Os juízes que estão trabalhando no mutirão do sistema prisional decidiram revogar o alvará de soltura do ex-policial civil Jesse James e de Luis Heinrique de Oliveira (o Henrique, do grupo do sargento Medeiros). Os dois já foram presos hoje pela manhã. Eles haviam sido liberados por terem direito à "progressão da plena", numa decisão da 16ª Vara Criminal da Capital – que realizou, recenemente, o seu próprio mutirão.

Jesse James e Luis Henrique de Oliveira foram condenados por homicídio qualificado e já teriam cumprido u,m sexto da pena. Os magistrados que integram o grupo que faz o mutirão, em conjunto com o CNJ, resolveram anular o alvará de soltura de ambos.

Presidente da CUT afirma que proposta de auditoria "atrapalha diálogo com o governo"
Vilela diz que governo paga a auditor que a CUT escolher
  • carlos

    Jesse James,amigo e tratado como filho,do deputado Barão do Jequiá,que deve estar muito triste com esta nova decisão,ele diz meu nenê,foi muito injustiçado ele desenvolve tão bem, as suas tarefas,a qual lhe são confiadas.

  • M Almeida

    Estão assaltando até os garís, portanto, quanto mais marginal preso melhor. Assassino nem se fala…

  • ANDREY COXINHA

    E O PRINCÍPIO DA LEGALIDADE E DO DUPLO GRAU DE JURISDIÇÃO E O JUIZ NATURAL; QUE MUTIRÃO É ESSE QUE DESMANCHA O QUE O JUIZ COMPETENTE DETERMINA ISSO É UMA ARBITRARIEDADE. É UMA DECISÃO TERATOLÓGICA. SEM COMENTÁRIOS

  • Mário

    O código penal brasileiro é uma piada. Os outros códigos também não deixam de ser, mas essa história de 1/6 da pena dar direito à progressão de regime pode ser traduzida como IMPUNIDADE (pena máxima de 30 anos = 5 anos).

  • Romney

    Vocês acham que eles estão aptos a conviverem com a sociedade desprotegida? Vão cometer novos crimes sabendo que passarão no máximo, 5 anos na cadeia.

  • Francisco

    Olhe, prá ser sincero,quem inventou esse termo aí do ultra-passado Código Penal Brasileiro chamado por todos de 1/6 da pena imposta ao infrator,é uma piada e só leva a impunidade que é o que impera no nosso País.

  • J Nobre

    Como se explica um grupo de juízes num Estado tão pequeno, onde se conhece bem os fatos, liberar pessoas sabidamente envolvidas com crimes de forma tao simples assim? Que explicação teriam eles para a sociedade? Ainda bem que alguém depois da aberração teve bom senso

  • mariza

    gente da bela coruripe , tem evangelicas visitando o anjo inocente 2 a 3 vezes na semana levando condolencias. soltem o inocente!!!!!!!!!!!!!!