Não seria justo responsabilizar o desembargador Sebastião Costa Filho pelo retorno ao mandato de deputados indiciados na Operação Taturana.

O que o moveu, creio sinceramente, foi a compreensão explicitada de que não há um fato novo para mandá-los para fora da Assembleia.

Mas ele dirige um poder que vem empurrando com a barriga, por mais de três anos, Ações por Ato de Improbidade que nunca foram julgadas no mérito.

Que bom que surgiu, no caso, um magistrado, jovem, é verdade, mas disposto a enfrentar as feras.

São várias as Ações impetradas pelo Ministério Público Estadual desde que o escândalo dos R$ 302 milhões desviados dos cofres públicos veio a público.

É trabalho demais, convenhamos, para um único juiz, mesmo trabalhador e destemido, dar conta.

O desembargador Sebastião Costa Filho, um magistrado respeitado e respeitável, pode, se assim decidir, dar um rumo digno a uma história que em nada dignifica o Judiciário até agora (excetuando-se a decisão histórica do desembargador aposentado Antônio Sapucaia).

Por que não criar uma força-tarefa – seguindo o modelo da 17ª Vara Criminal da Capital – que possa tocar, sem medo e sem mais tardar, os julgamentos dos méritos das Ações?

Que haverá recursos, seja quais forem as decisões, não há porque duvidar.

Entretanto, uma Justiça que não julga só beneficia a quem se locupleta com o dinheiro da população, ou comete outros crimes (às vezes, somados).

Não basta apenas seguir a Lei – há de se persegui-la. Este parece ser o caminho de um Judiciário que exige respeito e faz por onde obtê-lo.

Almeida e Galba fecham acordo para orçamento e os dois saem ganhando
Marcos Madeira e Cícero Cavalcanti disputam controle do Norte
  • Obronio

    NÃO HÁ NECESSIDADE DE NENHUM FATO NOVO, OS FATOS VELHOS JUSTIFICAM A DECISÃO DO JUIZ.

  • robson

    É lamentável ver uma decisão dessa! O próprio Presidente do Tribunal de Justiça, Des. Sebastião Costa Filho… uma coisa é certa, homens e mulheres de bem deste estado estão muito triste com Senhor e com sua decisão. Parabem ao Dr. Helestron Costa, homem probo, brioso que tanto orgulha o povo de Alagoas.

  • aluisio carvalho

    Você foi fantastico Ricardo: Uma justiça que não julga, só beneficia.
    Um dia veremos corajosos julgando e lendo, pois parece que a preguiça em ler esse processo está explícita.
    O povo aguarda uma resposta.

  • Eli farias

    Esse é um dilema que nem o cinema pode resolver.

  • Josias Acreano

    Ricardo, não sei bem se deveríamos enaltecer a decisão do nobre, mas da safra antiga de juízes, o des. Sebastião. Como vc mesmo lembrou, lá já se vão mais de 3 anos e até agora nenhum julgamento de mérito nas diversas ações por improbidade propostas pelo nosso “lento” Parquet.
    Apenas essa demora já configuraria uma infração a lei de improbidade, pois ela mesma prevê a punição ao agente público(no caso aqui aos juízes)pela demora/desídia na sua aplicação.
    Seria até melhor o nobre preseidente do TJAL fazer realmente esse grupo de juízes novos (da nova safra, pois os antigos não tem condição), que a juizada nova vai descer a caneta como deve, seguindo a risca toda nossa legislação vigente.

  • antonio

    tudo bem que se falando em segurança e roubalheira de dinheiro pulblico a nossa vive momentos que não e das melhores mais temos que abrir os olhos que não e só policia vejamos o que acontece no nosso estado a policia prende a justiça solta na proxima semana a policia estar correndo a traz do memso bandido quando isso vai acabar só resumido esses deputados vanpiros do dinheiro da população quantas vezes esses mesmos deputados ja foram afastados e presos e numca faltou nesse estado alguem que parece que não conhece e não sabe o que esse senhores ja fez com esse pobre estado emquanto não estiver uma renovação nesses poderes isso não vai acabar numca porque prende-se hoje se solta amanha se afasta-se hoje e retornam amanha ja virou graça tem que entrar pessoas novas nesses poderes se não pobre de nós que queremos uma alagoas liberta desses vampiros. cruz neles e nesses poderes.

  • Guilherme

    O JHC do Judiciario é o Juiz Helestron Costa.
    “Se a juventude não acabar com a corrupção, será a corrupção que acabará com a juventude!”

    Portanto, dois homens de bem que honraram o povo de alagoas em 2011 foram JHC – Deputado João Henrique Caldas – e JHC – Juiz Helestron Costa;

    A luz no fim do túnel ta aí nesses dois.

