A vaia que o secretário Eduardo Tavares recebeu, na última quarta-feira, está dentro da normalidade: a população está cansada, amedrontada e revoltada.

Mas ela, a vaia, foi amplificada e comemorada por alguns tantos que nem sequer enxergaram o crime, como vimos agora, banal e inevitável – no que se refere à prevenção policial. Foi quase como se apontassem o dedo para Tavares como possível autor do homicídio.

O secretário, durante estes dois dias, sofreu uma humilhação que desconhecia, me narraram alguns dos seus mais próximos. Estes tiveram de intervir do jeito que só é possível a quem gosta e confia no alvo da humilhação.

Que não sejam aqueles que estavam lá da porta do Makai no dia do crime a fazê-lo, mas os que vibraram com a morte do Guilherme Brandão – pelo mote político ofertado – e mais ainda por conta da vaia ao secretário. Estes lhe devem, sim, aplausos.

Não para ele, especialmente, mas para a ação policial: eficiente e rápida.

Afinal de contas, feio é ter como ajudar à sociedade e não fazê-lo, cuidando apenas de “vaiar” e de engordar mais ainda a própria fortuna.

E Vilela, será que ele é?
Sob o comando de JB, Marx Beltrão faz campanha de campeão de votos
  • luiz paulo sodré

    Caro Mota,,já disse tudo,simples e brilhante, e agora,quem vai aplaudir o secretário?

  • Ô povo burro

    Ninguem ousa fazer isso Ricardo. Isso não da “curtidas” no facebook e não elege dono de mídia que parece mais que quer escrever o apocalipse alagoano. Sinceramente, nunca vi povo tão alienado quanto nós Alagoanos

  • Givado Cabral Santos

    Parabéns Ricardo!! Feio são aqueles que usam uma tribuna se aproveitando de uma tragédia para fazer campanha ao invés de ajudar ou apontar soluções para a violência que domina o país e não só o nosso querido estado.

  • ze

    E agora, como fica, parabénizo, esse delegado, que assumiu o caso, um dos mais antigos e mais experiente, más essa eficiencia deveria estar sendo aplicada, não só no caso de guilherme, mas em toda periferia, aonde o josé e a maria, estão sendo assasinado, e nada é feito, eduardo tavares, sempre foi um homen, atuante quando esteve a frente do MP, muita coragem de assumir, essa secretaria PARABÉNS DR. EDUARDO. e os burgueses agora iram vaiar quem,

  • Marco Campelo

    Brilhante artigo. Eduardo é um homem sério e comprometido.
    Muitos dos que estavam vaiando não têm o mesmo ímpeto para apoiar políticos comprometidos com as verdadeiras mudanças. São apoiadores daqueles que possuem ligações com a violência.
    Parabéns Eduardo!

  • VERGONHA

    É mestre, se esse pessoal do QUANTO PIOR MELHOR, capitaneado por importante órgão da imprensa, por deputados e senador irresponsáveis e aproveitadores, cúmplices de todas as mazelas do nosso Estado, tivesse DEZ MIRÉIS de vergonha, pediriam perdão ao Secretário.
    Elles não viram um crime bárbaro, uma família sofrendo, uma sociedade triste e revoltada.
    Vislumbraram, unicamente, a oportunidade, tal qual URUBU EM CARNIÇA, de apertar o gatilho da indecencia para garimpar alguns VOTOS.
    E, assim, nossa querida terrinha, vai ficando a mercê desses ASSASSINOS DE CONSCIÊNCIAS, exploradores da ignorancia cultual que tão bem patrocinam.
    Que DEUS abençoe nossa Alagoas e nos livre desses ABUTRES travestidos de políticos, donos da verdade e da decencia.

  • Henri Bergson Sarmento Ramos

    As vais não foram e nem são pela elucidação do caso Guilherme, mais sim pela falta de segurança em nosso estado.
    Que as vaias sirvam de lição de recado da nossa SOCIEDADE que clama por PAZ a fim de que ele receba os nossos APLAUSOS.

  • Socorro

    O povo só culpa o Governador, Téo não manda ninguém roubar e matar, as pessoas tem livre arbítrio para fazer o que quer, infelizmente os bandidos escolheram o lado errado.A culpa é simplesmente dos DIREITOS DESUMANOS que só existe para os bandidos. Deixem o homem trabalhar em paz…

  • José Carlos Milito

    Parabéns Secretário:
    Nunca tive dúvidas da sua competência e honradez.A vaia não foi para você mas, um desabafo dos que esperam ou esperavam que alguma coisa fôsse feita.Você e sua equipe fizeram.

  • Rosita Cardoso Silva

    Enquanto o povo vaia uma autoridade sem conhecimento de causa, o Lula tem a maioria no congresso e na Justiça. Daí para Maduro é um pulo. É uma ditadura branca. Terminaremos em uma brasuela.

  • valdemir

    Texto focal. É uma pena.

  • Gregório de Matos

    Agora, os CALHEIRISTAS; os COLLORIDOS; os LESSISTAS e os PRÓPRIOS, devem estar put … da vida com o final infeliz (para elles) dessa trágica história. Para elles, quanto PIOR, MELHOR, sempre foi assim.

  • Rodrigo

    E agora quem vai postar video analisando a situação da violência no estado? Não estou falando que não exista, mas querer transformar tudo em politicagem não é legal. Será que elles nunca desistem? Vai ver que não né, até um macaco já foi pra lua.

  • Deise

    Que ele esteja presente de corpo e alma na apuração da morte do joão, da maria, do silva, da antônia etc.

  • Alexandre Fernandes

    Não vejo motivos para aplausos, até pq a vaia não foi por causa deste crime e sim pelo descontrole governamental no combate a violencia. Ou vamos aplaudi-lo pelos três onibus atacados hoje? Ou pelos outros assaltos e assasinatos cometidos ontem? ou pelos mais de 300 mortos em 2014 pela violencia endemica que se instalou em nosso estado no governo Lessa e só fez crescer no desgoverno Téo? Não é o cidadão ou o promotor Eduardo Tavares que esta sendo vaiado, é o secretario de governo, que apesar da troca do personagem não muda o enrredo. Desculpe Ricardo, se não tiver ombridade de publicar, sei que vc entende o que estou escrevendo, e vou perdoa-lo pela media que tenta fazer com o seu amigo.

  • Artur Marinho

    Vou aplaudir quando a policia estiver estruturada, o numero de homicídios diminuir, quando as cidades do interior tiverem uma delegacia com condições, quando aumentarem o numero de policiais nas ruas, quando ele e o estado fizerem de fato o seu papel.

  • João Vicente

    Agora há pouco, por volta das 22h, retornava eu de minha pedalada na praia, pelo corredor Vera Arruda, e pude testemunhar, em plena noite de sexta-feira de carnaval, ainda trajando terno, o Secretário Eduardo Tavares conversando com um dos policiais militares que estavam de plantão no treiller policial ali recentemente instalado. Confesso que fiquei surpreso, mas muito feliz por ter presenciado a cena.

  • Isa Mendonça

    Pois é Ricardo, e quem vai reparar os danos causados à imagem da instituição, governo do Estado. Sabemos que a onda de violência está incontrolável, e tem sido assim no Brasil, mas esse crime tinha sinais de todos os lados que não havia sido motivado apenas pela ausência da polícia ou pela insegurança que nos assola. Nas redes sociais jogaram pedras no governo e na pessoa do governador e quem vai reparar esse dano? Infelizmente a sociedade hipócrita agiu rápido nos julgamentos, como não age quando crimes bárbaros afetam diariamente os que já são vítimas da falta de emprego, de educação e de uma vida digna. Lamentável a morte do Guilherme! Mas é como já diz a Bíblia: porque o amor ao dinheiro é a raiz de todos os males… I Timóteo: 6, 10.

