Uma decisão já está tomada: o governador Teotônio Vilela Filho vai apoiar um ou mais candidatos ao Senado Federal. Os nomes? Estes ainda não estão definidos. 

Há algumas possibilidades mais fortes, hoje: o deputado federal Givaldo Carimbão, do PSB, foi provocado por Vilela para entrar na disputa; o PPS  já anunciou que pretende lançar o advogado José Costa para brigar por uma vaga no Senado (ele tem afirmado, reiteradamente, que quer a vaga que é ocupada hoje por Renan Calheiros); o deputado federal Benedito de Lira ainda está em conversações para definir se compõe com o grupo palaciano. 

Agora, o prefeito Alexandre Toledo, de Penedo, aparece também como uma possibilidade. Ele disse que topa disputar a eleição, que tem como favoritos, hoje, a vereadora Heloísa Helena, do PSoL, e o líder do PMDB no Senado, Renan Calheiros. O também tucano João Tenório, que assumiu a vaga de Vilela, nunca demonstrou a intenção de disputar a reeleição. Diz que o futuro político dele depende do governador. 

Os nomes postos até agora têm perfis absolutamente diferentes. Carimbão é fortíssimo candidato à reeleição para a Câmara Federal. Por conta disso, pode não querer arriscar seu cacife eleitoral numa disputa dificílima. 

Benedito de Lira seria uma composição local – já que o PP é da base aliada do presidente Lula, em Alagoas (ele é, inclusive, um dos vice-líderes do governo no Congresso). Tem chances, se confirmada a aliança com Vilela, de ser um dos dois nomes possíveis da coligação governista. 

José Costa e Alexandre Toledo são de partidos que compõem a aliança nacional que quer fazer de José Serra o presidente da República. São filiados ao PPS e ao PSDB, respectivamente. O problema para o prefeito é exatamente ter de deixar o cargo já agora, esta semana, por conta do prazo limite para desincompatibilização. No Palácio República dos Palmares a expectativa é de que este quadro só esteja definido lá para o mês de maio. 

É importante lembrar que, até recentemente, o governador Teotônio Vilela Filho ainda alimentava a esperança de manter a aliança com o PMDB, partido do vice-governador José Wanderley. Mesmo que fosse uma aliança “informal”. 

Os últimos acontecimentos, entretanto, com as informações de que o senador Renan Calheiros tentou evitar – e ainda tem poderes para tanto – a liberação de recursos para Alagoas (conforme postamos no nosso blog, ontem) – Vilela resolveu enfrentar aquele que já foi seu aliado histórico. E que aparece, agora, como o mais impiedoso adversário. 

Ou seja: vai haver briga para valer – é o quadro que se apresenta agora.

E Jarbas?

E ainda tem um assessor palaciano que não decidiu se vai ou não em busca do voto, este ano: Jarbas Omena, que é responsável pela articulação do governo do Estado com as prefeituras, nunca escondeu que pretende disputar uma eleição – provavelmente para deputado federal. Mas Vilela ainda não bateu o martelo (não sei nem se ele já está com o martelo na mão). Falta pouco, muito pouco. O prazo para a desincompatibilização acaba esta semana.

Surpresa

O prefeito Cícero Almeida surpreendeu com a decisão de lançar Mozart Amaral para a Assembleia Legislativa. É um risco, principalmente porque o ainda secretário de Infraestrutura do Município é o seu preferido para sucedê-lo.

Se Mozart for eleito, terá sido por obra e graça do prefeito – que comprovaria, assim, sua capacidade de transferência de votos. Caso contrário, o secretário teria a candidatura à prefeitura de Maceió prejudicada. 

Este é um jogo de profissional. Almeida já sabe disso.

Miranda em dose dupla 

A família Miranda vai à luta. Filhos de Jaime Miranda, dirigente nacional do PCB desaparecido desde a década de 1970, Yuri Miranda e Olga Miranda devem ser candidatos pelo PSol – ele, a deputado federal; ela deve brigar por uma vaga na Assembleia. São duas belas e admiráveis figuras humanas.

Máfia italiana atua em Maceió, diz especialista
Almeida lança candidatura de Mozart Amaral para a Assembleia - secretário deixa o cargo amanhã
  • O analista

    O chapão implodiu…nos bastidores falam que Lessa vai ficar perdido como cão em mudança… RENAN está muito preocupado com a derrota…falam até que mesmo que ele perder já assegurou um cargo de ministro de Dilma…SÓ QUE DILMA VAI PERDER….RENAN TÁ FERRADO!!!!!!!!!!

  • LatraVea

    Já que o Palácio está em busca, eles podem me procurar… Cíçameda a “Alice no país das maravilhas” está perdido na corrida, mas é uma jogada que o ônus deve ser enfretado, lançar um candidato, caso Mozart Amaral não seja eleito deputado e demonstre não ter possibilidade de ser eleito prefeito não é difícil imaginar a outra carta na manga: Oscar de melo.

  • HERIBALDO

    DEUS TENHA MISERICORDIA DESTE ESTADO SOFRIDO, ENTRA ELEIÇÃO SAI ELEIÇÃO E AS VELHAS CARAS CONTINUAM AS MESMAS, VAMOS VER QUAL O DISFARCE DESTA VEZ, DEUS NOS AJUDE,QUEM FOR EVANGÉLICO ORE E QUEM FOR CATOLICO REZE.

  • ronivaldo silva

    vejo na vereadora heloísa helena,a pessoa ideal para representar alagoas no senado.pois o cargo de vereador é muito pequeno; para uma mulher de tão grande força e capacidade,politica e intelectual.

