O fator surpresa é considerado fundamental, na fase de implantação das ações previstas no Brasil Mais Seguro – Alagoas, que já se chamou Plano Nacional de Segurança Pública. 

Além dos investimentos em tecnologia e pessoal – inclusive com os concursos para as polícias estaduais, já se sabe que três novos helicópteros estarão à disposição da Segurança Pública aqui no estado. 

Inicialmente, mais 25 viaturas da Força Nacional serão agregadas à frota que já estáem Alagoas. Umnúmero que deve dobrarem agosto. Maisde 120 mandados de prisão deverão ser cumpridos pelas forças policiais.

É claro que as demandas não poderão ser resolvidas de uma só vez.

Mas há questões estruturais que devem ganhar visibilidade desde o primeiro dia do plano. Os exemplos mais importantes, talvez: a nova Delegacia de Homicídios vai receber 31 integrantes da Força Nacional – da polícia judiciária, no caso -, o que inclui sete delegados, agentes e peritos que vão trabalhar com o pessoal local.

Aliás, a PM também está criando um novo Batalhão Especial, que ficará de plantão 24 horas por dia. Na sede do Tribunal de Justiça funcionará a sala – já equipada – de acompanhamento de inquéritos policiais e em tramitação no Ministério Público. Sempre relativos aos crimes contra a vida.

É verdade: há a reação de vários setores da Segurança Pública, que enxergam, agora, a oportunidade de resolver velhas pendências, principalmente salariais – o que é absolutamente normal.

O maior desafio do plano, no entanto, é vencer a desconfiança geral, em função do histórico de violência no estado. E aí só tem um remédio: resultados. E quanto mais rapidamente eles aparecerem, melhor.

Ação mobiliza 400 policiais e 4 helicópteros em Maceió e Arapiraca
O silêncio da bancada federal sobre o estaleiro
  • anthony

    Ricardo Mota,você bem sabe que a violência não se combate apenas com mais violência.Cadê o plano piloto para a educação?
    EM TEMPO:Vou fugir ao tema,mas é necessário.Uma parte do calçadão da praia da avenida está ocupada com vendedores de fogos,impedindo a passagem de pedestres,que tem que caminhar pela ciclovia, correndo o risco de ser atropelado,Cadê a prefeitura?

  • fabio

    Acredito que dessa vez vai da certo, com todo esse aparato, os que torce contra que se cuide, pois quem torce contra é bandido, é a hora de todos se unirem para o bem de nosso estado, nossa cidade, nosso bairro e nossas familias. O MAL É UMA MINURIA QUE TEM QUE SER COMBATIDA.

  • paulo

    Tem de se mudar as leis. 80% dos crimes sao cometidos por reincidentes ou por bandidos beneficiados com a liberdade cedidad pela justiça

  • RUTH SANTOS

    mais uma vez te pergunto: essas 120 pessoas presas vão pro baldomero?!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  • RENATO SILVA

    E O SALARIO DOS QUE VEM VAI SER O MESMO DO QUE ESTÃO SOFRENDO AQUI A PÃO E AGUA POR ESTE GOVERNO AUE NÃO TEM UM MINIMO DE RESPEITO PELOS MILTARES E CIVIS DA SEGURANÇA

  • Gusmão de Oliveira

    É importante nese momento a intervenção branca, realizada pelo governo federal, porem mais importahnte ainda e que o Governo federal cobre do Governo Local, que segurança pública seja de fato uma prioridade de governo, há que se abandona esse paradigma atual. em os gestores se acham donos da verdade e convocar a sociedade a participa da solução, com a criação dos conselhosa comunitáriosa de segurança Pública. É lógico que o governo tem que esta aberto ao investimento e para com o discurso que o Estado esta quebrado. póis se estivesse não haveria tantas denuncias de corrupção. Quando a Intervenção Branca Acaba o Governo deve esta preparado para Gerir a Segurança com competência e não fica esperando um novo socorro Federal enquanto milhares de vidas são exterminadas. Espero que desta vez o Governo Acorde para verdade dols fatos, NBão se faz segurança pública com discurso ou propaganda se faz com investimentos, estimulos e competência.

  • Sábio

    Vamos ser só um pouco inteligentes, façam um pequeno cálculo, 25 viaturas da força nacional com 4 homens cada é igual a 100 homens à 500 reais de diária para cada um que dá um total de R$ 1.500.000(um milhão e quinhentos mil) por mês só de diárias. Acordem aqui em Alagoas tem policiais muito mais preparados e dispostos só falta incentivo.

  • Paulo Jose

    Sd da PMAL R$ 2200,00 e o SD da Força Nacional R$ 9000,00 e ai???

    Que tratamento igualitário!!!!

  • observador

    ESPERAMOS QUE ESTE PLANO DE AÇÃO PERDEURE POR UNS DOIS ANOS. É O TEMPO EM QUE O CONCURSO DA POLÍCIA CIVIL VAI EFETIVAR OS QUE PASSARAM. O CONCURSOZINHO DEMORADO.

  • Robson Farias

    MAGNATA DA ESCRITA! APÓS ESSA NOMEAÇÃQ NA PM-AL O NOSSO GOVERNADOR ABUSOU.

  • Policial Militar

    Gusmão, gostei da sua postagem. Espero que o Théo leia essa mensagem ou que algum xilimbaba dele o dè conhecimento. Parabens!

