Em menos de uma semana, a Polícia Militar de Alagoas volta às páginas dos jornais por dois malfeitos: tortura e morte (tudo ainda está sendo investigado).

O trabalho exercido pelos militares, é verdade, leva a um nível insuportável de estresse. Entretanto, a tortura deve ser aprendida nos quartéis como um crime hediondo – não há como admiti-la, nem mesmo em circunstâncias extremas.

O que fica evidente, mais uma vez, é que a ação mais violenta dos militares é – e continua sendo – seletiva: só faz vítimas entre os mais pobres ou desprotegidos – e isso não é um clichê.

Os policiais que agem desconhecendo o limite do respeito aos direitos humanos, só agem contra pessoas que não têm como denunciá-los e levá-los aos tribunais.

E não se pode dizer que não temos bandidos ricos em Alagoas e no resto do Brasil.

O preconceito que os militares carregam para as ruas não é diferente daquele que permeia a sociedade.

Mas estamos falando de homens armados e treinados pelo Estado para agir em defesa de todos os cidadãos. Justiceiro não veste farda nem dela precisa: é bandido na essência.

Um policial que se sente no direito de fazer justiça com as próprias mãos já passou para o outro lado – aquele a que deveria combater.

E, cá para nós: já passou da hora de acabar com as Polícias Militares de todo o Brasil.

Uma instituição única, civilizada e que respeite o cidadão precisa ser construída.

O atual modelo, próprio das ditaduras, de há muito já está esgotado.

TJ julga Almeida em dezembro pela "máfia do lixo"
Deu a louca no TC! Amélio é candidato a presidente, a vice e a corregedor
  • Carlos Alberto dos Santos

    Verdade! A Pm precisa saber que não se deve honrar o compromisso de defender a sociedade com sua própria vida! deve defender sua familia! estamos em guerra e os bandidos estupram, matam ,roubam e querem que a policia peça por favor! com licença entregue sua arma cidadão!Que hipocresia!Nas academias estudam toda matéria de direito e outras áreas. Agora não corre sangue de barata na veia desses profissionais que aguentam todo tipo de bandido e recebe criticas de todo engravatado que nunca sujou o sapato de titica!respeite a PM! Enquanto vc dorme eles estão nas ruas e deixando sua familia desamparadas! Covardes!

  • Ivonete Moura

    Para ser MILITAR PRECISA ACIMA DE TUDO VOCAÇÃO, se quando passa em concurso são treinados, fazem cursos de todas as formas e finalidades, logo são pessoas responsáveis, se o estress do dia a dia estar atrapalhando a conduta, tem que ser macho e procurar o médico pra arrumar o cabeção

  • joão carlos da silva

    Tortura? o que dizer das intermináveis filas nos postos e prontos socorros de alagoas? não seria tortura esperar atendimento com dores interminaveis em filas ou até mesmo jogado ao chão de um hospital lotado? ou é normal? será que é desumano apenas a ação de policias?É mais facil punir um ou dois policias por tortura, do que um governador ou um prefeito pelo que eu acho ser mais grave, a falta da qualidade do serviço publico. Comissão hipócrita dos direitos humanos, indiciem o governador, o prefeito, o deputado, o senador… Eles sim, cometem verdadeiros crimes hediondos!

  • Diego Clementino

    Impossível praticar um plano de segurança pública sem observar em aumentar o efetivo de profissionais que permitam fiscalizar efetivamente esses possíveis abusos. Falo em membros do Ministério Público e Defensoria Pública, pois são esses profissionais, alheios à coorporação militar, que permitirão defender a sociedade.

  • claudio

    o engraçado e que:o policial e torturado 30 anos de sua carreia na qwuestao de sua promoção,e as autoridades não ver isso que policias com 25 a 30 anos de serviços não são promovidos e ha vezes são e depois são despromovidos,isso não e uma tortura psicologica,onde estão os direitos dessa classe de proficionas? so olhão quando o policia agen,aquele camarada que foi pegor ja trinha cometido crime de latrocinio o seja matou para rouba, mais essa emisora de televisão nao mostra o outro lado chamadou de cidadão de bem,que tira a vida de um pai de familia,cuidado voces podem ser a procima vitima desse bandido.ai voce vai querer a policia perto .

  • Leandro dos santos vieira

    HJ um motorista foi morto covardemente pela mesma dupla q o assaltou ontem! E agora Senhor Gilberto Irineu, o senhor foi consolar a viuva do mesmo. E uma vergonha,esse estado so protege bandido!

