O advogado Marcelo Brabo deu entrada no Recurso Especial Eleitoral em defesa de Ronaldo Lessa de olho na “teoria dos votos engavetados”. Ela não está em nenhum livro de Direito Eleitoral, mas precisa existir na prática para evitar confusões em pleitos que devem ter segundo turno. Caso, por exemplo, de Maceió.
 
O que diz a tal teoria? Que um candidato que não possui registro eleitoral – caso de Lessa, por enquanto – não tem os votos contabilizados. Se for um dos dois mais votados no primeiro turno – repito: em uma eleição de dois turnos – e não tiver o recurso julgado ainda, o candidato não passa para a fase seguinte. É substituído por outro, que venha logo a seguir.
 
Eis a aposta de Brabo: o TSE deve julgar o recurso de Lessa antes que se encerre o primeiro turno do pleito em Maceió. A matéria deu entrada no TRE, nesta quinta-feira, vai receber o parecer o procurador Regional Eleitoral Rodrigo Tenório e depois segue para Brasília. A previsão do advogado é de que chegue por lá até primeiro de setembro. No Tribunal Superior Eleitoral, o recurso será distribuído para um dos ministros, automaticamente, que vai pedir um novo parecer do Ministério Público Federal, no Planalto Central. Poderá, então, entrar na pauta do TSE.

Segundo Marcelo Brabo, o TSE dá prioridade a esses recursos pela repercussão  que eles podem ter no processo eleitoral das capitais e das grandes cidades brasileiras.  Tomara que assim seja: já há confusão demais no início da campanha em Maceió.

Collor vem para dar "puxão de orelha" em Almeida
Alves Correia: de "derrubado" a assediado
  • Pablo

    Esperamos que a justiça atue com imparcialidade no feito, uma vez que o motivo para o impedimento do Lessa É DESPROPORCIONAL ao fato de afastá-lo da disputa. É preciso que a sociedade não se deixe levar pelo comentários sem fundamentos, e se detenha aos reais para emitir o juízo de valor acerca do assunto. Que o eleitor não se iluda com o marketing que transforma em segundo plano as propostas do candidato e induz ao voto como se o mais importante no ato é saber o jingle adotado ou as falas dos personagem que ocupam 95% do tempo do guia eleitoral, pois o que pleiteia representar a vontade do povo não consegue sequer transmitir confiança pelo vídeo….Por isso, sugiro que aqueles que detenham o maior tempo na tv e rádio , que o aproveite mais para dialogar com o eleitorado, sem iludir àqueles que não conseguem perceber o ” jogo ” da melhor musica e melhor dança, pois eleição NÃO É CARNAVAL e também não é NOVELA MEXICANA !

  • Carcara

    O caso do Lessa nao tem jeito ele nao pode ser candidato, a lei diz so pode se candidatar quem estiver em dia com a justiça eleitoral, e nao tava e so pagou na semana seguinte, impossivel ele ganhar pois se fosse deferida sua candidatura qualquer candidato poderia se candidatar devendo a justiça e pagava qdo quiser, a justiça numca vai aceitar uma coisa dessa.

  • servilio amorim

    Brabo, não?
    “O cara é bom, o cara é bom”…”O cara é bom, o cara é bom…”.
    Nada de brabeza, essa é a única música que o maceioense quer cantar, agora.
    Foi assim, com o Cícero, sem experiencia.
    Vai ser assim agora com o “cara”.
    Quando o maceioense quer prá quê se preocupar com o TSE.
    Maceió quer o NOVO.
    Nada de candidatos das “empreiteiras laranjas”.
    Merecemos, sim, um nova Maceió.
    “O cara é bom, o cara é bom”

  • servilio amorim

    O “cara é bom, o cara é bom”. E agora pode ser votado.
    Até que enfim, temos Justiça.
    O ex-governador, nada fez, NADA FARÁ.

  • Aposta na falta de SERIEDADE.

