto para uma simples doação ao candidato? Em tudo não tem o jogo do troca-troca? Quem aceita dinheiro do empresariado não tá se vendendo? A legislação eleitoral vai demorar a se aperfeiçoar para que a confiabilidade no processo eleitoral passe a 100%, mesmo que seja uma utopia.

  • wal

    Sem comentários…

  • andre palmeirense

    Pega o dinheiro desse candidato e filma na hora pra denúncia lo e desmascar esse canalha.Seu voto não tem preço e sim dignidade .

  • fred

    É gente isso existi, mesmo, e o nosso povo se vende facil, é lamentavel, mais o povo ainda confia em vender seu voto, e o índice eu acho que é menor, fica em torno de vinte por cento.

  • jose gomes da silva

    ajustiçaestafazendoasuaparteojornalismosérioestafazendoasuaparte,sórestaoeleitorfazerasuaparte
    nãoépossivelquevoc~evásedeixarroubarpelasmesmaspessoasnovamente,todossãomuitosconhecidos
    voteemquemnuncaroubou,nemvairoubar15.125

  • É novidade?

    Como eles elege-se e tem votação expressiva sem nunca ter comparecido em determinanada comunidade? Reforma eleitoral, voto distrital e atuação célere da justiça nas eleições. Observe que nas proporcionais de os deputados elegem-se comprando votos sem o mínimo receio de penalidade.

  • Lenilson Andrade

    Hoje ouvi em seu comentário no 12:10 a crítica ao uso das redes sociais,sou da opinião que para as tais redes não existe regra do que se deve ou não postar. A opção de grupos lhe garante compartilhar,curti e comentar só aquilo que lhe convém com quem convêm,pois o dia em que só postarem o que os “intelectuais” quiserem será uma forma de censura, ou não ? Redes sociais servem para as pessoas interagirem e o assunto ou a forma cabe exclusivamente a quem está se propondo.

  • Hélio Jorge

    Genial artigo do Jornalista Ricardo Noblat: Para refletirmos…

    “Resolução do PT diz que Marina é favorável à liquidação do Banco do Brasil, da Caixa Econômica e do BNDES. Se depender dela, os bancos públicos acabarão esvaziados, o pré-sal perderá importância e a condução da política econômica caberá “a um banqueiro de confiança dos especuladores”. A Petrobras será vendida. E aí?

    Tudo mentira!

    “Eu não tenho banqueiro me apoiando” afirmou Dilma. Marina é apoiada por Neca Setúbal, dona de 0,5% das ações do Banco Itaú. Neca nunca trabalhou no banco. Há dois anos, quando ajudou Fernando Haddad, prefeito de São Paulo, a fazer seu programa de governo, foi apresentada pelo PT como educadora. Agora que ajuda Marina virou banqueira. E aí?

    Aí que Dilma mentiu ao dizer que não tem apoio de banqueiro.

    Os bancos já doaram R$ 9,5 milhões para a campanha dela. Para a de Marina, menos da metade disso.

    “Está escrito no programa [de Marina]: autonomia do Banco Central. Todo mundo sabe o que significa”, disparou Dilma.

    O programa de propaganda dela na TV sugeriu que autonomia do Banco Central é igual a faltar comida na mesa dos brasileiros.

    Curioso. Em maio de 2010, candidata a presidente da República contra José Serra, Dilma defendeu a autonomia do Banco Central. Do mesmo jeito como Marina faz hoje.

    Nos dois governos de Fernando Henrique, os bancos lucraram, em valores atualizados, R$ 31 bilhões. Nos dois governos de Lula, o pai dos pobres, R$ 200 bilhões em números redondos.

    Lula sofreu o diabo na mão de Fernando Collor ao enfrentá-lo na eleição de 1989. O mínimo que Collor disse dele foi que era aborteiro e racista. Se ganhasse, garfaria a poupança dos remediados. Collor ganhou e garfou a poupança. A corrupção abortou seu mandato pelo meio.

    Lula e Collor viraram aliados. Dilma admitiu fazer o diabo para se eleger. Marina sofre o diabo nas mãos dela e de Lula.

    Na sabatina de O Globo, na última sexta-feira, Dilma garantiu que nunca teve afinidade com Paulo Roberto Costa, preso como um dos cérebros do esquema de corrupção da Petrobras estimado em R$ 10 bilhões (O mensalão é troco).

    Pois bem: segundo Lauro Jardim, da VEJA, Paulo Roberto foi um dos 300 convidados de Dilma para o casamento de sua filha em abril de 2008, em Porto Alegre. Lá, encontrou Lula que o chamava carinhosamente de Paulinho. E que com ele costumava se reunir para discutir os rumos da Petrobras.”

  • AOS OPOSITORES INVEJOSOS!!!!!

    Opositores do poder – deixem os pobres do Brasil em paz – porque não fossem os governos de Lula e Dilma – eles estavam muito mais lascados. O brasil nunca esteve tão bem como encontra-se! Até a corrupção é investigada pela PF – antes sequer a sociedade tinha conhecimento das falcatruas dos péssimos governos do PSDB e etc. Por tudo isto voto 13 e asguardo o retorno de Lula para repetir o voto, também.

  • José Carlos de Oliveira Simões

    É por isso que Alagoas só tem essas porcarias que ai estão para representar o povo alagoano.

  • Réplica!!!!!!!

    A meu ver – A piores PORCARIAS são o pobre trocar o voto por migalha e os metidos a formadores de opinião defender corrupto e adesivar seu veículo com eles; Também fico chateado em ver um CASEBRE ou carro velho com adesivo de corrupto – infelizmente é que mais vejo no momento. Você que é trabalhador e honesto não seja masoquista e diga não aos politiqueiros.

  • Consigliere Alagoano


    .
    Mota, por onde o COAF – Conselho de Controle de Atividades Financeiras, que rastreia saques altos e em notas pequenas?
    .

  • Petrúcio França

    Elegendo Dilma, estaremos garantindo a volta de LULA, e assim serão pelo menos, mais 12 anos de prosperidade e melhoria de vida para o povo brasileiro, povo tão sofrido e explorado por uma tucanada inoperante e elitista. Dilma neles.