O novo titular da Saúde de Maceió, Jaelson Ferreira, saiu da Administração para socorrer Palmeira na área que mais reclamações recebia até agora.

Ele será uma espécie de interventor, sem “mandato” definido.

Assume com a obrigação de “fazer andar” os processos de maior urgência, despachando diretamente com o prefeito Rui Palmeira.

A equipe técnica – na área de saúde, propriamente – de João Marcelo Lyra é extremamente qualificada.

Segundo um assessor do prefeito, eles só não permanecerão se não quiserem – e é importante, creio, que eles fiquem.

É possível que a inexperiência de João Marcelo Lyra tenha influído negativamente na sua atuação. Que tem, sim, méritos.

Mas não é fácil tocar uma máquina viciada, em meio a uma cultura arraigada no serviço público. Há entre os servidores aqueles que estão empenhados, de fato, em cumprir a parte que lhes cabe. Em alguns casos, até ir além.

Encontrar essa turma é um grande desafio para qualquer gestor público.

Deputados aprovam Emenda Donadon: "Fica garantido o direito ao roubo do dinheiro público"
João Marcelo Lyra deixa a Secretaria de Saúde de Maceió
  • alagoano

    Caro Ricardo, fico triste de ver as coisas acontecerem nos estados vizinhos e não na nossa terra. Em Caruaru, possui um hospital regional bem estruturado e está em conclusão um grande hospital que leva o nome do Mestre vitalino. quanto nossa Alagoas merecia um feito desse.

  • rosa gomes de melo

    Seja bem vindo secretário, todos os maceoence, fica feliz com a sua escolha. Agora é TER PULSO PARA ENFRENTAR ESSA SECRETARIA, A BAGUNÇA ESTA MUITO SÉRIA, POSTO PEQUENOS LOTADOS DE FUNCIONARIOS SEM FAZER NADA, COM APENAS UM MÉDICO PARA ATENDER A POPULAÇÃO. O PROBLEMA DOS POSTO É A FALTA DE FISCALIZAÇÃO, E A FALTA DE CUMPRIMENTO DO FAMOSO ESTATUTO DO SERVIDOR PUBLICO TÃO EXIGIDO NO CONCURSO. ENTÃO DR JOÃO VC FEZ BEM EM PULAR FORA, BOA SORTE.

  • tania

    Muitos dessa equipe já eram da outra gestão e nada!!!! Quem sabe se colocar pessoas sem serem tão qualificados a coisa ande né? Pam Salgadinho, não andou em nada, parou no tempo e no espaço e a direção é dos “qualificados”… portanto nem sempre funciona……

  • Juliana Andrade

    Muito me surpreede esta decisão do prefeito Rui Palmeira. Posso dizer com conhecimento já que sou efetiva do quadro há mais de 10 anos que dr Joao Marcelo foi sem dúvida o melhor secretário de saúde que tivemos nos últimos anos. Um homem íntegro e sobretudo incorruptível. Problemas administrativos tem em toda secretaria, o problema é que não deram tempo da equipe trabalhar e fazer acontecer. Eu estava com muita esperança que veria o sus funcionar, mas agora tenho minhas dúvidas. Vamos ver quanto tempo esse jaelson ficará. Na minha opnião ele vai esquentar cadeira pra algum político que está arrumando as malas pra entrar nessa secretaria e começar com a roubalheira que conhecemos bem. Sinto muito pela população e por todos os servidores públicos da saúde assim como eu. Vamos aguardar o furacão. Rui não faça besteira. Não queremos nos arrepender de tê-lo colocado na prefeitura.

  • Paulo Nunes

    O mundo não é dos espertos .É das pessoas honestas e verdadeiras.A esperteza um dia, é descoberta e vira vergonha.
    Vamos pensar nisso gente, chega, até quando??? somos seres humanos precisamos um do outro. CHEGA!!!!! PUNIÇÃO É A SOLUÇÃO…..

  • Alberto Marques

    Da realidade para o discurso existe uma distância enorme… o que podemos observar com saída do secretário de saúde é que o governo do Sr. Rui Palmeira é marcado pela falta de experiência administrativa…passaram-se mais de seis meses somente mostrando os desmandos da administração passada – que existiram obviamente- e fizeram disso uma justificativa pra tudo. A população que votou no prefeito quer apenas que ele cumpra o que prometeu… ou será que ele não tinha conhecimento da situação? se não tinha, mais uma vez demonstra a infantilidade desse desgoverno que tomou conta de Maceió saída do secretário pode ser o começo do desmoronamento dessa administração… que até o momento está fadada a ser um desastre.