    Veja como se governa SEM respeito ao povo, estamos referindo ao desastre do governo Dilma com relação a sangria desatada nos pagamentos a FAMIGERADA Dívida Pública Federal. O que ocorreu no dia 21/08 é caso de IMPEACHMENT para a presidenta DILMA VANA ROUSSEFF, porque seu solar italiano ministro Guido Mantenga, como sempre falta com respeito ao povo brasileiro, simplesmente tinha PAGO R$ 739,12 BILHÕES via Ministério da Fazenda com código orçamentário de nº 25.000. Horas depois, no mesmo dia 21/08 volta o Orçamento/2012 a ter fatiamento nos pagamentos que são de responsabilidade do Ministério da Fazenda e passa o pagamento que estava em R$ 739,12 BILHÕES, para a seguinte divisão (fatiamento) nos PAGAMENTOS da Dívida:
    Código 25.000 – Ministério da Fazenda = R$ 10,43 Bilhões.
    Código 71.000 – Encargos Financeiros da União = R$ 349,37 Bilhões.
    Código 74.000 – Operações Oficiais de Crédito = R$ 11,22 Bilhões.
    Código 75.000 – Refinanciamento da Dívida pública Mobiliária Federal = R$ 291,35 Bilhões.
    No Total de R$ 662,39 BILHÕES, é menor do que foi pago no mesmo dia pelo Ministério da Fazenda de R$ 739,1 Bilhões. Estamos afirmando que tem um rombo de R$ 76,73 BILHÕES, e até agora ninguém sabe onde foi parar esses R$ 76,73 BILHÕES.
    São coisas que o governo Dilma deve e tem obrigação de prestar contas aos brasileiros, pode ser até que os R$ 76,73 BILHÕES foi para pagar AMORTIZAÇÃO, mas por enquanto SUMIU. O Mensalão é grão de areia no oceano dos pagamentos desacerbados e absurdos a Dívida. Solução tem, no governar COM seriedade no trato da coisa pública e com AUDITORIA URGENTE NA DÍVIDA.
    P/Arabutan.

  • Ricardo Prado

    Caro Ricardo!!!Se existe algo que impeça
    a candidatura do senhor Ronaldo Lessa pq isso não foi analisado antes da proximidade de um novo pleito eleitoral e pq somente com esse rapaz as coisas tomam uma dimensão tão devastadora às vesperas da eleição? precisamos acordar para essa manobras.Engraçado ” sempre falam: o tempo do Ronaldo já passou e ele é ficha suja, pois bem, como cidadão e baseado em meus direitos constitucionais quero deixar aqui a minha indignação com a conduta adotada pela justiça eleitoral desse estado e não aceito que homens tomem para sí questões de cunho pessoal para decidir aquilo que só cabe ao povo nas urnas.Um grande abraço.

  • carlos

    Digo:Enquanto Lessa sangra a cútis não pode ser atingida!!!Digitar sem revisar é um desastre!!!

  • Williams

    Sem registro e sem julgamento do recurso, o candidato não tem nem mesmo o nome na urna eleitoral. O quê significa que não terá voto. A pressa, no entanto, é para evitar o caos no chapão, já que outro nome, certamente, não manterá o agrupamento atual.

  • carlos

    Lessa vive a agonia e sangra na cruz e os maqueteiros ficam de mãos atadas para impressionar os eleitores.Já tem um candidato quer que evitar o sol,para não sofrer o prejuízo futuro de sua cútis e os maqueteiros estão tentando convencer de quem anda na chuva tem que se molhar!!!

  • J.Monteiro

    Esse “brabão” sabia da embrulhada em que estava se metendo? A candidatura do Lessa, já nasceu morta.

  • Carcara

    As pessoas pensam que é perseguiçao a Lessa, mas o culpado é ele mesmo,pq ele foi registrar a candidatura tendo débito com a justiça eleitoral,ele ta pnsando q a justiça é casa de mae Joana. Outra coisa quem pediu o afastamento de Lessa foi o Ministerio publico, na qual o juiz federal acatou o pedido, depois recorreram para TJ ai perderam de novo e agora vão para o TSE para perder 7 x 0.

  • Francisco Pedri

    Bom dia . Gostaria de saber qual o projeto da entrada da cidade (vindo de Satuba ) dos candidatos a Prefeitura de Maceio .
    Pode não ser um problema municipal , mas eu venho aqui pedir sua ajuda , pois nós comerciantes dessa região estamos sofrendo com o descaso que esta ocorrendo aqui. Hoje sofremos com os assaltos , prostituição , trafico de drogas ao ar livre, falta de iluminação e sinalização de trânsito, carros abandonados no meio das ruas , churrasquinhos tomando conta de calçadas e ruas , sem contar com o transito horrível que se forma por causa dos pontos irregulares de vans e onibus , para você imaginar, tem um ponto  a 10mt da curva de alta velocidade, todos os dias temos acidentes nessa região . Um verdadeiro caos.Solicito a sua ajuda para que esse assunto venha a tona . Obrigado