  • o.deperoba

    O povo alagoano, certamente, dará as boas vindas à candidatura do ex-deputado José Costa, que tanto honrou o nome desse Estado com sua brilhante atuação na Câmara Federal.Quando nos ressentimos de políticos honestos e combativos, será um grande motivo para que voltem nossas esperanças.

  • PSOL, e agora?

    Enquanto tem o PSOL candidatos éticos como Yuri e Olga Miranda, nada haver com as gastanças da verba de gabinete pelo vereador Ricardo Barbosa tbém do PSOL/AL e denunciadas pela nobre vereadora Heloísa Helena, a única dos 21 vereadores da Câmara Municipal de Maceió que NÃO RECEBEU a maldita verba de gabinete. A qual pagou aos 20 demais vereadores nada mais do que R$ 500.000,00 em 14 meses, em 12 meses! Dizer o que PSOL? Com a palavra a presidente Heloísa Helena, o impoluto Ricardo Barbosa fica ou não fica? Diante do fatos, o PSOL é igual ao PT, ou não é? O PSOL é o pardido da ÉTICA ou não é? Com as palavras os presidentes dos diretórios estadual Engº Mário Agra e do diretório nacional a vereadora Heloísa Helena. Viva a bandeira da ÉTICA, viva o PSOL, nossa reserva moral na política.

  • ricardo viera de castro

    Governador acho eu que vcs deveriam lançar o nome de uma mulher para o senado, uma mulher de bem, uma mulher de caráter, porque ai seriam duas mulheres no senado representando alagoas! já que uma será heloisa helena.

  • Zé

    A simpatia e a humildade contam 95% nessas disputas eleitorais, por isso o advogado José Costa é um forte candidato. Aliado a isso, ele é um grande profissional.

  • paulo francisco

    HORA UM GOVERNO QUE SE DIZ TAO BEM AVALIADO, NAO PODE NESTE MOMENTO DA CORRIDA ELEITORAL SE QUER TER UM CANDIDATO A SENADOR, ISSO DEMOSTRA O TAMANHO DO FRACASSO QUE VAI SER ESTA CHAPA DO TEO.

    O CHAPAO DO TEO E DERROTADO OLHA QUE ESTA LA REGIS, ZE COSTA, KATIA BORN, JOAO TENORIO, TEO VILELA, JORGE DANTAS,JORGE SEXTO,SEXTA FEIRA, JOAO CALDAS, SOLANGE JUREMA, AVE MARIA COM ESSE TIME TODO DIA AI NO MAXIMO ELE VAI ELEGER UM VEREADOR DE PINDOBA RSRSRSRS

  • walter

    Se eu fosse o Ciço, dava uma banana para esse chapão, e pegava essa vaga para o senado.

  • Mauro Silva

    Não esqueçam de quem e o Suplente do Sen. Renãn e o Bel. José Costa, e agora quer ser contra o seu Suplente, isso esta me cheirando a armação Politica e vcs o que me diz???? Vamos renovar…

  • deivisson sobral

    o governo ta perdido!!
    sem poder de articulação, sem forças na conjuntura. o chapão da um baile de articulação e poder politico e vai da um baile nas urnas tambem!!

  • espedito

    Camarada Yuri Miranda sua candidatura remota os velhos tempos do Partidão, o camarada Rubens Colaço deve de estar vibrando, mesmo no além, que ainda existem os bravos que não se curvam a hipocrisia do poder pelo poder, Viva a luta dos trabalhadores e fé na transformação politica através do voto consciente.

  • Diógenes Tenório Júnior

    Concordo com o Ricardo: Yuri e Olga Miranda são figuras humanas extraordinárias, pessoas de bem e do bem. Elegê-los seria um ato de inteligência dos eleitores alagoanos.

  • O analista

    Gente,nada contra ser do PSOL, inclusive voto de olho fechado na Heloisa, como mulher combativa diante de tantos larápios. Contudo não dá para sustentar nos dias de hoje o sicialismo extremado da Carta do PSOL…pois o homem é, em essência, egoista…nunca o lobo irá pastar com o cordeiro… todo brasileiro quer propriedade individual e exclusiva (casa, carro, poupança)…Ex: representante do PSOL recebe verba 500.000 pratas…mesmo nas “melhores” das intenções que ele cetamente dirá, constitui-se em desvio de finalidade com o dinheiro publico… REFLEXÃO: vivemos fazendo de conta que o mundo irá melhorar…lêdo engano…votemos nos menos ruins e deixemos “a baleia cortar água”.

  • Tanyse Tenorio

    Adorei a novidade do PSOL…. eleger duas pessoas honestas para representar alagoas na Câmera dos deputados sera uma grande vitoria nossa, diante de tanta corrupçao. PESSOAS INTELIGENTES QUEREM MUDANÇA, NAO AQUENATMOS MAIS TANTA CPI E NADA SE RESOLVE…

  • Yuri e Olga Miranda

    Agradecimento

    É uma honra recebermos de um ícone do jornalismo alagoano palavras tão carinhosas, também agradecemos os demais comentários. Sempre estivemos presentes nas lutas em prol de interesses coletivos, porém, sentimos a necessidade de uma atuação mais direta para contribuirmos com melhores rumos para sociedade alagoana. Nossos nomes estão a disposição para serem referendados pelo PSOL, para nós, a opção de uma política séria e comprometida com os anseios do povo brasileiro.

  • Simone Silva

    “Palácio em busca de um candidato ao Senado” eu fico aqui pensando como é isso, os professores monitores estão a 4 meses que não recebe 1:00 real e governador procurando um canditato. Porquer ele não procura saber o que a sociedade precisa, para depois procurar um canditato. Téo procure resolver os problemas da nossa sociedade primeiro.