    Sem esquecer de Anselmo Brito, novo Conselheiro do Tribunal da Contas

  • daniel blinder

    Voces acreditam que algo sairá ?
    Desde o Dr. Gustavo, lá se vão 3 anos ou mais que o processo está parado.
    Troquem todos por homens sem compromissos.

  • Bruno

    A lei não permite que o Judiciário afaste os parlamentares da forma como foram afastados, ao menos antes do julgamento final da ação.
    Certamente, o próprio Dr. Helestron sabia que sua decisão não se sustentava. O Presidente do TJ fez o que era esperado: consertou o erro e conteve a afobação do Juiz.
    Uma falsa esperança foi vendida à sociedade alagoana, infelizmente. De fato, a justiça é lenta, mas vocês não perdem por esperar.

  • jobson

    presidente, renuncie é mais elegante, tem pessoas que pode levar este caso adiante com muita coragem.

  • M. Almeida

    O que julgo ser idiotice é o pavor de muita gente diante da notícias de que o PCC está em alagoas, o que é injustificado. Minha gente, temos por aqui gente pior que os bandidos de qualquer facção criminosa que possa existir, pois, são autoridades constituídas! Esses deputados TATURANAS são o quê? O mal que fizeram e faz não é pior que o mal que os traficantes fazem? Outro exemplo: o prefeito de Traipú é o quê? Os senadores, vereadores e deputados e cidadãos que apoiam um prefeito desse “naipe” são o quê? A situação de alagoas é vergonhosa e ja passou da hora de uma intervenção federal o que eu não sei é se o governo federal tem moral pra isso. A propósito, leiam a notícia do link a seguir e reflitam sobre a situação de nosso país:http://www1.folha.uol.com.br/poder/1027475-juizes-recebem-beneficio-por-anos-em-que-eram-advogados.shtml

  • Dinho

    Platão, já há séculos atrás, vaticinou que:”Justiça é o interesse e a conveniência do mais forte.”
    Quem duvida??

  • Segurança em Debate

    O presidente do TJ alagoano precisa fomentar ações como a que esse jovem juiz teve a coragem de tomar,caso contrário,perderemos a esperança em nosso judiciário,assim como ocorreu com nossos legislativos.

  • carlos

    Se é para afastar de mentirinha é melhor ficar como está.Cria-se um forte expectativa que agora a coisa vai e no final fica tudo como dantes no quartel de abrantes.Dá a impressão que existe duas justiça a que pune com o rigor da lei e a que favoreçe com os favores da lei.A sensação de impunidade só faz aumentar,olha gente desde que o mundo é mundo é assim mesmo!!!!

  • Dinho

    Ah, já ia esquecendo, também tem esse pensamento de Charles de Secondat (Barão de Montesquieu): “Todo aquele que detém poder tende a abusar dele.”
    Legal!!

  • Camilo

    O que precisa é O judiciario criar coragem e determinar uma força tarefa para julgar todos esses processos e punir essa corja de bandidos. Porem não tenho duvida que esses processos jamais serão julgados e os culpados punidos.

    Justiça na terra só para os fracos, aqueles que não tem dinheiro para pagar um bom advogado.

  • carlos

    Gente,quanto maior for a esperança de quem um dia a justiça funcione igual para todos maior será a frustação.Quanto já se foram e nunca teve o prazer de vê a justiça agir de maneira retilínio.Bom vamos curtir o ano novo na esperança que algo novo aconteça!!!

  • Dutra

    A justiça de Alagoas precisa se respeitar para ser respeitada.É lamentável a decisão do Exmo.Sr.Presidente do TJ.Como respeitar um Poder que não cumpre o mais elementar de seus papéis, o de julgar com celeridade e isenção os criminosos? Torna-se necessário que os “deuses” do TJ saiam do Olimpo e vejam nossa triste realidade.Os bandidos na rua e as pessoas de bem presas em suas fragilidades perante a omissão do Estado.

  • Barros

    O Desb. Sebastião, seguiu exemplos decima, tão esquecidos? vamos lá… ministro Mendes, quando presidente da corte suprema, Marcos … Melo agora recentemente etc. etc…, não é só Alagoas, coitada da nossa pequenina Alagoas, já tem as figuras que tem? imaginem seguindo exemplos…

  • Paulo Barros

    Ricardo, segundo se comenta nos corredores da Casa Legislativa, os desvios da atual mesa diretora deverá ultrapassar o valor arrecadado pelos taturanas. É só esperar.

  • Suetonio de Albuquerque Sarmento

    Meu Caro Ricardo Mota em Alagoas só tocando um tango argentino como solução.