  • saulo mendes

    CABE PERGUNTAR: SE NO GOVERNO CÍCERO A GESTÃO DA SAÚDE ERA HORRÍVEL, COMO O SECRETÁRIO PODERIA RESOLVER UMA SITUAÇÃO DESTAS?

  • Gerry

    Espero que pague os meses de julho e agosto aos medicos concursados e contratados e tambem funcionaios

  • carlos

    Será,que o prefeito é rápido no gatilho nomeando outro secretário de saúde de Maceió e assim não prejudicar ainda mais esta pasta que foi a menina dos olhos do Rui,na campanha eleitoral.ESPERO QUE ESTE TENHA ATITUDE E NÃO SEJA MAIS UM TEOTÔNIO VILELA,QUE DEIXA O CIRCO PEGAR FOGO E ESPERA QUE O VENTO “APAGUE”.

  • carlos

    Será,que o prefeito vai ser rápido no gatilho nomeando outro secretário ou vai ficar no banho Maria,esperando tempo passar a lá Teotônio Vilela,deixando o circo pegar fogo!

  • Rosita Cardoso Silva

    Se indicada a intervenção, então a coisa é grave.

  • Antonio

    Que tem coisa, com toda a certeza do mundo, tem.

  • Funcionário público

    Desabafo parte 1:
    ——————
    É claro que alguns comentários aqui irão ser em favor do Ex-secretário, recém-exonerado, até por uma questão de elegância, de manter bonito o nome do mesmo, etc. Claro também, que outros, opositores, atirarão pedras. Isso também era de se esperar. Mas o que gostaria de focar aqui como injusto, é essa saída mais fácil de jogar a culpa em quem não tem vez nem vos para se defender, estratagema esse corriqueiro e covarde. O funcionário público sempre acaba sendo apontado como culpado! Impressionante como ainda usam isso para aliviar a responsabilidade da parte gestora, que detém realmente o poder da mudança. Claro que podemos falar de vício institucional. Mas acrescentemos a esse termo a palavra provocado pela má política. Vício institucional provocado pela má política. … continua–>>

  • Funcionário público

    Funcionário público desprezado, maltratado, mal remunerado, ignorado, vítima de preconceito e impedido de participar de coisas relevantes = bode expiatório. Sempre leva a culpa no final. Seja por argumento de que tem o vício institucional, seja por que é sempre visto como desqualificado, etc. Sempre é o pobre quem paga a conta… triste de se ver.

  • rosalva

    espero que este novo secretario coloque a atenção básica como foco principal, reformando e ampliando as UBS para que os servidores possam trabalhar com dignidade e não aparecer alguém e falar que servidor é preguiçoso

  • Amanda Guedes

    Acredito, que essa Sra. Tania, não conhecem a estrutura e muito menos as pessoas que estiveram coordenando (direção do Pam Salgadinho) nesses últimos 06 meses, pois há vários anos o setor de imagem estava parado. Quantas pessoas deixaram de atender? essa nova gestão fez funcionar. Quantos profissionais nem iam trabalhar, só assinavam a frequência? essa nova gestão controlar.
    É verdade que o serviço público como um todo deve ser melhorado e dado algumas prioridade, mas o que vem se desenrolando dentro do Pam salgadinho, precisa ser de fato bem visto e saber que esta sendo conduzindo de forma correta. Penso eu, que esta senhora deve esta sendo cobrada em prestar os serviços de forma correta e justa a comunidade pela direção que hoje ainda conduz a unidade. Desta feita a mesma não enxerga o salto que esta unidade deu.
    De fato, o Secretário caiu porque não aceitou a interferência política dos vereadores, que desde a sua entrada já solicitavam e pressionavam o prefeito para sua saída. Ele tinha boas idéias, mas infelizmente não conseguiu permanecer por muito tempo.

  • Amanda Guedes

    Acredito, que essa Sra. Tania, não conhecem a estrutura e muito menos as pessoas que estiveram coordenando (direção do Pam Salgadinho) nesses últimos 06 meses, pois há vários anos o setor de imagem estava parado. Quantas pessoas deixaram de atender? essa nova gestão fez funcionar.

  • ALAGOANO

    RUI CHAMA AS PESSOAS QUE SE SAIRAM BEM., NAO DEIXA OS POLITICOS COLOCAR QUEM ELES QUEREM. jesus O ABENÇOE.