Há uma disputa surda, de bastidores, na reforma Administrativa do Estado, ainda em curso. E acontece na área mais sensível, do governo: a Segurança Pública. 

A Secretaria de Defesa Social é a que tem a pior estrutura, de acordo com a Comissão criada para iniciar a reforma. A pasta não atende à demanda existente hoje em toda a sociedade alagoana, por causa da violência crescente. 

Por outro lado, o Conselho Estadual de Segurança Pública comanda, entre outras coisas, o Fundo Estadual de Segurança Pública. Tem em caixa, hoje, R$ 5,2 milhões (apesar de parte do dinheiro estar comprometido, segundo a informação de um integrante do colegiado).

São treze conselheiros, que não se reúnem com a frequência prevista. Esta semana, por exemplo, haveria reunião na segunda-feira, que foi transferida para ontem, que foi transferida para outra data – não definida.

Os conselheiros reclamam da Secretaria de Defesa Social, que não apresentaria projetos de qualidade – para que possam liberar os recursos. A pasta, entretanto, nunca dispôs de um quadro técnico na sua estrutura, que permita a elaboração e apresentação dos tais “projetos qualificados”.

E a Defesa Social , por outro lado, precisa de dinheiro, com urgência para: compra de coletes para as polícias e agentes penitenciários; para a construção de um módulo no sistema penitenciário.

Só o governador Teotônio Vilela Filho, através da Lei Delegada – que lhe dá direito de alterar a estrutura administrativa do Estado, o que inclui o Conselho Estadual de Segurança Publica e a Defesa Social – pode resolver o problema visível de conflitos de interesses na área.

Ou ele faz isso agora, em entendimento com as partes – secretaria e Conselho – ou deve deixar o quadro ir piorando, piorando….

Há muitas opiniões sobre o tema, internamente e externamente, mas a responsabilidade para decidir é e tem de ser de Vilela. O diagnóstico, ele tem em mãos. O resto é com o governador (que vem a ser o próprio).

Mascotch: PF pediu a prisão de oito prefeitos, mas Justiça negou (Folha de S. Paulo)
Ricardo Ramalho é demitido da Secretaria do Meio Ambiente de Maceió
  • tássia barbosa ferreira

    Marlan cada dia mais feliz, com dinheiro desviado da merenda escolar, e as crianças de Limoeiro cada dia com mais fome.

  • Sérgio Carvalho

    Infelismente Ricardo o governador anda demonstrando que não tem interesse em resolver o problema da seguraça pois a quatro anos vem empurrando com a barriga.

  • jose ribeiro albuquerque

    Basta saber quem está a frente da pasta de elaboração de projetos da SEDS a umas três gerações, tal pessoa que deveria tomar conta de Batalhões, coisa que nunca o fez nestes seus quase trinta anos de polícia.

  • somente ciuminhos

    Defesa Social e Conselho de Segurança não se entendem e, por qeue será: o órgão de segurança diz precisar de dinheiro para melhor equipar as policias Militar e Civil. O Conselho aconselha que a Defesa Social prepare melhor seus projetos para poder ver a cor do dinheiro. De vez em quando, o dinheiro que o Senasp manda para cá fica ameaçado de volta, por falta de projetos.E se O conselho responde pelo caixa da verba, nada melhor que a SEDS se esmerar nos projetos. Pelo menos, gente não falta na Pasta. Só de oficiais existe um monte e o que é que eles fazem?

  • Ruslan Queiroz

    Enquanto eles e a sua “FOGUEIRA DAS VAIDADES” brigam…
    .
    O trabalhador “PAGADOR de IMPOSTOS” é ASSALTADO, Nosso FILHOS tem CONTATO com PEQUENOS TRAFICANTES, são roubados nos Ônibus.
    .
    Vou te contar, SÓ ME DEPARA COM “BUROCRATAS”, que ficam nos gabinetes com AR e cortinas NOVAS, e ternos Italianos, esquecem e enterram o “Instinto policial” na primeira gaveta.
    .
    – “Plano de RESPOSTA ao TRAFICO”…
    Há isso não é Lucrativo.
    .
    E este MES a minha DARF vem PESADA, eu BANCO ISSO e tudo Alagoas é um PALCO.
    .
    “SOMENTE HAVERÁ A VERDADEIRA COMPREENSÃO ÉTICA, QUANDO UM POVO É EDUCADO PARA EXIGI-LA, VISANDO SEMPRE O BEM ESTAR DE TODOS..”

