O deputado Sérgio Toledo foi vítima, em sua casa de praia, do que poderia ter sido um assalto, o que felizmente não se confirmou. O parlamentar, um homem cordato e urbano, conseguiu dominar a pessoa que invadiu a sua residência, ao que parece, em um momento de desespero. 

O seu justo protesto se deve ao fato de que tentou insistentemente que a polícia fosse buscar o homem que estava em sua casa, na Barra de São Miguel, e pôde constatar o quanto sofre um cidadão comum com a falta de estrutura das forças de segurança do Estado. É lastimável, e o deputado merece toda a nossa solidariedade. 

Foi na sequência, já quando se encontrava calmo, que o parlamentar “escorregou”: disse que a polícia é 100% eficiente para “prender gente de bem”, porque este é assunto de mídia. 

Não lembro de nenhum episódio recente em que “gente de bem” tenha sido alvo da eficiência policial de que trata Toledo. Os episódios de que lembro, em que as polícias locais chamaram a atenção até da imprensa nacional, são referentes à prisão de deputados acusados de assassinato e/ou de desvio do dinheiro público. E elas estavam, nos mencionados casos, cumprindo ordens judiciais.

Como sei que o deputado, apesar da sua discretíssima atuação parlamentar, tem sido sempre um homem de atitudes pacíficas, além de ter um bom nível de formação, só lhe sugiro uma pequena reflexão sobre causa e efeito. Talvez não seja possível mensurar o quanto, mas, certamente, o “sumiço” de R$ 302 milhões dos cofres públicos há de ter gerado um tanto mais de violência nesse estado tão pobre. Quantas crianças ficaram sem escolas, sem merenda, doentes sem atendimento médico-hospitalar por causa do assalto ao erário? Como deputado, ele tem um ótimo instrumento – o mandato – para gritar não apenas contra a ineficiência (real) das nossas polícias, mas, também, para denunciar os que roubam os parcos recursos públicos.

Governo tenta evitar que emendas desfigurem projeto do AL Previdência
Quanto valerá um prefeito, em 2010?
  • Anônimo

    O problema é que as pessoas não sabem que os políticos eleitos por ela através de desvios mataram seus filhos que se envolveram em drogas por estarem fora das escolas, assim como mataram seus parentes por se encontrarem doentes nas portas do HGE sem o minimo atendimento e tudo isto através dos desvios de recursos que já não são de agora, mas desde que o Papa era criança. Absurdo!!!

  • André de Melo Soares

    Nobre Deputado, agora que V. Exa. provou do amargo gosto da insegurança, experimente também a angústia de tentar ser atendido decentemente no HGE, ou o “calor humano” de um ônibus do Centro ao Graciliano Ramos no horário do rush.
    Ano que vem chegando, matricule seus filhos na rede pública de educação.
    Deputado, a que homens de bem o senhor se referiu?
    Seriam eles professores, enfermeiros, merendeiras, garis, …?

  • M. Almeida

    Texto perfeito, o que o deputado quer, afinal? ao que parece a cara de pau dos políticos alagoanos chega as raias do absurdo. Alagoanos, o que temos na nossa Assembléia Legislativa? Uma corja, talvez dois ou três escapem de uma investigação mais apurada em qualquer especto de suas vidas. Paciência…

  • jose marcelo bezerra peixoto

    Caro Ricardo, você está corretíssimo nesse seu comentário.Esse senhor travestido de político agora sentiu na pele o nosso sofrimento, enquanto seus pares se cercam de seguranças pagos por nós mesmos.

  • Anônimo

    A declaração do deputado supreende, por ser o deputado um homem não violento, que agora, com certeza é mais um equivocado. Não creio que o deputado estaria dizendo que o Rubim e o Bartenco não são homens de bem? É preciso que se diga, que nunca se prendeu tanto na história de Alagoas. E são prisões indiscriminadas, porem dignas de registro. Vejam o destino dos ladrões de banco? e dos fugitivos do Baldomero? Quase todos presos ou recuperados. Alagoas tem uma chance, principalmente porque na vez primeira, conte com um governador não violento e tem sua conduta elogiada pelo próprio Ministro da Justiça.(sérgio).

