Foi o clamor das ruas que levou a Polícia Militar a fazer a ocupação do Carminha e outras áreas da periferia de Maceió. Era preciso dar uma resposta à violência descontrolada, que faz tantas vítimas e de tantas vítimas o símbolo da crueldade dos bandidos. 

Mas não acredito em soluções mágicas (prefiro as bases de Polícia Comunitária, com resultados mais demorados e mais consistentes). O Rio de Janeiro conta com as Forças Armadas e todo o apoio material – até blindados de guerra – que a União pôde oferecer. E aqui, o que acontece?

A mesma PM, com baixa autoestima e sem uma preparação mais adequada, vai às comunidades periféricas para dizer que a lei do tráfico não mais impera por lá. Para que isso aconteça, há de se oferecer mais do que homens armados e carros com sirene fazendo alarde.

Onde estão os outros serviços do Estado? As secretarias de Educação, Esportes, Saúde, Cultura e Ação Social têm algum plano emergencial para as áreas ocupadas, na sequência?

Entendo que era preciso fazer alguma coisa – a ausência do poder público é a véspera do caos, da barbárie. Mas este poder público não se sustenta pelas armas.

Há sempre o risco – muito alto – de tombarem mais inocentes em operações de grande monta, e a sociedade há de ser tão vigilante quanto vem sendo crítica em relação à ineficiências das forças policiais.

Comunidade ocupada pela PM não gera grandes mudanças, esmo no médio prazo, com tantos jovens desocupados.

Coruripe (do estaleiro?): capital alagoana do desemprego sazonal
Caso Jairo Xavier: MP pede que STJ aposente "compulsoriamente" juiz que liberou caça-níqueis
  • Viriglio Rodrigues Moraes Filho

    Caro, Ricardo Mota.

    Por isso que eu faço questão de ler esse blog, este seu texto diz tudo,meus parabens, e se ve o pifo de a ele minhas lembranças(fernãovelhense de coração)

  • eduardo

    Paciência Ricardo, alguma coisa tinha que ser feita. E o Estado acertou em cheio ao intervir no Carminha. O fato de ter problemas na educação, saúde, etc. não justifica a inércia do Estado na Segurança. E quando o Estado não age na segurança, o cidadão é seduzido pelas soluções de força: pena de morte, esquadrão da morte, linchamento,tortura, etc.

  • Benigno Masterson Santos

    Em que pese sua argumentação, o atual governo só tem uma solução: ou ele diminui a violência, ou ela acaba com o legado de Téo Vilela.
    Infelizmente acredito na segunda opção, e teremos algum outro oportunista tentando se eleger em cima dos números desta violência sem controle!
    Lamento profundamente!

  • Antonio Carlos Barbosa

    Prezado Ricardo Mota, seu comentário esta perfeito. Que os políticos de plantão, tomem como rumo o texto acima. É o que basta.

  • willamis vieira souza custodio dos santos

    meu amigo,ainda hoje vi esses militares indo a esse conjunto passando aqui na via do mocambo. e me perguntei o que eles iriam fazer lá? não entendo essa lógica de por um contingente de mais de 30 homens achando que é esse o resultado quantas bibliotecas chegaram lá? quantos hospitais foram inaugurados nesse meio tempo? Mas como o amigo bem falou parece que a sociedade apoia esse tipo de coisa, e acredito que algo deve e precisa ser feito mas a única forma do estado chegar lá vai ser através de homens que tem licença para matar?

  • Alagoano com orgulho!

    Difícil é agradar a quem tem a língua de trapo como você Ricardo, você sempre acha alguma coisa pra falar do governo de Téo. Eu até concordo que não é uma operação perfeita, mas é uma emergência e como o próprio nome diz, emergiu também uma solução provisória enquanto se reorganiza e se reestrutura todas as ações que certamente serão introduzidas para buscar implantar de vez um aparato na medida certa das necessidades de cada bairro.
    A omissão sim, seria uma grande falha neste momento, mas esta ação é uma resposta rápida e com mais de 95% de acertos em toda a missão, ou será que a população, aflita e desamparada está melhor que sob a guarda de um forte contingente de policiais?

  • cidadão

    Concordo que é ineficiência das forças policiais, agora tudo isso é fruto de descaso do governo,que só faz propagandas enganosa e fantasiosas. E cadê a sociedada que não cobra nada, e cadê o roberto irineu( com seu direitos humanos),enfim, acho que muita coisa tem que mudar . Pois, só “meter o pau” nas polícias é o mais fácil e cômodo para todos.