  • Leonardo Anjos

    Ricardo, Sodoma e Gomorra por muito menos foram destruídas por Deus. Este estado não tem mais jeito. Estas pústulas que fazem a política de Alagoas não saem. Não os culpo e sim aos eleitores que enfrentam uma enorme fila para cadastrar um título desprendendo muito de seu tempo e depois votam sem consciência. Como já dizia Tancredo Neves: ” Todo o poder emana do povo e em seu nome é exercido”. Pena que muitos eleitores nem sabem quem foi este. Abraços e um 2012 do mesmo jeito.

  • Anti-Corrupto

    Ricardo, você está assistindo amor e revolução?.

  • Ruta graveolens

    OS BANDIDOS COMUNS JÁ ESTÃO RECEBENDO TORNOZELEIRAS,E SERÁ QUE OS POLITICOS DE COLARINHO BRANCO,IRÃO RECEBER AS DEVIDAS TORNOZELEIRAS?

  • eduardo

    Não temos uma legislação adaptada a realidade nova do país: crime oganizado, Excias. como criminosos, máfias, etc. Daí que a 17a Vara é uma boa e genial gambiarra jurídica. A Itália levou mais de 50 anos para acordar e criar uma legislação compatível com o nível de criminalidade que imperava o país. O Brasil ainda não acordou para essa realidade. Daí vemos decisões que aparentam injustas mas são legais.

  • Weslley

    A resposta foi dada pelo próprio judiciário alagoano, CAROS DEPUTADOS NÃO PRECISAM CRIAR NENHUM DECRETO PARA DESRESPEITAR AS ORDENS DO JUDICIÁRIO, NÓS MESMO FAZEMOS ISSO.
    Falta de respeito com todos que trabalham todos os dias de forma honesta..
    Feliz ano novo a todos. Alagoas é alagoas e ponto.

  • Alagoano

    É impossível fazer justiça em Alagoas, pois quando aparece uma pessoa comprometida com a verdade e com a justiça. O sistema está pronto para desarticular tudo. Foi o que aconteceu com o Barenco, e agora com esse GRANDE MAGISTRADO. É doutor juiz! Vai ser difícil trabalhar nas Alagoas enquanto o Judiciário, o legislativo e o executivo estiverem coniventes com as suas mazelas institucionais.

  • Zé do Chico

    Possa ser que daqui a uns cinquenta anos, pois daqui pra lá estaremos com o STF, o STJ, e os demais tribunais já bem reformado, ou melhor, com pessoas de mentes mais evoluídas e fazendo jus a verdadeira justiça.

  • Sandro

    A verdade é esta: Ser político no Brasil compensa, É só desviar alguns milhões de reais, mandar matar alguns que atrapalham o caminho e depois gastar o que se conseguiu roubar, porque aqui até mesmo o supremo tribunal de justiça não enxerga os anseios da população e derrubou a ficha limpa que a nosso gosto foi uma decisão RETRÓGADA. Mas retrógado ainda é o nosso futuro sendo legislado por bandidos e assassinos.
    Espero um dia. certamente ver o nosso Estado sair dessa lama, queremos estar vivo para ver isso.

  • Sandro

    A verdade é esta: Ser político no Brasil compensa, É só desviar alguns milhões de reais, mandar matar alguns que atrapalham o caminho e depois gastar o que se conseguiu roubar, porque aqui até mesmo o supremo tribunal federal não enxerga os anseios da população e derrubou a ficha limpa que a nosso gosto foi uma decisão RETRÓGADA. Mas retrógado ainda é o nosso futuro sendo legislado por bandidos e assassinos que se escondem atrás de uma mal chamado IMUNIDADE PARLAMENTAR.
    Espero um dia: certamente ver o nosso Estado sair dessa lama, queremos estar vivo para ver isso.

  • PêCê

    RICARDO, INFELIZMENTE, OS PODEROSOS, ESCOLHIDOS COMO SENDO DEFENSORES PÚBLICOS, É QUE SÃO CONIVENTES COM OS CRIMES POLÍTICOS EM ALAGOAS.
    CHEGAM ATÉ SEREM TAMBÉM CORRUPTOS, INFRATORES E ILÍCITOS, POIS SÃO ELES QUE TEM TODO “PODER” NAS MÃOS. AONDE É QUE OS INTERESSES PÚBLICO SUPERAM OS INTERESSES DE POLÍTICOS, JUÍZES E OUTROS PODEROSOS, SEM GENERALIZA É CLARO…
    JÁ QUE ELES É QUE FAZEM E MANDAM NAS LEIS, AQUI EM ALAGOAS.
    JUSTIÇA INJUSTA ESSA NOSSA, HEIN…

  • bjgbarbosa

    O melhor cargo público do Brasil e do mundo é ser deputado estadual em Alagoas. O parlamentar alagoano tem imunidade total, não só parlamentar. Apesar do estado pertencer a União, nenhum poder público federal parece querer ver o que acontece por estas bandas. Ou acha que o povo alagoano não merece atenção alguma, ou quer deixar o estado destruir-se por si só. Intervenção federal JÁ.