  • andre rezende

    O téo não está nem um pouco preocupado com o Estado de alagoas. Dinheiro tem muito, e o governo federal manda todo ano. Porém não se investe no profissional de segurança pública, faltam armas, coletes, viaturas,policiais e pricipalmente cursos para aperfeiçoamento do pessoal. Pois, a maoria dos policiais principalmente os civis não sabem sequer algemar uma pessoa ou uzar determinados armamentos. O que existe muito é perseguição por parte do governo nenhum policial de Alagoas quer trabalhar. Não é por preguiça não, é por medo de perder o emprego. Porque uma mentira de um infrator vale mais que cem verdades de um policial. Ainda tem o pessoal que gosta de aparecer na mídia, não perdendo a oportunidade de defender individuos que transgridem as leis. A tendência é, só piorá, o povo que se cuide,dias piores virão.

  • Kekulé

    É por essas e outras que a segurança publica, é um fiasco.
    O pior é que a reclamação é sempre a mesma, seja qual for o governo: falta viatura, falta armamento, fala colete e etc., ou seja, falta dinheiro.
    Como agora existe o Coselho de Segurança, e cobra projetos, ai a coisa pega.
    Sendo assim fica a pergunta, Segurança Pública é projeto pessoal de um governo ou é um projeto de estado, e isso idependereia de quem fosse o governo ou o secretário.

    Diante do exposto, é facil entender por que a segurança pública, esta da forma que esta no estado de Alagoas.

    Tem que investir, mas tambem tem que apresentar resultados, definir metas,ai sim pode ser que funcione, porq eu do jeito que está é enxugar gelo, e o conselho parace que entende dessa forma.

  • leo

    O CORONEL LUCIANO QUANDO ERA COMANDANTE DO 3º BPM E ESTAVA PRESTES A SE CASAR E CONTINUAR A ESTUDAR E MORAR EM MACEIÓ, TEVE QUE RELATAR O FATO EM DOCUMENTO ENCAMINHADO AO CMT GERAL, ONDE DE FORMAR DISCRETA E ATÉ HUMILHANTE. HOJE, NO COMANDO HUMILHA OS SUBORDINADOS.
    LEIAM O BGO DA ÉPOCA E VERÁS.

  • jose paulo

    ESTOU TRANQUILO.TUDO SERÁ RESOLVIDO NA PASTA DA SEGURANÇA PÚBLICA E DEMAIS PASTAS DO SECRETARIADO, PARA DAQUI…HÁ QUATRO ANOS, QUANDO SE DER A POSSE DO NOVO GOVERNADOR.EH! EH! EH! EH!

  • felipe melo

    Andre Rezende, faço minha as suas palavras, brilhante comentário…

  • Joilson Gouveia Cel RR PMAL

    Correção da anterior:
    R Mota, antes de postar sobre o tema editado, se possível, me permita instar a seguinte enquete:
    Se há má distribuição de efetivos, isto se daria:
    a) por INCOMPETÊNCIA de quem não o sabe DISTRIBUIR?
    b) MÁ FÉ, pois o sabe e NÃO o distribui?
    c) IGNORÂNCIA e total desconhecimento de seu DEVER de distribuir?
    d) Mais uma bravata ou balela politiqueira?
    e) O 1º lugar em VIOLÊNCIA é invenção da mídia?

    Permita-me ainda uma indagação: os 13 conselheiros são remunerados, caso positivo, quanto cabe a cada membro?
    Mais: se não sabem elaborar nenhum projeto ou não há nenhum até agora, o que fez o ex-SEDS e sua RENOVADA e OXIGENADA cúpula? De que serviu o Decreto de Estado de Emergência, lembram? O que mudou, se o atual tinha o perfil exato do ex-seds?
    Convoquem os que sabem e conhecem de ORDEM e SEGURANÇA Públicas, para um DIAGNÓSTICO e SOLUÇÃO da questão.

