Há de se reconhecer que o senador Renan Calheiros agiu com altivez e como representante de um poder ao peitar a ministra Gleisi Hoffman.

Sobre a titular da Casa Civil – também senadora – dizem que é do tipo que não admite ser contrariada. Com ela ou é ou é – e ponto final.

Calheiros fez apenas o que disse que faria: não iria colocar em pauta a MP sobre a redução da energia elétrica sem que o Senado cumprisse os prazos regimentais.

A MP era boa, mas foi mal conduzida pelo governo, incluindo o trabalho de Hoffman.

O senador já havia feito o improvável: conseguiu pôr em votação – e aprovação – a MP dos Portos. Mas jurou, então, que não mais passaria dos “limites” – como fez naquele momento.

A ministra, do alto do seu conhecido autoritarismo, reagiu ao modo. Calheiros bateu o telefone, na “conversa” com Hoffman.

Deixou claro que é da turma do governo – a maior base de apoio ao Planalto desde a ditadura militar -, mas não será um “cachorro da madame”.

A Lei Seca não está molhando a mão do guarda
Coragem de Toledo dobra acomodação de Carimbão
  • Sylvio De Bonis Almeida Simões

    Conduta correta e na hora certa!

  • João Porto

    Corretíssima a atitude do Senador. Embora, esteja apenas mostrando seu poder e que “o negócio é mais em cima”.

    Gostaria que o Senador combatesse é a farra dos feriados. Hoje, dia útil, o Estado de Alagoas e Maceió deram ponto facultativo, quando se sabe que os servidores (sou um), trabalham muito pouco em relação à iniciativa privada (que está trabalhando em peso hoje). O TRT de Alagoas tb deu feriado. Não se preocupam os juízes do TRT com o atraso vergonhoso no julgamento das ações trabalhistas. Ricardo, dê entrada em uma ação hoje para ver quando vai ser a primeira audiência. Vc vai se surpreender. O TJ de Alagoas, vergonha nacional, “julgou” o processo do PC mais de uma década depois. É um dos campeões em estoque de processos, mas isso não envergonha os presidentes daquela Casa. O País carece de exemplos e eles estão cada vez mais distantes. A imprensa seria muito importante no combate desse desperdício de dinheiro público. Ricardo, só no TRT e no TJ, um dia parado, significa milhões de reais jogados fora. Pagamos para servidores ficarem em casa. Isso é tão grave quanto corrupção. É desviar dinheiro público. A partir do momento em que o gestor autoriza centenas de servidores ficarem em casa apenas para “folgar um feriadão”, decisão contrária ao interesse público, é …..

  • Carlos

    Tem pessoas que são radicais por natureza e quando assumem cargo de comando aí é que se acham a(o) toda(o) poderosa(o) e que as coisas tem que ser do jeito que elas querem. Foi bom a ministra ter levado “um freio”, para “se tocar” que o PT só está no Poder há muito tempo, por causa da PMDB e que só vai ganhar novamente a eleição em 2014, se o PMDB apoiar. Só que ela tem que se lembrar que tudo tem um limite e que o PT não vai ficar permanentemente no Poder.

  • Joilson Gouveia Bel&Cel RR

    Preclaro literata e humanista Peninha, nossas efusivas saudações castrenses!
    Permita-me indagação, do jeito que está: qual a diferença; há alguma? Cite-as!
    De há muito que não temos PARTIDOS, nem de cana e nem de fumo! Lavouras quase não há!
    Já teve alguém que disse que havia “uns trezentos picaretas”, no Congresso Nacional – o mensalão nem existiu, para muitos, claro!
    Uma coisa é apoiar o governo, nas medidas benéficas ao povo, ao País e à Nação; outra é ser seu capacho, serviçal ou fantoche – ou isso que indagas, pois assim tem sido e eles sabem disso – ou graciosa, generosa e benevolentemente abdicar do DEVER de controlar a gana de poder de certos executivos, que querem se eternizar no Poder à troca de Ceitil de Real ou de míseras migalhas do Executivo.
    É uma explícita definição sobre o Congresso Nacional, enquanto Legislativo que abdica seu papel de REPRESENTANTE DO POVO, FISCAL e CONTROLADOR de “equívocos” do Executivo, extensivo aos legislativos estaduais e municipais, que, em assim procedendo, também, se CURVAM ao EXECUTIVO em troca de obscuros interesses, “e o povo que se exploda”…
    Notem que o PMDB tem sido SEMPRE governo nos últimos 50 anos, não?
    O executivo ata e desata, manda e desmanda, ou não?
    Não temos uma democracia nem pura e nem plena, ainda somos uma odiosa ARISTODEMOCRACIA ou ARISTODEMOCRATURA, pois a maior valia é sempre a deles: os mesmos de sempre; arraigados às tetas do Erário. Não?
    Abr
    JG
    PS: Sobre ARISTODEMOCRACIA, ver nosso Blog, a saber:http://gouveiacel.blogspot.com.br/2011/06/aristodemocracia.html

