O vice-governador José Wanderley Neto encontrou-se, na semana passada, em Brasília, com o também cardiologista Adib Jatene – um dos seus mestres. “Pai arrependido” da CPMF, o ex-ministro da Saúde perguntou a Wanderley sobre a situação de Alagoas, sempre aparecendo tão mal no noticiário nacional. -É uma situação muito difícil. Com metade da população de analfabetos não se consegue fazer grandes mudanças. A resposta do vice-governador foi o mote para que o doutor Adib Jatene lhe desse mais uma aula – esta, de pura sabedoria, de quem aprendeu com o tempo, a vida e a observação sobre a existência humana. O velho cardiologista apontou o “x” do problema para seu – nem tão – jovem discípulo: -O problema está na metade alfabetizada. É ela quem manda, quem governa, quem detém a riqueza… Poderia ter dito mais e estaria coberto de razão o velho e brilhante cirurgião. Não são os analfabetos que causam problemas para o erário. Não é essa metade da sociedade alagoana que rouba os cofres públicos, que comete crimes em série, que enlameia o nome de Alagoas no resto do Brasil (e tratamos aqui somente deste pedaço do Nordeste).  Não podemos esquecer que uma pequena parcela da metade alfabetizada de Alagoas está engajada no bom combate aos ladrões, corruptos, truculentos coronéis, enfim, no enfrentamento a banda podre e poderosa das terras caetés.Não foi, por parte do médico, um elogio à ignorância ou uma manifestação do desprezo pelo saber – até porque ele é bem um exemplo de que o conhecimento pode e deve ser usado em benefício da sociedade (nada de pobre = bom; rico = mau). Mas poder e saber em mãos erradas tem sido uma das razões maiores da nossa miséria – moral e material.  E para que não reste qualquer dúvida sobre a sabedoria do Mestre Adib Jatene, eu proponho um pequeno desafio a cada leitor(a): pense em cinco nomes de pessoas que você apontaria como os maiores bandidos de Alagoas e depois responda, a si próprio(a), se algum deles é analfabeto.

Qual é a do moreno?
Promotor diz que vereadores de Maceió repetem "os mesmos vícios" com verba de gabinete
  • João Neves

    Só faltou o dr.Jatene aconselhar o cardiologista alagoano a afastar-se de algumas figuras políticas com as quais ele anda estreitamente ligado, gosta de andar e são integrantes da “banda mais do que podre.

  • Pollyanna Alves

    Raciocínio brilhante Ricardo quando acabei de ler tive vontade de dizer “te amo”, entretanto a grande maioria enquadra-se em rico mau. Que menosprezam o sofrimento do outro, não educam seus filhos, que são cobertos pela impunidade. Um dia será diferente… Existe um lugar melhor…

  • alagoana

    Ricardo, parabens pela materia! Ha se os pobres e analfabetos de Alagoas pudesse governar nosso Estado, seria tudo bem diferente, da situação de hj com os Intelectuais, Cardilogistas, Usineiros…que estão no comando!!!

  • Raul Calista Neto

    Concordo plenamento com vosso comentário, pois os grandes usurpadores do erário público alagoano são extremamente alfabetizados.

  • Paulo Leite

    Só queres cinco nomes mesmo? Com mandato ou sem mandato? Federal ou Estadua?

  • MARY

    Excelente artigo, Ricardo!!!!! Uma analise realista. É por aí. O analfabeto apenas vendem o seu voto aos ricos e poderosos políticos. E os que se beneficiam tb da situação.

  • Edinaldo Marques

    O grande problema de Alagoas é que há pessoas em cargos elevados fazendo muito bem a coisa errada. Não existe obediência aos princípios – leis naturais inquestionáveis. O resultado é esse: falta segurança, saúde, educação etc. blogdoprofessoredinaldo.blogspot.com

  • Cícero Tavares

    Ricardo, parabens pela materia!Mas só cinco nomes é pouco para retratar a situação política de Alagoas.Tendo em vista que acumulamos decadas de corrupção.

  • Hagá

    Como tenho dito, temos na nossa “classe média” da Ponta Verde e alhures algumas pessoas truculentas, com incapacidade de compreensão do significado de se viver coletivamente e do imperativo de se obedecer às regras até de condomínio: falta de educação, barulho, grosseria..

  • Maria Luzia

    Não foi a toa que criaram prisão especial, para bandidos que tem nível superior e prisão domiciliar para bandidos ricos e “doentes”

  • Dakson Pereira

    Dr. Jatena constatou o óbvio. Particularmente, eu sempre disse, que o problema do Brasil, não é os Sem Terra, mas os Com Terra, ou os com alguma coisa. P.S.: Ricardo é sempre brilhante.

