Eis que a disputa pela presidência da OAB em Alagoas chegou ao Senado Federal – e com força. 

Eu explico. 

O mais explícito de todos, seguramente, é o senador Benedito de Lira, do PP, que vestiu (literalmente) a camisa do advogado Marcelo Brabo, no lançamento oficial da candidatura.

Lembrando que o senador, que se revelou um dançarino de grande molejo na campanha de 2010, é procurador aposentado. Ou seja: é da área e eleitor, efetivamente.

Biu é Brabo e ponto final.

Merece reticências, nesse quesito (a quem ele apoia), o senador Renan Calheiros. Ao estilo, o líder do PMDB no Senado Federal já manifestou, em reuniões privadas, simpatia por pelo menos duas candidaturas.

Calheiros também é formado em Direito, apesar de nunca de ter exercido a profissão de advogado.

O nome – entre os “mais famosos” – a quem o senador é mais ligado é o de Everaldo Patriota, que trabalha na campanha de Thiago Bomfim, uma das novidades no pleito atual.

Ou seja: Calheiros não deve interferir diretamente na disputa acirradíssima e com evidentes sinais de gastos jamais vistos.

Já o senador Fernando Collor tem um candidato como nunca teve, ao que parece a todos, na briga pela OAB: o mesmo Thiago Bomfim, que surge com chances de vitória.

E se ela vier a ocorrer, o petebista terá um interlocutor importante numa área onde ele não transita há muitos anos: a da chamada “sociedade civil organizada”.

Além disso, em fase de reconstrução de perfil, Collor atenuaria junto ao eleitorado mais politizado a imagem que ficou marcada na campanha de 2010, expressa na frase aguda: “Munhecada no espinhaço de bandidinhos de m…”.

Ou seja: a violência combatendo a violência. A Ordem, historicamente, defende uma das mais importantes conquistas da humanidade: os Direitos Humanos.

Vilela

Outros personagens da área política também participam – diretamente ou indiretamente – da campanha.

Caso do governador Teotonio Vilela Filho. Ele apoia a candidatura de Rachel Cabus, que tem como vice o advogado Paulo Breda.

Lembrando: até recentemente, Breda presidiu o Conselho Estadual de Segurança Pública, por indicação – e nomeação – do próprio Vilela.

Maurício Quintella vê "estranhezas" no julgamento de JHC
Heloísa sobre briga no PSoL: "Não sou cúmplice de nenhum dos lados"
  • Ks

    Não tem fundamento .A OAB não é feita de pessoas leigas ,com certeza a política nesse pleito só tem a atrapalhar os candidatos.

  • vanessa veloso

    OLHA QUEM ESTÁ POR TRÁS DELLE !!!! BOM SABER RICARDO MOTA !!!! COLEGAS ADVOGADOS ABRAM O OLHO !!!!

  • JOSE EDSON ARAUJO DA SILVA

    QUE OS HOMENS DE BEM VEJAM E MEDITEM SOBRE O QUE QUEREM ESSES SENADORES DE UMA ENTIDADE DE CLASSE DA QUALIDADE DA OAB.

  • Guimarães

    Era só o que faltava:a OAB, uma das entidades mais acreditadas do país tendo seu representante em Alagoas eleito sob a influência de políticos… Vai vira “farinha do mesmo saco”, ou seja, vai perder a credibilidade tal qual os políticos.

  • wanderley

    Era só o que faltava mesmo!!!! uma entidade que foi criada e dada como a “paladina” da sociedade, hj a sua presidência é disputada como se fossem as eleições majoritárias dos estados. Nada contra as disputas em qualquer tipo de entidade, pois assim são as coisas democráticas, é até justo, porém seus postulantes(OAB) disputam como se fossem uma “batalha” e com “status” e discursos que nem sempre se refletem na prática. Agora mais essa!!! deve ser muuuuuiiiito bom mesmo ser presidente da OAB, quais os reais interesses dos postulantes? prestígio? ajudar o próximo e a sociedade? poder? status? dinheiro, mesmo que indiretamente? a sociedade precisa saber!!! EU AINDA TINHA DÚVIDA QUE EM DEZEMBRO(22/12/2012), SEGUNDO A PREVISÃO DO POVO MAIA, O MUNDO IRIA ACABAR, AGORA NÃO TENHO MAIS!!! É o fim dos tempos mesmo!!! lamentável!!!