  • melo

    ESSA AÇÃO FOI CORRETA POREM PALIATIVA PARA A SEGURANÇA COMO UM TODO NO ESTADO VEJAM CRIARAM OS QUADRANTES VIATURAS DE 2 E 3 POLICIAIS COM A PROPOSTA DE REFORÇO DA RP COMO FICARA AGORA SENDO RETIRADO DESTA AREAS PARA REFOÇAR O COMPLEXO BENEDITO BENTES. COPMO SEMPRE DESCOBRINDO UMA AREA PARA COBRIR OUTRA

  • Edmar

    Prezado Ricardo, alguma coisa precisava ser feita, o que não dá é para continuar o mata-mata desenfreado que vem ocorrendo no nosso Estado, já está ou já virou uma guerra civil. Outrossim, corrija o título da matéria, creio que deve ser “população”.

  • Elvandro Omerna

    Enquanto a bandidagem toma conta de maceio, o coronel Gilmar Batinga ta colocando policiais na porta de acougues no jacintinho, na porta de restaurantes, supermercados, hoteis, postos de gasolina e por ai vai. Esse rapaz e cria do Coronel Brito, ex comandante do CPC, que extorquia os comerciantes para poder colocar policiais na porta. Perguntem aos pms que trabalharam na inauguracao do EXTRA. Absurdo essa mafia que comanda a PMAL hj. Acessem: [email protected], ai vcs saberao a verdade.

  • Rafael Alencar

    Uma das soluções para a violência advinda do tráfico é a legalização das drogas, só que isso não vai acontecer porque o tráfico é responsável pela liquidez financeira do país e não é tributado, logo assim é onde os políticos e outros corruptos lavam o seu dinheiro. Legalização das drogas é uma forma de combate à violência assim como a sonegação e lavagem de dinheiro. Porque serpa que isso não acontece?

  • Ricardo

    Caro Ricardo,sou seu fã,quando a polícia chegou lá não existia mais nem fumaça,algo MISTERIOSO aconteceu.

  • aldo soares

    ECA! acabemos em parte com ele. Os direitos humanos é quem deveria se pronunciar quando acontece certas cenas tétricas, medievais. leis frouxas oportunistas cada vez mais dando poder a de menor que tira a vida dos outros certo da impunidade. A polícia é a mais cobrada e menos tem culpa ou alguma; eles não fazem leis. Todo dia se vê barbáries atos animalescos por parte de adolescentes copiemos a maior democracia do mundo (EUA) Ah! mas, se endurecer nas leis perde-se voto. Esquarteja-se pessoas como se fosse porco; numa tentativa de assalto a mão armada morre um policial Federal e o menor posa de astro, ganha fama: seu protetor diz que ele não tinha a intenção; e porque a arma; (não era crime inafiançável?) o que me entristece é que cada vez mais a lei abranda até pra crimes hediondos: com progressões,indultos,tornozeleiras nos pés, quanta piada. Os bandidos tiram onda. Este é o país das leis frouxas e acolhimento a terroristas. Rezemos! é o que nos resta.

  • Alagoano com orgulho!

    Do mesmo jeito que TÉO resgatou a dignidade de Alagoas e pagou o rombo deixado por Lessa, agora está sendo resgatada a segurança que há muito tempo não via por ali, a cidade estava necessitando mesmo de uma operação como essa. Parabéns PM e PC-AL!

  • Antonio Pereira

    Operação muito bem sucedida, pois o chefe da gang está preso e o resto bando acéfalo, fica mais fácil de por a mão nos demais. Parabéns para a PM-AL e PC!

  • Avelino

    A omissão sim, seria uma grande falha neste momento, mas esta ação é uma resposta rápida e com mais de 95% de acertos em toda a missão, ou será que a população, aflita e desamparada está melhor que sob a guarda de um forte contingente de policiais?

