O Colégio de Procuradores do MP Estadual aprovou, hoje à tarde, a realização de uma reunião com a presença do secretário Estadual de Educação, Adriano Soares.

O encontro havia sido formalmente solicitado, na semana passada, pelo próprio secretário, mas precisava da aprovação do colegiado, o que só ocorreu hoje.

A data da reunião ainda será marcada pelo procurador-geral de Justiça, Sérgio Jucá.

Conforme informou ao chefe do MP, Soares deve apresentar um balanço do trabalho que vem sendo realizado na reforma das escolas estaduais, além das ações previstas em parceria, inclusive, com o Banco Mundial.

O secretário explicou que pediu a reunião “pelo respeito que tenho aos integrantes do Ministério Público Estadual. O que pretendo é mostrar o empenho do governo do Estado para tentar dar uma Educação de mais qualidade, melhor, portanto, ao que temos oferecido à nossa população”.

Eleições: Collor investe no PIB de Arapiraca
João Caldas será secretário do governo Vilela
  • DECIDE ou engana?

    Exatamente hoje na propaganda política do glorioso PT, quando DECIDE afirmar que o BRASIL deu um salto de qualidade devido ao investimento em EDUCAÇÃO, mas NÃO é o que mostra o próprio governo Federal através dos PAGAMENTOS pelos orçamentos de 2003 a 2013, especificamente até o dia 26/04. Vamos ao DEMONSTRATIVO:
    1-LULA + DILMA pagaram via MINISTÉRIO DA FAZENDA para a FAMIGERADA DÍVIDA PÚBLICA apenas míseros R$ 7,020 TRILHÕES, R$ 7,020 TRILHÕES, R$ 7,020 TRILHÕES, sendo que LULA PAGOU R$ 5,045 TRILHÕES + DILMA que PAGOU até 26/04 R$ 1,975 TRILHÃO, a títulos de:
    1.1-JUROS
    1.2-AMORTIZAÇÕES
    1.3-ENCARGOS
    1.4-REFINANCIAMENTOS.
    Com o MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO foi GASTO no mesmo período apenas R$ 345,3 BILHÕES (4,92%) dos R$ 7,020 TRILHÕES que o MINISTÉRIO DA FAZENDA pagou, torrou com a DÍVIDA PÚBLICA FEDERAL.
    Não parece salto de qualidade, mas salto do ENGANA os trouxas dos brasileiros SEM Cultura e SEM Educação. Fontes: Portal da Câmara e Portal do Senado – LOAs 2003 a 2013.
    Diante só rindo, da falta de NACIONALISMO dos brasileiros. ++++ respeito ao POVO BRASILEIRO.
    P/Arabutan.

  • REUNIR o errado.

    O errado é a maneira seja lá de qual político, de ENGANAR um Brasil pela via de ++++ de 1/5 da sua população, portadora de câncer terminal com metástase, chamado SEM CULTURA e SEM EDUCAÇÃO. Vamos REUNIR e comentar o câncer mais violento, que o governo Federal consegue disseminar como epidemia para gerar votos nos Currais Eleitorais e se manter no “poder”.
    Vejamos o que ocorreu recentemente, ontem mesmo, pela mídia a propaganda eleitoral, o grande PT começa a REUNIR falsos indicadores e entre eles de que está investindo substancialmente em EDUCAÇÃO no Brasil!!! Fui buscar a realidade dos fatos através de fontes oficiais calçadas por LEIS, em apenas uma, a nossa LOA – LEI ORÇAMENTÁRIA ANUAL, entre 2003 a 26/04/2013 usando o “p”ensar “p”equeno na governar SEM divisão equânime das riquezas produzidas, a absurda gastança desenfreada na proliferação dos caos administrativo no Brasil. Vejamos:
    1-Governo LULA torrou R$ 5,041.5 TRILHÕES via Ministério da Fazenda.
    2-Governo DILMA torrou R$ 1,975 TRILHÕES via Ministério da Fazenda.
    3-Governos LULA & DILMA torraram só míseros R$ 7,020.5 TRILHÕES via Ministério da Fazenda.
    4-Já o MINISTÉRIO DA FAZENDA torrou todos os R$ 7,020.5 TRILHÕES com a coitadinha da prima pobre de RICA chamada FAMIGERADA DÍVIDA PÚBLICA FEDERAL, pelos atrelados Códigos Orçamentários sob n° 25.000, 71.000, 74.000 e 75.000, através dos PAGOS a títulos de:
    4.1-JUROS.
    4.2-ENCARGOS.
    4.3-REFINANCIAMENTOS.
    4.4-AMORTIZAÇÕES.
    5-O PAGO por LULA/DILMA de R$ 7,020 TRILHÕES (2003/2013) a uma DPF – Dívida Pública Federal, deixada pelo governo FHC de R$ 645 BILHÕES e que hoje ainda se arrastar em torno da ninharia de uns R$ 3 TRILHÕES, é o podemos dizer que no mínimo os governos LULA/DILMA tomaram empréstimos de míseros R$ 5 TRILHÕES, cujo destino da ninharia por acaso alguém SABE? É o retrato da omissão por parte do governo Federal de uma AUDITORIA transparente, ampla, real e irrestrita na DÍVIDA PÚBLICA FEDERAL.
    6-Com EDUCAÇÃO no mesmo período de 2003/2013, os governos LULA e DILMA gastaram o absurdo da insignificância de nada ++++ do que R$ 345,3 BILHÕES, representa apenas 4,92% de R$ 7,020 TRILHÕES torrados via MINISTÉRIO DA FAZENDA com os pobres RICOS detentores da tal dívida que já foi PAGA, pelo lado da ÉTICA e da MORAL, SIM.
    Para concluir podemos dizer que conseguimos REUNIR e mostrar o que de errado se fez e se faz nos governos LULA e DILMA.
    Se não acompanham os meus passos, qto. ++++ o raciocínio e tome propaganda ENGANOSA para o trouxa do voto errado, eleitor catenga e lagartixa do balançar a cabeça no IÔSIN e no SINSIÔ.
    Certa feita JOSÉ MINDLIN: “Um país só desenvolve com CULTURA e EDUCAÇÃO”, do jeito que está É RUIM!!!
    P/Arabutan.

  • sebastiaoiguatemyrcadenacordeiro

    SAIA DESSA, CANETINHA !

  • jeconias justino

    NINGUÉM DEVE SER CONTRA AS REFORMAS NAS ESCOLAS, O QUE TODOS DEVEM SER CONTRA É INEFICIÊNCIA, A LENTIDÃO, A IMCOMPETÊNCIA QUE TEM MARCADO ESSAS REFORMAS, POIS A PROVA DISSO É QUE JÁ FOI PEDIDO VÁRIAS PRORROGAÇÕES. O MINISTÉRIO PÚBLICO DEVE INVESTIGAR TODAS ESSAS REFORMAS E PUNIR SE COMPROVADAS IRREGULARIDADES.

  • Vicente

    Caro RIcardo, seria e bom alvitre que você dissesse na matéria que o Colendo Colégio de Procuradoes de Jusica decidiu por maioria de votos ouvir o Secretario de Educação. Estavam presentes 14 Procuradores e o escore estava 7 x 6 para não ouvire o Presidente do Colégio empatou e desempatou o escore. MTV grato.

  • Ricardo Melro

    Ótima decisão. Através da imprensa, toda a sociedade sabe que o problema entre a promotora Cecilia e o secretario Adriano deixou de ser institucional e passou a ser pessoal. Então, agiu com bom-senso o colégio de procuradores em ouvir o sec. Adriano, pois poderá, ouvido ambos, fazer um juízo de valor acertado.