  • Ricardo

    Ricardo, repito comentário que fiz anteriormente: “Com todo respeito Ricardo, mas esses afastamentos decorrentes de liminares nao têm futuro. O que precisa é julgar o mérito da ação o mais rápido possível, pois daria tempo do segundo grau também se manifestar, e aí incidiria a lei da ficha limpa, e esses elementos nao mais poderiam se reelegerem. O caminho é esse. Os demais, só servem para vender jornal.”

  • PERISCÓPIO

    O PROBLEMA NÃO ESTÁ NA DESCISÃO DO DESEMBARGADOR, ESTÁ NA MOROSIDADE DO JULGAMENTO DO MÉRITO. AÍ SIM DEVEMOS COBRAR DOS JUÍZES RESPONSÁVEIS PELOS RESPECTIVOS JULGAMENTOS, POIS DESSA FORMA SÓ ESTÃO COLABORANDO C/ A IMPUNIDADE E A SACANAGEM COM O DINHEIRO PÚBLICO DO NOSSO POBRE ESTADO. ACREDITO EU POBRE E MORTAL CIDADÃO QUE OS EXCELENTÍSSIMOS JUÍZES NÃO CORROBORAM COM TAL ATITUDES. ESTOU CERTO OU ESTOU ERRRRRRAAADO???…
    POR FAVOR SALVEM ALAGOAS DESSAS AMEBAS DO DINHEIRO PÚBLICO.

  • observador

    RICARDO, O SEU COMENTÁRIO SINTETIZA-SE EM UMA FRASE: FRAQUEZA DA JUSTIÇA.

  • Justiça

    E ainda querem produtividade para juiz, os coitadinhos ganham pouco gente e trabalham muito, brincadeirinha.

  • Ferçosa

    “Bandidos sempre tiveram seus rostos estampados em cartazes.Antigamente,junto com a palavra “PROCURADO”.Hoje,pedindo o seu voto ou para você se desarmar”.
    e ainda:
    “Para o pobre o rigor da lei;p/o rico o favor da lei”…Essas frases resumem a situação hoje em dia.

  • Silva

    Ricardo, suas palavras para um bom entendedor são claras e objetivas. Enquanto tivermos um judiciário de segundo grau composto por gente comprometida com quem os promoveu, as decisões serão sempre contras os interesses de toda a população.
    Mas um dia teremos lá esta nova turma que brilhantemente vem dignificando o Direito.

  • petrucio brito

    Muda-se: um sistema político; uma estrutura de vida. Mas, enquanto não mudar a consciência do voto, nada muda. Não precisa ser catedrático nem filósofo pra saber disto!

  • Lula

    Dr. Juiz, nao perca tempo c besteira de liminar de faz fé conta, julgue logo o mérito e deixe essa cambada inelegível .

  • ILMARCK

    Aqui no sertão, TATURANA é uma praga de lagarta de fogo que destroem a safra do umbu ainda na florada. Os sertanej,os exterminam essas malditas com fogo.Que tal começar a queimar os TATURANAS da ALE já que os controladores de pragas do estado não tem coragem de destruí-los ou controla-los? Quem foi roubado e traído por esses marginais, deverá partir para a execução

  • Fernando Costa

    Eu gosto mesmo é da liminar. Kakaka

  • Fernando Costa

    É por isso que eu gosto da velha guarda. Eheheh

  • Adelmo

    Enquanto Juiz em Alagoas perder Tartaruga, a turma da taturana vai ficando

  • José Carlos de Oliveira Simões

    Quando será que teremos um dos neófitos juízes na Presidência do TJ? Só assim certamente veremos decisões corajosas e imparciais, pois nesse cargo não há espaço para Borra Botas.

  • Vivo

    Mota … fim de ano .. sinos badalando … amor à flor da pele … porque o judiciário (com exceções) irá prejudicar as festividades natalinas?

    Amigos … quando batem na corregedoria nacional … vocês imaginam o que tem por trás … da toga.

  • Paulo Aguiar

    Esse Ricardo quando quer é muito bonzinho ,que artiginho fraquinho muito pífio ,.

  • POVO, O POLVO

    “JUDICIÁRIO PROTEJA NOSSO ERÁRIO!”

  • J.J.

    Ricardo, como nós gostaríamos de ver no início de 2012 a seguinte manchete: os deputados e prefeitos ladrões da assembléia (R$ 302.000.000,00 da TATURANA, e outros tantos da GUABIRÚ) e Tribunal de Faz de Contas, recebem de presente de ano novo do Presidente do TJ e Polícia Federal, as suas “ARGOLAS E PULSEIRAS DE PRATA” e seus bens amealhados pelo roubo, bloquedos e devolvidos as criancinhas de Alagoas; é um sonho…