  • Roberto Campus

    É necessário a OCUPAÇÃO de maneira extensiva, os defensores do contrário não foram Assaltados ou perdeu uma familiar.
    .
    Alagoas estar “SITIADA pelo Tráfico” isso é FATO, não Obstante as OTORIDADES em algum Momentos estar sendo Corrompida por esta FORÇA da INTIMIDAÇÃO e DINHEIRO ou os ALAGOAS acham que acontece no SUL do País o que RETRATO no FILME-DOCUMENTÁRIO TROPA de ELITE 1 e 2? é uma Ficção não não é FATO aqui tambem.
    .
    A “RESPOSTA” (usei tanto este TERMO aqui no BLOG q eles Aprenderam) é desta linha e deve ir a outros PONTOS.
    .
    AÇÕES COMBINADAS, o mal é q os MELIANTES vão outros Bairros onde não ha a OCUPAÇÃO.
    .
    É preciso RETOMAR TERRITÓRIOS OCUPADOS PELAS DROGAS. É ASSIM, TEM DE SER ASSIM.
    .
    Culpar o ESTADO por falta de Politicas Públicas é uma Forma de ACEITAR e CALAR, é fácil e Cômodo.
    .
    Responder é melhor q REAGIR.
    .
    Se demorou MUITO pra se RESPONDER, isso não vai resolver a Curto prazo, mas assegura o Direito de IR e VIR.
    .
    Nós quando Falamos: “É UM PROBLEMA SOCIAL”, estamos sendo SOLIDÁRIOS COM ELES.
    .
    Existe a PENA de MORTE! e sabem quem EXECUTA os Traficantes e seus lacaios, o q nos RESTA?
    .
    RESPONDER – PRENDER – LEVAR a JULGAMENTO, a PM e a PC não deve fazer JUSTIÇA com as MÃOS, mas Francamento Não pode ser RECEBIDA a BALA.
    .
    .

  • J.Monteiro

    Meu caro Ricardo, respeito sua opinião, realmente o que está sendo feito não é o essencial, falta se fazer muita coisa. Mas, tudo tem que começar do começo, ou seja, reerguendo a auto estima e o respeito da população, ensejando novas oportunidades para os jovens, não só construindo áreas de lazer, com batuque e danças, mas, e principalmente, abrindo novos horizontes, com escolas em tempo integral, com cursos profissionalizantes, ensinando às famílias a viverem com o fruto de seus trabalhos, e tirando essa utopia de que distribuir dinheiro com a população carente dignifica vidas, muito pelo contrário, vicia na ociozidade, no ganhar sem produzir nada, e assim o quadro social no Brasil,(e Alagoas é Brasil), vem deteriorando dia a dia, com o país sendo transformado em um imenso curral eleitoral do PT, com as drogas dizimando nossa juventude, com as fronteiras escancaradas, facilitando a entrada de toneladas de drogas, e os períodos “festivos”
    que se avizinham sendo esperados com muita euforia pelos traficantes, porque aí sim, seus negócios serão ampliados, e juntamente com os empleiteiros, e os ladõres do herário publico ganharão rios de dinheiro, e assim caminha o país da empulhação, da safadeza, do roubo e da falta de
    vergonha.

  • Kekulé

    Ricardo você esta certissimo.

    A pergunta que fica é: Por que acontece a ocupação de favela?

    E a resposta é: Porque estava desocupada, o poder público de forma generalizada nunca se fez presente, e ogora como um passe de mágica quer ocupa-lá e dizer que resolveu o problema, porém é pura ingenuidade pensar desse forma.

    Os criminosos iram migrar para outro locais.

    E os outros locais tão pirigosos quanto: Esses estarão livre para praticar crimes, já que ofoco foi desviado.E o exemplo do Rio de Janeiro, é fundamental para explicar isso: o crime lá migrou para outras regiões, e aqui não será diferente.

    O que irá ocorrer em seguida?
    Talvês haverá uma demonstração de que o estado e o muncipio estarão presentes da seguinte forma:
    Será feita um mutirão de limpeza, pintura de meio-fio (se existir lá), promessa de mais linha de ônibus, promessa de que a SAMU agora pode ir até a comunidade, de que alguma rua será calçada e só.

    A outra coisa é: teve fruto essa invasão?
    Qual o volume de droga apreendida?
    Qual o número de arma apreendida?
    Alguem foi preso?
    O chefe do tráfico(criminoso chefe dopedaço) na área foi preso? era conhecido das autoridades?

    Essas são as perguntas que precisam ser respondida?

  • Carlos Andre

    Parabéns ao comando da policia militar, ao governo, excelente demonstração do oder estadual, é isso que precisamos e queremos ler todos os dias- atitude do governo em nosso estado. Nesses dias vim acompanhando esse caso, fiquei muito chocado com a perve cidade dos criminoso, as imagens me abalaram muito, foi horrível, eu tava muito preocupado com a posição em que o governo e a policia iria demonstrar nesse caso.