  • AUGUSTO

    parabens brilhante jornalista pela excelente matéria. Pensei em cinco nomes que poderiam e deveriam deixar um legado construído com trabalho e honra para gerações futuras, porém, estes estão envolvidos em projetos pessoais que visam apenas e tão somente seus próprios interesses.

  • Buscando Solução

    Ricardo Quem tem poder recebeu os precatórios e esqueceu dos doentes e idosos.Quem precisa de medicamentos de auto custo,mesmo com ação cominatória, falta medicamentos.Todos acreditam na impunidade e até a imprensa se omite..o que fazer??? Alguem tem uma solução???

  • Rafael Kennedy

    Não esqueçamos que a banda podre não “tomou” o poder, ela foi eleita, comprando barato, o voto da outra banda… Portanto, somos todos culpados do lixo em que nos metemos.

  • gerson

    parabems Ricardo M.pelo tema abordado,aqui em alagoas existe uma marxima de quanto pior melhor infelismente, isto è o que pensa e age os politicos atuais em Alagoas.estao tirando proveito propio do caus.e mais grave o povo na sua grande maioria nao encherga, isso que pena….

  • Alberto Jorger Alves Laranjeira

    Em um estado que o médico concursado ganha R$2700,00 e o contratado irregularmente ganha 4900, 00

  • Alberto

    Np meu ponto de vista se o judiciario fizesse a parte dele ja acabava com toda a safadeza.

  • ana lúcia raolino

    Meus deus, quanta decepção para Alagoas. E pensar que até bem pouco tempo passamos acreditar em pessoas, em instituições e acontece isso. Já não bastava esses deputados! Alagoas nao merece, nós alagoanos nao merecemos. Agora é preciso passar a limpo para valer.

  • Sylvio De Bonis Almeida Simões

    O Vice-Governador poderia ficar sem esta, se não fosse tão arrogante quanto o Governador e seu slogan “Nunca se fez tanto por Alagoas”. Eles merecem a aula de simplicidade e dignidade do Dr Jatene.

  • O BESTA

    A ANALISE DO DR. WANDERLEY ESTA DE ACORDO COM O MEIO POLITICO QUE ELE VIVE. NUMA RODADA DE BEBIDA OU REUNIÃO POLITICA, A GRANDE BANDEIRA LEVANTADA É ESTA.POUCO ESTUDO PARA GRANDE MAIORIA DO POVO, VOTO DE CABRESTO, EM TERRA DE CORONEIS!!! O POVO É QUE SE ARROMBE.

  • Carlos Costa

    Brilhante resposta do prof. Adib Jatene. Muitos dos maiores ladrões/bandidos de nosso estado são formados, nível superior, embora, só Deus saiba de que jeito chegaram ao diploma.

  • SÓ 5 ?

    Ricardo, Antes de tudo, mais uma vez, parabens por mais uma excelente matéria. Se aimprensa alagoana fosse mais ou menos livre e tivesse uns 3 ou 4 Ricardos, Alagoas seria outra, com certeza. Voce pediu só cinco nomes ou cinco duas de nomes ? Está muito humilde !

  • Jeno Oliveira

    Apontar culpados a uma provincia de cultura mediocre é injusto. O vicio dos sentimentos pessoais é uma enfermidade aguda dos lideres e dos liderados. Só a terapia educacional é que resolve. Sob é claro, a proteção de Deus.

  • Edinaldo Marques

    O caráter de uma pessoa não tem nada a ver com o seu nível de escolaridade, ou seja, se é alfabetizado ou não. blogdoprofessoredinaldo.blogspot.com

  • PABLLO CAVALCANTE

    Olá Caro Ricardo, EXCELENTE ARTIGO!!! Mas não poderei responder ao seu desafio, pois em cada uma das cinco colocação tem varios nomes, e nao quero esquecer de nenhum NOME, para nao ser INJUSTO, são PHD no assunto BANDIDAGEM. Abraços Pabllo Cavalcante Belem/PA

  • sururu

    Isso serve para todo o Brasil,em ALAGOAS a coisa sempre e mais escancarada ,enquanto não prenderem quem rouba dinheiro publico nada ira mudar,aqui esta tudo podre,ALE,TC,TJ A UNICA COISA QUE ESTA FUNCIONANDO E A CORRUPÇÃO.

  • Márcio Guedes

    Pq quae não se fala no segundo maior escândalo do Judiiário da República? O primeiro foi o juiz Lalau do TRT de SP e os 160 milhões que viraram pó. Aqui o Judiciário torrou 110 milhões em pagamentos suspeitos e boa parte da imprensa se cala….Pq será?

  • Nelma Barros

    Ricardo, somente posso pensar, não somente em 5 mas em 5 mil, pena não poder citar nomes pois seria processada por calúnia, injúria, infâmia e difamação…rsrsrsr.

