Invertendo a ordem: Cavalcante tem medo dos deputados Antônio Albuquerque e João Betltrão, além do delegado (que está preso) Francisco Tenório, acusados por ele de ser o mandante do assassinato do Cabo Gonçalves, em 1996. Cavalcante é réu confesso neste processo. 

Deve ter muito medo dos familiares de tantas das suas vítimas, algumas, pessoas muito simples, que tombaram sem que os crimes fossem ao menos apurados. 

Possivelmente, guarda imenso pavor daqueles a quem prestou serviços em crimes de mando: Silvio Vianna, Sargento Marco Antônio – só para citar alguns. 

Devem ter motivos para temer Cavalcante: os juízes Hélder Loureiro, que condenou a gangue fardada, Jerônimo Roberto dos Santos, Marcelo Tadeu, Geraldo Amorim e tantos outros integrantes da magistratura que contribuíram para que ele passasse 13 anos na cadeia – podendo a ela retornar (estes, entretanto, rechaçam a possibilidade de carregar este temor).

E mais: o ex-governador Manoel Gomes de Barros e o ex-comandante da PM, coronel Pimentel – ambos nos postos quando do desmantelamento da gangue fardada.

Vários ex-subordinados – e “prestadores de serviço” – de Cavalcante, a exemplo do ex-soldado Garibalde Amorim, que terminou por denunciar Cavalcante e bando. Ele se encontra em lugar incerto e não sabido, dentro do programa de proteção à testemunha.

É impossível “limpar” a biografia de do ex-oficial Manoel Cavalcante, mas ele poderia deixar na história um importante legado: tornando público e declarando à Justiça, quem foi quem na sua vida.

Convidado por Renan, Toroca monta chapa do PMDB para Maceió em 2012
Prefeitura contrata Banda Calypso para festa de aniversário de Cícero Calvalcanti
  • ALEX

    RICARDO MOTA, GOSTOMUINTO DE VOCE, MAIS VOCE FALA DE CAVALCANTE COMO SE ELE FOSSE CULPADO DE TUDO.

    SO FALTAM IMPULTAR A ELE OS CRIMES BARBAROSQUE OCORRERAM RECENTEMENTE EM NOSSO ESTADO. COMO O CASO DA ESTUDANTE GEOVANA, O DE FABIO ANCIOLE ENTRE OUTROS.

    E MAIS FACIL CULPAR UM DE QUE UM MONTE.

  • Jose Dias

    Meu Deus, esse Alex não saber nem o que está escrevendo. Vai estudar, amigo, gramática e grafia das palavras pra não passar vergonha.

  • lucas

    Concordo plenamente com vc Ricardo, e até sugeri em outros comentários que era melhor ele falar enquanto é tempo e desmascarar aqueles que agora o descarta.

  • HEYDER PEREIRA CAMPOS

    MESTRE, TODA MACEIÓ SABE E AS TORCIDAS DO FLAMENGO, CORITIANS E ATÉ DO GALO MINEIRO TAMBEM SABEM, QUE MANOEL CAVALCANTE FALOU ATÉ ONDE PODIA FALAR. FALOU O BASTANTE PARA TER O SALVO CONDUTO POR PARTE DAQUELES DE QUEM ELE NÃO FALOU. AGORA, COMO OS QUE ELE DENUNCIOU, SEM ÊLE, PERDEM GRANDE PARTE DO SEU PODER FOGO, FICA EQUILIBRADO O JOGO.COMO DIZIA DONA AMÉLIA, MINHA AVÓ : NEM TICO NEM TACO. SÁBIA MACRÓBIA !

  • João Carlos

    Um pontinho para refletir, meu caro Ricardo: se os juízes citados são tão destemidos, por que será que vivem 24h cercados de policiais armados? Por que gostam? E se não gostam, por que não os dispnsam?

  • Profeta do Óbvio

    Cavalcante tá quebrado financeiramente, e os seus algozes não. Muito pelo contrário, todos estão muito bem financeiramente, basta lembrar que alguns desviaram da ALE mais de R$ 380.000.000,00 para os seus próprios bolsos, alguem tem dúvidas que o “arquivo” ser queimado.