  • REGINALDO

    PARABÉNS AOS ÓRGÃOS DE SEGURANÇA E AO GECOC. O CRIME FOI ESCLARECIDO E NÃO PARTIU POR FORÇA DA VIOLÊNCIA QUE ATINGE O ESTADO. O SECRETÁRIO SOB COORDENAR O PROCESSO INVESTIGATIVO, AO LADO DO DELEGADO CARLOS REIS E COM O APOIO DO GECOC. O CRIME ESTAVA DENTRO DA PRÓPRIA CASA.

  • Eduardo

    Parabéns ao secretario por ter ido a fundo e descobrir a verdade sobre a morte do dono do Maikai. mas e o outros? e os JOSÉS, MARIAS, JOÃOS que são assassinado todos os dias? por exemplo: hoje um jovem morreu com um tiro na cabeça e cadê o secretario? foi lá? infelizmente a sociedade é hipócrita.

  • joatas

    ora, ora, vejam só …. rico matando rico …. que interessante …. e todos achando que era só mais um conflito de classes …. o bandido malvado pobre teria matado o nobre trabalhador rico …. parece que agora a classe alta terá de limpar sua própria sujeira.

    Parabéns Secretário (faço questão de pôr em maiúsculo).

    Onde está o Renan Filho e o Collor, que nada fizeram por Alagoas e que queriam se promover atacando o Secretário?

    Renan Filho … vai cuidar de Murici que está um faroeste … sua família domina, todos sabem como, a região há décadas.

  • QUEM VAI APLAUDIR?

    Não ao secretário Eduardo Tavares, que no cumprimento do dever não fez mais que sua obrigação, que não merecia VAIAS, mas de um povo sem cultura e sem educação, se espera tudo até VAIAS, mas o secretário está acima dos sem cultura e sem educação.
    Agora, desejo saber quem não vai aplaudir a nossa terrorista infelizmente presidenta da Brasil DILMA ROUSSEFF CASTRO, pela prática absurda do “TRABALHO ESCRAVO” pelo DESgoverno do PT contra médicos cubanos a serviço no Brasil, aí sim, além das VAIAS, mas: FORA DILMA, IMPEACHMENT JÁ, vejam como funciona a subserviência do BRASIL ao maior político da atualidade brasileira, aquele que dita e redita ordens como chefe suoppremo do Brasilsilsil, o ditador terrorista sanguinário Fidel Castro, que determina quando e como deve fazer por seus cupichas LULA & DILMA.
    A mídia televisiva mostrou que os médicos contratados pelo programa “Mais Médicos” estão recebendo salários de R$ 10.000,00/MÊS e ++++ transporte, ++++ alimentação, ++++ hospedagem e +++ residência com seus familiares. Isto só ocorre com médicos oriundos de outros países, que não seja da ditadura terrorista de Cuba, porque o sanguinário terrorista Fidel Castro, fica com 70% dos R$ 10.000,00 que teria direito cada médico no desenpenho da profissão no Brasil, ou seja, o terrorista cubano fica, com R$ 7.000,00/MÊS de cada médico do total de 1.740 médicos que estão no Brasil. Se o número for verdadeiro, isto que dizer que o terrorista sanguinário Fidel Castro fica mensalmente com R$ 12.180.000,00 ou seja com apenas e nada mais do que R$ 12,180 MILHÕES e ainda proibe que os familiares saiam de Cuba para residir com seus pais, esposo e/ou esposa no Brasil, os familiares são REFÉNS em Cuba como aporte da garantia do confisco, roubalheira ou outro nome dado na prática do “TRABALHO ESCRAVO”. O que é vergonhoso e chama atenção é a subserviência do mentiroso LULA e da mentirosa DILMA, essa última infelizmente presidenta do Brasilsilsil, que tanto combateram a ditadura militar no Brasilsilsil e hoje aplaudem e perdoam DÍVIDAS de ditaduras terroristas sanguinárias na ÁFRICA como da GUINÉ, do GABÃO, do CONGO BRAZZAVILE e do SUDÃO, só nesses 4 países de ditaduras terroristas sanguinárias, a sua colega terrorista infelizmente presidenta do BRASIL DILMA ROUSSEFF CASTRO, pedoou em 2013 só e somente só US$ 1,8 BILHÃO, o que equivale R$ 4,3 BILHÕES das riquezas por nós produzidas quando vamos as compras e geramos tributos, impostos, tudo jogado pela vala da corrupção, em defesa do terrorismo internacional e da FALTA DE SERIEDADE NO TRATO DA COISA PÚBLICA.
    DILMA sabia, sabe e acha que pode passar por cima da Constituição da República Federativa do Brasil, como se fosse uma ditadora terrorista sanguinária e que não precisa respeitar a Carta Magna, talvez só porque nomeia ministros do STJ e do STF. Quando digo que essa terrorista infelizmente presidenta do Brasilsilsil vem implantando um golpe de uma ditadura fechada terrorista, baseada no livro do terrorista russo LÊNIN chamado “Decálogo” que ensina nas “10 Táticas da Tomada de Poder”, é só observar que essas Táticas de Lênin estão sendo implantadas no Brasilsilsil pela pesidenta terroristra DILMA VAR PALAMRES COLINA VPR LAMARCA ESTELA VANDA VANA LUISA CASTROS & SILVA ROUSSEFF LINHARES, aí como a Dilma, ela sabe muito bem e gosta, porque somos economistas, sendo ela do “p”ensar “p”equeno e eu do PENSAR GRANDE, aí eu arrocho com todas as forças e com jeito ela fica sabendo das coisas erradas que faz e passa a fazer as coisas certas. Será?
    Por acaso é ÉTICO e MORAL a prática do “TRABALHO ESCRAVO” no Brasilsilsil pelo DESgoverno DILMA ROUSSEFF? Responda você do voto errado.
    É, se não acompanham nossos passos, quanto mais o raciocínio, só nos resta o MPF para apurar tamanha barbárie contra os coitados dos médicos cubanos a serviço no Brasilsil.
    FORA DILMA. FORA LULA, FORA FIDEL CASTRO.
    Ademais só rindo da falta de NACIONALISMO dos brasileiros.
    P/Arabutan.

  • pc

    parabéns Eduardo Tavares Parabéns governador Téo vilela

  • Erisvaldo Souza

    Um caso meio emblemático! Parabéns a polícia, civil, que solucionou o caso. Polícia que é vista como preguiçosa! De parabéns o Secretário que teve “peito” para ir até o local de crime, pelo menos a um, dos 07(sete), homicídios ocorridos naquele dia. De parabéns o povo que soube externar sua revolta, não por um único homicídio, mas por cerca de 14.300 mortes ocorridas durante o governo do Teo. De parabéns o nobre repórter, pois faz o bem o seu papel, pois seu patrão quer a notícia nua e crua, não é?! Eu acho! Mas de todo, fica a lição, que os alagoanos ainda não entenderam e continuarão a não entender, pois é assim, que funciona o sistema. Afinal de pão e circo vive o povo. Passado o carnaval tudo estará esquecido, inclusive quem foi vaiado, quem vaiou e quem morreu… porque o tempo tudo apaga. Só não vai apagar o rastro de sangue das outras 6(seis) pessoas mortas naquele mesmo dia, ou poderia dizer das 14.000 mil mortes de um governo insano e demente que só pensa nos lucros das suas empresas de açúcar. Mas o nobre colega teima em parafrasear, como se suas letras enchesse o bucho vazio ou poderia dizer melhor, as mentes vazias de criminosos de plantão.
    Alagoas, quem sair por último apague a luz!

  • Sara

    Excelente texto Ricardo,parabéns!A polícia hoje foi muito eficiente,pena q no passado ñ foi assim, com tantos crimes sem solução!!

  • Fabiane

    Não compartilhei da vaia, pois não sou adepta da crítica vazia, contudo não vou aplaudir secretário, governador, delegado ou qualquer outro que não tenha feito nada além da sua obrigação! Que o próprio secretário agora se empenhe na resolução de crimes na periferia, dos mortos nas grotas e outros apelos do discurso politicamente correto, ao qual recorreu para defender-se da vaia.