  • ARTUR

    Nos últimos anos não tenho aprovado a conduta politica do Renan devido sua esperteza, porem nos últimos meses ele Renan tem voltado ser o que conhecia quando jovem estudante. Espero que continue assim. Com esse ponto positivo de hoje não recuperará já mais, o meu VOTO.

  • Consigliere Alagoano

    RENAN,
    Deu o seu RECADO, velado… Acontecer isso em num momento “REIMOSO” com o PMDB… pode e será FATAL se não for RESOLVIDO na TIME LINE certa… se não AZEDA… já vi este FILME.
    .
    Hoffman precisa fazer o DEVER de CASA, ela não é uma NOVATA na gestão, alias as ministras da DILMA precisa ser MOVIMENTAR mais e serem mais POLIDAS com SENADORES, DEPUTADOS e com a IMPRENSA.
    .

  • Barbosa

    O Senador Renan um um dos homens mais inteligente da politica nacional, ele sabe que o PT precisa do PMDB para continuar governando, ou a Dilma faz o que o PMDB quer ou é o fim do seu governo. Há muito tempo que eu canto essa pedra.

    Agora seria muito bom para o povo se o senador usasse o seu poder em benbeficio do povo, um exemplo é a falta de remédio no Hospital Universitário, enquando isso o Senador Fernando Collor fica fazendo Loby junto a CEF para doar r$ 1.000,000,00 para o Asa de Arapiraca, só num pais como esse. Ai em pergunto, qual o pobre que vai ser beneficiado com essa doação?

  • Ricardo Prado

    Meu caro Ricardo. Nada de machismo e mil desculpas às mulheres do meu Brasil. Mas, essa turma da Dilma não tá com nada…………….vezes nada!

  • Artur Marinho

    Falta de articulação é assim mesmo, o autoritarismo da Presidente Dilma contagiou sua ministra. Mas essa incompetência é vista por todos que acompanham a política, pena que Dilma não tem uma oposição forte, isso faria a Dilma rever alguns conceitos.

  • MÁRCIO COSTA

    Parabéns Ricardo pela imparcialidade em relação ao Senador Renan Calheiros.
    O Senador tem atitudes dignas de muitas críticas, mas em alguns momentos demostra bastante habilidade e competência no meio em que atua.
    Ao senador fica os meus parabéns pelas vezes em que acerta, e de alguma forma traz benefícios ao nosso povo.

  • DEMOCRACIA

    Estou passando a ver com bons olhos as atitudes do Senador Renan Calheiros, neste novo momento na Presidencia do Senado.
    Os PETRALHAS precisam entender que, apenas estão no poder, mas não são o PODER.
    Ou o Legislativo se impõe, ou passa a ser um anexo do Palácio do Planalto e um apêndice do PT.
    Já basta de tantos desmandos, tanta arrogância e tanta enganação.
    Parabens Renan, voce agora tá mostrando q é filho do digno MAJOR OLAVO.
    pRA FRENTE brasil !

  • Cris Elis

    Eu a tempos que critico o senador Renan, porém sempre tb. reconheci seus méritos como por exemplo quando passou pelo min. da justiça, curto período más fez muito. Como não existe perfeição, ele não é pior que a grande maioria dos políticos.

  • CACHORRO & JEGUE.