  • jousi moraes

    Eu só acho que esse tal de direito (des)humanos ta dando muita moral a bandido, o policial hoje em dia não tem direito a erra, enquanto os bandidos estão ai matando só pra ver a queda, ai quanto um pai de família é morto todos os defensores ficam calados, se esconde atras de seus birós. Alguém já procurou saber o que aqueles inocentes já aprontaram, não, mais falaram e muito mal dos policias.

  • Estudante

    Senhora Ivonete Moura é muito fácil dizer essas palavras que a sra escrerveu, o difícil é conviver com um governo e um comando que não dá apoio.senhora a sociedade em que vivemos é tão nojenta que prefere apontar erros dos outros e não olham si, a demagogia é tão grande que membros dos direitos desumanos vão a casa de um mau-cidadão pego com drogas e arma e faz dele um cidadão de bem inverstendo os valores.

  • Eduardo Lopes

    Ricardo,
    É infame querer julgar alguém segundo o preceito legal e puni-lo contrariamente a esse mesmo preceito.

  • Marcos Antonio

    O interessante é que os governos juntamente com certos seguimentos da sociedade não procuram fazer sua parte, deixando o problema pra polícia resolver. “A maioria” dos pais abandona seus filhos (jovens) nas escolas e não procuram saber dos seus procedimentos e ainda acham que a responsabilidade é dos professores, já sobrecarregado pelo descaso com tão valorosa classe. Diferente não é com os policiais, pois estes jovens ao entrar no curso de formação, são submetidos e treinados por seus comandantes com procedimentos do período jurássico, que não acrescentam nada em sua formação e ainda, passam idéia de que eles são “super-humanos”, o que, lamentavelmente é assimilado por boa parte desses soldados e acabam levando esse pensamento para as ruas. Esses policiais são vítimas de um sistema de militarismo fracassado imposto por grande parte do oficialato das corporações, bem como da própria sociedade que também acaba sendo vítima de sua própria omissão e descaso com o abandono de sua juventude.
    “OU VOCÊ MUDA ISSO OU A PRÓXIMA VÍTIMA SERÁ VOCÊ”

  • Eliezer de Azevedo Falcão

    São resquícios da ditadura militar, torturar e matar principalmente cidadãos comuns, pobres. Todos nós sabemos que a maioria das vítimas é composta de: prostitutas, negros, homossexuais e pobres. Policiais praticam esses crimes brutais e covardes devido a impunidade. E nos locais que não existem câmeras? Deveria ter câmeras também nos bairros.

  • Luiz Carlos Godoy

    “E, cá para nós: já passou da hora de acabar com as Polícias Militares de todo o Brasil.”
    Tenho minhas dúvidas se este seria o remédio para todos os males. Que os abusos policiais precisam ser coibidos, não tenho dúvidas disso. Mas daí defender o fim das Polícias Militares de todo o Brasil é culpar a janela pela paisagem. É matar a doença matando o doente.
    Em um país em que as instituições e Poderes (desde e principalmente, do alto escalão), salvo exceções, estão contaminadas pelo vírus da corrupção (ação e/ou omissão), exigir que as Polícias Militares sejam reservas morais e legais parece-me uma exigência pouco razoável. Exemplo disso é a declaração (dita por ocasião do caso Daniel Dantas) do Ex Diretor da Polícia Federal, o honrado e injustiçado Paulo Lacerda: “Se abrirem o disco rígido, acaba a República”.

  • Manoel da Silva

    Como voce tem esta opniao sobre a PM? é muito injusto colocar todos no mesmo balaio.

  • Elias Maia

    Inacreditável , a policia esta nas ruas , nem todos , mas está.Esta policia é paga para nos proteger e voce fala isto? sera que todos são da mesma laia? voce acha que todos os jornalistas são integros? posso colocar esta observação para que voce divulge? Nunca esperava uma opnião tão fora de uma realidade nacional.

  • Silva

    Os PMs se excederam, é verdade, e devem responder por isso, mas não adianta crucificá-los achando que são eles os responsáveis pelo descontrole social que já ultrapassou os limites da barbárie. Quando tudo já falhou, a educação, a saúde, a assistência social, o sistema político, a sociedade passa a responsabilidade para a Polícia. A moda do senso comum é aproveitar a situação e culpar a polícia por todos os problemas sociais. HIPOCRISIA SOCIAL. Os PMs não são criminosos, apenas erraram, como todos os profissionais de todas as áreas estão sujeitos a errarem.