  • SERVIDOR

    PARABENS POR SEU COMENTÁRIO, MAIS SÓ VOU CITAR TRES JÁ QUE NÃO LEMBRO DOS OUTROS DOIS: JUDICIARIO, LEGISLATIVO E EXECUTIVO.

  • Alagoano Indignado

    Meu caro Ricardo, A respeito da matéria reflita sobre o que disse o velho Águia de Haia:”De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver o poder agigantar-se nas mãos dos incompetentes e desonestos, o homem chega a rir da honra e sentir vergonha de ser honesto”

  • gustavo normande

    Não vamos dizer que os analfabetos não tem culpa nenhuma… pois é bom lembrar, que analfabeto pode votar nesse País e na maioria das vezes são eles que elegem esses politicos exemplares.

  • Alma Penada

    O PROBLEMA DE ALAGOAS SÃO OS CORRUPTOS QUE POSAM DE BONS E AQUELES QUE FINGEM ACREDITAR PACTUANDO COM O SILÊNCIO OBSEQUIOSO TÃO DANOSO QUANTO A PRÓPRIA AÇÃO DOS QUE FAZEM ERRADO. TUDO AQUI TEM A MÃO DE ALGUÉM IMPORTANTE QUE NÃO PERMITE QUE AS COISAS ACONTEÇAM.

  • COM CIÊNCIA

    Não é à toa que aqui as coisas não prosperam. Em tudo querem levar vantagem. Nada escapa. O pior, é que muitas dessas pessoas ainda vociferam contra a corrupção. É muita hipocrisia, mas um dia a casa cai, como aliás tá caindo literalmente no Barro Duro e há de cair na Deodoro, etc…

  • beto

    Que modestia Ricardo cinco nomes acho que 50 dava para começar e ainda e pouco.

  • Costa

    E A BANDA PODRE DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE ALAGOAS PEGA PELO CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA POR RECEBIMENTO ILEGAL DE R$110 MILHÕES?????? TÊM QUE DAR ÊNFASE TAMBÉM A ISSO.

  • Eduardo Costa

    Analfabeto,pobre.miseravel,desesperado ver a oprtunidade de vender o voto ao canidato alfabetizado intelectual.Ai vende na esperança de comprar uma roupa uma cesta basica,vai padece quatro anos de roubo corrupção matança.infelismente é esta a realidade de Alagoas.

  • Cesar

    O pior é que estes bandidos ainda tem coragem de mostrar a cara deslavada em frente a televisão com discursos ridículos.

  • Alberto J A Laranjeira

    em trezentos caracteres é insuficiente para um debete sobre a saude publiica em Alagoas. Antigamento secretáriio de saude no estado era:Dr IB Gato, DrHumberto,Dr Ubiratam…hoje Andre V Herbert Mota…triste fim de Policarpo Quaresma

  • nandocordel2008

    aqui em alagoas manda quem pode, obedece quem tem juizo, e as vezes acho que o crime compensa. bandidos de alta periculosidade circulam pelas ruas com a maior desenvoltura, sem serem incomodados por policia ou justiça. aqui na periferia os bandidos impoem a sua lei e o terror aos moradores

  • TUDO É POSSÍVEL

    Num país, adonde tem um presidente chamado de LULA, que pagou R$ 2,6 TRILHÕES a uma minoria de 70.000 donos da Dívida Pública e com EDUCAÇÃO apenas R$ 103 Bilhões, sem esquecer R$ 25 Bilhões com a Segurança, TUDO É POSSIVEL.

  • É SÉRIO

    Incluindo 2004 até maio/2009, Lula PAGOU a Dívida Pública: 2004-R$ 509,14 Bilhões. 2005-R$ 636,78 Bilhões. 2006-R$ 648,86 Bilhões. 2007-R$ 611,65 Bilhões. 2008-R$ 558,83 Bilhões. 2009-R$ 210,11 Bilhões. Total-R$ 3,172 TRILHÕES!!!. É SÉRIO, INACREDITÁVEL!!!.

  • Alberto J A Laranjeira

    Ricarrdo Mota, não acredito que procuradores do trabalho no estado sejam analfabeto. Eu mesmo denunciei as contratações irregulares da secretaria de saúde…custo-me uma transferencia;impetrei mandato de seg. concluso para sentença desde 5.11.08

  • soldado ze

    Alagoas é terra de Alibabá…

  • Tino

    Os ricos governam e são habitues das ilicitudes, ok? Os pobres, realmente não o fazem, mas fazem feio quando vendem seu voto sem a menor vergonha e colocam os primeiros a comandar e prejudicar os próprios eleitores. Das duas classes, ambas andam numa estrada torta e sem perspectiva de mudança.