  • Luiz Paulo Pontes

    Mais uma vez, você, Ricardo Mota, contemporizando com os “amigos”. Esqueça sua admiração pessoal ao secretario e não tente criar um fato novo para desviar o foco da bobagem dita por ele, que estava ali, tão somente pra comprovar oq ele acabara de criticar: o peso dado aos crimes cometidos na periferia e na parte nobre. Nossa segurança é um lixo e grande parte da culpa é por ser comandada por homens de gabinete, que talvez nunca foram no JACINTINHO, por exemplo.

  • Eduardo Lopes

    Eu não o vaiei, mas o aplaudo. Excelente atuação da polícia e ministério publico.

  • sergio

    Devemos dar os nossos parabéns ao Gecoc e a toda polícia que trabalhou no caso e elucidou esse horrendo e bárbaro crime. Aqueles que ou por cansaço em ver tanta impunidade ou por aproveitamento político deveriam, se caráter tiverem, pedirem desculpas ao Sr Secretário e que na próxima vez tenham mais calma e os políticos mais sabedoria em esperar para tomarem atitudes como as que tomaram, os políticos, com certeza, vão se esconder e esperar novos acontecimentos para tentarem angariar simpatias e votos, não se importando se vai ser em cima de um cadáver.

  • Marcelo Silva

    Caro Ricardo Mota! A crítica a meu ver ainda continua, em Alagoas a média é de sete assassinatos por dia e a polícia do Téo não demonstra o mesmo zelo em descobrir e prender quem mata os menos desassistidos, que não chamam a atenção da mídia, inclusive a sua!

  • Jose Carlos

    A sociedade precisa ter cuidado quando acontece um caso deste tipo. No dia do assassinato o secretário de defesa quase era linchado quando chegou no local, culparam logo a violência no estado, o governador e o próprio secretário. Tomaram partido mesmo sem saber qual o motivo do crime. E agora todos vão ficar com a cara no chão porque o crime não foi nada do que se tava imaginando. Prudência e caldo de galinha é sempre bom. Mais uma coisa: não tem procuração para defender nem o secretário e nem o governador e nem pertenço nem a ala governamental e nem da oposição.

  • lucas

    pois é,e agora quem é o culpado? eu, vc, ele,.. todos

  • gustavo

    Vc falou tudo Ricardo e ainda tem político se aproveitando desse situação para fazer palanque com o nosso ex presidente que está se reelegendo para o senado e o senado de Murici que vai ser ele ou filho para governado de AL!!!

  • José Ricardo

    Aplaudir porque? Por ele ter ido à cena do crime porque a vítima era da alta sociedade? E se fosse eu?, aplaudir porque o governador “determinou que a alta cúpula da civil, incluindo o secretário ficassem à frente das investigações” porque a vítima era da alta sociedade?, e se fosse eu?. Enquanto isso dezenas de alagoanos são vítimas diariamente dessa desenfreada violência, e não vemos secretário de segurança e nem governador se manifestando nas redes sociais. Sinto muito pela tragédia familiar que essa perda vai trazer para os seus entes queridos. Esse caso soma-se a tantos outros com vítimas “menos famosas” que a nossa cidade e nosso estado estão enfrentando. Temos que dar um basta nisso tudo, e um bom começo é começarmos com uma bela de uma vaia!

  • Luiz Ribeiro S, Filho

    A vaia ou o aplauso tem suas razões de ser.
    Este caso, agora elucidado, não caracteriza fruto da violência urbana pela falta de segurança em Maceió. Não sou alagoano de origem e sim de escolha à mais de 30 anos. Nossa capital nunca teve, durante esse período que aqui resido, policiamento ostensivo e preventivo nas ruas consistente e eficiente. O efetivo policial civil ou militar nunca tem número suficiente de componentes e equipamentos para atender à necessidade de sua população. Outro fator são as constantes reclamações pelos servidores das policias quanto à precária remuneração e condição digna de exercerem decentemente suas funções. Penso que atualmente e como estamos no Setor de Segurança, está mais pra Vaia (lamentação) do que pra Aplauso (comemoração).

  • paulo roberto dos santos silva

    Não fui um dos que vaiaram o nobre secretário, e se estivesse presente também não teria tal comportamento , agora escutar uma pergunta dessa do nobre jornalista, me parece sem fundamento algum, visto que o secretário e seus comandados não fizeram mas do que sua obrigação.

  • edson rafael

    Mota,eu ea populacao acho q ficariamos mais tranquilo só com a volta do Coronel Amaral ai sim é um homem de pulso firme ele tem meu valor aposto se o chamarem ele aceitaria.

  • Alexandre Arecippo

    Prof. Eduardo Tavares, hj secretário de Defesa Social, ocupa o cargo pela sua honrosa história escrita no Ministério Público de Alagoas. A resposta às vaias já foi dada com a elucidação do crime e com a prisão do autor de um crime tão covarde, praticado por quem detinha toda a confiança da vítima e, como bem colocou o sempre brilhante jorlnalista R Mota, um crime impossível de ser combatido pela polícia . Que Deus possa confortar a família do querido amigo Guilherme e que o Secretário de Defesa Social possa ter a chance de mostrar seu trabalho.

  • Victor

    Aplaudir por que? Por só ser célere em casos de grande divulgação, envolvendo peixes grandes da sociedade alagoana? Aplaudir porque foram rápidos em solucionar o assassinato do primo do governador? Aplaudiria sim, se este fosse um caso que representasse a atual geral da pc alagoana. Polícia que só atua pra playboy e cia não merece aplauso.

  • Ana Brigida

    Sempre fui fã desse cara, Ricardo. Estamos diante de um homem sério.. Sabe o que é melhor? Abrir as redes sociais e ver os hipócritas reconhecendo que Eduardo Tavares é do bem… Que da o sangue por esse Estado! Parabéns, secretário!! Os cidadãos de bem sempre souberam de seu caráter e desempenho ímpares.

  • Paulo Roberto

    Aplaudir, porque, a arma foi comprada facilmente no tabuleiro, do dia que Guilherme morreu ate hoje morreram 11 pessoas assassinadas, hipocrisia…..

  • Herbson Max

    Caro Ricardo

    Foram avalanches de entrevistas em rede de rádio, blogueiros ávidos por 15 segundos de fama, comentários contundentes, recheados de pura campanha política no circo alagoano, e diga-se mal ensaiado e com lona furada. Parabéns Ricardo!

  • Joseval

    Já tinha dito o séc. Eduardo foi muito homem em assumi uma pasta problemática como a da segurança. Ele não tem culpa se o governador marcha lenta demorou 7 anos pra colocar um homem com capacidade de resolver. Parabéns e obrigado Eduardo Tavares vc veio para nos salvar desse mar de incompetência que o governo Teo Vilela.

  • Antônio Vieira

    Caro Ricardo, vaiar o governo e seus representantes é sempre normal, aplaudir o que foi bem feito pelo governo está fora de questão, infelizmente nesse nosso estado essa é a norma. Inclusive por grande parte e imprensa.

  • RCesar

    Os mesmos hipocritas que vaiaram o secretario, agora o aplaudem. A policia deu o recado e que o governo faça o mesmo pela paz de Alagoas.

  • Anthony

    E esse crime foi (é) o único caso de violência em Maceió? A impressão que fica, é que depois de elucidado o ‘mistério’ Maceió se transformou em um paraíso e os políticos, dignos de aplausos! Agora seja!

  • Pedro

    O Sec. está do lado que todos julgam como “não fez nada mais que sua obrigação”, essa é a nossa obrigação sim, mais nunca é de mais elogiar a polícia, parabéns a todos que participaram da investigação.

  • Josuel

    É obrigação agora de toda Alagoas aplaudirem o secretário Eduardo Tavares. Foi injusto as vaias soltadas contra o secretário .