  • Antônio Carlos Barbosa

    Pode ser uma verdadeira guerra de bandidos, ou não. O Ex-Coronel está em desvantagem, pois não pode portar arma (se portar vai preso),não é mais autoridade (é ex-coronel sem poder estatal), amigos raros e com recursos parcos. Enquanto seus patrões e parlamentares inimigos estão fortalecidos pelo poder e pelo dinheiro. Dependerá de muita habilidade e negociação para sobreviver fora do presídio, com o esquecimento dos deputados envolvidos, da sua delação no caso cabo Gonçalves, com as consequencias trazidas para os mesmos deputados e dos receios dos patrões dos casos passados. Caso contrário, acabará como viveu. O melhor para toda Alagoas e para o ex-coronel, seria a delação premiada, passando o mesmo para integrar o serviço de proteção a testemunha.

  • Paulo Barros

    Maldita inclusão digital.
    O governo deveria dar aulas de português para esses analfabetos e depois sim se preocupar com a inclusão digital.

  • FRANCISCO BARROS

    Eu e o Tiririca, pior do que tá não fica…

    Cavalcante para Deputado Estadual.

  • amigo de todos

    Amigo Ricardo, esse homem merecer ser recompensado como Sec. de Segurança em nosso Estado. Muitos pagam sem dever e muitos que deve estão ai na imunidade paralamentar.
    “GOVERNADOR ESSE HOMEM É UM HEROI”, manda quem pode e obdece quem precisa.

  • Roberto Campus

    ==
    CAVALCANTE, “SABE” MAIS DO QUE FALOU…
    ==
    MAS QUEM TEM “PAGO SEUS ADVOGADOS”? ALGUÉM QUE ELE NÃO DELATOU… AINDA?, ALGUÉM QUE O PROTEGE, O VELHO “DEVEDOR SOLIDÁRIO…”

    ALGUÉM JÁ LIGOU OS PONTOS DESTAS PERGUNTAS?… NÃO? DEVERIA…
    .
    TEM MAIS.
    .
    QUEM, AJUDOU A SUSTENTAR A FAMÍLIA DELE(CAVALCANTE)… QUEM?
    .
    ESTÃO QUESTÕES NÃO PODEM SER DESPREZADAS…; POIS É DAI QUE PARTIU AS DELEÇÕES QUE O PROTEGEU E O MANTÉM ATÉ HOJE.
    .
    JUIZES, PENSE NISSO!!

  • EULÂMPYO

    Sábias palavras Ricardo! É impossível “limpar” a biografia do ex-oficial Manoel Cavalcante, mas ele poderia deixar na história um importante legado: tornando público e declarando à Justiça, quem foi quem na sua vida. Que Manoel Cavalcante é criminoso ninguém discute, mas mais criminosos são os mandantes por ele mencionados. Não o defendo, sobretudo pela violência desproporcional por ele e por sua gang aplicada em Alagoas, entretanto seu julgamento não passou de cartas marcadas entre o executivo, legislativo e judiciário. Fica o exemplo do que é Alagoas, pois ninguém é bobo. Se Manoel Cavalcante quiser lavar sua honra e deixar um legado realista, basta assistir o filme “O troco” com Mel Gibson.

  • F.Fernandes

    É muito bom,jogar pedra em cachorro morto,mas qual a diferença entre J.Beltrão, C.Ferro,A.Albuquerque,M.Gomes de Barros,F.Tenório?Que querem jogar toda a carga no CAVALCANTI,mas nos primórdios eram tudo “amiguinhos”.Não sei quem,quer fazer quem de bobinho?Tão inocentes…