  • Silva

    Nessas situações, o senso comum costuma se aproveitar para culpar a Polícia por todos os problemas sociais. Uma sociedade sem educação, sem saúde, sem assistência social, sem políticas públicas, é claro, entrega todos os problemas para a Polícia resolver. E ainda acham que crucificando esses PMs estão resolvidos todos os problemas. Os PMs erraram e devem responder pelos seus erros, mas eles não são culpados da barbárie que se instalou no Brasil da violência e da corrupção. HIPOCRISIA SOCIAL.

  • JOSÉ DA SILVA

    Só um esclarecimento: Tortura é crime equiparado a hediondo, não é hediondo. É diferente. Tortura, assim como o tráfico de drogas e o terrorismo sofrem as mesmas consequências penais dos crimes hediondos sem sê-los.

  • BPRp

    Meu caro ricardo, isso só vai acabar quando acabar o MILITARISMO nas polícias. Quando estamos sendo formados nas academias MILITARES é só o que aprendemos, Ricardo Mota: IGNORÂNCIA, TRUCULÊNCIA, BRUTALIDADE, GRITOS, MALDADES, HORROR… Querem implantar um novo modelo de polícia, mas sendo militar não tem nexo. lembre-se: MILITARISMO não combina com POVO. Ou muda a forma de pensar a polícia ou o povo vai continuar apanhando.

  • Roberto Firmino

    É muito fácil criticar a Polícia ao invés de ajudá-la no sentido de ter um salário digno da profissão, condições decentes de trabalho, escala mais humana e fim das humilhações daqueles que comanda a segurança pública.É dificil fazer uma matéria sobre a realidade da violência em Alagoas e a omissão do governo. Há, lembrei que a imprensa ou os meios de comunicação, pertencem a grupos políticos, portanto impera a lei do silêncio. Realmente, como disse a ex-presidente do CNJ existem até bandidos de toga, ou o nobre jornalista acha que um simples e mortal soldado da PM pode encostar um dedo em alguns emporcalhados ricos de Alagoas. Acho até que na Ponta Verde nem deveria ter a presença da Polícia, pois triste fim terá o polícial que abordar um playboy fumando um baseado em um dos bancos da praia, é como eles dizem, “você vai ser transferido para Pariconha seu mané, mexeu com quem não devia, sabe de quem sou filho?”. É muito difícil lidar com o ser humano, imaginem os senhores com bandidos, como esse que matou o motorista hoje (29/11) sem o mesmo esboçar nenhuma reação. Ricardo Mota, do mesmo jeito que a polícia não têm autonomia para prender filhinhos de papai, o bandido também castiga os trabalhadores humildes, não torturando, mas ceifando sua vida como se nada valesse, deixando filhos(as) órfãos prematurante, mas a imprensa não dá destaque a esses crimes que ocorrem diariamente já somando em 2012 em torno de 1.800 mortes violentas. Mas se a vítima for da classe média alta a repercussão é enorme, inclusive com direito a passeatas e cobertura do velório no Parque das Flores. Nunca ví a imprensa cobrindo um velório de cidadão comum, nem lamentar a perda dessa vida. É muito fácil tirar a responsabilidade do governo, num momento difícil e crucial como esse, e que a imprensa não dá a devida importância porque o patrão do jornalista não permite. Juiz, promotor, deputados, governadores e ex-governadores, vereadores, advogados, jornalistas, enfim todos têm uma blindagem nunca vista nessa democracia hipócrita e demagoga. Existe uma fumaça negra nos meios institucionais que faz com quê bandidos se tornem inocentes e os inocentes se tornem bandidos. espero que filhos, netos e familiares desse povo sofrido de Alagoas, não sintam na pele o que a mãe da garota Bárbara ,do motorista da Empresa São Francisco e os 1.800 que já se foram estão sofrendo, acho até que os representantes dos Direitos Humanos deveriam agendar uma visita aos familiares dessas 1.800 vidas que se foram, mas antes avisem a imprensa, senão não dá ibope. Um recado aos PM´s da RP, verdadeiros heróis desse Estado de miséria, realmente vocês não entenderam na academia o que é dignidade humana, se entendessem saberiam que essa sociedade que elege políticos envolvidos em crimes, desvio de merenda, desvio(assalto) aos cofres públicos, descaso com a saúde, enfim os verdadeiros responsáveis pelo caos instalado nesse estado, são os mesmos defensores dos Direitos Humanos. Infelizmente a imprensa vai atrás de notícias referentes a crimes como urubú na carniça, e os meliantes são ridicularizados, ironizados, motivos até de chacota e de piadas e ainda elegem seus algozes(repórteres) para cargos eletivos. Todos, as classes mais pobres e excluidas, são vítimas dessa sociedade. Seria bom que o MP, OAB e outros órgãos acompanhassem de perto o trabalho desses pobres políciais para depois fazerem um juízo de valor, pois tá com o rabo sentado em uma cadeira e discriminar e julgar uma determinada classe é muito fácil. Ricardo, por favor, não deixe de publicar esse comentário, pois tudo que está ocorrendo no Brasil, especialmente em Alagoas, são motivos para reflexões e não de hipocresia.