    JEGUE é o brincadeira, preferido pela idolatrada simpática bela inteligente e querido presidenta DILMA VANA ROUSSEFF, que no uso da percepção do “p”ensar “p”equeno no governar o BRASIL sem divisão equânime das riquezas produzidas e com falta de seriedade no trato da coisa pública, TORRA, ESTOPORA, GASTA, PAGA das riquezas por nós produzidas através dos tributos pagos quando vamos as compras, só em 2013, a BRINCADEIRA chamada JEGUE de nada mais do que míseros R$ 422,89 BILHÕES via MINISTÉRIO DA FAZENDA, para brindar os também miseráveis ricos detentores da Dívida Pública Federal, na forma de JUROS, AMORTIZAÇÕES, REFINANCIAMENTOS E ENCARGOS nos Códigos Orçamentários 25.000, 71.000, 73.000 e 75.000.
    É um desmantelo perdido, enquanto DILMA ROUSSEFF paga R$ 422 BILHÕES com o italiano Mantega, gastar apenas R$ 73 BILHÕES com 26 Estados, 1 Distrito Federal e 5.570 Municípios, a título de Transferências a Estados, DF e Municípios no Código Orçamentário nº 73.000. O nome do JEGUE é BRINCADEIRA de governar o BRASIL sem o PENSAR GRANDE. Aí tome gargalhos, inflação do tomate, depois da batatinha, depois do coentro, para justificar aumento de JUROS, cujo trobada, Trobini, Tombini um desses aí, disse ser benéfico o aumento de JUROS aos pobres!!! E tome veículos automotores, e tome esquecimento do transporte de massa, e tome falta de estradas para escoamento das safras de um BRASIL meramente produtor de commodities, e tome tchau as ferrovias e by by ao PENSAR GRANDE.
    Para fechar o círculo da cAApetência governamental, até o dia 27/05 o DESGOVERNO DILMA VANA ROUSSEFF tinha arrecadado R$ 486 BILHÕES (100%) e o seu querido MINISTÉRIO DA FAZENDA tinha torrado apenas R$ 422,89 BILHÕES (87,01%), já com o MINISTÉRIO DA CULTURA gastou de R$ 278 milhões (0,057%), com o MINISTÉRIO DA JUSTIÇA R$ 2,73 bilhões (0,56%), com o MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO R$ 19,61 bilhões (4,03%), comentar mais o que? O “p”ensar “p”equeno? Diante peço desculpas pela vergonha que passei, recolho-me à minha insignificância e se não acompanham os meus passos, quanto mais o raciocínio, ademais só rindo do seu voto errado.
    Por acaso o BRASIL tem outro problema maior que a FAMIGERADA DÍVIDA PÚBLICA FEDERAL? Com a resposta AÉCIO NEVES, DILMA ROUSSEFF, EDUARDO CAMPOS E MARINA SILVA.
    P/Arabutan

  • carlos s.

    CARO RICARDO,

    Aaarrogancia dessa glessi eh algo repgnante…. devia ir pra uma republiqueta qualquer

  • Nilson A.

    Sempre achei o Senador Renan sendo mais um daqueles Políticos que veio para envergonhar aos eleitores, mas ao assumir a nobre missão de ser o Presidente do Senado tenho visto atitudes de um verdadeiro político.Desta vez eu tiro o chapéu para V.Exª, continue assim.

  • J.Monteiro

    Meu caro Ricardo Mota, o que a Ministra Gleisi Hoffman não conseguiu fazer no varejo, “transformar o Senador Renan Calheiros em cachorro de madame” a Dilma, aplicada aluna do sonso e dissimulado Lula, chefe e líder dos aloprados e mensaleiros, vai fazer no atacado, (está na revista Veja dessa semana) : A Presidente Dilma, já autorizou a liberação de 6 bilhões de reais em emendas, até o fim de junho, principalmente para acalmar os parlamentares do PMDB. Agora me responda : Quantos cachorrinhos de madame correrão atrás de um osso gordo desses? Não temos saída, “tá dominado, tá tudo dominado”.

  • Ed Sampaio

    Parabéns Senador Renan Calheiros, é preciso que o povo Brasileiro e Alagoano saiba que v.exª só voltou pela terceira vez a presidência do senado por ser um politico competente, e suas atitudes firmes neste terceiro mandato já mostra que irá fazer historia como o sr. fez quando assumiu o Ministério da Justiça no governo do Fernando Henrique Cardoso, com isso quero dizer que o Sr. não Precisa do PT, mais o PT e o Governo da Dilma Precisa da sua competência.