  • José Monteiro da Silva Filho

    Alguém duvida que o nobre Deputado não estava se referindo aos seus pares na Assembléia? Com certeza, professores, motoristas, merendeiras e assemelhados para o digno Deputado não são gente de bem, ele sim, e os demais “taturânicos”, é que são dignos e honrados.

  • Anônimo

    Será q ser “HOMEM de BEM!” é ser Taturânico? Sua Tímida(OMISSÃO) participação na Assembléia, levou um Choque não é?. Sabemos q a Droga toma conta do Estado, então Deputados e SDS se unam e ATAQUEM O TRÁFICO sem trégua, não acaba, mas os indices de Violência vai baixar e Muito, pense nisso Deptado e não apenas FALE,Tome uma Atitude.

  • Josiklay da Silva Farias

    Só falta esse deputado dizer que os TATURANAS são homens de bem. Me engana que eu gosto!

  • CICERO BARROS DE SOUZA

    talvez o nobre deputado ainda não saiba o significado da expressao (homem de bem),pois o mesmo só deve conhecer (homem de bens),bens estes conseguidos com o suor e sangue de inocentes,como conseguiram seus colegas da ALE,tirando a educaçao,saúde e a segurança de que tanto precisou.Pois se fosse um político de vergonha não compactuava com seus pares para roubar 300 milhões,repito;da seguramça,da saúde;da educaçao e dos verdadeiros homens e mulheres de bem de Alagoas.VÁ TER VERGONHA NA CARA.PILANTRA.

  • Anônimo

    O Dep.Sergio merece solidariedade pelo ocorrido na Barra, nao tem historico de violencia e nao tem envolvimento em grandes escandalos, mas alem de ser muito limitado intelectualmente, dito por ex-colegas seus de escola, é representante do segmento perverso e espoliador da sociedade, os cartorios, e provavelmente em face disto, entende que os seus colegas taturanas de parlamento, assim como gabirus e afins, são homens de bem!

  • Anônimo

    O Dep.Sergio merece solidariedade pelo ocorrido na Barra, nao tem historico de violencia e nao tem envolvimento em grandes escandalos, mas alem de ser muito limitado intelectualmente, dito por ex-colegas seus de escola, é representante do segmento perverso e espoliador da sociedade, os cartorios, e provavelmente em face disto, entende que os seus colegas taturanas de parlamento, assim como gabirus e afins, são homens de bem!

  • JOSÉ ROBERTO MORAIS DE OLIVEIRA

    Com esses R$ 302 milhoes daria para se fazer muita coisa boa, principalmente uma BIBLIOTECA aqui no Benedito Bentes 1! Quem sabe um dia dia será realizada este sonho!

  • Anônimo

    Bom dia a todo eu vejo tanto falar que politico fez ou faz aquilo, mas não falar em fazer um pente fino nos “cargos públicos” do estado, que se abra o concurso para todos os órgõas, e tire todos os apadrinhado politico que não faz nada para o desenvolvimento do estado mais rico do nordeste mais ninguém saber a onde vai para as verbas publicas que vem de governo federal para o estado: porque o governo do estado vai para o último ano nem dá aumento para todos nem concurso; por isso que o estado de alagoas as suas receitas está sobre a medida de um prumo de pedreiro foi o propaganda do governo e mais nada ser falar, o representante do execultivo não botar a máquina para fuciona porque a primeira máquina é empresa que o paí deixou e não funcionar está deixando de gerar emprego e renda para o estado e para o municipio teotonio vilela etc.

  • Anônimo

    Que dinheiro foi roubado da assembleia? que merendas, as crianças de alagoas são as mais atendidas nas escolas, os hospitais são os melhores do país, as policias são as mais bem estruturadas, aliás nossos deputados são os mais honesos do país, não sei do que vcs tão falando.