O promotor de Cajueiro, Ânderson Cláudio Almeida, afirmou que ainda está aguardando a decisão do juiz Alfredo Mesquita sobre o pedido de quebra dos sigilos bancário e fiscal do deputado Fernando Toledo, presidente da Assembleia e virtual conselheiro do Tribunal de Contas. Ele protocolou o pedido no dia 13 de maio e até agora o magistrado não se pronunciou. Toledo é alvo de uma Ação de Improbidade Administrativa impetrada pelo representante do MP, em maio do ano passado. O parlamentar é acusado de várias irregularidades durante a sua gestão na prefeitura de Cajueiro, de 1996 a 2004. Além dos documentos referentes ao deputado, o promotor quer a quebra dos sigilos do filho dele, Bruno Toledo, e do cunhado, João Dênis Albuquerque. Eles são réus na mesma ação. 
O forró de Almeida e Vilela
Desembargador Estácio Gama vai presidir eleições de 2010
  • Cleurivaldo Alencar

    Temos que eliminar esses cânceres da nossa sociedade. Paremos de votar imbecilmente em parasitas que só destróem a nossa Terra, a nossa estima e o nosso orgulho, já passou da hora!!!

  • Luciano Fábio

    Parabéns Promotor e de homens igual a vc que o nosso estado precisa.Boa sorte na luta contra estes bandidos.

  • concordo

    O que esse juiz ta esperando para atender o pedido do nobre Promotor.Os alagoanos anceiam por mudanças e que os honesto e de boa vontade prevaleçam sobre aqueles que destroem os sonhos e desejos reais dos alagoanos.

  • BASTIÃO

    Sei não,Peninha,estou sentindo um cheiro tão evi- dente de pizza… E é de caju…