  • Joilson Gouveia Bel&Cel RR PMAL

    R Mota, seu texto faz-me lembrar de minha infância, no grupo escolar, quando havia uma rixa entre dois ou mais desafetos, na hora do recreio, sempre havia alguém que punha “lenha na fogueira”, dizia: “ele disse que não tinha medo de tu”…, e o “tu dizia que não tinha medo do ele”; até riscar ao chão se riscava dizendo ser o pai de TU ou de ELE, e bastava um pisar no risco para daí em instantes o “pau quebrar” – sei que não é intento do amigo, mas há setores e seguimentos que os instigam à saciedade, entediados ou ávidos e bastantes sequiosos por mais sangue ou desgraças, como se já não as tivéssemos em excesso nesse pobre e combalido rincão. Algumas matérias parecem querer acirrar, exortar e açular um embate entre o “bem X mal”, como se houvesse rixas entre os envolvidos ou contra eles ou entre os supostos inimigos.
    Espera-se uma vida amistosa, pacata e em PAZ!
    Para que anunciada lide? Ou prever contenda, pelejas ou eventuais desafios ou remoer passadas águas?
    Uns cumpriram com o DEVER-PODER outros o sentiram na própria pele: auguro tenha-se REEDUCADO!
    Solto! Livre? O tempo dirá!

  • OBSERVADOR

    O CAVALCANTE CONTINUAVA SENDO UM ARQUIVO VIVO ENQUANTO ESTAVA SOB CUSTÓDIA DO ESTADO. E AGORA? LIVRE, SEM PROTEÇÃO. SEI NÃO VIU. TEM MUITA GENTE DE OLHO NELE. F

  • PEDRO LUCAS

    PARABENS CEL JOILSON GOUVEIA, ESTÃO TENTANDO JOGAR UNS CONTRA OUTROS, HÁ PESSOAS QUE QUEREM VER SANGUE E AGE DESSA MANEIRA. CACARÁ SANGUINOLENTO.

  • João Carlos Uchoa

    Caro Ricardo Mota, seja Cavalcante ou outros temidos neste mísero Estado das Alagoas, o Estado – e ai incluo o Estado-juiz, deve ser maior, mais forte, mais poderoso. Não se admite que bandidos causem medo ao Estado. Se assim ocorre é o caos. Errou: quem quer que seja, só tem um caminho: cadeia, punição. Ninguém pode estar acima da lei. O resto é bobagem.

  • William Passos

    Parabéns pelo excelente comentário do Cel Joilson! Concordo com tudo. Querem ver é mais desgraça no nosso estado, os tempos são outros e ideal seria deixar que Deus cuidasse de julgá-los e, que, justamente os jornais parassem de incentivar a violência em busca de matérias polêmicas e que vendam mais ou deem mais audiência!!

  • Gisa

    Agora o assunto será Cavalcante! será o assunto do mês? hoje mesmo a tv pajuçara no jornal da noite repetiu a mesma reportagem de ontem. Acho que esse homem deve tá adorando se falar tanto nele. A Segurança Pública que tome conta do caso. Acho um absurdo que ele tenha segurança e nós pobres mortais que pagamos impostos, tenhamos que ficar presos em casa, por conta da falta de segurança em nosso Estado.

  • RICARDO GOMES

    LAMENTAVEL,É UMA PENA CAVALCANTE NÃO TER DETONADOS TODOS OS MANDANTES DOS CRIMES COMETIDOS Á PESSOAS DE BEM DA SOCIEDADE. JÁ ESTÁ NA HORA DE SE FAZER JUSTIÇA, VAMOS MUDAR AS LEIS! VC. PODERA SER A PROXÍMA VITIMA. PENSSE NISSO.

  • Alexandre Fernandes

    Depois de 13 anos de cadeia, duvido que o ex coronel va estragar o que lhe resta nesta vida com vingança. Quando foi preso, seus filhos eram todos adolecentezinhos, hoje, depois de perder a dadiva de participar do crescimento deles, Deus lhe da a oportunidade de recuperar tudo isso, e talvez acompanhar o crescimento dos netos. Agora se ele for pensar em vingança, e em coisas que não agreguem coisas boas, depois de tudo que passou e fez as pessoas passarem! Aì ele não merece o presente que recebeu, a liberdade. Que Deus lhe de sabedoria para se arrepender dos seus pecados, e que os seus inimigos tenham piedade cristã.