  • sara

    Se o Judiciário permitir,o plano poderá dá certo.

  • Daniel Malta

    Prezado Ricardo será que poderia incluir no plano:
    1- monitoramento das cidades capital/interior com câmeras de vídeo, recursos vindo da fiança das prisões;
    2- blitz nas fronteiras do Estado;
    3- abordagem com anotação dos dados veículo/condutor de pelo menos 100 veículos por “dia” pelo BPTRAN, DER,Guardas Municipais, nos moldes Lei Seca;
    4- ronda nos bairros com viaturas específicas só para aquela localidades,modelo adotado pela PM/BA;
    5-meta de abordagem para cada policial, com gratificação por apreensões de drogas e armas, recursos vindos da Transação Penal em TCO, ou seja, não vai onerar o Estado;
    6- construção de novos presídios em Arapiraca,Delmiro Gouveia, União dos Palmares e Matriz de Camaragibe;
    7- utilização da guarda municipal em plena atividade “com utilização de armas” pelos guardas sendo o objetivo de guarda nas escolas e da comunidade escolar;
    8- reunião constantes com a comunidade para indicação de sugestões para localidade expecífica ou cidade com resposta rápida para os pedidos da comunidade;
    9-contratação em REGIME ESPECIAL DE DIREITO ADMINISTRATIVO-REDA para contratação de peritos, auxiliares de perícia, médicos e outros que auxiliam a segurança pública;
    10- parceria com equipes de aeronaves dos Estados que fazem fronteira com Alagoas,ou seja, um Estado forneçe a equipe, o outro a aeronave e um outro o combustível, isso com alternancia nos meses subsequentes.
    11- Ronda nas Rodovias modelo já praticado pela PM/PE na região do poligno da maconha.
    12- Criação de PM da PAZ, a sede de companhia intinerante devem ficar localizados em pontos de maior índice de violência.
    13- colaboração do Poder Judiciário em Julgar os processos contra a vida com maior celeridade.”isso prova para sociedade uma resposta rápida do Estado Juiz”
    14- equipes multidiciplinar para atuar junto as Escolas com o acompanhamento integral da Família e não só do aluno;
    15- criação de agrovilas com estrutura de trabalho e saúde integral para recuperação de dependentes.

    Meu prezado temos outras sugestões mas quem sabe se os expert da segurança não faz só a dança das cadeiras e coloca em prática pelo menos uma destas ações aqui.

    Saudações
    de um Alabaiano querendo ajudar seu Estado.

  • Sylvio De Bonis Almeida Simões

    Brasil Mais Seguro – Alagoas é considerado com plano de Curto, de médio ou de longo prazo?

    O fator surpresa, fundamental sim, não pode restar prejudicada pela falta de qualificação profissional dos agentes executores.

    Por fim, concordo em tudo com o que está escrito no último período.

  • Pedro

    Esse plano é bom para os policiais que vem de fora, com diarias gorda, os daqui deveriam se recusar a trabalhar, não quer dizer que sou afavor da criminalidade, mais é um desrespeito aos policiais alagoanos.

  • Rubéns

    Esse e uma plano tapa buraco!! Violência se combate também com investimentos em educação, saúde e criação de empregos. O Governo Federal vai fazer sua parte nessa operação, é depois como fica?

  • Eva Dilce

    E a CARGA TRIBUTÁRIA? Pra que SERVE?

  • Manoel de Oliveira Santos

    Caro Ricardo Mota, eu queria que vc falasse alguma vez do salário dos policiais civil. O governador deu aumento aos PM’s aumentando o piso para 2.200,00. Nada contra os PM’s e eu acho até que deveriam ganhar mais, mas a polícia civil nada deu. Razões para estarmos desanimados:
    1- salários da PC de nível superior menor que o da PM de nível médio. (isso só acontece no estado onde tem maior índice de violência- Alagoas)
    2- os colegas da Força Nacional vem ganhando o seu salário + adicional de 6.000,00 por mês de forma justa. Enquanto isto o meu salário é o menor do Brasil.
    3- as nossas delegacias estão caindo aos pedaços
    4- Não temos alimentação nos plantões
    5- Nosso adicional noturno é calculado errado. Recebemos 25% a menos.
    6- Temos ação na justiça esperando julgamento a décadas.
    7- nossa carga horária passou de 30 para 40 horas e nosso salário não teve qualquer acréscimo
    8- na capital e no interior há policiais que trabalham sozinhos no plantão…

    Ufa acho que terminei. Por favor Ricardo Mota fale disto. Dê apoio aos policiais civis, pois somos pardais solitários no deserto.

  • v.santos

    Esse governo não inspira mais confiança,espero que esse plano de segurança obtenha sucesso,porém a credibilidade não existe mais.

  • otimista

    Daqui a pouco o “Direito Humanos” se mete e diz que não pode, é tirar o direito de ir e vir dos traficantes. Foi assim em São Paulo a pouco tempo na “cracolândia”

  • Carlos Henrique

    Que Surpresa?!?! há quase dois meses que estão divulgando o plano, com dia, hora e local. A bandidagem a essas alturas já se entocou ou fugiu para voltar daqui a uns meses!!!!!!!!!

  • D’antanho

    Quanto foi que desviaram da assmbléia???Já ressarciram o ERÁRIO???Tá fazendo falta na SAÚDE,EDUCAÇÃO, SEGURANÇA,ETC