  • Maria do Carmo Ferreira

    Desconfie de quem esta gastando muito!É interesse próprio,não de categoria.Está ostensiva,é feio.

  • Anna

    É de bom norte se observar que o Senador Benedito de Lira – Biu – é o único que realmente pode representar a classe dos advogados, posto que possui OAB regular, tendo conduta ilibada em sua vida pública e privada. Sendo este um pleito democrático, nada mais justo que sejam expostas as opiniões acerca da melhor representação para a classe, alguém que conheça os anseios dos advogados militantes. Que o respeito seja observado em todos os momentos na campanha e após a decisão final.

  • jose

    M.BRABO e W. ROBERTO estão cuspindo no prato que comeu (participava da atual gestão). O T. BOMFIM Tem a pele de cordeiro. Mas, está cheio de lobo ao seu redor. Resta-nos CLAUDIA e RAQUEL ! 02 mulheres mais autêntica e sem as velhas raposas a seu redor.

  • Alabucano

    Assim fica mais fácil entender tanto investimento.

  • Jailson

    Ricardo, além desses lobos em pele de cordeiro, que estão com Bomfim, ainda temos paiva de laranjeiras, colloridas por vasques nos vales patrioticos. Esses fatos os jovens advogados deveriam saber.

  • jose ailton

    AdvoNgado é uma pessoa esclarecida. Portanto, sabe em quem votar. Essa estória de “senadores por trás das eleições da OAB” NÃO INTERFERE NO MEU VOTO.

  • Elói

    Será que é por isso que no jornal delle tem saído mais artigos do candidato Thiago Bonfim ? Que vexame, pra quem diz que vai “renovar” a OAB. renovar com Renan e Collor ? Pelo amor de Deus !

  • Igor

    Faltou você dizer que na chapa da doutora Cláudia Amaral tem um conselheiro federal do Renan, e que essa candidata é filiada ao PT. Que eleição “politizada” essa.Perdem os advogados que não querem presidente da OAB subserviente e com “ligações perigosas”.

  • joão

    Thiago Bonfim diz que é “o novo”. Acompanhado e patrocinado por antigas “figuras”, e agora mais essa: empurrado pelo Renan e Colló. Engodo puro, sem gelo.

  • Fernando

    O valor investido pelos candidatos deixa-nos com a pulga atraz da orelha, como se gastar tanto, “fala-se em 2 milhoes”, para ocupar um cargo que apenas traz dor de cabeça.Ainda mais com esses politicos envolvidos.

  • Denis Mota

    Essa eleição da OAB vem se tornando assunto de interesse até de nós que não somos advogados.
    considero que sou uma pessoa bem informada, apesar disso, não tinha ouvido falar desse senhor Tiago Bomfim, um dos candidatos. Essa nota do Ricardo findou por revelar o mistério do surgimento do nome dele nessa disputa.

  • Krauser

    Esse tal de “jose” está de brincadeira. Se o Brabo e o Welton cuspiram no prato, a Rachel, atual vice do Omar, fez o quê? Vomitou no prato?

  • JOÃO

    Quero ver candidato fazendo malabarismo pra tentar negar esses “nobres apoios” dos 3 senadores que tanto “honram” Alagoas.Tá feia a coisa.É o que dá se misturar sem critérios.

  • CLAUDIO LUIZ

    A eleição da OAB/AL já tá uma confusão e este seu comentário é desnecessário e muito estranho. Como vc prova e GARANTE que o Collor está apoiando o Thiago Bonfim e o Vilela apoiando a Raquel Cabus? Alguém viu declaração pública deles? Se for mera especulação o objetivo da sua “postagem” é de confundir ainda mais os advogados (as)/eleitores(as) e desacreditar a OAB/AL.

  • João

    Collor e Renan são Bonfim e a Gazeta mostra isso. Agora o Vilela não dá apoio a nenhum candidato, embora seja notório que ele, e a maioria dos advogados bem informados, admiram a seriedade e o trabalho do Dr.Paulo Breda, a quem ele nomeou presidente do conselho de segurança de Alagoas.

  • Mariane

    Não fiz direito, não sou da área, mas essas alianças entre esses candidatos a presidente da OAB e esses políticos são mais do que conhecidas.. até a camisa de candidato a presidente da OAB esses políticos já vestiram, como bem citou Ricardo Mota.

  • Fernanda Rocha

    Quem diria, hein Professor Thiago Bomfim?!