De quanto tempo precisaremos para digerir a campanha deste ano? Espero, sinceramente, que possamos superar o mais rapidamente possível essa polarização em um nível intolerável observado no segundo turno. Não precisávamos ir tão longe – mas fomos e agora temos de restabelecer as pontes que foram destruídas.

Nenhuma das grandes forças – vencedora ou derrotada – pode ser descartada ou alimentar a mesma beligerância dos dias que passaram.

Os dois senadores, Fernando Collor e Renan Calheiros, não devem transformar em adversário, agora, o povo alagoano, que optou pela permanência de Teotonio Vilela Filho no governo do Estado. Já é não mais o tucano que espera que eles cumpram o seu papel de auxiliar Alagoas a sair da triste condição de campeão de quase tudo que é ruim no Brasil. A grandeza de Lula para com o governo tucano local deve ser a grande lição aos adversários locais de Vilela (o que, esperamos, deva ser o comportamento da futura presidenta Dilma Rousseff).

Ronaldo Lessa, é provável, deve retomar seu lugar no Ministério do Trabalho – se a pasta continuar nas mãos do PDT. Se há, ali, algo que possa ajudar aos alagoanos, deve ser para os alagoanos a colaboração, não mais aos inimigos de ocasião.

O tempo há de cicatrizar, mesmo que com marcas indeléveis, as feridas de hoje. E é preciso que ocorra com celeridade.

Serão eles, os derrotados de hoje, que estarão em Brasília, conhecendo os corredores do poder central, que dirão o tamanho político e moral que carregam, ao se depararem com questões de interesse do povo de Alagoas.

Mas chegou o momento de depor as armas e pensar grande. Menos do que isso só há de diminuir o tamanho dos derrotados. O que vale, também, para os vencedores.

Vilela não tem o direito de acusar o golpe. O resultado das urnas mostra o tanto que ele precisa fazer que se torne um governador de incontestável aprovação popular. Buscar o apoio dos adversários a que venceu será também uma tarefa árdua a que ele deve se obrigar.

A intolerância tão vivamente expressada na furibunda campanha do segundo turno há de se tornar convivência civilizada e produtiva. Se não por ele, pelos que aqui esperam um futuro melhor do que os tempos de hoje.

O Pajuçara Sistema de Comunicação e as eleições
O que mudou em um dia para que Vilela aumentasse tanto a vantagem no Ibope (54% a 46%)?
  • Andréa de Albuquerque Tenorio Reis

    Parabéns,vc tem toda razão, agora é que precisamos que os políticos alagoanos se unam.
    Muito boa sua coluna.

  • bebeto

    Parabens TEO ,voce junto com o povo alagoano, consegui afastar o que há de pior em ALAGOAS, consegui derrotar RENAN,COLLOR, J.LIRA ,RONALDO LESSA,o LULA e TAMBEM A TURMA DA PISTOLAGEM.ALAGOAS ESTA EM FESTA.

  • guero sin fe

    Alagoas é realmente um lugar diferente, falta tudo, o que sobra? os piores indicadores sociais. O voto de cabresto, vou votar no que as pesquisas dizem que irá ganhar, senão peco meu voto. Ora, faça-me o favor. É fundamental que se divulgue a enorme quantidade de ausentes, viva a democracia real, longe deste lixo que nos assistimos.

  • Ariane roberto

    Pra mim essa campanha do segundo turno foi muito baixa e desagradavel. O senhor governador Teotonio Vilella filho foi muito apelão em tentar manchar a imagem de seu adversario Ronaldo Lessa com as acusações que está respondendo diante da justiça federal. Não entendo muito de politica mas o que posso dizer é que qual é o candidato que não rouba? Não tenha esse que diz ser honesto com o dinheiro publico o senhor governador Teotonio Vilella reeleito pelo povo alagoano para governar por mais anos o governo terá a sua vez de experimentat o proprio venevo de acusações qu virão a tona.
    Mas uma vez repito não existe politico honesto nesse brasil existe é um bando de hipocritas e ladrões, ha! Votei em Ronaldo conciente como votei em Dilma Rouseff e espero que ela faça algo pela a nação sei que em algumas questões isso será impossivel mas não custa nada da um puco de confiança a primeira mulher a governar o Brasil.