  • Marcelo Amorim

    Permitam-em todos,e frisando a manifestaçao de minha opinião, concordo com o jornalista Ricardo Mota, que considera necessária acabar com as Polícias Militares, por considerar que “o atual modelo, próprio das ditaduras, de há muito já esgotado”. Entendo que o nobre blogueiro esteja dizendo ser necessário a formação de uma nova polícia, única. Hoje há Militares e Civis. Perguntem a eles próprios o quanto agem unidos e consideram-se peças de um mesmo sistema de segurança? Para reforçar, hoje as polícias estão ligadas ao Poder Executivo e, com isso, estarão sempre atreladas a decisões e escolhas políticas, além de toda uma hierarquia nem sempre apreça a bons exemplos. Admitamos, todos nós, o quanto já nos tornamos “simpáticos” ao jeitinho de resolver as coisas, que tem nos levado senão a um sistema injusto, desonesto, onde o proveito próprio tem se tornado referência. Mudanças são necessárias e urgentes, para que pelo menos nossos filhos e netos possam viver a vida com dignidade e humanidade! Do contrário, nos tornaremos de vez “monstros de nossa própria criação”

  • paulo

    caro Ricardo! E se eu disser que é melhor acabar com a imprensa, pois a globo mostra cenas explicitas, pedofilia, homosexualismo, drogas e apologia a mulheres e homens com dinheiro, poder e corpo sarado. E a tv que vc trabalha exibe só programas violentos no horário de almoço para nossas crianças assistirem ao invés de desenhos como tinhamos antigamente com heróis. Quem não gosta de polícia é bandido!!!!!

  • carlos alberto lopes vieira

    o cidadão comum tem que respeitar a constituição e porque o militar não respeita toturs é crime ediundo sem dereito a perdão e anistia nosso regime é democracia e não ditadura

  • MARCOS DIAS

    TO ATÉ AGORA ESPERANDO A MANIFESTAÇÃO DO CONSELHO DE SEGURANÇA, DIREITOS HUMANOS, SECRETARIO DE SEGURANÇA, COMANDANTE GERAL… PARA DAR ASSISTÊNCIA AOS FAMILIARES DO MOTORISTA DE ONIBUS DA EMPRESA SÃO FRANCISCO, ASSASSINADO FRIAMENTE POR UM BANDIDO SEMELHANTE AQUELE QUE FOI ABORDADO PELA RP E BASTANTE DIVULGADO RECENTEMENTE NA MIDIA; QUE RESPONDE POR TRÁFICO, HOMICIDIO, PORTE….ENTRE OUTROS .
    OS GESTORES ACIMA ESTÃO OCUPADOS DANDO TODA ASSISTENCIA AOS BANDIDOS MOSTRADOS NA FILMAGEM. ESQUECI O SENHOR QUE MORREU NÃO É TRAFICANTE ERA APENAS UM MOTORISTA DA SÃO FRANCISCO ; O MESMO NÃO TEM DIREITO A ASSISTENCIA, POIS É APENAS UM TRABALHADOR; LEMBRE-SE BANDIDO AQUI EM ALAGOAS TEM PRIORIDADE.
    SENHORES DA RP SOU CONHECEDOR QUE VOCÊS RESOLVEM QUASE 70% DAS OCORRENCIAS DE TRÁFICO E PORTE DE ARMA DE MACEIÓ E GRANDE MACEIÓ. REALMENTE UM BATALHÃO MUITO EFICIENTE, PORÉM PEÇO AOS SENHORES QUE CUMPRAM APENAS O QUE É DETERMINADA PELOS ADMINISTRADORES DE SEGURANÇA EM NOSSO ESTADO; DIGA-SE DE PASSAGEM INEFICIENTE, PORÉM LEMBREM QUE OS SENHORES TEM FAMILIA, OU SEJA, PRECISAM DO EMPREGO E DIA 30 TEM DINHEIRO NA CONTA. OS SENHORES NÃO SÃO OS VINGADORES PARA SALVAR O MUNDO; FAÇAM O BÁSICO.
    ‘’ DEIXEM INFELIZMENTE ESSA BOMBA EXPLODIR’’.

