O procurador-geral de Justiça, Eduardo Tavares Mendes, ingressou com nova uma nova denúncia no TJ contra o prefeito de Traipu, Marcos Santos, afastado do cargo por decisão da Justiça. 

Tavares pede a abertura de mais uma Ação Penal contra Santos por furto qualificado de energia elétrica em quatro propriedades pertencentes ao prefeito, todas localizadas no município ribeirinho. 

Em 22 de março, por determinação judicial, a Eletrobrás, juntamente com peritos do Instituto de Criminalística, fez inspeção nos imóveis em que foram detectadas as irregularidades. 

Havia “gato” até mesmo na residência do prefeito, em Traipu, que oferece – segundo consta – uma das mais belas paisagens do Rio São Francisco. 

A Justiça autorizou a inspeção a partir de um pedido apresentado pela promotora Karla Padilha, que vem realizando um trabalho de grande visibilidade no município. 

Os “felinos elétricos”, diz a denúncia, desviavam energia inclusive de propriedades na zona rural – todas pertencentes ao prefeito e seus familiares. 

Há uma estimativa dos prejuízos à Eletrobrás provocado pelo desvio de energia. Eles seriam, segundo a empresa, de 303.981 kwh, totalizando um valor de R$ 151.931,71. 

Mas, repito, é uma estimativa porque não foi possível identificar o início dos miados eletrificados. 

Esta semana, o desembargador Orlando Manso autorizou a retirada da tornozeleira eletrônica que o prefeito vinha usando desde que foi solto no final de março.

Dirigente do Ministério da Justiça explica plano em reunião no Palácio
Luna devolve dinheiro à prefeitura e dá "chega pra lá" em Olavo Calheiros
  • carlos

    De Traipu,sai tudo até gato.Agora Coruripe é um mistério para qualquer ministério!!!!!

  • Moises

    Jamais defenderei o Marcos Santos, mas é no mínimo curioso a forma como o Procurador Geral de Justiça só apresenta denuncias contra este Prefeito. Engraçado que com esta afastamento, existe a possibilidade da parente do mesmo assumir a prefeitura! É uma guerra de interesses que jamais irá acabar!!

  • filho

    PARABENS AO MP ESTADUAL.

  • juanito

    O MINISTÉRIO PÚBLICO DEVIA INVESTIGAR A AQUISIÇÃO DE TODOS OS TERRENOS PARA CONSTRUÇÃO DE CASAS NAS ÁREAS DE ENCHENTES!!AÍ MUITA COISA IRIA APARECER…

  • bel

    ESTE RAPAZ EH MESMO MUITO COMPLICADO!

  • patricia

    Eu queria que Dr. mauricio Breda, o juiz do caso Giovana, fosse o desembargador, com certeza as coizas seriam diferentes, porque ele é corajoso.

  • aalberto

    Se a Eletrobras for em Traipu encontra gato até kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  • tania

    Como temos politicos q gostam de “gatos”, incrivel!!!!!

  • v.santos

    aproveitando o oportunidade,gostaria que a eletrobrás fosse na serraria,mas precisamente no conj. josé tenório,vai encontrar tanto gato( miau),que dará para fazer muitos churrasquinhos,kkkkk

  • concurseiro arrochado

    É necessário explicar que o furto de energia elétrica não é uma forma qualificada de furto mas apenas uma forma aplicando-se a pena prevista ao furto simples.