    P.S. Não acredito em promessas Politicas e sim em melhoras para o futuro do nosso pais que é dificil mas não será impossivel.

  • Nelson

    Parabéns ao governador eleito. O que temos a lamentar é o baixo nível que da campanha da oposição. Ainda bem que o povo, com toda sua sabedoria soube distiguir as verdades e as baixarias. Isso serve para todos os governantes que ao chegar no poder acha que está acima do bem e do mal. Votei duas vezes em Ronaldo para governador, mas assim como eu, vários eleitores dele na epóca não votaram mais nele. Por ele, em seu segundo mandato ter sido um péssimo governante e por ele ter se aliado a quem sempre combateu. Ao contrário que muitos políticos pensam, o povo tem memória.

  • Antonio Carlos

    Infelizmente não acredito que as forças do mal e do atraso, não serão altruistas, muito ao contrário, trabalharão para o quanto pior melhor. O que podemos esperar das piores figuras humanas que fizeram oposição ao Governador, que são desprovidos de qualquer sentimento humano, que fazem do amargo o seu sabor. Espero que Téo Vilela conte com LULA (como contou no 1º mandato) E DILMA, com os Senadores dos outros Estados e Governadores, com parte da nossa bancada. Infelizmente acredito que a boa índole do Téo, a sua vontade de promover a Paz e alianças em prol de Alagoas, não conseguirá convencer os vilões derrotados.

  • carmem

    muito triste o desenrolar do segundo turno,nós não mereciamos as agressões.politica é a arte grande de utilizar o poder para ajudar a coletividade, de promover o desenvolvimento e com ele dar dignidade às pessoas.alagoas precisa abandonar o posto de primeiro lugar nos indices de desenvolvimento humano.nós temos um povo bom,mas que esta cansado de esperar dias melhores.observo o olhar das pessoas e vejo desesperança.falta boa educação, falta atendimento básico de saude, falta leito nos hospitais, há insegurança nas grotas.em contraponto temos um litoral maravilhoso,terras férteis no litoral e agreste, no sertão se plantando tudo dá com a chegada da água.é necessário que a paz aconteça,e que o governo eleito convoque a classe politica e a sociedade para a trégua em favor de alagoas e do seu povo.

  • carmem

    acredito, precisamos acreditar.sem sonho não existe futuro.e esse futuro tem que ser agora.

  • O imprecador

    Triste é reconhecer que Alagoas evoluiu tão pouco e continua refém de uma dúzia de usineiros que comandam nosso destino. Conduzem o Estado como uma extensão do seu casario, conquistando votos com a força do poder econômico, usurpando a democracia.

    Triste é não saber se há alternativas.

    As feridas devem cicatrizar; as mágoas serem digeridas.

    De minha parte já depus as armas e até comprei um DVD.

    Hasta la vista.

  • MAIRA DIAS FIORI

    Quero parabenizar nosso governador por sua vitoria…QUE A RESPOSTA FOI DADA NAS URNAS E MOSTRADAS QUE AGRESSOES,AMEACAS NAO LEVAM NINGUEM A LUGAR ALGUM…QUE NEM SEMPRE A VIOLENCIA,FALTA DE CARATER AMENDRONTA OU FAZ ALGUEM MUDAR SEU PONTO DE VISTA E SE ACUAR …ARRACARAM MUITO …MAS NAO A VONTADE DOS ALAGOAS EM TER NO PODER UM HOMEM DO BEM,DE CARATER,DIGNIDADE,E QUE COMO ADMISTRADOR CREIO SER O MELHOR…ALGOANA NAO MAS DE CORACAO SIM …E E POR TUDO QUE CONQUISTEI NESSE ESTADO QUE AMOOOO ….QUE FUI A URNA COM 45 Theo …COM VITORIA NO CORACAO….AQUELE ABRACO DE MUITO OBRIGADO …FICA HOJE ….VALEU GOVERNADOR …TENHO ORGULHO DE MORAR AQUI E SABER QUE A VITORIA SE CONQUISTA ASSIM COM DIGNIDADE…QUE DEUS ILUMINE SEUS CAMINHOS E ABENCOE SEMPRE DANDO FORCA E CORAGEM PRA CONTINUAR …MEUS AGRADECIMENTOS …