  • soldado bombeiro saulo

    Os policiais da RP só refletiram o que nós militares sofremos diariamente nos quartéis:agressão moral,agressão a direitos trabalhistas quando submetidos a carga horária que ultrapassa o permitido pela constituição,e mais, durante a formação militar os policiais são tratados pior que cachorro,com gritos,xingamentos,prisões,cerceamento da liberdade de expressão,enfim.Vai entrar uma turma de policiais agora,sugiro a vc RICARDO ou ao juiz Mauricio Breda ou ao Gilberto Irineu que passem uma semana lá na academia da polícia pra ver como os alunos são tratados.Pior que cachorro.

  • Murilo Alcântara

    Será que agora a comição de Direitos Humanos da OAB/AL vai apoiar a viúva desse motorista, como apóia os bandidos que são presos, com certeza não, pois ela nunca comenteu nenhum crime, já que esta comição só defende os bandidos.

    Agora quer saber minha opininhão, bandido bom é bandido morto!

  • jose carlos

    ISSO QUE VIMOS NA TELEVISAO E CAFE PEQUENO DIANTE QUE ESSES (NAO TODOS) POLICIAIS DE MACEIO FAZEM . MORO TAMBEM NA FAVELA E JA VI “PULIÇA” ENTRAR A NOITE NOS BARRACOS DOS OUTRO ARROMBANDO SEM ORDEM JUDICIAL SEM NADA.

  • Joaquim Brito

    Se a violência está institucionalizada,
    a polícia que deveria garantir seguran-
    ça pratica a violência, vem o Governo
    dizer que a violência está diminuindo?
    Para que de fato se combata a barbárie
    que acontece em Alagoas (que continua
    sendo o estado mais violento do Brasil)
    é preciso expulsar e botar na cadeia os
    “BANDIDOS DE FARDA”.

  • Eliezer de Azevedo Falcão

    A imprensa noticiou que colocarão câmeras na orla e no centro de Maceió. E nos bairros?

  • williams

    Eu queria ver se fosse seus filhos e filhas!!!???
    O que foi feito foi abuso de autoridade! E contra pobres! Façam isso na ponta verde!? Normal porque não é com vcs e um dos seus!

  • Marcus

    CONCORDO COM O PAULO…QUEM NÃO GOSTA E CRITICA POLICIA É BANDIDO!
    VAMOS CRITICAR TAMBÉM OS DIREITOS HUMANOS E OS JORNALISTAS QUE DEFENDEM BANDIDOS. SABE QUANDO VÃO PARAR DE DEFENDER BANDIDOS? QUANDO ELES ENTRAREM EM SUAS CASAS E ATACAREM SUA FAMILIA.

  • LUCAS BORBA TENÓRIO

    OS CORONÉIS DA PM DEVERIAM DAR EXEMPLO SE NÃO FOSSEM UM BANDO DE BUROCRATAS E SE NEGAM A PASSAR AS INSTRUÇÕES E EXERCER A SUPERVISÃO DO TRABALHO DE SEUS SUBALTERNOS…ISSO É UMA VERGONHA.OFICIAIS AOS MONTES SÓ ONERANDO A FOLHA,COMBOIO DE INÚTEIS.

  • joao

    mais um jornalista sem opniao propria que acompanha a midia nacional… coitadooo de voce ricardo, va para rua enfrentar bandido que so pensa em matar, em matar, é pa da porrada mesmo, torturar esses delinquentes. PARABENS A POLICIA MILITAR

  • Sylvio De Bonis Almeida Simões

    O caráter obsoleto desta mensagem não ajuda em nada, infelizmente.

  • inaldo

    saudade da época de “Mario Braga”, logo que a RP foi criada, sobre o comando do Major Jorge, qualquer ocorrencia, era chamado a RP, famosa por bater na população, mais lembro-me como se fosse hoje, quando chegava uma ocorrencia que dizia, ” O MARIO BRAGA TÁ APRONTANDO, ate o major Jorge, tremia, e quando na ocorrencia ia 10 policiais,KKKKKKKKKKKK, todos apanhavam.Ricardo escreva alguma coisa da época de “Mario Braga” e os famosos da RP>

  • manoel messias de sousa

    enquanto tivermos escolas falidas,periferia sem apoio,e gestores públicos sem compromisso,infelizmente a escalada da violencia irá continuar.lembrando que os marginais mais perigosos do estado ou tem mandato popular ou estão nos tribunais!