  • Ana Souza

    Eu persisto na vaia.
    Simplesmente pelo infeliz comentário de dizer que é normal a comunidade se manifestar em crimes desta natureza, porém quando é alguém do jacintinho não existe protesto. Mas quando é alguém da ”sociedade” toma maior proporção.
    Quer dizer que o pobre que mora no Jacintinho não faz parte da sociedade? Sempre achei que ele não fazia parte apenas de um grupo seleto de poder aquisitivo maior.

    E sim, existe protesto quando um cidadão honesto é assassinado nos bairros pobres, porém a imprensa nem sempre divulga. O que não existe e jamais existirá é protesto por morte de bandido.

    O mais importante a se dizer é que se a população só se manifesta quando o crime é com pessoa influente, EDUARDO TAVARES só comparece em cenas de crimes onde existe justamente o nível social elevado. Ao menos foi o que ele provou para a ‘sociedade’.

    O crime, como na reportagem diz, banal e inevitável – no que se refere à prevenção policial, porém, o tratamento dispensado a crimes onde o poder aquisitivo se destaca, é da mesma forma revoltante.

    É preciso dinheiro e conhecimento político para que as coisas se esclareçam e a justiça seja feita??

    No mais, ação eficiente e eficaz é o que se espera dele a frente do cargo que exerce.
    Nada mais do que sua obrigação fazê-lo desta forma.
    Sem aplausos por favor!

  • Luiz Felipe Peixoto

    Ricardo sou seu Fã. Em primeiro lugar a polícia está de parabéns. Te faço a seguinte pergunta. Porquê a sociedade e a polícia não atua assim em todos os crimes. Já pensou. Segundo a constituição somos iguais. Ou não é (utopia). Quando se trata de pessoas conhecida rapidinho se encontra o culpado. Competência a polícia tem e muita. Um abraço. Sou morador do Jacintinho com muito orgulho.

  • Antonio Carlos

    Prezado Mota, uma polícia bem preparada, teria descoberto no primeiro momento o assassinato. Ao chegar no local do crime, somente encontrou o gerente e a vítima, ora, se não tinha outras pessoas (empregados) no local, a obrigação da polícia (protocolo número um) era ter realizado imediatamente exames nas mãos para colher vestígios de pólvora no gerente do Maikai (única pessoa presente) no local do crime. Teria sido desvendado imediatamente o crime. O pessoal da Polícia Civil, precisa de cursos, estudo e preparo. Que sirva de aprendizado para (infelizmente) casos futuros.

  • Daniel

    Seria bom se todos os crimes fossem apurados de forma eficiente e rápida, dia 27 foi assassinado um jovem estudante de direito de 25 anos, segundo a reportagem o mesmo foi cobrar uma indenização devida de seu ultimo emprego (http://gazetaweb.globo.com/noticia.php). Não vi até agora a mídia e nem a sociedade tratar esse crime como o do Guilherme. Por isso o secretário não merece meu aplauso.

  • Cicero Alves de Lima

    Parabens Ricardo. Bela lição para as “Aves de rapina” e para os aproveitadores do sofrimento alheio !!

  • Ismar Nascimento

    A pergunta que não quer calar: Por que outros casos de homicídios não são investigados/solucionados com tanta celeridade?

  • Nilson de Albuquerque Vasconcelos

    Quero parabenizar a postura do secretário que desde o início das investigações dizia que não podia afirmar ter sido latrocínio, tendo cautela para não emitir uma opinião sem embasamento legal. Em qualquer ocorrência devemos ter o zelo de não opinarmos dando uma resposta rápida para justificar para a imprensa e a sociedade, a polícia deve apurar com tranquilidade, evitando o achismo. Parabéns a todos os policiais que contribuíram para o desfecho deste lamentável assassinato.

  • alex almeida

    o povo espera pelo imediatismo. fazem suas conclusões antes de qualquer apuração crítica. a resposta não era a esperada para muitos, inclusive para aqueles que fizeram disso um discurso político demagógico. mesmo assim, o crime aconteceu, uma vida foi ceifada por um motivo intolerado pela sociedade e não pode ficar impune pelas autoridades constituídas.

  • julia ferro

    obrigacão!!! trabalho tinha que fazer isso com todos os crimes!!!!!!!!!!!

  • Cavalcant

    Em toda mídia da terrinha, vaias para o Secretário por parte de incautos ignorantes e até criticas ao Governador através de aproveitadores de plantão, pergunto: existe ´polícia quem evite um crime desse ? outra pergunta: porque o PT votou contra ao projeto do Governador que acabava com a sinecura dos gabinetes militares na Assembleia, Tribunal de Justiça, Ministério Público e Defensoria Pública ??????

  • Diogo

    Primeiro, não vou aplaudir ninguém pelo fato de cumprir com seu dever institucional. Segundo, ninguém torceu pela morte, ao inverso, o sentimento é de tristeza. Por fim, diferentemente do senhor, não vivo numa bolha, acreditando que o estado está as mil maravilhas, resta claro nossos piores indices. A verdade é que muitas famílias, não elites, precisam dessa rapidez e atenção. Que o estado proteja a familia desse rapaz, nas q também proteja a minha, a sua, a de todos com equidade, sem diferença.

  • Bruno Oliveira

    Concordo plenamente com luiz paulo sodré e ô povo burro.

    Sociedade hipócrita!!

    Parabéns Ricardo por mais um ótimo texto!!

  • Bob

    Aplausos para o secretário. Vaias para os oportunistas.

  • EJ

    É isso, Ricardo. O problema da maioria alagoana que não tem senso crítico e falam por falar. Não raciocinam, não interpretam os fatos, apenas apontam os dedos e julgam quase que sempre equivocadamente.

  • Carlos Antonio

    Não sou favorável as vaias,mas aplaudir por que? Fez nada mais que o trabalho da polícia. Não vamos inverter os fatos e parabenizar quando se faz a obrigação.

  • MONTEBISPO

    A PERGUNTA QUE NÃO QUER CALAR É SE FOSSE UM QUALQUER. SE A POLÍCIA ENCONTRARIA O CRIMINOSO COM TANTA EFICIÊNCIA. DEZENAS SÃO ASSASSINADOS POR SEMANA E QUASE NENHUM INQUÉRITO É CONCLUÍDO.

  • fred

    Tem um ditado popular : *A MELHOR COISA DO MUNDO É CRÍTICAR*, isso vem mostrar que em certos momento é valido, mais com relação ao senhor secretario foi uma coisa LAMENTAVEL, pois essas vais deveria ou deve ser destinadas a todos os politicos da nossa terra, pois eu não veja algum com PROJETO PARA MELHORAR A NOSSA SEGURANÇA. Gente vamos se render a verdade, pois o nosso povo tem que ir as ruas pedir SEGURANÇA, e deixar de VENDER SEU VOTO.

  • fred

    É momento de dizer que vamos aplaudir , pois já que vaiaram

  • Erik de Andrade Silveira

    Prezado Ricardo,

    Até aonde sabemos, Eduardo Tavares é um homem sério e de caráter ilibado. O que devemos entender é que as vaias foram para o sistema público de segurança ineficiente de um governo rejeitado. Talvez ele (Eduardo) esteja no lugar e na hora errada e não é por falta de competência, mas assumir este posto no final do mandato do Téo pedir para sofrer.

    Ah, e nós sabemos que a polícia descobriria o autor do assassinato do Guilherme com e até se não existisse secretário.