  • sebastiãoiguatemyrcadenacordeiro

    Ricardo,rapaz,o Sr. Governador é tão
    “bonzinho”que sua MAGNAMINIDADE é compa-
    rável à do Molusco Contagioso paz e amor
    ou seja,vale tudo pela GOVERNABILIDADE.
    Eu já apostei(Sabado,30/10)com um colega
    que o Dep. Cícero Ferro,ganhe quem
    ganhar,será resgatado do cadafalso,que
    inexoravelmente,o espera.Quem viver,verá
    ÔMI ! Vamos ver se eu conheço ou não
    Appallosa ! ÔMI !

  • HEYDER PEREIRA CAMPOS

    MESTRE, EU PREVI: NADA DE MAIS ACONTECERÁ NESSA ELEIÇÃO.NÃO QUE EU SAIBA. CLARO ESTÁ QUE OS QUE NÃO GANHARAM, DIFICILMENTE SE COMPORÃO COM OS ELEITOS. MAS EM POLÍTICA SEMPRE TEM UMA PORTA QUE NÃO SE FECHA E É POR ELA QUE VAI PASSAR O ENTENDIMENTO, MAS QUE NÃO LEVARÁ EM SEU BOJO, ALGUNS SENÕES DO NOSSO APARATO POLÍTICO. NA NEGOCIAÇÃO, SOU MAIS NONÔ.

  • gal

    COITADINHO DO LESSA LEVOU UMA PISA FEIA NA SUA TERRA CORURIPE, NEM LÁ O POVO QUERIA VC? AGORA SÓ RESTA SER SÍNDICO DO PREDIO QUE VC MORA ISSO É SE LÁ TE ACEITAR!!! FICA FALANDO QUE TÉO É GOVERNADOR DA ELITE, MAIS VC TAMBÉM É ELITE PORQUE QUEM MORA EM FRENTE AO MAR NÃO RECEBE BOLSA FAMÍLIA, O SEU PROBLEMA É QUE NEM ONDE VC MORA O POVO QUERIA VC NO PODER, KKKK. EU ACHO É TOME.

  • Antonio

    A coligação do atualgovernador não tinha nem um santo, porem a eleição passou teo é governador espero que agora ele Renan, Collor, Biu, a bancada Federal e nossa Dilma, traga aquela Alagoas que precisamos ver, Emprego, Obras, Agua para todos, Policia Eficiente e Politica salarial digna para os servidores sairem da miséria, apesar do PSDB estar no governo, Milagres podem acontecer. façamos o Desafio ao nosso governador Eleito, que ele prove atraves de ações que A politica do Estado minimo e de masacre ao servidor não ocorrerá no segundo mandato como ocorreu no primeiro.

  • Vera

    Sra.Gal,coincidentemente a sra.e o Radialista França Moura(No Programa Cidadania da Rádio Jornal) estão equivocados nesta informação.RONALDO LESSA GANHOU SIM,A ELEIÇÃO NA CIDADE ONDE NASCEU,MACEIÓ.Quem PERDEU ELEIÇÃO EM SUA TERRA NATAL,VIÇOSA,FOI O GOV. TEOTONIO VILELA.Êle morou em Coruripe,mas não nasceu lá.Sugiro que antes de fazer um comentário,procure se informar melhor para evitar erros como este.Este esclarecimento poderá servir também para outras pessoas .

  • JAJACLEN DE BARROS

    GOVERNADOR, PEGOU PESADO AO SE DIRIGIR A LESSA COMO “ALTISTA” E FALAR MENOSPRESANDO EMPRESAS QUE EMBORA PEQUENAS CONTRIBUEM PARA A GRANDESA DO ESTADO: FALO DO PICOLÉ CAICÓ! PEGOU FEIO!!!VOTEI NO SENHOR, MAS ESTOU DESEPCIONADA COM O CONCEITO QUE FEZ !