  • CARLOS ALBERTO

    É NECESSARIO E URGENTE QUE ACABE, TERMINE COM ESSA INSTITUIÇÃO QUE É A POLÍCIA MILITAR. ESSA CORPORAÇÃO É ARCAICA, MEDIOCRE, DESPREPARADA E NÃO SERVE PARA A SOCIEDADE, SEU SERVIÇO SÃO ALTAMENTE FALHO, NEM PARA PALIATIVO SERVE.
    QUEREMOS O FIM DA POLÍCIA MILITAR JÁ!

  • JEu

    Caro Ricardo, sempre fui seu admirador por sua sinceridade e opiniões próprias, doa a quem doer. No entanto, creio que precisa, neste caso, de um pouco mais de reflexão. Certo que não posso concordar com torturas e execuções por parte daqueles que devem defender o cidadão e à lei, no entanto, eles são apenas o resultado dos exemplos da nossa própria sociedade, como um todo. Se todos nós, sem exceção, fizésse-mos esforços para cumprir as leis e as normas dos bons costumes; se não fosse-mos tão tendentes à corrupção; se não vendesse-mos nossos votos; se todos saísse-mos às ruas para cobrar dos governos melhor educação, mais saúde e mais empregos e geração de renda para nossos jovens; se não aceitásse-mos que os trabalhadores (sejam públicos ou privados) tivessem salários tão ruins (em geral); se lutásse-mos para que todos tivessem condições dignas de vida (moradia e salubridade); enfim se o POVO quisesse realmente que nossa sociedade mudasse para melhor, aí sim, teríamos uma sociedade melhor, mais justa e mais ética e coisas como esta não mais aconteceriam com tanta frequência em nosso Brasil. (PS: já tiveram a oportunidade de ver como vivem os suíços?).

  • maria morena

    Não concordo com a opinião do Sr. Ricardo Mota, os policiais são herois que estão na rua, arriscando a vida, sem o mínimo de condições para tal, com um salário vergonhoso. O que deve acabar é o apadrinhamento politico dos militares que estão dentro dos gabinetes, e No Palácio, recebendo gratificação e mordomias, enquanto os “peões” vão pra rua.
    A população não aguenta tanta violência! PENA DE MORTE PARA ESSES MARGINAIS, TORTURA É POUCO! CADEIA NÃO É A SOLUÇÃO! ESSES BANDIDOS QUE ESTÃO POR AÍ, QUE SE BENEFICIAM DO NOSSO CÓDIGO PENAL E AINDA RECEBEM AUXÍLIO REMUNERADO DO NOSSO GOVERNO,ESSES MARGINAIS NÃO TEM PIEDADE QUANDO “PEGA” UMA VÍTIMA.
    VAMOS ACABAR COM OS TATURANAS, GUABIRUS E SANGUESSUGAS, QUE MACULAM NOSSO ESTADO. PENA DE MORTE PARA ESSES BANDIDOS!!!!!
    ACORDA MEU POVO!!!!!

  • carlos

    Sempre,na minha humilde observação condeno a forma de como é formado o policial :aos gritos dos ultrapassados sargentões,com tapa na cara e comendo alimento podre e sendo chamados filhos da puta e que eles tem que ser machos e destemidos!!!O que sobra destes é a violência principalmente em pobres e indefesos!!!

  • carlos

    Muita opinião ou melhor visão boas e distorcida:A sociedade precisa sim,da polícia,enérgica,justa,cidadã,preparada,prestigiada,admirada pelo povo e bem remunerada.Porém estes,que se comportam como dono da vida e dá morte é sim pior do que bandido.Não estamos condenando a nossa briosa polícia militar e sim os travestis fardados!!OS MILITARES,QUE DEFENDEM ESTE TIPO DE COMPORTAMENTO NOS COMENTÁRIO ENTENDAM,QUE AS COISAS ESTÃO MUDANDO:CHEGA DE ALIENAÇÃO!!