  • Vivo

    Mota, boa tarde!

    Pode nao ser a solução definitiva do problema no Carminha ou em outros redutos da violência em Maceió, mas provoca uma intimidação nos bandidos.

    É bem verdade que alguns inocentes podem tombar, mas é verdade também, que somente tombarão se perto da “biqueira” estiverem.

    Os bandidos somente entendem uma linguagem, a da força extremada. Não adianta vir com a questão de projetos sociais, se a barra não estiver limpa. Vem os projetos, mas o apelo do tráfico é bem maior, nao apenas pelo usao, mas pelo comércio.

    Podem plantar novas mudas, mas antes tem que se arrancar as ervas daninhas; limpar o terreno; arar, etc, etc, etc. Senão o mato toma conta de novo e as plantas nao brotam.; morrem no nascedouro.

    O crime muda; migra … de um lado para outro. Combate aqui, surge ali com mais intensidade; mas nao se pode deixar de combater; de empreender contra ele.

    Repito que não é a solução, mas também achar que uma ação social única, em qualquer que seja a área, vai dar por finda a ação de execução e esquartejamento, como ocorreu no Carminha, também não aponta o caminho.

  • Fernando Costa

    Pois é, Ricardo,

    Não basta a POLÍCIA levar cento e tantos homens para o Benedito Bentes e outros bairros medievais….claro que no primeiro momento isso não há outra alternativa, de modo que devemos parabenizar o CEL Batinga, mas já passou o tempo do ESTADO e MUNICÍPIO acordarem para esse população que vivem como se estivessem nos tempos escuros da ALTA IDADE MÉDIA.

  • sem futuro

    Providencia sem futuro esta de ocupar toda a área do Benedito Mendes, local onde mandam os traficantes e a Policia Militar sabe muito bem disto. Com a providencia, aparecem os coronéis que nunca operacionalizaam nada na vida e que dão maior valor em comandar qualquer que seja acompanhia. Só que na saída dos militares, vão na frente dando tudo para aparecerem. A violencia não acaba apenas com violencia. O governo tem, por obrigação, Ricardo Mota, de também atacar a área social. Essa de militares no Bentes é coisa sem futuro, amigo, jornalista.

  • Daniela Mascarenhas

    Suas opiniões, como sempre perfeitas, só quero chamar atenção quando você fala Secretaria de Ação Social, desde 1993, com o advento da Lei Orgânica de Assistência Social-LOAS, Assistência Social passa a ser política pública e não mais ações pontuais ou focalizadas designadas de ação social, daí a mudança na nomenclatura para Secretaria de Assistência Social, algumas coisas mudaram além do nome, por exemplo a necessidade de um profissional gestor, no caso o assistente social, para executar programas e projetos que antes eram executados, em sua maioria, por primeiras damas.

  • walber barros

    o comando da policia sempre faz tudo errado….. cadê a inteligencia?!!!!
    é pra prender ou espantar os marginais… é brincadeira!!! e o nonô fala que não precisamos de mais policiais…… quanto ele tem varios seguranças 24 hs por dia e nós como ficamos…..

  • Rosana

    Vejo que o Governador Téo está tentando combater e amenizar a violência que há em toda Alagoas, independente dos casos que estão acontecendo Téo tem o compromisso de gerar segurança para os alagoanos.

  • Adriano Beserra

    Sim, e quantos traficantes foram presos?????

  • Profª Rose Mary de Araújo

    O GOVERNO DO ESTADO TERIA QUE DAR UMA RESPOSTA À BARBARIE E AOS PEDIDOS DA POPULAÇÃO. O FEZ! O MAIS INTERESSANTE DE SEU TEXTÍCULO, É QUANDO VOCÊ INDAGA PELOS OUTROS SERVIÇOS QUE O ESTADO DEVE OFERECER. TRABALHEI NUMA ESCOLA NO bB. II E ALGUNS DIAS OS ALUNOS NÃO A FREQUENTAVA POIS NÃO TINHA DINHEIRO PARA PAGAR OS PEDÁGIOS AOS BANDIDOS. ISSO O CORRE ATÉ HOJE. FALTA DO QUE?

  • edilma

    Precisamos de segurança pra ontem as autoridades deste estado tem q ter essa conciência.