  • filho

    cara amigo ricardo e facil as pessoa vaia ou falar de mal de alguem mas o bom da vida e que como estamos no inicil de eleição venha alguem querer crercer quando acontece esses detalhes so que a pessoa de eduardo tavares e uma pessoa respeitada ele e verdadeiro e real em tudo e capaz do cargo que exerçe na minha opnião 1000 aplausos para ele eduardo tavares

  • JEu

    Muita gente diz que a polícia (em geral) é incompetente e incapaz, por isso os índices altos de violência e criminalidade. Querem culpar a polícia por um efeito (crimes e violência) cujas causas são bastante abrangentes e complexas e que, combatidos apenas com a repressão policial, não será possível fazer regredir os atuais patamares. Outras pessoas dizem que a solução é a extinção das atuais polícias (civil e militar) e a criação de uma polícia única. Digo que isto é apenas uma parcela (e mínima) da solução do problema, que é mais social do que repressivo, da violência. Afirmo ainda, se as políciais não estivessem trabalhando e cumprindo o seu papel, nossos presídios estariam todos praticamente vazios e, no entanto, a realidade demonstra o contrário, com a superlotação dos estabelecimentos prisionais existentes. A solução é bem mais ampla: educação (é a base fundamental), saúde, geração de emprego e renda e, digo mais, comportamento ético e moral mais elevado de todos os cidadâos (políticos ou não). É necessário que cada um procure observar e cumprir, zelosamente, os menores deveres de educação e respeito às normas existentes, desde as filas nos pontos de ônibus, dos bancos, do respeito às normas de trânsito até aos atos que podem ser configurados como ilícitos penais, sejam de menor ou maior potencial ofensivo. Têm pessoas que fazem questão de sair por aí com equipamentos sonoros instalados em veículos, com som além do volume permitido em decibéis (sem falar no gosto duvidoso da música), como querendo obrigar as outras pessoas a ouvir “a sua música”, tanto pelo dia como (o pior) pela noite. Agora foi implantada a faixa azul no corredor Fernandes Lima/Durval de Góis Monteiro e muita gente desrespeita. E a questão do liso e da poluição? Cada pequena infração soma à formação da mentalidade do desrespeito às leis e às normas de boa convivência. Se queremos que a coisa mude, temos que começar, nós mesmos, a mudar nosso comportamento para melhor. Assim, poderemos exigir, não só por palavras, mas também com atos, que as outras pessoas (sejam cidadãos comuns ou autoridades públicas) façam as coisas corretas e, assim, com certeza, construiremos uma sociedade melhor e mais ordeira…

  • saulo mendes

    A vaia e os efeitos delas, foram amplificadas por dois mequetrefes.

  • Marcelo

    A”Trombeta da Desgraça Alagoana” tem se ferrado e o tiro sai sempre pela culatra.Nós que moramos na divisa com Sergipe,Bahia e Pernambuco, sabemos que a violência não é só em Alagoas. O diabo tenta de todas as formas atribuir a escalada da violência ao governo Téo, que sem muito alarde, faz grande diferença dos governos passados.
    Nenhum servidor estadual ou federal, que se preze, ou não tenha perdido a memória, esquecerá da fome e da humilhação. Não podemos retroagir ao atraso.

  • Maysa

    Meus aplausos vão para o seu comentário, Jeu!

  • Raphael

    Eu confio no Dr. Eduardo. É competente e vai ajudar Alagoas nessa nova missão. Ele não tem culpa de assumir um estado que foi comandado por pessoas da estirpe de Mano, Ronaldo Lessa, Téo, Suruagy, Bulhões etc. Sem falar no “brilhantismo” dos demais poderes, Judiciário e Legislativo. Não há como exigir nada de diferente neste estado, salvo a pecha de lugar mais violento do BR e um dis piores a nível de MUNDO.

  • Ricardo Melro

    Eu aplaudo: ele, Alfredo, Mauricio Breda, Cícero Lima e Carlos Reis. A PC tbm.

  • JOBSON, DO SINDIMETAL

    Ricardo, primeiramente, quero lhe aplaudir pela matéria e dizer que é um grande dano moral humilhar qualquer pessoa sem que ela der o motivo.

    Sé é que um aplauso diminui a humilhação sofrida, indevidamente, vamos aplaudir o secretário.

  • Jessica

    Aplausos para meu professor Eduardo. Orgulho nacional!!!!!!!! Te adoro muito professor Eduardo!!! Fique com Deus e continue nos ajudando!!!

  • Camila Medeiros

    Caro Ricardo. Acompanho o trabalho do professor Eduardo Tavares desde o Ministério Público. Posso afirmar, com absoluta convicção, é o próprio detentor de uma inteligência invejável e de uma coragem cívica e pessoal que poucos tem. Além de tudo é um homem de atitude. Nesse caso específico, não a sociedade – que está com ele- mas um punhado de 30 ou 40 pessoas foram injustas com ele: primeiro porque o secretário, em pouco mais de um mês em que está à frente da pasta já foi a mais de 20 locais de crime. Depois, porque ao se dirigir ao Maikai ele estava apenas, e de corpo aberto, cumprindo o seu dever constitucional, o que ele sempre fez muito bem. Ademais, somente ao ser vaiado ele indagou a um repórter: será que essa comoção existiria no bairro do Jacintinho? Indagação perfeita. Isso, pelo contrário, mostra o humanista que ele é. Ele é destemido. tem feito palestras para todas as classes sociais e está atraindo o engajamento social para no tema da segurança pública. Reativou as operações muralha, colocou um ponto final na crise da polícia militar, está empenhado em resolver os problemas da polícia civil, dos peritos, dos agentes penitenciária, nunca o aparato de segurança viveu um momento de tanta paz e de perspectivas positivas. Colocou em funcionamento as operações varredura, saturação de área. Todos os dias o comando de policiamento da da Capital realiza importante operação impacto em bairros da Capital e uma vez por semana uma grande operação de saturação total de área e realizada em determinados bairros da capital com mais de 200 homens da RP. do Bop, da Rocan. Reativou e sistematizou a operação lei seca, já criou a patrulha na orla ( é só observar o número de viaturas). Estará inaugurando no dia 16 a Oplit, o programa patrulha nos bairros, a polícia integrada de Jaraguá ( que já está funcionando), a Força Tarefa com a Policia Federal em Jaraguá, para o combate ao tráfico de drogas, A companhia de policiamento da Caatinga, o corredor Vera Arruda está devidamente policiado, a Cavalaria está funcionando de maneira espetacular, ele conseguiu novas viaturas, fez parcerias público/privadas e irá deslanchar mais de 140 projetos importantes neste semestre com recursos do Proinvest, ampliando o parque tecnológico, investindo em câmeras de telecomunicação, em sistema de rádio comunicação digital e em construção de bases comunitárias na Capital e no interior, construção de novo presídio na Capital, IML etc. Além de tudo, caro Ricardo, tenho percebido uma grande virtude no professor Eduardo Tavares: ele só leva para sua equipe o que tem de melhor. Estão com ele O Cel Pinheiro, O professor Alfredo Mendonça, o delegado Carlos Reis, o Major Kilderis, o Coronel Glaucio, o Coronel Judson e tantos outros. Afirmo ainda: todos os dias o Secretário visita praticamente todos os pontos policiais da Capita, cumprimentando um a um dos integrantes da segurança pública e uma vez na semana ele viaja ao interior.
    Pergunto: qual a legitimidade que um punhado de pessoas talvez pouco esclarecidas ou equivocadas tem para vaiar essa ou qualquer outra autoridade que esta cumprindo o seu dever? ( será que a verdadeira democracia e isso?) Saibam que o professor Eduardo é um dos maiores especialistas em Criminalística, em Direito Penal e em direito Processual Penal do Brasil. Afirmo isso porque fui sua aluna e busco apoio na indagação que segue: porque será que ele foi quatro vezes presidente da Ampal, duas vezes Procurador-geral de Justiça ( mudando a sua história) Vice-presidente da Conamp e Vice presidente do Conselho Nacional de Procuradores-gerais de Justiça. Porque será que, com apenas 15 dias a frente da Secretaria de Estado da Defesa Social Tavares foi eleito, por unanimidade Presidente do Conselho de Segurança Pública do Nordeste, Consene, Órgão criado por norma intergovernamental e que congrega todas as autoridades da área de segurança do Nordeste?
    Agora pergunto novamente, essas vaias não deveriam ser dirigidas a políticos incompetentes e que gostam do dinheiro público? para políticos que envergonham o Estado de Alagoas quando se envolvem em escândalos nacionais? Políticos que ao roubarem o dinheiro público dão causa a milhares de mortes de crianças e de cidadãos, porque esse dinheiro desviado bem que poderia ser destinado à educação, a programas comunitários e ao combate ao crime? E os políticos destruidores de lares, cínicos e surrupiadores do bem público? A esses, as vaias. Ao professor e a todos os homens de bem de nossa querida Alagoas, que graças a Deus são muitos, os nossos mais sinceros aplausos. Camila. em nome da verdade.