  • Vivo

    Mota, preclaro Mota!

    Como já comentei antes, Lei é Lei e tem que ser cumprida. Se reza que 1/6 da pena dá direito à liberdade condicional em regime semi-aberto, cumpra-se.

    Se Alagoas não tem estrutura para o regime semi-aberto, lamentavelmente lamentamos; mas não é culpa dos juízes e nem tampouco do Cavalcante.

    Concordo que está solto, mas duvido que esteja livre. Muita gente o quer na cidade dos pés juntos; igual ao PC Farias, é um arquivo vivo e ululante. Então o ex-Coronel vai ter uma vida danada de ruim, cercando-se de seguranças e sem poder andar tranquilamente como antes o fazia, mesmo que cercado dos mesmos seguranças de sempre.

    Poderia se beneficiar da delação premiada, mas amigo, e a família (mulher e filhos) que não tem nada a ver com seus atos anteriores? Então, creio que deverá se portar “ordeiramente” no intuito de protegê-los da melhor forma possível pois, no fundo, é pai, marido e, talvez, já avô.

    Sabe porque nos EUA os caras fazem, mas temem? A lei por lá é cumprida; existe punição. Aqui, não!

    Em caso contrário os mandantes da época estariam na mesma condição dele, porém se travestem de cargos públicos e de foro privilegiado, permanecendo fora dos holofotes policiais.

    Ao invés de concentrar nossas atenções no ex-Coronel, deveríamos também ter nosso foco voltado para 2012 e lançar uma campanha por um voto limpo e consciente, denunciando quem compra e paga R$ 50,00 por sulfrágio e, quem sabe, limpando um pouco o horizonte municipal, para começar.

  • carlos

    fato,no minímo engraçado perguntaram o deputado Antônio Albuquerque,e aí,cavalcante solto nada a falar deste assunto,tudo bem.João Beltrão,eu não conheço este cidadão,aí foi hilário,andaram juntos por muito tempo e tem,mais o barão de Coruripe,foi o primeiro “amigo” a visitar o ex-Coronel,no quartel geral quando este foi preso a cerca 13,anos atrás.

  • Joilson Gouveia Bel&Cel RR PMAL

    PARA CORREÇÃO DO ANTERIOR:

    R Mota, seu texto faz-me lembrar de minha infância, no grupo escolar, quando havia uma rixa entre dois ou mais desafetos, na hora do recreio, sempre havia alguém que punha “lenha na fogueira”, dizia: “ele disse que não tinha medo de tu”…, e o “tu dizia que não tinha medo do ele”; até riscar ao chão se riscava dizendo ser o pai de TU ou de ELE, e bastava um pisar no risco para daí em instantes o “pau quebrar” – sei que não é intento do amigo, mas há setores e segmentos que os instigam à saciedade, entediados ou ávidos e bastantes sequiosos por mais sangue ou desgraças, como se já não as tivéssemos em excesso nesse pobre e combalido rincão. Algumas matérias parecem querer acirrar, exortar e açular um embate entre o “bem X mal”, como se houvesse rixas entre os envolvidos ou contra eles ou entre os supostos inimigos.
    Espera-se uma vida amistosa, pacata e em PAZ!
    Para que anunciada lide? Ou prever contenda, pelejas ou eventuais desafios ou remoer passadas águas?
    Uns cumpriram com o DEVER-PODER outros o sentiram na própria pele: auguro tenha-se REEDUCADO!
    Solto! Livre? O tempo dirá!

    PS: Grato pela correção!

  • antonio v. marinho

    Voltando ao tema atual, sobre Cavalcante simplesmente foi um pato que queria ser cisne, mas por traz, da vida pregressa do famigerado deliquente, alguem está se beneficiando, ou seja tirando de tempo todo mundo, pois se revolve muita sujeira, pra debaixo do tapete, do inditoso otário.Entretanto,os camuflados reais bandidos, ficam de fora, a mídea deve ter medo, não divulgando nada sobre eles.