  • sertanejo cagota

    Quando ALADROAS estiver lá no fundo do buraco aí vão pensar em alguma coisa…

  • MAGNO

    CORONEL GOUVEIA, PARABENIZO PELAS SUAS OBSERVAÇÕES, ENTRETANTO, GOSTARIA DE ENFATIZAR O SEGUINTE:
    ORA, SE O PROBLEMA NÃO É FALTA DE POLICIAIS NAS RUAS, POR QUÊ ENTÃO O VICE GOVERNADOR NÃO DEVOLVE OS PMs DE SUA ASSESSORIA E ENCAMINHA ATRAVÉS DE SUA BANCADA, PROJETO QUE VENHA A EXTINGUI EATÉ REDUZIR AS ASSESSORIAS MILITARES, TEMA MUITO RECORRENTE PELO COMPETENTE JORNALISTA RICARDO MOTA?

    O QUE ENTÃO ESTÁ FAZENDO OS CORONÉIS DÁRIO CÉSAR(SDS) E LUCIANO SILVA(COMANDANTE DA PM)QUE NÃO REDISTRIBUI O EFETIVO?
    SERÁ QUE NÃO É FALTA DE AUTORIDADE DO GOVERNO?

  • HEYDER PEREIRA CAMPOS

    MESTRE, SEI NÃO. ME PARECE QUE ÊSSE NEGÓCIO AÍ DE FALTA DE PROJETOS ETC E TAL É UM BAITA BIOMBO DA CRISE INTERNA EXISTENTE NA PASTA. ISSO É UM JOGO DE VAIDADES, UMAS MONTADAS NO PRESTÍGIO E OUTRAS QUERENDO PORQUE QUERENDO, CHEGAR LÁ, NA LUZ DOS HOLOFOTES. AGORA, COM QUE INTENÇÃO, SÓ O DIABO DEVE SABER. ENQUANTO ISSO A BANDIDAGEM DO ALTO E BAIXO CLERO, Ò… QUERO SER MAIS CLARO : ALTO CLERO : DEPUTADOS, VEREADORES , SECRETÁRIOS, PREFEITOS, CONSELHEIROS E QUEJANDOS; BAIXO CLERO : ÊSSES AVIÕEZINHOS DE CRAC, PEQUENOS TRAFICANTES DE PONTA DE RUA, OS TRÊS “P”, ENFIM, ESSE POVINHO QUE ENCHE AS CADEIAS POR AÍ. EITA ALAGOAS …

  • james pinto de amorim

    Concordo plenamente com os questionamentos do colega Cel Joilson.

  • SOMOS SOLDADOS LEAIS

    Para que serve o conseg??? Antes dele o índice de violência era bem menor! Todos os conselheiros do conseg entendem de segurança pública??? Ou são apenas burocratas engravatados???

  • Roberto Campus

    Eles só querem saber dos CARGOS desta PASTA.
    .
    As mortes e assaltos pra ELES são apenas NUMEROS FRIOS que vão pra uma gaveta e de lá pra PEDIR A GRANA de algum MINISTRO na CIDADE.
    .
    Mas estes mesmos Numeros São CONTESTADOS na CAMPANHA de 2010, ações EFETIVAS de RESPOSTA…. NENHUMA.
    .
    Dário disso em recente entrevista que:
    ALAGOAS NÃO É UMA ILHA; Logo os problemas de violencia é comum no Brasil, bem como o ARREGO DO TRAFICO a POLICIAIS.
    .
    A Corregedoria esta DIABOS anda que não PUNI?
    .
    Como dito acima, É TUDO UM PALCO.
    .
    Quem paga a CONTA somos nós se do fosse paga impostos va lá, mas PAGAR COM A VIDA…
    .
    Como dorme este BUROCRATAS?
    .
    “QUERO A ALAGOAS DO GUIA ELEITORAL DE 2010”

  • Joilson Gouveia Bel&Cel

    Caro Magno, suas dúvidas e indagações, foram exata e justamente as que expus quando questionei, no entanto, as respostas cabem aos demais citados. Ou não?
    Elas se relacionam com umas “explicações” de uns analistas de que AL não precisa de mais policiais e de que não há violência e etc.
    Grato pelo apoio, caro antigão James!;)
    Uma coisa é certa: o ex-SEDS nada fez além de blá, blá, blá durante o tempo que passou. Ou não?