O delegado Washington Luís já foi comunicado oficialmente pelo governador Teotônio Vilela Filho de que vai assumir o cargo de secretário de Defesa Social “interinamente”, a partir de primeiro de janeiro. 

Na prática, hoje ele é o titular do cargo, já que o secretário Paulo Rubim já está em santa Catarina desde a semana passada e não retorna mais a Alagoas.

Vilela vai tentar conversar com o futuro ministro Eduardo Cardozo já na posse da presidenta Dilma Rousseff, no próximo sábado, em Brasília. Ele vai propor a mesma parceria que resultou na definição de Rubim para a Defesa Social.

A idéia é de o ministro da Justiça apresenta uma lista tríplice de onde o governador escolheria um nome para o cargo. A tentativa de Vilela é garantir a ajuda do governo federal na área da Segurança Pública, no próximo governo.

Almeida demite todos e extingue - na prática - Agência de Águas
Cada vereador custou R$ 366.666,67 em dezembro, diz bancada do PDT
  • Silfus Silvestre

    Lamentável!!! A ajuda do governo federal depender do nome indicado para Secretário forasteiro e não da competência dos Alagoanos e das necessidades na segunça dos cidadãos. Continuaremos a perder nossa juventude para o tráfico e a violência em 2011??? LAAAAAAAAAAAAAMETÁVEEELLL!!!!!!!!!!

  • wellington

    Onde estão os homens de bens desse Estado, isso é uma VERGONHA, alagoas não tem neenhum homem idôneo, competente para assumir a mais senssivel pasta do Govero. é preciso importar xerifes, sabe-se lá quem para combater os bandidos.
    agora a pergunta que faço é: para simples bandidos , traficantes, é preciso trazer um xerife federal? ou a necessidade de um estrangeiro é os ladrões de terno e gravata que estão no seio da alta sociedade e são chamados de excelencia , Doutor.
    por favor me responda governador.

  • João

    Lula disse na bahia que ara fácil governar o Brasil.A violência dominando as cidades, os aeroportos cheios de voos atrasados, estradas esburacadas, a saúde para os pobres uma vergonha, a corrupção dos mensalões do PT, a educação uma miséria, o salário de professores, policiais e médicos vergonhosos.Cala a boca, Lula !

  • João

    Lula disse na Bahia que era fácil governar o Brasil. A violência dominando as cidades, os aeroportos cheios de voos atrasados, estradas esburacadas, a saúde para os pobres uma vergonha, a corrupção dos mensalões do PT, a educação uma miséria, o salário de professores, policiais e médicos vergonhosos.Cala a boca, Lul !

  • JOBSON

    Concordo em convidar delegados da P.F. os daqui ja foram testados, sempre deixaram a desejar. esses delegados não tem parentes aqui, nem apoia políticos, é bem melhor assim.
    Como ficou o casa das armas ?

  • HEYDER PEREIRA CAMPOS

    MESTRE, É TRISTE CONSTATAR, MAS A VERDADE NUA E CRUA É QUE SOMENTE COM A VINDA DE UM XERIFE “ESTRANGEIRO” FOI QUE SE CONSEGUIU DESATAR E ACABAR COM A INTIMIDADE DESCARADA ENTRE POLÍTICOS E POLÍCIAS. DESCARADA E MALÉFICA, ALÉM DE PERNICIOSA. PODE NÃO TER ACABADO AÍNDA, MAS QUE DIMINUIU, DISSO NINGUÉM TENHA DÚVIDAS.PODIA SIM, SER UM “HOMEM” DAQUI MESMO. MAS … TERIA PARENTES NO SUL DO ESTADO,NO AGRESTE, NO SERTÃO, NO NORTE. ENFIM EM ALGUM LUGAR E AÍ ESTARIA A SUA VULNERABILIDADE. E NEM TENTEM TAPAR O SOL COM PENEIRA. TODO MUNDO AQUI SABE O QUE É MEXER COM DETERMINADOS FIGURÕES DA POLÍTICA LOCAL. VAMOS SER PRAGMÁTICOS.

  • Oliveira

    Seria de bom alvitre que o governador de Alagoas ao conversar como Futuro ministro apresenta-se tamnbém um plano de valorização dos Policiais civis e militares, Pois, Sergipe,paraiba e agora Pernambuco já apresentaram se espera Esmolas de Brasila

  • Oliveira

    DIGO SEM ESPERAR ESMOLAS DE BRASILIA.

  • J.Monteiro

    É isso aí, meu caro João, o fanfarrão do LULA, depois de todos os escândalos, toda a safadeza do DESgoverno dele, do PT e dos aloprados, anda dizendo por aí, que governar o Brasil foi fácil. Então quem souber me responda: Qual foi o grande projeto do LULA como presidente? Qual foi a grande mudança incrementada no país? Além do “Bolsa Votos”, que o LULA usou em benefício próprio, oficializando a compra de votos no país,(o que lhe rendeu a reeleição, e a eleição de sua marionete, a Dilma), qual foi a grande ação em defesa da educação, saúde, e segurança? Infelizmente, teremos que suportar suas bravatas, pois não resta a menor dúvida, de que os aloprados vieram pra ficar, e a Dilma irá apenas pavimentar o caminho para a volta do chefe dos aloprados, (ou um seu similar), para ocupar a presidência do Brasil em 20l4. Anotem, e aguardem, pois quem viver verá.