  • Nilson

    Kd o sr. Fernando collor que criticou tanto o governador e o secretário so faz critica mais quando foi prefeito governador e até presidente esqueceu de nossa alagoas collor voce vai ter seu troco agora em 2014 vai vestir seu pijama e o povo vai da o troco !

  • Mello

    Sinceramente, não vejo motivos para aplausos ainda…
    Manteria a vaia à “insegurança” pública, à maioria dos crimes não desvendados, julagdos e punidos, à falta de aparato apropriado e moderno às policias civil, perícia inclusive, e militar, à falta de um IML adequado, …
    Manteria a vaia ao 1º lugar em criminalidade/violência no Brasil e 6ª (ou 5ª) no mundo…
    Quantos foram os crimes com mortes neste ano… e em anos anteriores… Qual a proporção de crimes resolvidos e o de arquivados sem resolução…
    Dr. Eduardo Tavares foi vaiado, não pessoalmente como a pessoa que é, mas pelo cargo público que ocupa. E vai ter que aceitar a maneira da população mostrar seu descontentamento… isso é democracia!

  • Joilson Gouveia Bel&Cel RR

    OVACIONAR OU NÃO?
    “Quem tem boca vaia Roma!”

    Apupo, ovacionar, aplauso, que seja ovante ou não, independentemente do triunfo ou da glória ou das falhas e/ou das derrotas de autoridades ou homens públicos traduz, normal, razoável e naturalmente o êxito, o sucesso, a vitória ou, ao contrário, a falta deles!
    O que seria digno de aplausos ou mesmo de vaias seriam as atitudes comuns, meras, simples, habituais, rotineiras, diárias, triviais e curiais aos “n” de assassinatos havidos e nem eles (os atuais vaiados que instas aplausos) e nenhuma comissão de direitos humanos se faz ou se fizeram presentes – como o é habitual à morte de marginal, no mais da vez, mormente se morto em confronto com a Polícia ou por “resistir à prisão”, os quais buscam apenas aos holofotes da ribalta, sabemos todos – e, talvez, não tenha sido diferente no caso em comento, sobretudo, por não haver hábito ou práxis de “visitas” aos locais-de-crimes ou ocorrência com a presença in loci aos demais homicídios e aos mais de 360 HOMICÍDIOS, de janeiro até agora.
    Concordo em GNG com os lúcidos, inteligentes, pertinentes, procedentes e coerentes comentários de Ana Souza. Parabéns!
    O DEVER-PODER de estar no local-de-crime não é seu (nem dele e nem muito menos do comando da briosa) e se foram lá, no caso do empresário, foram por razões diversas das suas injustificadas ou desarrazoadas ou inexplicáveis ausências aos demais delitos, esses outros “trocentos e poucos” que devem ter menos valia que ao do “caso do empresário” haja vista que a imensa maioria daqueles sequer foi elucidada, assim como todos os demais homicídios de 2013, que excederam aos dois milhares de vítimas sem suas respectivas autorias conhecidas ou possíveis indiciados. Aliás, comentamos sobre as sofríveis vaias, inoportunas ou adequadas, leiam aqui, a saber: http://gouveiacel.blogspot.com.br/2014/02/alagoas-e-destaque-na-globonews-que.html
    Já o DEVER-PODER de apurar, esclarecer, elucidar e indiciar é de cada autoridade delegada na sua referida, restrita e circunscrita competência, para a qual fora delegada, claro – até por que sequer pertencem aos quadros policiais da PC e se acharem de natureza jurídica diversas deles haja vista sua isonomia com os magistrados ou com os demais operadores do direito.
    Aplaudiria ou aplaudirei em pé e de pé se todos os delitos, crimes, assaltos, assassinatos, estupros, roubos, furtos e etc. tivessem ou tiverem as mesmas respostas céleres, eficientes e eficazes tal qual no caso do jovem empresário ceifado covarde, banal e atrozmente por seu “homem-de-confiança”.
    Abr
    JG

  • Ricardo

    Brilhante Ricardo.
    O professor Eduardo contribue muito
    Mais com Alagoas neste cargo do que o cargo e o poder-status- contribuirão para a biografia dele.
    Postei em minhas redes sociais na quarta-feira.
    A culpa podia nao ser da segurança publica. E de fato Confirmou-se!

  • Major Luiz Fidelis

    Bravo! Bravo! Bravíssimo, Secretário de Defesa Social, Policia Militar e Policia Civil! Recebam o sempre alerta da Organização dos Escoteiros Florestais do Brasil!

  • Cris Elis

    Não o veiei porém tb. não o aplaudirei pois só cumpriu com seu mister, caso de muita repercussão de uma vítima representante da elite e por acaso parente do governador. As vais eu entendo que não foram para o Procurador Dr. Eduardo que é pessoa de reputação ilibada e competente, porém representa o governo que muito nos tem decepcionado com sua falta de compromisso. Agora só nos resta esperar para que sejam elucidadas as mais de 14.000 mortes violentas (a maioria na periferia) no nosso querido estado!

  • Erisvaldo Souza

    Não sei se choro, se rio, se pulo ou se deito… Na verdade, minha vontade é de sair às ruas e dizer em alto e bom som: ALAGOAS PEDE SOCORRO!!!
    Mas, minha alma “socializada” pede que eu reflita por um segundo, apenas um segundo… e eu reflito… e penso… e penso… e continuo pensando… mas ao fim de tantos pensamentos retorno ao início de minha angustia, feito o mestre Graciliano na sua eterna “angustia”… daí eu vejo um estado com IDH do Haiti, vejo um Estado com os índices de violência do IRAQUE em GUERRA.
    Vejo, mas tento não entender o porquê?!
    Enfim eu caio na real e percebo que os autores desta eterna novela/ODISSEIA se renovam há décadas.
    Autores? Novela?
    Sim meus compatriotas…
    Autores=Políticos.
    Novela=Alagoas.
    Ou vocês esqueceram quem é ou foi o governador, vice-governador?
    Sem falar nos deputados… ENFIM!!
    Todos eles estão no poder em Alagoas há mais de 30 anos e o que temos hoje??????
    Miséria, violência, atraso, roubalheira,… enfim, apenas para citar…
    Agora, em grande me admira o nobre repórter, cuja trajetória acompanhei desde a época em que ele fazia telejornal… quando ainda era oposição… agora não, agora a coisa muda de figura, por que? bom, quem for esperto descubra.
    Quanto ao secretário, atual. Não resta dúvidas de sua honestidade, competência…
    A questão é mais emblemática.
    No dia em que ele foi vaiado eu lhe pergunto: Quantos locais de crime ele visitou naquele dia? Já que foram sete mortes?
    Eu lhe respondo: apenas a um, e ao mais “emblemático”.
    Mas porquê?
    Eu lhe respondo: pela importância que a vítima exercia na sociedade.
    Enquanto os outros pobres mortais apenas fazem parte das estatísticas…
    Agora vamos a outro dado.
    Sou policial há mais de 11 anos.
    Desses. cerca de 7 dedicados ao que podemos dizer “grupo de elite”.
    Agora eu te pergunto: Qual é o investimento destinado e esse “grupo” pelo governo?
    Quer saber a resposta? vá visitar a sede do grupo de elite da polícia civil!!!
    Vá lá ver como homens e mulheres trabalham e dão seu sangue por uma polícia pobre e mal paga…
    MUITA COISA TEM QUE MUDAR EM NOSSO ESTADO. PRINCIPALMENTE A MENTALIDADE DO POVO.

