Dois partidos da base de apoio à ex-ministra Dilma Rousseff, candidata a presidente da República, devem estar no palanque tucano em Alagoas. 

Na próxima semana, a direção nacional do PSB vai anunciar que o deputado Ciro Gomes não será candidato à sucessão de Lula. Ato contínuo, os socialistas vão fechar aliança com o PT na disputa para a presidência. 

Mas em Alagoas, o PSB, de Born e Carimbão, faz parte da coligação com o PSDB, que tem Teotônio Vilela Filho como candidato à reeleição. Aliás, o líder do governo da Assembleia Legislativa, Alberto Sextafeira, é filiado às hostes bornistas. 

Se o PP, de Benedito de Lira, fechar com Vilela, serão dois os partidos da aliança nacional de apoio a Dilma se coligar com o tucanato alagoano. 

(De Lira teria voltado a se reunir, em Brasília, com o senador Renan Calheiros – para que ele se mantenha no chapão.) 

Mas isso não há de ser nada para o PSB nacional. O presidente do partido, governador Eduardo Campos, candidato à reeleição em Pernambuco, vai contar com o apoio de PSDB e DEM, que integram sua base aliada. Cada caso é um caso – o que, no caso, tem parentesco com casuísmo.

PSDB denuncia CUT ao TRE por "propaganda eleitoral antecipada"
Tentando reaproximar Renan e Vilela, vice-governador mantém candidatura
  • sandro

    Nada de “base aliada”. Chegou a vez da BASE DE ALAGOAS. Vivemos o nosso melhor momento!Tô com Teo Vilela!

  • PROF.DAMIÃO PEREIRA

    O cenário políco de 2010 infelizmente têm tomado conotações que reconduzem o tucano Téo ao governo,o maior perdedor desse cenário além de Alagoas será o ex-governador Ronaldo Lessa,que se tivesse tido a coragem de enfrentar o diretório nacional do PDT seria candidato ao senado,para que Alagoas tivesse oportunidade tirar do cenário político o “rei do gado”,esquece Lessa que Collor,Lula e Renan pouco se preocupam com sua candidatura ao governo.

  • AGRIPINO

    Que absurdo, Ricardinho Mota!!! Dem em Pernambuco apoiar Eduardo Campos? Informe-se melhor, hein rapaz…

  • Gessé Rocha

    Não há abusurdo nenhum, varios prefeitos do interior ( DEM e PSDB ) já falaram que estariam com Eduardo Campos.

  • Sertanejo Revoltado

    É interessante:

    O Jorge VI deixou de ser secretario de esportes para se candidatar e nao se desliga da secretaria, nem devolve o carro (oficial) e nem o celular pagos pelo Governo Estadual…

    O Rogério Teofilo, vê e faz que não enxerga, e fica por isso mesmo.

    Assim até eu quero me candidatar, a campanha (telefone, carro, gasolina) pagos pelo governo…

    Veja isso Ricardo

    Liga pra esse telefone 8833-9464 (telefone institucional que está em poder do Jorge VI) e comprove a denuncia.

    É grave isso.

  • Marcar posição.

    Sendo o governador Teotonio Vilela economista, o CORECON/AL e o SINDECON/AL, deveriam, mas não se posicionaram ao precipitado Parecer Econômico que deu o IBAMA, com relação a favelização no projeto Estaleiro EISA pela geração de 4.500 empregos em Coruripe, em Alagoas. Demonstra a priori que o SINDECON ou o CORECON mudam conceitos e objetivos na busca de alternativas pelo governo Teotonio Vilela, na melhoria da qualidade de vida dos alagoanos, talvez por misturar políticas partidários em detrimentos das soluções macroeconômicas. É necessário repensar tais procedimentos que vão de encontro a maioria dos economista em Alagoas.

  • Vitor

    Acabou-se o que era doce. veremos acontecer no ambito federal o que aconteceu por aqui até bem pouco tempo atrás, quando Ronaldo deixou o seu desastroso governo, e vimos um monte de “viúvas” de cargos públicos desesperadas por perder a boquinha dos cargos comissionados. A companheirada mal acostumada já está no desespero vendo a barca da Dilma afundar, antes mesmo de sair do porto. Alguém viu a entrevista da mesma ao Datena. É realmente uma pena, ver aquele poste querer governar alguma coisa. Esse Lula subestima demais nós brasileiros.

  • Mario Casado da Silva

    É com esses e outros motivos Prof. Damião Pereira que o Dep. Benedito de Lira tem suas razões, de não acompanhar esse chapinho que existe dois objetivos,que são êles:primeiro eleger Dilma Russef a presidente, e. segundo em acordo com Collor reeleger Renão para voltar ao senado.A hora é e será essa para dar o trouco aos que pensam que em nosso estado êles mandam. Benedito de lira para o senado Nelessssss.Ron…Renão…Fora…?

  • Felipe Santos

    Nada de “base aliada”. Chegou a vez da BASE DE ALAGOAS. Vivemos o nosso melhor momento!Tô com Teo Vilela!