  • observador

    OXENTE, SEU EU FOSSE O WASGHINTON, EU JÁ TERIA ENTREGUE O BONÉ.

  • Izaquiel silva

    Senhor Governador nomeie logo. este Secretário, pois a SDS com Titular já é um problema e sem ele é muito pior, pois ninguem sabe o que fazer, ficam todos no aguardo e enquanto isto os b andidos fazem a festa, como temos visto.

  • Zé dá dó

    Eu voto no Doutor Pedro Montenegro, porque ele só vive rindo, então é sinal que está tudo bem.

  • Maria Luiza

    Pra que um delegado na secretaria de defesa? Coloca um enfermeiro, ou um professor, ou um cantor. Não disseram que não precisa ser da área?

  • Tirzio

    Ricardo, bom dia!

    Nesta madrugada de 5a. para 6a. feira, me pego lendo sua coluna, assim como faço diariamente e vejo a notícia acerca da (in) segurança no Estado.

    Talvez não tenhamos mesmo pessoas, não digamos competentes, mas comprometidas com a verdadeira segurança e que não façam disso trampolim para a área política, como já vimos anteriormente.

    A ligação de policiais de carreira com algumas correntes políticas do Estado, fazem com que não tenham lisura no desempenho de suas funções. Não estou generalizando, entenda, porque existem bons policiais, tanto civis como militares.

    Rubim fez um trabalho interessante, quando organizou as policias e colocou ordem na casa; usou mais a inteligência militar; equipou melhor ambas as policias, mas por outro lado nunca se matou tanto; nunca se viu tanta morte associada ao tráfico de drogas; nunca se ouviu falar tanto no crack, na cocaína e na perdição de cidades pequenas no interior, devido à disseminação das drogas pesadas.

    Assaltos proliferaram; é só assistir ao Fique Alerta e Plantão Alagoas. Roubos a bancos; ônibus; carros, pessoas são uma constante, quando há pelo menos 20 anos atrás se vivia, com toda a desgraça, uma situação de calma neste aspecto.

    Hoje vivemos sobressaltados; nossos filhos saem à rua quer para a escola, faculdade ou para a “balada” e ficamos em casa angustiados, receando pelo seu retorno.

    Sei que trata-se de uma situação nacional, mas quantidade de menores infratores vem crescendo de forma absurda, para encobrir as atitudes marginais dos adultos. – Tudo hoje tem um menor envolvido e ASSOCIADO ao mundo das drogas.

    Só quem entra em determinadas grotas de Maceió e até mesmo no interior do Estado é o BOPE. – No bairro do Canaã, antes de ontem, foram apreendidos dois fuzis, balança de precisão, pistolas e farta munição, além de droga (crack) e dinheiro.

    Prescisamos uregentemente de um novo Secretário de Defesa Social que EFETIVAMENTE FAÇA ALGUMA COISA, inclusive brigar por um salário mais digno para os policiais civis e militares.

    Se vai ser nativo ou se vem de fora, não importa. O que importa mesmo é dar jeito na situação; de maneira enérgica, dura e sem ligar mesmo para essa questão absurda de direitos humanos para bandido.

    Se o dinheiro que vem do Governo Federal é esmola ou não; tampouco vem ao caso, pois é melhor uma esmola na mão, que dois tostões voando. – O problema a APLICAR BEM A GRANA.

    Abraço; boas férias.

    Fui …

  • Betinho

    Concordo planamente com Tízio. Falou e disse.

  • liminha

    Poraue não se pode nomear um policial civil do cargo de agente para ocupar essa vaga? Um policial experiente e valente com anos de Secretaria seria muito melhor do que apenas mais bacharel. Poderia até ser um policial bahcarel agente ou escrivão. Porque não?

  • indiguinado

    Valorizar o servidor da segurança é investir em segurança, não adianta comprar viaturas e armamentos enquanto os polícias civis e militares ganhan uma miséria ( enquanto os coroneis e delegados que mal aparece em seus locais de trabalho ganhan altos salários.

  • Carlos dos Anjos

    O ideal é uma pessoa idônea, de comportamento exemplar, com visão humanista, embasada na inteligência e não na truculência e na arrogância, portador de uma experiência profissional modelo, e isso só ocorre na Polícia Federal. Então, se o interesse for realmente reduzir os índices da criminalidade e da impunidade em Alagoas, esperamos alguém da PF, instituição equipada, composta por profissional bem treinados, respeitados, onde não há desigualdades salariais gritantes, onde não há corrupção, onde os maus são punidos e afastados, onde há interesse em agir em prol da sociedade e não de seus próprios interesses pessoais.

  • Henrique S. B. Neto

    É lamentavel que em alagoas não exista um profissional copetente para assumir a Defesa Social, para acabar de vez com o que está acontecendo nas delegacias, por exemplo, um jovem é assassinado com dez tiros na periferia e sabe o que acontece? Pois bem, é feito um Boletim de Ocorrência, testemunhas que não dizem nada são ouvidas, e o inquerito Policial é enviado para a Justiça sem autoria. Sabe porque? Porque não se motiva o policial, para que o mesmo investigue e chegue ao autor do crime, más com a ajuda de Deus em 2011, tudo vai dar certto. Boas ferias RICARDO.Alias voçe daria um ótimo nome para a Defesa Social.