O Ministério Público Estadual vai abrir uma investigação formal, a partir desta sexta-feira, para apurar um confuso processo na Secretaria Municipal de Saúde, que beneficiaria um suposto servidor da pasta.

Só que – eis o ponto central do problema – no processo consta um documento com a assinatura comprovadamente falsificada do governador Teotonio Vilela Filho.

O tal documento, “uma falsificação grosseira”, segundo já informou o Gabinete Civil do Palácio República dos Palmares à Promotoria Coletiva da Fazenda Municipal, levou o servidor Ricardo Edmundo Cintra Ezequiel a ser incluído na folha da Sesau de Maceió já no mês de maio.

O que diz o “documento”?

Que o mencionado “servidor” municipal, que estaria prestando serviço à Secretaria Estadual de Gestão Pública, estava sendo “devolvido” ao seu órgão de origem: a Secretaria Municipal de Saúde.

O texto, “quase que incompreensível”, de acordo com uma fonte com que o blog conversou, teria a assinatura do próprio “servidor” e do governador Teotonio Vilela Filho – no mesmo documento!

Como o processo tem origem no gabinete do secretário de Saúde de Maceió, o ex-titular João Marcelo Lyra será um dos ouvidos, além do suposto servidor e quem mais possa esclarecer o caso.

Um detalhe que chamou a atenção do MP: no processo não há qualquer parecer da Procuradoria-Geral do Município, contrariando a s regras da administração pública.

Saída de secretário é recado de Rui à equipe?
Deputados aprovam Emenda Donadon: "Fica garantido o direito ao roubo do dinheiro público"
  • LUANA

    Dr. João Marcelo, você fez a melhor escolha pois agora já pode voltar operar no Instituto da Visão. Estamos esperando de braços abertos!!

  • Rose

    Prefeito dê valor ao funcionários que trabalha e buscam reconhecimento ao invés de encher a secretaria de saúde de pessoas indicadas por políticos que só querem se aproveitar da situação.

  • rosangela Fonte

    Não foram os funcionários da Secretária, que pediu foram alguns que ele colocou e que agora por dever e direito tem que sair com ele. Tá cheio de pessoas não capacitadas para tal coordenação e estão lá só atrapalhando, Cuidado RUI faça uma limpeza geral, afinal é seu NOME, BOA SORTE!!!!

  • Rodrigo Mello

    Dr. João Marcelo nunca deveria ter aceitado o convite do prefeito Rui, excelente profissional, que agora vai colher frutos podres sem ter culpa !!!!

  • juliana sampaio

    Os comissionados pediram exoneraçã com a saída do Dr . Marcelo, o que tem de família trabalhando lá…é coordenador que emprega o filho a nora…. será que esse povo saí. aiaiaiaia acho que não.

  • ELIZEU PADILHA

    Caro Prefeito renove, dê outros ares ao setor de compras. Tem gente por ali a + de 10 anos no setor. Pegou a Katia, o Cicero e agora o Rui. O trem bom…..

  • rosa gomes de melo

    SOLUÇÃO: RUI PALMEIRA ALGUNS DESSES QUE QUEREM FICAR NO CARGO, DE ADM. DE POSTO OU COORDENADOR DE SETOR, OFERECE O VALOR REAL, PRA VER SE ELES FICAM????????????

  • Adriana Gomeo

    Qual seria a intenção desse “servidor” ??que passou anos sem dar um dia de serviço para atender a população. Desconfio que foi por conta do bom salário que atualmente é pago aos dentistas que atuam no Programa Saúde Da Família.Se não tivesse sido descoberto essa “falcatrua” daqui uns dias ele iria começar receber o salário e depois iria se aposentar com um bom salário.E preciso identificar quem na SMS estava por trás desse arrumadinho.