  • Amanda Lobo

    Com muita luta que Teotonio conseguiu que o estado de Alagoas ressurgisse das cinzas deixadas pelos governos anteriores e agora as polícias alagoanas mostram que são guerreiras e a prova disso foi à operação desencadeada hoje pela manhã para mostrar a sociedade que os bandidos logo seriam pegos, reconheço a bravura e empenho de nossas polícias.

  • Eudes Inacio

    Quem o puder, transmita o que digo aos policiais nestas operações:
    Parabéns homens e mulheres!
    Ajam como se fossem para protegerem seus familiares.
    Ajam como se fosse para livrar seus filhos.
    Lutem corajosamente, pois o brio e o seu valor devem partir de vocês.
    Há em maior quantidade quem os ame que aqueles que os odeiam.
    Vocês, tenham certeza, levam paz quando já não havia mais esperança.
    Vocês são a brisa da justiça que chega primeiro.
    Parabéns a cada brevê no peito que esconde nele mesmo um coração humano, cheio de ideias, crenças, amores e incertezas como qualquer um dos que aqui vive.
    Façam o melhor de si, servidores públicos de olhares atentos e reflexos rápidos.
    PARABÉNS, e bom trabalho!!!

  • José Otávio Palhares

    Caro Ricardo! não divulgue esse site da briosa em foco pq não tem autor e quando descobrirem vai dar em crime, pois eles se escondem na covardia falando de homens de valor da PMAL>

  • Amanda Lobo

    Com a instalação da base pacificadora da PM tenho a certeza que esse tipo de ousadia que resultou na morte de uma mãe de família não vai mais ocorrer no Carminha, os resultados são vistos nos bairros aonde foram instaladas as bases pacificadoras da PM e houveram redução da violência.

  • Amanda Lobo

    O policiamento ostensivo aplicado hoje no Benedito Bentes foi de grande valia e agora não se pode deixar mais aquele complexo sem a base pacificadora.

  • Andrade

    A população pediu e o governador atendeu, agora estão pedindo outras coisas, é justo, mas porque não louvar uma atitude dessas? Vamos reconhecer que todos nós que moramos nessa região de risco fomos atendidos.

  • Antonio Pereira

    Eu particularmente agradeço esta grande atitude do governador, nós estávamos muito desprotegidos e agora recebemos um grande alento, mas sou contrário as críticas sem fundamentos e sem embasamento. Parabéns PM-AL pelo bom trabalho!

  • André Fagundes

    Graças a Deus que o governador Teotonio atendeu nossos apelos, precisamos sempre do seu apoio viu governador, continue assim nos assistindo que o senhor só terá a ganhar!Deus te abençoe!

  • Pedro S S

    É muito fácil falar, para quem não mora, vive ou passa pelo complexo residencial Benedito Bentes, falar que se precisa disto ou daquilo, no farol ou na ponta verde é fácil, gostaria de saber se alguns dos comentaristas deste blog e o colunista irão passar alguns dias(ou horas) longe dos escritórios com ar-condicionado, auxiliando as pessoas daquela região e aproveitando o ensejo chama o pedro montenegro e o gilberto irineu para saber se os pais de fámilia daquela região estão precisando. Aproveitem que a polícia esta na regiãoo para conhecer de perto e deixem de elogiar tanto o governador e vão conhocer a realidade de perto. O que é a vedadeira Alagoas.

  • PêCê

    NÃO SOMOS NEM MAIS VÍTIMAS DOS CRIMINOSOS E SIM DESSE JUDICIÁRIO FALHO, QUE DISTRIBUI HABEAS CORPUS, FIANÇA E ESTIPULA VALORES AOS CRIMES, PROMOVENDO A LIBERDADE DE QUEM OS COMETEM…
    ENQUANTO HOUVER IMPUNIDADE, SEMPRE HAVERÁ CRIMINALIDADE, SEJA DE COLARINHO BRANCO OU NÃO…

  • observador

    É A SOLUÇÃO SIM DESDE QUE A AÇÃO SEJA ASSOCIADA A OUTROS SERVIÇOS DE ÓRGAOS ESTATAIS. O GRANDE PROBLEMA, RICARDO, É QUE O GOVERNO NÃO QUER DISCUTIR ESSE PANORAMA COM OUTROS PODERES. ISTO TEM QUE SER UMA AÇÃO CONJUNTA. TB O ESTADO NÃO QUER GASTAR, SEMPRE ALEGANDO A LEI DE RESPONSABILIDADE FISCAL, QUANDO A GENTE SABE QUE OS RECURSOS SÃO DISTRIBUIDOS PARA IREM PARA O RALO DA CORRUPÇÃO. ASSIM NÃO DÁ.

