Os procuradores concursados do Tribunal de Contas se aliaram, mais uma vez, aos promotores do Núcleo de Defesa do Patrimônio Público do MP Estadual e decidiram pedir a anulação de outro concurso a ser realizado por uma prefeitura interiorana. A vez, agora, é de Craíbas, que havia contratado sem licitação uma empresa para organizar e aplicar as provas, marcadas para o dia 11 de setembro. Não vai mais. 

Na segunda-feira, o prefeito do município, Edielson Barbosa Lima, tem reunião agendada com o Ministério Público de Contas, na sede do palácio de vidro da Fernandes Lima. 

Vai ter de fazer o mesmo que o prefeito de Arapiraca, Luciano Barbosa, que na segunda-feira assinou, através de um representante, um Termo de Ajustamento de Conduta, cancelando o concurso que iria realizar também em setembro. 

Detalhe fundamental: a empresa contratada por Barbosa, a CERCON, é a mesma que iria realizar o concurso de Craíbas. E quem identificou o problema, mais uma vez, foi o promotor José Carlos Castro, que coordena o Núcleo de Defesa do Patrimônio Público do MP. O resultado já está aí. 

É a terceira vez em que o MP de Contas manda suspender concursos suspeitos em prefeituras alagoanas. O primeiro foi em Messias, no final do mês de abril. Depois veio Arapiraca e agora Craíbas

Em Maceió, German Efromovich diz que Estaleiro Eisa "é só uma questão de tempo"
Almagis discute ameaças a juízes - agora com o "fator" Cavalcante
  • F. Casado

    Ricardo Mota primeiro um grande abraço pra voçê sou seu fã,adoro seus comentários e fico feliz em saber que estes concursos estão sendo fiscalizado pelo MPE e tão sendo fiscalizados pelo MP e o MPC eu gostaria que você mim esclarecesse qual o papel MPC por que ouve a falar há pouco tempo deste poder que sespende concursos(comente no doze edez notícias meu esclarecimento é pouco, estes concursos do interior é um faz de contas os prefeitos aprova quem eles querem isto é nítido porem a justiça só vei se manifesta agora depois da farra de apovação feitas por prefeitos em concursos anteriores, porém o MP se manifesta de forma tadia só se manifesta depois das inscrições feitas como o concurso de Messias que foi suspenso e até agora não recebei o dinheiro da inscrição R$ 60.00 fica pra quem este dinheiro abraço.

  • agrestino gripado

    CARO MESTRE MOTTA, ESSA MESMA CERCON FEZ O CONCURSO DE JUNQUEIRO E TEOTONIO VILELA. PENSE COMO UM CONCURSO JUSTO, SÓ A PANELINHA DO PREFEITO E DO DEPUTADO QUE TIVERAM SUCESSO. MAIS ESSA NOSSA REGIÃO É SEM LEI E NIMGUÉM OLHA POR NÓS.

  • F. Casado

    Ricardo Mota primeiro um grande abraço pra voçê sou seu fã,adoro seus comentários e fico feliz em saber que estes concursos estão sendo fiscalizado pelo MPE e peço MPC eu gostaria que você mim esclarecesse qual o papel do MPC por que ouvi a falar há pouco tempo deste poder que seupende concursos(comente no doze e dez notícias meu esclarecimento é pouco, estes concursos do interior é um faz de contas os prefeitos aprova quem eles querem isto é nítido porém a justiça só veio se manifesta agora depois da farra de apovação feitas por prefeitos em concursos anteriores, porém o MP se manifesta de forma tadia só se manifesta depois das inscrições feitas, como no concurso de Messias que foi suspenso e até agora não recebei o dinheiro da inscrição R$ 60.00 fica pra quem este dinheiro abraço.

  • Miguel Barros

    A CERCON é especialista nisso.

  • ASTRAGILDO SOARES

    É verdade, concordo com o comentário postado por anaclécio, esse deve ser mesmom um maribondense arretado, realmente até hoje nunca se soube da visita do TC/AL, CGU, MP ou PF em Maribondo, e os desmandos estão por todas as Secretarias, especialmente na Educação e Saúde. Basta ser analizado com carinho as licitações da da compra de merenda escolar dos anos 2009/2010, ambas fraudulentas na educação, pelo lado da saúde a situação não é tão diferente, sem contar que no post médico central falta de tudo, até mesmo esparadrapo, soro fisiológico, ataduras e material de limpeza.

  • Rodolfo Vieira

    Ainda há esperança. Todos esses novos servidores, concursados de forma honesta e esforçada, com pensamentos diferentes, vão conseguir mudar aos poucos, nosso país, e nosso Estado por consequencia. Ainda vai demorar algumas gerações, mas a mudança já está contecendo…

  • Cícero Braga da Silva

    É brincadeira, essa empresa CERCON é a mesma que fez esquema de corrupção aqui em Marechal Deodoro com o então prefeito Danilo Dâmaso depois o ministério público ingressou com ação civil pública por improbidade contra ele e a CERCON. Porque uma empresa envolvida em esquema é contratada?

  • Vagner leonardo

    OOOOô….MP, da um jeito de fechar as portas da CERCON. essa empresa não quer saber do justo não de quem realmente e merecedor de passar em concurso não, eles querem somente fazer o trabalho deles que por sinal e muito mal feito,aqui em arapiraca no consurso anterior que teve também pra agente de transito,tem agentes que passaram que nem multa sabem fazer…Essa empresa CERCON, de certeza que e mandado por prefeitos que contratam seus serviços.Por isso que todos os prefeitos ao realizar concurso, visão logo ela…

  • JJFELIZ

    PRECISAMOS DE UMA REFORMA URGENTE DO ESTADO BRASILEIRO POR INTEIRO.
    FAZER, COMO DIZEMOS NAS EMPRESAS,
    UMA REENGENHARIA, DEMOLIR PARA RECONSTRUIR MELHOR.
    HOMENS DE BEM, LEVANTEM-SE E VAMOS AO TRABALHO, SENÃO JAMAIS SAIREMOS DA DO LUGAR.
    EU SONHO COM O DIA EM QUE TEREMOS UM ESTADO FORTE COM OS PODERES LEGISLATIVO, EXECUTÍVO E JUDICIÁRIO FUNCIONANDO, TODOS OS SERVIDORES CONCURSADOS E EXECUTANDO AS SUAS TAREFAS A CONTENTO, COM AS VERBAS CABÍVEIS PARA OS SETORES SEM QUE POSSA HAVER NENHUMA INTERFERÊNCIA DOS SENHORES EXECUTIVOS E LEGISLATIVO, APENAS O JUDICIÁRIO NA FISCALIZAÇÃO.
    OS CARGOS ELETIVOS DE GOVERNO GONVERNADOR, DEPUTADOS E SENADORES, SERVIRIA APENAS PARA ADMINISTRAR A GOVERNABILIDADE SEM PODERES PARA ENTRAVAR O ESTADO, QUE POR SUA VEZ DEVE SER O MAIS LEVE POSSÍVEL.
    SONHAR NÃO CUTA!

  • alagoano

    OS PROCURADORES CONCURSADOS E NOMEADOS APÓS MUITA CELEUMA, AINDA DARÃO MUITA DOR DE CABEÇA AOS SENHORES CONSELHEIROS. SUGIRO AO EDITOR QUE PUBLIQUE MATÉRIA SOBRE O QUE OCORRE HOJE NO TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE ALAGOAS.