  • Jose Desesperançado da Silva

    VAIAS vs APLAUSOS…como esses (nós) alagoanos são (somos) tontos…como fulanizam ou personalizam problema tão grave e tão sério e tão sem solução!!! Transformam o debate acerca das nossas (D)esperanças num auditório tipo Raul Gil ou Faustão, para onde as vaias e/ou aplausos penderem ganharão ou perderão os participantes… Saibam que o Estado de São Paulo tem um orçamento anual bilionário para as polícias civil e militar, tem 2.000 juízes e 360 Desembargadores isso mesmo 360! Estou certo que vocês assistem o filósofo Datena todos os dias, não? A violência não se mede pelo poder de fogo repressor do Estado. Não interessa para a minoração da violência a rapidez com que a cúpula do Estado elucida um homicidio de alguém “da sociedade” como dito.
    Se querem um debate sério no plano público, com auxílio dos nobres blogueiros, vão ao encontro dos secretários de educação (Estado e municípios) pra ver se as verbas do Fundeb estão bem aplicadas, se as crianças estão na escola efetivamente, se a quadra do bairro (se é que tem) esta iluminada, se há um programa inclusivo para jovens e adultos, etc etc.
    Se querem um debate sério no plano privado, procurem saber com quem seus filhos andam, ensinem as eles que filho deve obedecer aos pais e respeitar o próximo, que o estudo é a única saída para os “mal-nascidos” e que a família precisa readquirir sua importância como base da sociedade, etc etc.
    Na minha modesta opinião, sem querer ser chato diante de tantas alunas tietes que postaram suas impressões, e reconhecendo a altivez do Secretário, preferiria vê-lo no seu lugar natural de Procurador de Justiça e junto a seus colegas, trazerem à sociedade os resultados efetivos das desesperançadas condenações dos taturanas, gabirus, ex-prefeitos(as) de cidades que dilapidaram o erário….isso sim seria o papel ideal dos “estudiosos do direito” com caneta na mão e seria medida simbólica efetiva de alguma luz para diminuir a violência…. O resto é balela entre vaias e palmas…

  • Silvio Prado

    O jornalista partiu de uma premissa equivocada. As vaias não foram o Sr. Eduardo Tavares, mas sim para o (des)governo que ele representava naquele momento. A sociedade não aguenta mais tanta violência. É verdade que o caso em comento teve uma reviravolta, todavia não muda, em nada, a sensação de insegurança que aflige a sociedade alagoana e, em especial, a maceioense (5ª mais violenta do mundo). Concordo com o jornalista, apenas, quanto ao fato de que o trabalho da polícia civil, neste caso, merece sim aplausos pela competência e seriedade com trabalhou. Oxalá fosse sempre assim.

  • José Fontenele

    Os falsos moralistas, ou pessoas de memoria curta, ou ainda admiradores de políticos com p pequeno, esquecem os roubos, o confisco da poupança de tantos brasileiros que, inclusive, perderam suas vidas, a miséria que se abateu em Alagoas justamente por causa deles e, ainda fazem o seu jogo!
    Ou povo tolo, despolitizado, coloristas abestalhados. Tenham juízo, Tenham disernimento. Reconheçam quem presta e quem não presta em nosso Estado. Estão esquecidos da era collor? Alagoas nunca sofreu tanto!

  • Francelino José

    Ricardo, somente quem conhece o Eduardo Tavares sabe da sua competência, do seu dinamismo e da sua obstinação de fazer as coisas boas acontecerem. É um dos maiores gestores que já conheci e poussuidor de um excelente caráter. Apláusos para ele.

  • Marinalva da Silva

    Ricardo, eu disse tanto ao meu grande professor Eduardo não entre em política. Mas, já que entrou, acho que ele deveria ser candidato ao senado justamente contra o Collor que tanto mal tem feito a ele. Seria uma boa pisa. Quanto as vaias? Besteira, não foi contra ele, todos nós sabemos disso e ele tirou de letra, Vejam a sua entrevista ao vivo aqui no TNH1 e entendam o porque da sua importância. O nome Eduardo Tavares dá ibope. Parabéns, grande Mestre.

  • Antonio Amaral

    Vergonha: ataques politicos foram mais importantes do que a perda de uma vida.

  • Silva

    Compartilho dos comentários de Joilson Golveia Bel&Cel RR e também de Erisvaldo Souza…

  • silva

    Compartilho da opinião de José Desesperançado da Silva…

  • Joilson Gouveia Bel&Cel RR

    Ótimas, procedentes, pertinentes e contundentes porquanto verídicas as considerações do leitor Erisvaldo Souza, são dignas de encômios. Portanto, parabéns!
    Abr
    JG

  • Joilson Gouveia Bel&Cel RR

    Aplaudiria e aplaudirei se pararem de descumprir às Leis e Constituições, a saber:
    http://gouveiacel.blogspot.com.br/2014/02/de-que-servem-os-preceitos-normativos.html
    Fora disso é peroração!
    Abr
    JG

  • Cris Elis

    Erisvaldo Souza falou tudo, agora queria ver a opinião do Ricardo Mota sobre seu comentário sóbrio e realista, será que o competente e respeitado jornalista (sem ironia) fez uma escolha de lados pois o outro seria pior?

  • Joilson Gouveia Bel&Cel RR

    Corroborando ao dito e escrito pelo “José Desesperançado”, mormente ao destacado em seu último parágrafo, sobretudo, e até por que a própria Constituição veda sua “atuação noutro lugar que não seja na PGJ e MPE, salvo como professor.
    Dissemos isso em nosso blog, mas…
    Abr
    JG

  • Maria Filomena Souza

    senhor Joilson não sei quem é o senhor. Parece uma pessoa esclarecida, mais, sem dúvida, não deve ter formação jurídica pois, se tivesse, saberia que qualquer membro do Ministério Público que tenha ingressado na Instituição antes de 88 e tenha feito opção pelo regime anterior, pode exercer qualquer cargo de secretário ou Ministro de Estado. Consulte os juristas. Não demonstre revolta, ou sentimento de inveja em relação a alguém que certamente o senhor nunca viu, certo? Sejamos ponderados, esclarecidos, vamos mudar a política do Estado! Porque o senhor não se candidata a alguma coisa? A sua revolta pode até ser santa mas a impressão que temos que o senhor está a serviço de Collor, o que é lamentável, ou de alguém. Tenho percebido isto noutros comentários feitos aqui no Ricardo Mota. Isso é Triste.

  • Jessica Praxedes

    Se dependesse de mim, de boa parte da classe universitária, e das pessoas de bom senso, Eduardo Tavares seria o próximo senador de Alagoas. Se ele quisesse, é claro.

  • Rodrigues Filho

    Parece que tem gente brincando de jurísta. Lê a parte das disposições transitórias e aprenda de uma vez por todas Direito Constitucional. Eduardo Tavares senador da República, esse é o desejo de muitos.

  • Camila Medeiros

    Acho que já que o professor Eduardo Tavares assumiu o difícil cargo de Secretário de Estado da Defesa Social, e, ainda mais agora, que tomou posse como Presidente do Conselho de Segurança do Nordeste, ele deve ir até o fim e usar toda sua capacidade ( que é enorme) para fazer diminuir os alarmantes índices de violência que assola o Estado.

  • Roger Pinheiro

    Esse Eduardo Tavares é o Cara.

  • Helenita Gomes

    Ricardo, nós nunca tivemos e nem teremos um secretário da estatura do Dr. Eduardo Tavares.

  • José Valdete

    O mundo é cheio de perigos e o maior deles é a inveja.

