A decisão do Tribunal de Justiça, hoje, aceitando a denúncia contra o prefeito Arlindo Garrote, de Estrela de Alagoas, não apenas dá início ao processo penal. 

Abre, também, a possibilidade de ser apresentado um novo pedido de prisão para ele e para os demais acusados na mesma Ação pelo Ministério Público Estadual.

 A explicação é do procurador-geral de Justiça, Sérgio Jucá, que está em Brasília.

Ele lembrou que o primeiro pedido de prisão contra o prefeito, feito em janeiro, foi atendido pelo desembargador José Carlos Malta, presidente do TJ.

Uma nova decisão, sobre um recurso, do desembargador Aderbal Mariano suspendeu a medida.

Agora, segundo Jucá, com a aceitação da denúncia pelo Tribunal de Justiça – por oito votos a quatro – o MP pode apresentar um novo pedido de prisão para o prefeito.

Garrote é acusado de formação de quadrilha, peculato, falsidade ideológica, falsificação de documentos públicos e- no fundamental – desvio de R$ 1 milhão.

Ele ainda é alvo de uma Ação de Improbidade, na comarca de Palmeira dos Índios, pelas mesmas acusações.

Collor busca agência local para campanha ao governo do Estado
O que foi feito da licitação dos ônibus de Maceió?
  • Tadeu de Melo Junior

    Acredito que agora com a aceitação da denúncia feita pelo MP se comece a fazer justiça.

  • Marcos Marinho

    Caro Ricardo, é imprecionante como as autoridades públicas do nosso estado conseguem cair rápido em descredibilidade junto a opinião público. Veja o caso do novo Procurador Geral do estado Dr. Sérgio Jucá que no começo do mês de março foi a público no Programa Conversa de Botiquim e afirmou em alto e bom som no referido Programa que no máximo em 30 dias entraria com uma “Ação de Improbidade Administrativo” em relação aos envolvidos na famosa OPERAÇÃO RODOLEIRO do Tribunal de Contas. Esse mesmo fato foi manchete no seu Blog tambem no começo de março, tendo Dr. Sérgio Jucá reafirmado que entraria com a Ação de Improbidade em no máximo em 30 dias e até agora passados mais de 70 dias de suas assertivas nenhum palha foi movida pelo Ministério Público.
    Na verdade, o que continuamos a ver no nosso estado é que a impunidade sempre prevalece e que nossas autoridades querem mais holofotes e promoção pessoal do que a efetiva aplicação dos rigores da lei.

  • sebastiaoiguatemyrcadenacordeiro

    NESTA SEQUÊNCIA DE UM PREFEITO POR
    SEMANA , QUANDO ESTARÁ LIMPO ESTE
    ESTADO , VALHACOUTO DE ASSALTANTES DO
    ERÁRIO ? ÓTIMO ARTIGO DO COLEGA ( DE
    PROFISSÃO) RONALD MENDONÇA, NA GAZETA DE
    18/05, SÔBRE GENERALIDADES DA MEDICINA,
    NA VISÃO DE QUEM A DESEMPENHA, PARABÉNS!
    É ISSO AÍ MESMO ! VALEU !