  • Roberto Campus

    ===
    Aguardo a PRISÃO de MEGA-TRAFICANTES..
    Ser PEGO com 100 Bobinhas e “ROTULAR” COMO “TRAFICANTE PROCURADO” É UM ENGÔDO, É PRA INGLÊS VÊR!.

    Pelo AMOR de DEUS, mostrem RESULTADOS, não APENAS na ÁREA da OCUPAÇÃO, APREENDAM os TRAFICANTES de VERDADE, bem como os LABORATÓRIOS ( ISSO MESMO!).

    Não ENFRAQUECEM o ESTARDALHAÇO da OCUPAÇÃO…

    Não MATEM futuras OCUPAÇÕES…
    e Botem a Força Nacional pra entrar ELES tem TREINAMENTO para AMBIENTES HOSTIS e de DIFÍCIL acesso.

    AGUARDO!

  • adriano nascimento

    QUANDO SE FALA EM RESPOSTA SIGNIFICA DIZER , QUE ESTADO ESTÁ COMPLACENTE COM A SITUAÇÃO, O FATO FOI OCORRIDO E VÉRIOS OUTROS IRÃO ACONTECER , EM OUTRAS OPORTUNIDADES , O QUE ALAGOAS ESTÁ VIVENCIANDO AGORA COM A EXPLOSÃO DA VIOLÊNCIA , OUTROS ESTADOS MAIS AVANÇADOS JÁ VIVENCIARAM E VIVENCIAM… ALGUÉM SABIAMENTE NESTE TÓPICO JÁ MENCIONOU OCUPAÇÃO É O PRIMEIRO SINAL QUE ALGUM LUGAR ESTAVA DESOCUPADO , PRECISAMOS ACORDAR DESTE SONO PROFUNDO ,A MAIOR ARMA CONTRA A VIOLÊNCIA SÃO AÇÕES E OCUPAÇÕES NAS ÁREAS DE CULTURA,SAÚDE ,EDUCAÇÃO, INVESTIR EM SEGURANÇA PREVENTIVA PREVENTIVA, SENÃO MEUS AMIGOS É DESTE NÍVEL QUE ESTAMOS PARA BAIXO.

  • marizete neves

    Parabéns a policia. Estão vendo que eles sabem quais os procedimentos que exige o seu trabalho, pois bem não é admissivel que 6 gatos pingados, meninos bandidos, drogados e um presidiário tenham o poder de fazer a barbarie que fez e fazem e a policia simplesmente diga que não pode fazer nada, alegando que não tem pessoal, viatura, sei lá mais o que. Tem que prender todos e a justiça também agir com seriedade e condená-los a apodrecer na cadeia.

  • marizete neves

    ALAGOANA SIM COM ORGULHO FERIDO. POR VER A PODRIDÃO QUE EXISTE EM NOSSO ESTADO. A COMEÇAR POR PARTE DE AUGUMAS AUTORIDADES, SE VÊ PESSOAS QUE NÃO TINHA NEM UM PAU PARA BATER EM UM GATO, E ENTRA NA POLITICA E FICA RICO. ISTO É INADIMISSIVEL, VAMOS DENÚNCIAR.

  • Joilson Gouveia Bel&Cel RR PMAL

    A captura do(s) meliante(s) assassino(s) seria a resposta adequada ao caso da infeliz vítima. Ou não?
    Sem investigação velada não se chegará aos executores ou seus mentores, é fato!
    A “ocupação” é um lenitivo de “lençol curto”, cobrir-se-á um descobrir-se-á outro, urge efetivo eficaz à querida PAZ!
    Sem delongas!

  • Joilson Gouveia Bel&Cel RR PMAL

    Iludem-se os que creem que os morros do RJ estão pacificados com a OCUPAÇÃO e UPPs que NÃO capturaram a nenhum dos “barrões do tráfico” e só os fizeram MIGRAR para outros pontos mais rentáveis ou outros Estados da Federação.
    Muitos acham q SEGURANÇA PÚBLICA se faz com vinhetas!
    Ledo e pueril ENGANO.