O deputado Isnaldo Bulhões Júnior afirmou, agora à tarde, que não há impedimento legal para que a Assembleia Legislativa devolva ao Executivo o projeto de Orçamento do Estado para 2010. “Quando o li o blog afirmando que o governo pretendia fazer o pedido de devolução, consultei o Regimento Interno e a Constituição, e posso afirmar que a matéria pode retornar ao Palácio desde que não tenha sido iniciada a votação. O que é o caso, agora”. 

Integrante da Comissão de Orçamento da Assembleia, o parlamentar, recém-filiado ao PDT, aponta para uma nova versão da decisão do ministro Marco Aurélio Melo, do STF, que concedeu liminar aumentando em mais R$ 69 milhões o orçamento do Tribunal de Justiça: 

-O governo tem de estender o aumento para todos os demais Poderes, incluindo o Tribunal de Contas, com os valores propostos por cada um. Só a Assembleia pode realizar as alterações: aumentar, diminuir, remanejar etc.

Ou seja: a briga está apenas começando.  

A nova praga

O Ministério Público Estadual trabalha com uma estimativa de que 400 Kg de crack passam, todos os meses, por Maceió, que virou rota do tráfico. O trabalho de inteligência da polícia, que já mapeou as principais áreas de atuação dos grupos organizados – que arregimentam crianças e adolescentes para o seu “exército” de distribuição e venda  da droga -, pode ajudar e muito no combate a essa praga dos tempos atuais.

Baixaria

A eleição para a OAB, em que disputam dois bons candidatos – Omar Coelho e Everaldo Patriota – descambou de vez para a baixaria. Mensagens eletrônicas enviadas para vários setores mostram o nível a que baixaram as campanhas, que deveriam servir de modelo para a sociedade. Principalmente pela importância Ordem na História do Brasil. E vem sendo assim, infelizmente, em todo o Brasil.

As duas candidaturas, entretanto, têm um desafio comum: levar o eleitor-advogado para as urnas, superando uma abstenção de mais de 50% verificada na última eleição.

A votação acontecerá no Clube dos Advogados, em Jacarecica, na sexta-feira, de 9h às 17h.

Topas?

Cabe, agora, ao governador Vilela mandar (ou não) à Assembleia o projeto que extingue os Gabinetes Militares, que mantém 500 praças e oficiais fora da atividade fim da PM.

Internamente a posição pe majoritariamente favorável ao envio da matéria proposta pelo Conselho Estadual de Segurança Pública.

Ciro Gomes vem aí

Ciro Gomes, pré-candidato a presidente pelo PSB, estará dia 3, em Maceió, fazendo palestra na Conferência Estadual de Segurança Pública. Mas vai falar mesmo é de política, praticando seu esporte preferido: bater no governador José Serra, tucano e aliado do governador Téo Vilela.

Persistente

O empresário JL quer uma conversa direta e pessoal com Luciano Bivar, o dono do PSL nacional. Ele pretende resolver pendenga com João Caldas, que até agora levou a melhor. Lyra oferece o filho Guilherme como candidato a deputado federal e mais….acho que, por enquanto, só. Ou não?

PDT deve lançar Lessa para o Senado, sábado, em Congresso Estadual
Pedro Montenegro quer que o MP investigue campanhas "ricas" para Conselho Tutelar
  • Valdeck Gomes de Oliveira Junior

    Que argumento o governo vai usar para não se aventurar a dar o aumento proposto pelo judiciário? A LRF já está batida e ninguém engole mais. Em vez de procurar desculpas, deveria correr para captar verbas, cobrar dos deputados o desvio de 300 milhões, cobrar dos vereadores também,sair do birô do Palácio e trabalhar para a maioria e não para a minoria, como vem ocorrendo.

  • Anônimo

    Será, que vale tanto sacrificio por aparentemente tão pouco

  • Anônimo

    Enquanto isso,mais um vez os servidores serão sacrificados,em nome de uma minoria iluminados e de quebra,sustentada pela política salarial do PSDB,que quer ver o servidor de pires na mão,tendo como grande argumento LEI de responsabilidade fiscal.Gov. sacrifica os pequenos para sustentar os privilégios dos que podem manipular a lei em benefício próprio.Dois anos de calote nos servidores da saúde.

  • Anônimo

    RICARDO, NÃO TEM JEITO. NA MINHA VISÃO TEM QUE COLOCAR OS PODERES DENTRO DO BANCO CENTRAL OU CASA DA MOEDA E OS DEMAIS BRASILEIROS FORA, COMO ESTAMOS NÓS APOSENTADOS.NÃO ENTENDO COMO SE ADMINISTRA UMA CASA GANHANDO UM SALÁRIO MIMO.

  • Alagoano da Silva

    Mais uma vez aqui através deste blog democrático externar que não vai com extinção das assessorias militares que a violência irá diminuir… GARANTO! O problema da violência em nosso Estado não é caso de Polícia; como o foco do problema se resumi a falta de efetivo que chame a Reserva Técnica e faça concurso para a Civil. Veja só: o último concurso da PM foi em 2006 e naquela foram contratados quase 1000 PMs, pois bem de lá pra cá o efetivo é menor que daquela data… Pois é muitos, não são poucos não, policiais já se aposentaram, sem falar os que foram pra reserva por incapacidade absoluta para o serviço. Na civil nem se fala o último concurso foi em 2001 e, a previsão é que entre 2009 e meados 2010 +/- 400 policiais civis se aposentem também. Dito isto, afirmo que não será uma medida paleativa como esta que resolverá o problema. CONVOCAÇÃO DA RESERVA

  • Alagoano da Silva

    (…) Continuação: Convocação da reverva e concurso para a Civil, os quadros das duas intituições estão dafasados há anos e só com uma medida mais enérgica nesse sentido é que poderemos sentir alguma melhora… Volto a dizer 200 ou 300 policiais não dão nem um caldo, é trocar 6 por meia dúzia que a situação vai continuar na mesma. Convocação e Concurso JÁ!