  • Carlos Alfredo Pereira

    Vejam bem!! O médico quando salva uma vida, é obrigação, mas se n salvar não mata. Correto? O professor quando ensina bem é obrigação, mas quando não ensina, não é punido. Correto? A PM quando faz segurança todos os dias e evita os crimes, ninguem consegue medir quantos assaltos e homicidios ela evitou. Uma coisa é certa! Nunca vi uma PM tão motivada e prendendo armas e drogas. O que aconteceu?? Acho que o Dr. Eduardo não é mágico, mas que algo mudou, isso é inegável e os números e os policiais militares podem testemunhar. Pergunte a eles antes de deduzir. A inveja é a desgraça do homem, acho que ganha do cuimes que mata, igual ao crimes que ceifaram o dono d Maikai e tanats outras vidas.

  • Elmanoel Arruda

    A vida do Eduardo sempre foi cheia de desafios. E venceu a todos. O seu raciocínio rápido e lógico, a sua capacidade administrativa e as suas atitudes são sempre dignas de apláusos. É um líder nato. Será um grande Secretário. Já está sendo. Só não vê quem não quer.

  • FABIANO TENORIO FRANÇA

    Continuo vaiando, não a pessoa Eduardo Tavares, mas sim a instituição que ele representa. E os demais crimes de homicídios que estão e ficarão sem elucidação ( joão, pedro, cícero, antonio, etc) apenas por que não fazerem parte da “sociedade” como próprio disse o secretário em um de seus pronunciamentos. Continuo vaiando esse governo e essa instituição que só funciona para aqueles que tem poder e sobrenome. Tenho coragem para continuar vaiando, e não me curvar por causa de um fato pontual e isolado.

  • Cláudia pereira

    O trabalho que o secretário vem fazendo é louvável. Não merecia passar por isso ! Dr. Eduardo é a mudança que queremos na segurança !

  • Apratto

    Acredito na mudança! muita coisa mudou. estou em Maceió e nunca vi um carnaval tão tranquilo.

  • alda

    Sou irmã de um pm e sei da satisfação dele em estar agora numa policia de coragem e de valorosos policiais que até hoje comemoram a saida de ave cesar dário.

  • Cb Véio

    O dr. eduardo é um de coragem! isso é o que a sociedade precisava. muito trabalho contra os ficha sujas e contra a turma do quanto pior melhor.

  • louvercy

    oxe! tem gente que não aplaude! então é gente ruim que aplaude bandido.

  • Adriana Gois

    ave maria! hoje vejo crimes serem elucidados e policia por todos cantos. agora comandante! vai ter um trabalho danado para enfrentar os bandidos que são muitos e mais os politicos que querem q tudo de errado para usar isso nos palanques. que deus o proteja!

  • Cláudia pereira

    Secretário, o senhor merece o aplauso de todos nós !

  • justiça

    Será que posso vaiar esse fabiano tenorio frança? UUUUUUUUUUUU!!! O problema é mais grave do que só polícia! E vc deve ser um daqueles metidos a intelectuais que só sabem criticar e nunca deu um prego numa broa!

  • Cláudia pereira

    Dr. Eduardo Tavares o senhor está realizando profundas transformações na segurança pública do nosso tão sofrido Estado. Seu esforço e dedicação merecem nosso aplauso. Parabéns pela sua atuação frente a essa espinhosa pasta!

  • Joilson Gouveia Bel&Cel RR

    Peninha, por favor, permita-me responder, sim?
    À Maria Filomena Souza – tiete de “futuro senador”!
    Minha cara graciosa, gratuita e patrulheira ou censora dos nossos singelos comentários, escritos e posts “feitos aqui no Ricardo Mota”, como o dizes – ainda que não me conheças – deves viver de impressões e impressionadas idiossincrasias ou aparências por suas injustificadas, descabidas e inadequadas diatribes a quem não conheces por lhe parecer o que eu sou, pois em nenhum momento demonstrei nenhuma “revolta” ou “inveja” de quem e a quem quer que seja e, sobretudo, nem mesmo mencionei ser candidato a nada e nenhum cargo, deves estar equivocadíssima ao que se nos afigura, mas não é de minha índole usar ou “aproveitar-me”do cargo, para projetar-me ou usá-lo ou tornar-me conhecido e famoso ou como escada para outros fins. Lamento se lhe pareceu isso.
    Ademais, ainda que seja “jurídico” e legalmente aceito tal e tais posturas, que até podem ser legais ou jurisprudenciais, mas, ainda assim e para mim, estariam mais para sinecuras díspares e estranhas aos casos de acumulação de cargos constitucionalmente toleráveis, suportáveis, aceitos e, portanto, previstos. Enfim, minha impressionada e impressionante ou aparente suposta patrulheira quando não eeficiente censora dos meus escritos, não se agastes com eles haja vista que, posso assegurar-te, não estão eles a serviço de nenhum de seus ídolos, ícones ou eventuais candidatos.
    Ah! Para conhecer melhor o que escrevi, sem nenhuma revolta, inveja ou interesse, visite e leia nosso singelo texto em nosso humilde, simples e sincero Blog, a saber:
    http://gouveiacel.blogspot.com.br/2014/03/ovacionar-ou-nao.html?spref=fb
    Ah! A propósito, minha caríssima sequaz, seguidora e tiete de eventual pretenso senador, permita-me sugerir uma breve leitura ao texto de Humberto Campos – Capítulo CXX SAPOS-BOIS – Vale de Josafá, do qual transcrevo um pequeníssima parte:
    (…) “em que me referia a indivíduos que se prevalecem de cargos importante para se darem, eles próprios, uma importância que não possuem. E numa observação feliz, exclamou o chefe acreano:
    Eles são, mal comparando, como o sapo-boi, senhor conselheiro; são como sapo-boi, fique sabendo!
    Como o sapo-boi? – Estranhei.
    (…) São como os homens públicos a que o senhor se referiu. Cujo prestígio vem, todo ele, dos lugares de que tomam conta. Não acha? (Sic.)
    Tenha um excelente feriado de Momo, minha ilustre e desconhecida censora.
    Abr
    JG

  • Paulinho Pimentel

    Fico pensando. O cara pões o seu nome à disposição do Estado, trabalha em prol da sociedade, tem dado o sangue por sua gente, é reconhecidamente competente, tanto do ponto de vista prático (pois foi um dos maiores procuradores gerais de justiça que já tivemos) como do ponto de vista teórico, (pois é um dos maiores penalistas do Estado e, em materia de teoria da pena é um dos melhores do Brasil) tem se edicado à causa da segurança em Alagoas como poucos, é o presidente do Conselho de Segurança Pública do Nordeste, tem entusiasmado a polícia e todo aparato de segurança e ainda aparecem alguns querendo que ele tenha uma bola de cristal ou uma varinha de condão? Sejamos sensatos. Temos o melhor homem à frente da pior função. Querem saber quem é Eduardo Tavares perguntem aos seus ex colegas procuradores-gerais de justiça de todo o País. Viva Eduardo Tavares.

  • José Pinheiro

    O Dr. Eduardo Tavares é homem do gabinete e do campo. Não titubeia na hora de decidir e, se necessário for, acompanha a tropa. Nunca vi Um SECRETÁRIO sair todas as noites para parabenizar os policiais, os oficiais, os delegados! O que ele traça pelo dia ele confere à noite e faz isso com grande satisfação. Parece ser da polícia. Sente-se em casa, no meio. Foi um achado. Parabens Governador Teotônio Vilela, pela escolhas. Parabéns Eduardo Tavares, pelo trabalho. Aguardem as suas realizações e inaugurações.

  • Carol Miranda

    Queria que Eduardo Tavares fosse Senador por Alagoas, pois com o seu entusiasmo, sua cultura, sua coragem e, sobretudo, pelo seu amor à terra e ao seu povo, teria muito a oferecer. Acredito no seu senso de cidadania e justiça.