  • Eduardo Mourão

    Ricardo, simplesmente não acreditei ao ler sua opinião sobre o assunto. Você é uma pessoa esclarecida, concordo com todos quando dizem que a Comissão do Direitos Humanos ( entendo é para os que praticam atos desumanos)deveria ir realmente á casa de todos os 1.800 alagoanos que tiveram a sua vida ceifada por esses bandidos sem almas, que não respeitam a vida humana, e fazer visitas e dar apoio às mesmas. Para mim sou da máxima, que bandido bom é bandido morto, e deixemos os policiais trabalharem, bandido não deve ser tratado nas hora das revistas com beijinhos e tapinha nas costas, eles não agem assim quando vão roubar e cometer delitos. Espero ter minha opinião publicada. E desde já digo que não lerei mais suas opiniões. Me decepcionei. Fui.

  • Norberto

    Polícia Militar arcaica, Secretaria de Defesa Social que não serve pra nada mas apenas atrapalhar as outras instituições. Dinheiro para construção de presídios sendo devolvido, operação espectro envolvendo gestores maiores da segurança pública de AL, Polícia Civil sem independência pra atuar, imprensa sendo restringida… Some isso tudo e temos o que há em Alagoas hj: “Brasil Mais Seguro”, com “povo mais iludido”.

  • Maria Betania

    Que “Direitos Humanos” são estes, que só defendem bandidos? Bandidos podem assaltar e matar trabalhadores?

  • Maria Betania

    Vc sabe o q é tortura? vá no HGE, não preciso falar mais nada não é?

  • carlos Magno

    Gentem,a polícia está na rua para diminuir a violência e não para aumentar.Bandido é bandido e pobre pior.Agora os bandidos que fabricam os bandidos que tiram aportunidade de escola de qualidade,saúde,geração de emprego estes policiais” brabos”.FICAM SE BABANDO PARA SER SEGURANÇA E BABÁ DOS FILHOS DOS POLITICOS TATURÃNICOS E PREFEITOS GUABIRUS.PARBÉNS,SOLDADO BOMBEIRO SAULO,QUE DIZ NO SEU COMENTÁRIO SÃO TRATADOS COMO CACHORROS NAS ACADEMIAS MILITAR,QUE FORMAM FERAS E NÃO POLICIAIS!MODELO FALIDO MUDANÇA JÁ!!!

  • Soldado no Front

    Tambem acho q não faz mais sentido a existência desse militarismo. Deveriam acabar com esse negocio de um grupo de privililegiados, oficias que muitas vezes não fazem nada, dando ordem na maioria da tropa, que realmente trabalha. Todos são policiais, e não deveria existir tanta desigualdade entre os pm’s. Deixa o militarismo para o exercito. E a minha opiniao…

  • pena do soldado no front abandonado

    Esse soldado no front não sabe nada de Instituição e leis! Acho que ele ta só no front! Qualquer trabalho ou emprego tem o seviçal e tem o gerente! estude e se especialize para chegar ao topo da carreira e em nenhuma instituição todos são serviçais.

  • erico fernando lopes galvao

    voces que estao julgando e condenando os pms que praticou um ato impensado no arrojo do trabalho incansavel q hoje o pm q se encontra nas ruas nao tem hora pra descanço por falta de efetivo na coorporaçao esse negocio do cmdo e esse sec de segurança dizer q o efetivo da pm e de 7500 homens e balela vcs vao pra rua combater bandidos que vcs mesmo defedem eu quero um deses bandidos chegue ate vcs ou alguem da familia de vcs ai vcs vao sentir na pele

  • carlos roberto de lima

    julgar e condenar é coisa muito fácil, o difícil é cuidar da estrutura cultural da sociedade, estão empurrando o Brasil com a barriga, felismente, o que o país precisa são de pessoas como DILMA E JOAQUM BRITO, QUE ESTÃO FAZENDO A DIFEENÇA, NESSE PAÍS TÃO LINDO, ONDE UMA PARTE NOGENTA DA SOCIEDADE TEM PERDIDO SEUS VALORES DENTRO DA SOCIEDADE, ONDE A CORRUPÇÃO E O CARRO CHEFE, VERGONHA NA CARA E MAIS PREOCUPAÇÃO COM OS ANSEIOS DE MA SOCIEDADE SOFRIDA!

  • TC DO VALLE

    Caro Ricardo Mota! – Você não sabe o que está falando e escrevendo, entendo que é por sua formação em jornalismo, pois não conhece, não sabe, nunca vivenciou e não é formado em segurança pública, ao contrário do signatário, que tem vasta formação e conhecimento na área, portanto deveria procurar estudar mais, busca melhor suas fontes e procurar se especilaizar em alguma área de atuação, para não virá um generalista de profissão, no mais, lhe desejo mais sorte e procure se especializar sobre o tema, assim poderá escrever sobre o assunto, enquanto isso, melhor ficar calado.

  • De plantão

    Realmente tem que acabar de vez com o militarismo no brasil, Ricardo vç é muito corajoso em propor isso morando neste estado onde em praticamente todas as secretarias de estado tem militar mandando. Por que em?

  • Barbosa

    Gente, algumas pessoas perdem tempo para expressar e justificar algumas bobagens. Colocar a culpa no governo?. Vamos reflitir, tenho 50 anos de idade e desde que me entendo por gente sempre existiu reclamaçaões, se o salário está atrasado os mal feitos é por conta do salário, se não tem viaturas é por conta da falta de viaturas, se não tem armas, e por conta da falta de armas, por fim, quem tem carater e digninade não se deixa levar por esses motivos. Sabemos que na PM tem varios homens de bem, que vai do praça até o mais alto escalão, como também tem pessoas na PM e na PC que não tem o minimo de condições de ser policial, o policial militar que vai para um campo de futebol de bermuda e camiseta assistir um jugo com uma pistola na sintura está agindo correto? quando o homem não tem carater não vai ser um bom salário que vai fazer ele mudar de ideia.

    Temos exemplos de delgados, juizes, e outras autoridades envolvidas em escandalo, é por falta de condições de trabalho?

    Os deputados Taturanas que roubaram r$ 300.000.000,00 foi por falta de condições de trabalho?

    Coronel Cavalcante estragou sua vida com o crime, foi por falta de condição de trabalho? cada um escolhe o caminho que quer.

  • João Cordeiro

    A LEITORA IVONETE MOURA FALOU EM ‘TREINAMENTO’ SE REFERINDO,LOGICAMENTE, À PM. SIMPLESMENTE NÃO TREINAMENTO NO CENTRO DE FORMAÇÃO DE PRAÇAS (O CFAP) E NA ACADEMIA DE ALUNOS-OFICIAIS. O TREINAMENTO É UMA LOUCURA, UMA INSENSATEZ. OS OFICIAIS, AO VELHO MODO MILITARISTA, SUBMETEM OS ALUNOS A UM TERRORISMO EMOCIONAL E UMA HUMILHAÇÃO SISTEMÁTICA. CONCORDO COM UMA COISA: POLÍCIA E MILITARISMO SÃO ANTÔNIMOS, JAMAIS PODERIAM SE JUNTAR, MAS, O BRASIL AINDA NÃO CORRIGIU ESSE EQUÍVOCO, EM PARTE POR CONTA DO LOB DOS OFICIAIS DAS POLÍCIAS BRASILEIRAS. A VIOLÊNCIA POLICIAL É APRENDIDA DENTRO DOS CENTROS DE FORMAÇÃO, DE ONDE O POLICIAL MILITAR SAI REVOLTADO. AGORA HÁ POUCO O ESTADO FEZ CONCURSO PRA PM. EU ESPERO QUE DEUS ILUMINE A CABEÇA DO CMT DIMAS PRA COLOCAR OFICIAIS E PRAÇAS QUE POSSAM DE FATO ORIENTAR E TREINAR OS ALUNOS – FUTUROS SOLDADOS – PARA O POLICIAMENTO, E NÃO PARA AS BOBAGENS ARCAICAS DE UM MILITARISMO OBSOLETO. SE NÃO FOR ASSIM, O POVO POBRE VAI CONTINUAR APANHANDO DE POLICIAIS QUE NÃO FORAM TREINADOS COMO DEVERIAM.

  • RICARDO SANTANA

    É uma pena que generalizam e atribuem culpa a Policia Militar, mas esqueceram que somos a primeira PM do Brasil em receber o prêmio Nacional de Direitos Humanos, inclusive somos considerados como o Órgão Público mais disciplinados em questões de regras administrativas, por formação, respeitando aos demais. Que há algo que precisa mudar, que procuremos mudar, mas não desta forma, culpando a PM, nitidamente por resquícios da Ditadura em nosso País. Mas o tempo é outro e não podemos aceitar seu retorno. O problema é nossa democracia travestida de anarquia, que vem corroendo toda nossa sociedade, quase nada que deveria funcionar, funciona, e ficamos assistindo pacificamente a isso tudo: Mensalão, verbas de gabinete exageradas,Leis com interesses pessoais e não coletivos, roubo de merenda, etc. E pq não culparmos a nós mesmos que elegemos sempre os mesmos?
    Temos mal profissionais em todas as categorias, porém jamais deveremos culpar a formação Militar pelo caos que vivemos.
    Com todo respeito, Abraços.